filo chordata (cordados) - centro .grupo dos protocordados (mais primitivos) •marinhos ... agnatos

Download Filo Chordata (Cordados) - Centro .Grupo dos Protocordados (mais primitivos) •Marinhos ... Agnatos

Post on 08-Nov-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Filo Chordata (Cordados) Vitor Leite

  • Caractersticas gerais:

    - Triblsticos

    - Celomados

    - Deuterostmios

    - Metameria

    Caractersticas Exclusivas:

    - Tubo nervoso dorsal (TND)

    - Notocorda

    - Fendas farngeas

    - Cauda ps-anal

    - Endstilo

    crebro Tubo Nervoso Dorsal

    notocorda

    Fendas farngeas

    Filo Chordata (Cordados)

  • Cefalocordados Anfioxo (5cm de altura) A notocorda:

    Persiste toda a vida Da cabea at a cauda Filtradores

    Classificao dos Cordados Grupo dos Protocordados (mais primitivos) Marinhos Invertebrados Cefalocordados e Urocordados

  • Urocordados (ou tunicados)

    Notocorda (na cauda uros = cauda) Sistema nervoso dorsal (s na larva) Filtradores e ssseis Possuem tnica, que atua como um esqueleto. Possuem sifo inalante e exalante.

    Ascdia

  • Classificao dos Cordados Vertebrados (Vertebrata ou craniata) - Endoesqueleto cartilaginoso ou sseo

    - Notocorda se transforma: - crnio e coluna vertebral (proteo e

    sustentao)

  • Classificao dos Cordados Sub-Filo Vertebrata (ou craniata) - Possuem 7 classes: Ciclstomas Condrictes Ostectes Anfbios Rpteis Aves Mamferos

    Agnatos (sem mandbula)

    Gnatostomados (com mandbula)

    Grupo dos Peixes

    Grupo dos Tetrpodes

  • Ciclstomas Aquticos Sem mandbula (Agnatos) Boca circular Corpo alongado Alguns so ectoparasitas

    Ex: lampreias e feiticeiras.

  • Condrictes Esqueleto cartilaginoso Predadores marinhos Dioicos Fecundao interna Desenvolvimento direto Maioria vivpara (poucos ovparos)

    Ex. tubares , raias, caes;

  • Ostectes

    Esqueleto sseo

    Ex. lambari, salmo, sardinha, bagre, Tainha, etc.

  • Anatomia e Fisiologia dos peixes:

    Sistema Respiratrio: respirao branquial.

  • Bexiga Natatria Bolsa flexvel e cheia de ar que controla a flutuao sem consumir energia.

  • Sistema Digestrio Completo OBS: Nos condrictes, o intestino termina na cloaca, abertura

    onde tambm desembocam os sistemas excretor e

    reprodutor.

    Sistema Excretor (rins)

  • Sistema Circulatrio: - Fechado - Corao com duas cavidades (um trio e um ventrculo) - Circulao simples: o sangue passa uma nica vez pelo

    corao a cada ciclo pelo corpo. - Circulao completa: sem mistura de sangue arterial e

    venoso no corao.

  • Sentidos dos peixes: - OBS.: Linha Lateral detecta variaes na presso da gua ao seu redor.

  • - Ampolas de Lorenzini (apenas em condrictes): - localizadas na cabea - percebem as vibraes do meio e de campo eltrico

  • Sistema Reprodutor: Condrictes: Dioicos Desenvolvimento direto Os machos possuem um rgo copulatrio chamado

    clsper, para inseminao da fmea

  • Dependendo da espcie, podem ser

    ovparas, ovovivparas ou vivparas.

  • Ostectes: - Dioicos - Fecundao externa - Maioria ovpara e o desenvolvimento indireto - As larvas so denominadas alevinos

  • Peixes Dipnoicos (pulmonados): utilizam a bexiga natatria como rgo acessrio da respirao.

    Ex.: piramboia (vive na Amaznia)

  • Peixes Sarcoptergios: Mais aparentado com o ancestral dos

    tetrpodes.

    Celacanto

Recommended

View more >