ficha técnica - .estrada nacional 379 2950-807 quinta do anjo tel. 212 337 930 fax 212 337 939...

Download Ficha Técnica - .Estrada Nacional 379 2950-807 Quinta do Anjo Tel. 212 337 930 Fax 212 337 939 E-mail:

Post on 12-Jan-2019

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

1

Ficha TcnicaTtulo

PROVE Contributo para um Processo Territorial de Proximidade

Concepo e Produo

Parceria de Desenvolvimento

Coordenao

Manuela Sampaio (ADREPES)

AutoresCludia Bandeiras (ADREPES), Cludia Costa (ADER-SOUSA), Jos Pedro Calheiros (SAL), Lus Alvarez (INDE) e Marta Alter (MONTE)

Consultores

Ana Marta Carvoeiro

Concepo Grfica e Design

www.amodesign.net

Edio Tiragem

2 Edio - Junho 2009 1.000 exemplares

Contactos

ADREPESEstrada Nacional 3792950-807 Quinta do AnjoTel. 212 337 930Fax 212 337 939E-mail: prove@prove.com.ptwww.prove.com.pt

Co-financiamento

3

AgradecimentosO presente documento teve a colaborao e o apoio de inmeras pessoas e entidades. Uns devido sua experincia profissional, outros pelos valiosos conselhos, outros pelo empenho inexcedvel de encontrar alternativas para a sustentabilidade dos territrios rurais atravs da comercializao dos produtos locais de qualidade.

Uma palavra de apreo para todas as entidades e seus respectivos tcnicos, que connosco reuniram e prestaram preciosas informaes ou simplesmente conversaram sobre as suas experincias e expectativas na rea da comercializao dos produtos agrcolas, da competitividade dos territrios rurais e do trabalho realizado em parceria.

A todos os produtores que nos receberam nas suas exploraes, em particular aqueles que se envolveram no projecto e acreditaram que poderiam construir uma nova forma de empreender e aprender, atravs da descoberta de novos conhecimentos e partilha de novas experincias. Um obrigado especial pela confiana e afecto.

Aos consumidores que partilharam connosco informaes preciosas sobre os seus hbitos de consumo e nos teceram diversas crticas contribuindo para corrigir irregularidades e aperfeioar procedimentos.

Aos parceiros eslovacos, franceses e italianos pela troca de ferramentas e mtodos de trabalho, pela partilha de experincias e pela aquisio de novos conhecimentos que nos auxiliaram no desenvolvimento do projecto.

Aos companheiros das Redes Temticas do Equal que de forma ponderada e assertiva souberam contribuir para o aperfeioamento do presente documento.

Partimos pelo mundo fora em busca dos nossos sonhos e ideias.

Muitas vezes colocamos nos lugares inacessveis o que est ao alcance das nossas mos.

5

Siglas e Conceitos

ADER-SOUSA Associao de Desenvolvimento Rural das Terras do Sousa

ADREPES Associao para o Desenvolvimento Rural da Pennsula de Setbal

EQUAL Iniciativa Comunitria para o perodo de programao dos Fundos Estruturais entre 2000 e 2006. Procura beneficiar prioritariamente as pessoas que so vtimas de discriminaes e desigualdades.

GAL Grupo de Aco Local

INDE Intercooperao e Desenvolvimento, CRL

MARP Associao das Mulheres Agricultoras e Rurais Portuguesas

Minha Terra Federao Portuguesa de Associaes de Desenvolvimento Local

MONTE Desenvolvimento Alentejo Central A.C.E.

ONG Organizao No Governamental

Parceria Transnacional Grupo de parceiros europeus com problemticas idnticas que tm como principal objectivo encontrar solues conjuntas para os seus territrios.

PD Parceria de Desenvolvimento

Redes Temticas do EQUAL Comunidades de tcnicos(as) e coordenadores(as) de projectos EQUAL com afinidades temticas, que partilham as suas experincias e conhecimentos, num processo dinmico de interaco e de aprendizagem contnua, de descoberta de novas solues para os problemas dos seus projectos e seus destinatrios, tentando influenciar a poltica nos domnios em que trabalham. Adaptado de Wenger, E; McDermott, R; Snyder,W (2002) Cultivating Communities of Practice, Harvard Business School Press, Boston, Massachusetts.

SAL Sistemas de Ar Livre, S.A.

7

ndiceFicha Tcnica

Agradecimentos

Siglas e Conceitos

ndice

IntroduoObjectivos e Metodologia 1 Da ideia ao Projecto 1.1 Territrio 1.2 Problemtica 1.3 Parceria, Mediao e Desenvolvimento do Processo 1.4 Competitividade Territorial 2 Produtores 2.1 Caracterizao dos Produtores 2.2 Identificao e Mobilizao dos Produtores 2.3 Organizao do Grupo de Produtores 2.4 Processo de Organizao do Cabaz 3 Consumidores 3.1 Caracterizao dos Consumidores 3.2 Mobilizao e Organizao do Grupo de Consumidores 3.3 Fidelizao do Grupo de Consumidores 4 Comercializao 4.1 Processos de Comercializao de Proximidade 4.2 Anlise de Vendas dos Cabazes PROVE 4.3 Estratgia de Comunicao 5 Sustentabilidade 5.1 Mecanismos de Autonomia 5.2 Fiscalidade e Legalidade 5.3 Recomendaes Polticas 6 Disseminao 6.1 Fases da Disseminao 6.2 Resultados da Disseminao

Consideraes Finais

Bibliografia

SUBPRODUTOS

PROVE - Carta Local para a Comercializao de Proximidade

PROVE - Contributo para uma Estratgia de Comunicao

ANEXOS

1

3

5

7

9

11

15

15

18

20

26

31

31

33

36

43

53

53

54

59

65

65

66

68

73

73

75

78

81

81

82

91

93

97

113

121

9

Introduo

Esta foi a frase que impulsionou a criao do Projecto PROVE Promover e Vender que decorreu no mbito da Iniciativa Comunitria EQUAL.

Na ltima dcada presenciaram-se mudanas de grandes propores tanto na economia global como em relao ao comrcio local. Os avanos nos meios de transporte e de comunicao e a consequente melhoria da qualidade de vida das populaes foram os principais agentes propulsores dessas mudanas. Em consequncia houve uma maior troca de bens e servios que originou o acesso a quase todos os produtos agrcolas. Hoje em dia encontramos facilmente venda qualquer tipo de fruta e legume, independentemente da poca do ano ou do local onde nos encontramos.

O resultado destas mudanas traz muitas vezes um efeito devastador para os produtores locais, que deixam de ter acesso ao mercado devido sua falta de competitividade e afirmao ao nvel de preos de mercado, o que leva muitas vezes ao abandono da actividade rural e consequentemente das terras agrcolas. Ao mesmo tempo, o territrio perde produtos e servios essenciais para a sua sustentabilidade e revitalizao social e econmica, originando fortes desequilbrios ao nvel da populao e dos recursos territoriais.

Neste cenrio surge a necessidade de estimular os produtores, empreendedores e prestadores de servios, para novas formas de oferta, desenvolvendo aces dirigidas promoo dos produtos locais, conferindo visibilidade ao territrio e s pessoas que nele trabalham e habitam. Uma das alternativas passa pela criao e utilizao de instrumentos e mtodos que permitam testar novas formas de comercializao de proximidade, que auxiliem os pequenos produtores a escoar os seus produtos agrcolas directamente aos consumidores, decorrendo desta transaco um benefcio para ambos os intervenientes.

O presente documento foi elaborado em colaborao com um conjunto de entidades parceiras, sob a coordenao da ADREPES, e encontra-se estruturado em seis captulos, enquadrados por uma introduo e consideraes finais. No final podemos encontrar uma diviso com anexos e dois subprodutos que complementam a

TestemunhoProduzir todos sabemos. Comercializar o que produzimos mais difcil.

Produtora PROVE

10

metodologia apresentada. No primeiro captulo apresenta-se uma breve referncia problemtica que esteve na origem da metodologia adoptada pelos parceiros e respectivos actores locais. No segundo captulo descreve-se o processo e iniciativas de mobilizao e organizao do grupo de produtores. O terceiro captulo aborda a mobilizao e fidelizao do grupo de consumidores, enquanto que o quarto captulo apresenta o processo de comercializao de proximidade como um instrumento de interveno local. O quinto captulo aborda temas referentes aos mecanismos de autonomia e sustentabilidade dos produtores e questes de fiscalidade e legalidade. E por fim o sexto captulo descreve as fases de disseminao da metodologia e os resultados alcanados nos diferentes ncleos PROVE.

Os subprodutos so documentos independentes que podem ser utilizados separadamente, uma vez que apresentam uma metodologia e objectivos distintos, no entanto sero referidos diversas vezes ao longo do presente documento por apresentarem um conjunto de complementaridades e simetrias fundamentais para a compreenso do processo desenvolvido pelo PROVE.

O subproduto PROVE Carta de Qualidade e Compromisso Territorial um instrumento regulador dos compromissos estabelecidos entre produtores e consumidores, tendo em conta diversas dimenses: territorial, tica, solidria e comercial. A Carta apresenta-se como um documento alternativo de interveno territorial que serve para gerir conflitos e estabelecer acordos, apresentando-se por isso, como um documento consensual para todos os intervenientes.

O subproduto PROVE Contributo para uma Estratgia de Comunicao uma ferramenta que permite estabelecer os princpios utilizados durante o processo de comercializao. Congrega um conjunto de aces e procedimentos que possibilitam de forma concreta e eficaz, mobilizar e fidelizar os consumidores.

No Anexo I o utilizador do presente documento tem acesso ao cronograma de aplicao da metodologia PROVE, percebendo o tempo requerido para cada uma das fases de dinamizao da comercializao de proximidade.

11

Objectivos e Metodologia O presente documento tem como principal objectivo divulgar a metodologia de interveno do PROVE na promoo de novas formas de comercializao de circuito curto, entre pequenos produtores e consumidores, de modo a resolver os p