ficha de segurança do produto: Ácido sulfÚrico 37% ?· versão 2 de 24-01-2018 ficha de...

Download Ficha de Segurança do Produto: ÁCIDO SULFÚRICO 37% ?· Versão 2 de 24-01-2018 Ficha de Segurança…

Post on 11-Jan-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Verso 2 de 24-01-2018

Ficha de Segurana do Produto: CIDO SULFRICO 37%

Referncia: FS-P-087

1. IDENTIFICAO DA SUBSTNCIA/MISTURA E DA SOCIEDADE/EMPRESA

1.1. Identificador do produto: cido Sulfrico

Nmero CAS: 7664-93-9

Nmero CE: 231-639-5

Nmero de ndice: 016-020-00-8

Nmero de registo REACH: 01-2119458838-20-XXXX

Substncia inorgnica mono-constituinte.

1.2. Utilizaes identificadas relevantes:

- Largamente utilizado em processos industriais, como por exemplo no fabrico de electrlito para

baterias, tratamento de metais, tratamento de guas, entre outros.

Utilizaes desaconselhadas: Nenhumas.

1.3. Identificao do fornecedor da ficha de dados de segurana:

Quimitcnica.com - Comrcio e Indstria Qumica, S.A.

Endereo: Rua 35, n. 27 A - Parque Empresarial do Barreiro

Caixa Postal 5106 2831-904 Barreiro

Telefone: 21 206 9100

Fax: 21 206 9196

E-mail: quimitecnica.com@quimitecnica.pt

1.4. Nmero de telefone de emergncia:

Quimitcnica.com: 21 206 91 00 (9h00 - 18h00)

CIAV - Centro de Informao Anti-Veneno : 808 250 143

INEM: 112

2. IDENTIFICAO DOS PERIGOS

2.1. Classificao da substncia ou mistura

Classificao segundo Regulamento (CE) n. 1272/2008 (CLP):

Classe e categoria de perigo Frases H

Corroso cutnea, categoria 1A (Skin. Corr. 1A) H314 - Provoca queimaduras na pele e leses oculares graves.

Classificao segundo Directiva 67/548/CE:

Classe e categoria de perigo Frases R

C - Corrosivo R35 - Provoca queimaduras graves.

Verso 2 de 24-01-2018

2.2. Elementos do rtulo

Pictogramas de perigo (CLP)

CORROSIVO

Palavra-sinal: PERIGO

Advertncias de perigo (CLP):

H314: Provoca queimaduras na pele e leses oculares graves.

Recomendaes de prudncia (CLP)

P260: No respirar os fumos/gases/nvoas/vapores/aerossis.

P280: Usar luvas de proteco/vesturio de proteco/proteco ocular/proteco facial.

P301+P330+P331: EM CASO DE INGESTO: enxaguar a boca. NO provocar o vmito.

P303+P361+P353: SE ENTRAR EM CONTACTO COM A PELE (ou o cabelo): despir/retirar

imediatamente toda a roupa contaminada. Enxaguar a pele com gua/tomar um duche.

P304+P340: EM CASO DE INALAO: retirar a vtima para uma zona ao ar livre e mant-la em

repouso numa posio que no dificulte a respirao.

P305+P351+P338: SE ENTRAR EM CONTACTO COM OS OLHOS: enxaguar cuidadosamente

com gua durante vrios minutos. Se usar lentes de contacto, retire-as, se tal lhe for possvel.

Continuar a enxaguar.

P310: Contacte imediatamente o CENTRO DE INFORMAO ANTIVENENOS ou um mdico.

P363: Lavar a roupa contaminada antes de a voltar a usar.

Nota: No rtulo colocado nas embalagens do produto apenas figuram as recomendaes de prudncia em itlico.

2.3. Outros perigos:

O cido sulfrico no uma substncia persistente, bioacumulvel e txica (PBT) nem muito persistente e

muito bioacumulvel (mPmB).

Em contacto com materiais orgnicos pode provocar a sua ignio (oxidante). Por aquecimento, liberta

gases txicos.

3. INFORMAO DA COMPOSIO:

3.1. Substncia:

Nome e frmula qumica da substncia

Nmero de ndice CE

Nmero CAS

Nmero CE

Nmero de registo REACH

Concentrao (%)

cido Sulfrico (H2SO4) 016-020-00-8 7664-93-9 231-635-5 01-2119458838-20-XXXX 15 - 98 (p/p)

3.2. Mistura: no aplicvel.

Verso 2 de 24-01-2018

4. MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS

4.1. Descrio das medidas de primeiros socorros:

- Em caso de inalao: Transportar o sinistrado para local arejado e deixar repousar em posio

inclinada. Aplicar oxignio no caso de dificuldade respiratria e aplicar respirao artificial no caso

de paragem respiratria. Consultar imediatamente um mdico.

- Em caso de contacto com a pele: Retirar imediatamente o vesturio contaminado, lavar imediata

e abundantemente com gua. Consultar um mdico.

- Em caso de contacto com os olhos: Com as plpebras abertas, lavar imediata e

abundantemente com gua durante pelo menos 15 minutos. Consultar imediatamente um mdico.

- Em caso de ingesto: Lavar a boca, beber grande quantidade de gua, no provocar o vmito

nem tentar neutralizar. Consultar imediatamente um mdico.

4.2. Sintomas e efeitos mais importantes, tanto agudos como retardados:

- Inalao: A inalao de um mist (partculas de cido em suspenso no ar) provoca dores de

garganta, tosse, dificuldades respiratrias e pode provocar cancro da laringe. A formao de um mist

concentrado pode ocorrer quando se manipula cido sulfrico a 98%, contudo para baixas

concentraes muito pouco provvel a formao de mists, excepto se o cido for sujeito a

aquecimento.

- Contacto com a pele: Provoca queimaduras graves e dolorosas em contacto com a pele.

- Contacto com os olhos: Provoca queimaduras graves e dolorosas em contacto com os olhos.

- Ingesto: A ingesto provoca severas dores, vmitos e estado de choque (perigo de perfurao).

4.3. Indicaes sobre cuidados mdicos urgentes e tratamentos especiais necessrios:

Consultar imediatamente um mdico. Tratar sintomaticamente.

5. MEDIDAS DE COMBATE A INCNDIOS

5.1. Meios de Extino: Produto incombustvel. Utilizar os meios adequados s matrias em combusto.

Utilizar gua pulverizada para arrefecimento dos reservatrios expostos ao fogo. Evitar o contacto

directo da gua com o cido.

5.2. Perigos especiais decorrentes da substncia ou mistura:

Em caso de incndio, por aquecimento a altas temperaturas pode libertar SO3/SO2 (gases txicos).

5.3. Recomendaes para o pessoal de combate a incndios

- Equipamentos: Equipamento autnomo de respirao de presso positiva e vesturio de

proteco de combate a incndios (capacete, casaco, calas, luvas e botas). Em caso de risco de

aquecimento/decomposio do cido utilizar mscara de proteco contra gases sulfurosos.

- Informaes adicionais:

- Evitar o contacto com este material durante as operaes de combate a incndio. Manter pessoas

estranhas afastadas do local;

- Arrefecer as embalagens expostas ao fogo utilizando gua pulverizada e caso seja possvel,

remover os recipientes da rea do incndio;

- O pessoal de interveno deve manter-se sempre com o vento pelas costas e afastado das zonas

baixas;

- Evitar que a gua de extino entre nos esgotos ou nas guas de superfcie.

Verso 2 de 24-01-2018

6. MEDIDAS A TOMAR EM CASO DE FUGAS ACIDENTAIS

6.1. Precaues individuais, equipamento de proteco e procedimentos de emergncia: Manter

todas as pessoas sem proteco afastadas do local, sempre com o vento pelas costas. Utilizar o

equipamento de proteco adequado. Ver Seco 8.

6.2. Precaues a nvel ambiental: Controlar o derrame de forma a evitar a sua entrada nos esgotos ou

nas guas de superfcie. Evitar a contaminao da gua do subsolo.

6.3. Mtodos e materiais de confinamento e limpeza: Diluir com muita gua e neutralizar com cal ou

carbonato de sdio. Lavar a parte residual com grande quantidade de gua. Nunca utilizar serradura

ou outros materiais combustveis para absorver o cido derramado (perigo de combusto).

Se o derrame ocorrer na via pblica, sinalizar e participar s Autoridades e Bombeiros.

6.4. Remisso para outras seces:

Ver Seco 8.2 onde se indicam os equipamentos de proteco individual.

Ver Seco 13.1 onde se indicam os mtodos de tratamento de resduos.

7. MANUSEAMENTO E ARMAZENAGEM

7.1. Precaues para um manuseamento seguro:

- Exausto/ventilao do local de trabalho nos casos em que ocorre formao de mist ou em que se

processa o aquecimento do cido.

- As usuais para manuseamento de produtos qumicos;

- Evitar o contacto com substncias incompatveis;

- Evitar a formao de mist.

- Em caso de diluio, adicionar o cido sobre a gua (nunca o contrrio) lentamente e com agitao

constante.

7.2. Condies de armazenagem segura, incluindo eventuais incompatibilidades:

- Manter os recipientes bem fechados;

- O local de armazenagem deve estar revestido a material resistente ao cido e, no caso de tanques

de armazenagem, o local deve ser limitado por um murete para reteno de qualquer derrame;

- Os locais de armazenagem devem ser bem ventilados, afastados de fontes de calor, protegidos da

exposio solar e das substncias incompatveis.

- Os locais de descarga, armazenagem ou utilizao devem estar equipados com:

Chuveiro e lava-olhos de emergncia;

Sinalizao de segurana.

- Incompatibilidades:

Bases, poeiras metlicas, sulfuretos, sulfitos, cloratos, cloritos, hipocloritos e materiais

orgnicos.

O cido sulfrico reage violentamente com a gua, com libertao de calor, mas somente para

concentraes superiores a 60%. O cido sulfrico diludo no apresenta perigo quando

misturado com gua, no entanto, por razes de precauo deve-se adicionar o cido sobre a

gua e nunca o contrrio.

Verso 2 de 24-01-2018

- Materiais recomendados

Utilizar somente materiais plsticos: PVC, Polipropileno, Polietileno.

7.3. Utilizao(es) final(is) especfica(s):

8. CONTROLO DA EXPOSIO/PROTEO INDIVIDUAL

8.1. Parmetros de controlo:

Valor Limite de Exposio (8 horas / dia - md

Recommended

View more >