Ficha de Caracterização de Projecto Orquestra Geraçãoobservatorio- ?· Ficha de Projecto orquestral…

Download Ficha de Caracterização de Projecto Orquestra Geraçãoobservatorio- ?· Ficha de Projecto orquestral…

Post on 12-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Ficha de Caracterizao de Projecto

    Orquestra Gerao

  • Ficha de Projecto

    A. IDENTIFICAO GERAL DA ENTIDADE

    Projecto(s) Orquestras Sinfnicas Juvenis - Orquestra Gerao

    Sigla Orquestra Gerao

    Morada Rua dos Caetanos n 29, 1249-115 Lisboa

    Telefones 21 342 5922 Fax __

    Coordenador Prof. Antnio Wagner Diniz

    Contacto geracao@emcn.edu.pt

    Equipa Coordenao Pedaggica e Executiva; Orientao Pedaggica; Coordenao Nacional, Coordenao Regional; Coordenao Musical

    2

    Email geracao@emcn.edu.pt Website http://www.orquestra.geracao.aml.pt/

    mailto:geracao@emcn.edu.ptmailto:geracao@emcn.edu.pthttp://www.orquestra.geracao.aml.pt/

  • Ficha de Projecto

    B. CARACTERIZAO DA INTERVENO

    Incio Ano lectivo 2007/2008

    Durao A 1 fase de cada projecto tem a durao de 3 anos. Ao fim deste tempo os alunos podero integrar a Orquestra Municipal, prosseguindo assim para a 2 fase do projecto a que se seguir a 3 e a 4 fase.

    Gnese

    O projecto Orquestras Sinfnicas Juvenis Orquestra Gerao inspirado no Sistema Nacional das Orquestras Juvenis e Infantis da Venezuela seguindo a gnese de El Sistema, uma rede da sociedade civil venezuelana que desencadeou, a partir de 1975, uma mudana social atravs da introduo da msica orquestral na educao das crianas dos bairros mais pobres. Sendo o objectivo principal a incluso social, a promoo de competncias musicais vista como um meio para atingir o desenvolvimento comunitrio inclusivo. Em 2011 existiam 180 ncleos espalhados pelas vrias provncias da Venezuela que integram 350.000 crianas e jovens. O mtodo de aprendizagem o mimetismo as crianas aprendem a tocar msica imitando os outros. Segue-se pelos seguintes princpios: a colaborao muito mais importante que a competitividade; o trabalho exige assiduidade, disciplina e esforo individual, o colectivo permite alcanar o interesse comum. Em Portugal: A Orquestra Gerao era uma das aces do Projecto Gerao no ano 2005, projecto apoiado pela Iniciativa EQUAL e desenvolvido em parceria pela Cmara Municipal da Amadora, pela Fundao Calouste Gulbenkian e pelo Alto Comissariado para a Imigrao e Dilogo Intercultural (ACIDI) e pretendia promover o desenvolvimento social atravs do combate ao abandono e insucesso escolares no Casal da Boba, na Amadora. Devido ao sucesso da Orquestra Gerao neste projecto, justificou-se a sua continuidade, permitindo assim a sua expanso para outros territrios.

    4

    3

  • Ficha de Projecto

    Objectivo

    Geral Integrao social de crianas e jovens que vivem em meios adversos.

    Objectivo

    Especfico Promover a incluso social das crianas e jovens de bairros social e economicamente mais desfavorecidos e problemticos; Combater o abandono e o insucesso escolar; Promover o trabalho de grupo, disciplina e a responsabilidade para uma melhor cidadania; Promover a auto-estima das crianas e das suas famlias; Aproximar os pais do processo educativo dos filhos; Contribuir para a construo de projectos de vida dos mais novos; Promover o acesso a uma formao musical que seria impossvel para a maioria das crianas e jovens que vivem em contexto de excluso social e urbana.

    Principais Problemas Identificados

    Insucesso Escolar Absentismo escolar Dificuldades de integrao social Marginalidade e tecido familiar frgil Crianas institucionalizadas (na escola do Bairro da Boavista)

    Destinatrios Escolas com uma populao social e economicamente desfavorecida.

    Territrio de actuao

    O projecto deve ser implementado em escolas do 1, 2 e 3 ciclo em bairros problemticos ou de habitao social. Na rea Metropolitana de Lisboa existem 12 orquestras locais, duas a funcionar desde finais de 2007 (uma no concelho da Amadora Casal da Boba - e outra em Vila Franca de Xira - Vialonga, tendo as restantes integrado progressivamente o projecto em 2009 e 2012. Em Lisboa a Escola EB1 Alexandre Herculano (Ajuda), a Escola EB1 Arquitecto Ribeiro Telles e a Escola Bsica Bairro do Armador. Existem tambm orquestras em Coimbra, Amarante, Mirandela e Mura.

    B. CARACTERIZAO DA INTERVENO (CONT.)

    4

  • Ficha de Projecto

    5

    Implementao e Desenvolvimento

    O projecto tem incio com a divulgao e recrutamento dos alunos, os quais sero posteriormente seleccionados pela coordenao pedaggica a cargo do Conservatrio Nacional. No 1 ano a orquestra pode ir at aos 30 alunos e os instrumentos so apenas de corda. As aulas decorrem nas instalaes da escola bsica seleccionada em horrio ps-escolar. Os professores da orquestra sero designados pelo Conservatrio depois de autorizao dada pelo Ministrio da Educao e Cincia para a sua contratao. Caso a escola (agrupamento escolar) o entenda, os professores de educao musical da escola podem, aps formao administrada pelo Conservatrio, desempenhar essas funes. Em cada escola dever ser nomeado um Coordenador Musical ( a cargo e sob a responsabilidade do Conservatrio Nacional) e um Coordenador de Escola (professor da prpria escola, nomeado pela respectiva direco). Ao coordenador Musical competir a organizao da componente musical do projecto na escola e a sua insero na mesma, servido de ponte com as estruturas escolares disponveis, sendo para isso coadjuvado pelo Coordenador de Escola, responsveis pelos alunos, articulando os professores, a escola e as famlias. O acompanhamento caso a caso fundamental para o sucesso do projecto tendo em conta a anlise do comportamento escolar do aluno (no deve faltar s aulas e deve ter aproveitamento no final do ano lectivo). No 2 ano so introduzidos os instrumentos de sopro no grupo das cordas, podendo a orquestra admitir mais 16 alunos. O ano termina com um workshop de uma semana de trabalho intensivo com todos os alunos e eventualmente com outras orquestras. Segue-se uma apresentao pblica num espao de referncia. O 3 ano marca a entrada dos instrumentos de percusso, podendo a orquestra ir at aos 50 elementos. Termina tambm com um workshop final de trabalho.

  • Ficha de Projecto

    C. PARCEIROS E FONTES DE FINANCIAMENTO

    Parceiros

    Ministrio da Educao

    Municpios (Amadora, Loures, Oeiras, Sesimbra, Sintra, VF Xira e Lisboa)

    TAP

    Financiadores

    6

    Escola de Msica do Conservatrio Nacional Coordenao Pedaggica

    Junta Metropolitana de Lisboa

    Municpios (Amadora, Loures, Oeiras, Sesimbra, Sintra, VF Xira e Lisboa)

    Barclays Bank

    BNP Paribas

    TAP

    Embaixada da Venezuela Ministrio da Educao

    Fundao Calouste Gulbenkian

    Fundao EDP

    Fundao PT

    Atral Cipan

    Fundao Gulbenkian

    Fundao EDP

    Fundao PT

    BNP Paribas (para a Orquestra Municipal Gerao da Amadora e GERAJAZZ)

    Barclays

    Junta Metropolitana de Lisboa (atravs de financiamento do QREN gerido pelo POR Lisboa)

  • Ficha de Projecto

    D. RESULTADOS ALCANADOS

    - Foi um dos 50 projectos identificados enquanto Boas Prticas pela Comisso Europeia (REGEA); - Foi com este projecto que a Cmara da Amadora foi distinguida com o prmio Excelncia na Educao (tambm em 2011) - Actualmente, 16 alunos esto a frequentar o ensino especializado ou no Conservatrio de Msica ou na Escola Profissional Metropolitana - Criao das Orquestras Municipais de Oeiras, Amadora, Sintra e Sesimbra - 1 Orquestra Intermunicipal (Orquestra do Atlntico): Oeiras, Sintra e Sesimbra - Nas 3 escolas de Lisboa esto a frequentar a Orquestra cerca de 90 alunos - Ano lectivo 2012-2013: 120 concertos realizados A nvel de competncias: - Incremento de capacidade de concentrao e melhoria do sucesso escolar - Diminuio do abandono escolar

    7

  • Ficha de Projecto

    E. PRODUTOS DO PROJECTO

    - Criao das Orquestras Municipais de Oeiras, Amadora, Sintra e Sesimbra - 1 Orquestra Intermunicipal (Orquestra do Atlntico): Oeiras, Sintra e Sesimbra

    8

  • Ficha de Projecto

    Mtodo de ensino adoptado pela Orquestra Gerao no sujeito a um programa curricular fixo nem a uma avaliao formal. No futuro, at 2020, o projecto da Orquestra Gerao pretende abranger todas as regies de Portugal Continental: Norte Litoral distritos de Viana do Castelo e Braga; Norte Interior distritos de Vila Real e Bragana; rea Metropolitana do Porto; Centro Litoral distritos de Aveiro e Viseu; Centro Interior Distritos de Leiria, Coimbra e Guarda; rea Metropolitana de Lisboa; Raia distritos de Castelo Branco, Portalegre e Santarm; Alentejo - distritos de vora e Beja e o Algarve distrito de Faro. Prev-se que cada uma das regies contemple 14 escolas a as reas Metropolitanas 28 com 50 alunos em cada escola, perfazendo um total de aproximadamente 154 escolas e 7.700 alunos. A informao presente nesta ficha de projecto foi recolhida atravs da reunio realizada com o Prof. Antnio Walter Diniz e a Prof. Helena Lima, bem como atravs do relatrio de estudo e avaliao do projecto Orquestra Gerao realizado pelo Centro de Estudos Geogrficos - IGOT (Universidade de Lisboa).

    F. OBSERVAES

    9

Recommended

View more >