ferramentas para análise de qualidade no ciberjornalismo (volume 1: modelos)

Download Ferramentas para Análise de Qualidade no Ciberjornalismo (Volume 1: Modelos)

Post on 12-Jul-2015

151 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Por Marcos Palacios (Orgs.). Ano de edição: 2011. ISBN: 978-989-654-075-3

TRANSCRIPT

i i

i i

i i i

i

i i

i i

i i i

i

i i

i i

Marcos Palacios (Orgs.)

Ferramentas para Anlise de Qualidade no Ciberjornalismo (Volume 1: Modelos)

LabCom Books 2011

i i i

i

i i

i i

Livros LabCom www.livroslabcom.ubi.pt Srie: Estudos em Comunicao Direco: Antnio Fidalgo Design da Capa: Madalena Sena Paginao: Filomena Matos Portugal, Covilh, UBI, LabCom, Livros LabCom, 2011 ISBN: 978-989-654-075-3

As pesquisas que embasam os textos publicados nesta coletnea foram nanciadas pela CAPES (Coordenao de Aperfeioamento de Pessoal de Nvel Superior/Ministrio da Educao/ Brasil) e pela DGU (Direccin General de Universidades/Ministrio de Educacin y Ciencia/Espanha), atravs do Convnio CAPES/DGU, no perodo de 2007 a 2010.

i i i

i

i i

i i

ndiceApresentao Ferramenta para Catalogao de Cibermeios por Javier Daz Noci Ferramenta para Anlise Geral de Qualidade em Cibermeios por Llus Codina Ferramenta para Anlise de Hipertextualidade em Cibermeios por Suzana Barbosa e Luciana Mielniczuk 1

5

21

37

Ferramenta para Anlise de Interatividade em Cibermeios por Koldo Meso, Graciela Natansohn, Bella Palomo e Claudia Quadros 51 Ferramenta para Anlise de Multimidialidade em Cibermeios por Pere Masip, Josep Llus Mic e Tattiana Teixeira

81

Ferramenta para Anlise de Design em Cibermeios por Bella Palomo, Itanel Quadros e Fernando Firmino da Silva 131 Ferramenta para Anlise de Bases de Dados em Cibermeios por Suzana Barbosa, Elias Machado e Jos Pereira Ferramenta para Anlise de Memria em Cibermeios por Marcos Palacios e Beatriz Ribas

167

183

i

i i i

i

i i

i i

Ferramenta para Anlise de Blogs em Cibermeios por Koldo Meso, Graciela Natansohn, Bella Palomo e Claudia Quadros 207 Avaliao de Qualidade em Cibermeios: um percurso de pesquisa coletiva por Llus Codina, Javier Daz Noci e Marcos Palacios 237 Lista de Autores e Tradutores 291

ii

i i i

i

i i

i i

ApresentaoEm busca da Qualidade em CiberjornalismoMarcos Palacios Isto no um livro. uma Caixa de Ferramentas. Produzir uma Caixa de Ferramentas: foi essa a inteno dos pesquisadores do Brasil e Espanha que integraram o Convnio Capes/DGU 140/07, em sua segunda fase de funcionamento, entre 2009 e 2010, quando cou decidido que publicaramos uma coletnea com os diversos instrumentos de anlise por ns desenvolvidos e testados para a Avaliao de Qualidade em Ciberjornalismo. Estamos oferecendo para apreciao e uso (e esperamos que especialmente uso!) um conjunto de Ferramentas direcionadas para a mensurao e avaliao de vrias caractersticas especcas dos produtos jornalsticos formatados para a Internet. Depois de dois anos de trabalho conjunto (2007-2008), dedicados a discusses comparativas de Metodologias para o Estudo do Ciberjornalismo, das

1

i i i

i

i i

i i

2

Ferramentas para Anlise de Qualidade no Ciberjornalismo

quais resultaram trs coletneas de textos j publicadas1 , resolvemos partir para anlises aplicadas e para a mensurao da Qualidade em Cibermeios, atravs de uma proposta de criao de instrumentais especcos para avaliao de produtos jornalsticos disponibilizados em suporte de redes digitais. A deciso foi motivada, em grande medida, pelos resultados da explorao bibliogrca realizada nos dois anos iniciais do projeto, que indicaram a imensa escassez de contribuies na rea mais prtica da avaliao de produtos ciberjornalsticos, seja para ns acadmicos, seja para ns de consultoria tcnica. Os pesquisadores espanhis tinham alguma experincia acumulada no assunto; os pesquisadores brasileiros tambm, mas tudo parecia ainda bastante incipiente, com as anlises concentradas em aspectos muito genricos e muitas vezes realizadas a partir de parmetros tomados de emprstimo de outros tipos de sites e de produtos digitais que no os jornalsticos. Decidimos que teramos que produzir instrumentos capazes de avaliar variveis e movimentos mais especcos, que levassem em conta os avanos e desdobramentos pelos quais vem passando a produo ciberjornalstica, especialmente aps a difuso e generalizao do uso da Banda Larga. Conhecamos, de antemo, as diculdades a que nos lanvamos. Discutir e avaliar Qualidade uma tarefa das mais resvaladias, envolta em inndveis problemas conceituais e escolhas mais ou menos arbitrrias de parmetros de anlise. Ainda que a busca por instrumentos objetivos para a mensurao sistemtica de Qualidade de produtos jornalsticos possa ser acompanhada atravs de uma extensa bibliograa que remonta, pelo menos, ao perodo ps-Segunda Guerra Mundial, no podemos sequer armar que uma denio consensual do que seja Qualidade esteja rmada entre pesquisadores da rea.1 Trs coletneas de textos foram publicadas como resultado da primeira fase do Convnio. Uma primeira foi produzida em Portugus (DAZ NOCI, Javier e PALACIOS, Marcos (Orgs.). Metodologia para o estudo dos cibermeios: Estado da arte & perspectivas. Salvador: EDUFBA, 2008); uma segunda em Ingls (PALACIOS, Marcos e DAZ NOCI, Javier (Orgs.) Online Journalism: Research Methods. A Multidisciplinary Approach in comparative perspective. Bilbao: University of the Basque Country, 2008) e uma terceira em Espanhol (PALACIOS, Marcos e DAZ NOCI, Javier (Orgs.). Ciberperiodismo: Mtodos de investigacin. Una aproximacin multidisciplinar en perspectiva comparada. Bilbao: University of the Basque Country, 2008). Todas esto disponveis para livre acesso e download em http://gjol.blogspot.com.

www.livroslabcom.ubi.pt

i i i

i

i i

i i

Marcos Palacios (Org.)

3

A questo da mensurao da Qualidade colocou-se, desde o incio, em termos de dois grandes eixos de interrogaes: a) o que se mede quando se analisa Qualidade; b) com que rgua se mede. E se tais diculdades se apresentam de modo inequvoco para os pesquisadores que se dedicam a essa problemtica em jornais impressos e outros suportes jornalsticos j de alguma idade como o rdio e a televiso que dizer da tarefa de avaliar Qualidade em um ambiente relativamente novo: as redes digitais de alta velocidade? Estvamos em territrio novo. Mas no em territrio totalmente no mapeado. Partindo da experincia acumulada do grupo de pesquisadores envolvidos no projeto, o primeiro passo foi eleger, dentre as possveis alternativas existentes, um instrumental que pudesse fornecer parmetros bsicos para anlise das caractersticas de um site na Internet e, em seguida, buscar maneiras de aperfeio-lo e desdobr-lo para anlises mais renadas. O histrico desse processo est relatado no captulo nal desta coletnea pelos professores Javier Das Noci, Llus Codina e Marcos Palacios. Os textos aqui reunidos no discutem aspectos tericos da Avaliao de Qualidade, nem se debruam sobre as justicativas e opes metodolgicas que levaram escolha dos parmetros utilizados em cada instrumental de anlise construdo e testado ao longo destes dois anos. O material se organiza em torno das prprias Ferramentas: cada captulo oferece um Manual e uma Ficha de Anlise. A Caixa de Ferramentas est aberta. Esperamos que elas sejam testadas, modicadas, descartadas, se for o caso. Somente pelo uso podero ser aperfeioadas.

Livros LabCom

i i i

i

i i

i i

i i i

i

i i

i i

Ferramenta para Catalogao de CibermeiosJavier Daz Noci

A ferramenta proposta deve ser aplicada antes de todas as outras, pois se trata de determinar as caractersticas morfolgicas do universo de estudo, ou seja, dos cibermeios que sero objetos de anlise. Na realidade, a ferramenta pode servir para fazer um catlogo completo dos cibermeios de um pas e de uma poca determinados, por exemplo. A verso aqui proposta est baseada em chas similares de catalogao empregadas para a imprensa, que tiveram como modelo a cha hemerogrca de Jacques Kayser (1963). Destacamos os estudos consultados que ajudaram na construo do presente instrumento: os catlogos de Almuia (1992), Lara et al. (1996), Anguera et al.(1996), Guillamet (2003), o catlogo de publicaes peridicas bascas dos sculos XIX e XX de Adolfo Ruiz de Gana (1991) e a pesquisa publicada pela Sociedade de Estudo Basco, em 1994, (Euskarazko aldizkari, almanaka eta urtekarien erroldea: 1834-1959). A partir dessas chas de catalogao de meios impressos, foi produzido, mediante a coordenao de quatro equipes de universidades espanholas (Mlaga, Navarra, Pas Vasco e Santiago de Compostela), um catlogo mais exaustivo possvel dos cibermeios espanhis entre os anos de 2002 e 2005. O emprego dessa base de dados proporcionou tambm a produo de alguns trabalhos conjuntos em colaborao1 .Traduo de Claudia Quadros Por exemplo, D AZ N OCI, Javier; G AGO, Manuel; L PEZ, Xos; M ESO, Koldo; P E REIRA , Xos; S ALAVERRA , Ramn. New trends in content and design at the Spanish cybermedia. En: Salaverra, Ramn; Sdaba, Charo (editors). Towards new media paradigms. Content, producers, organisations and audiences. II COST A20 International Conference Proceedings. Pamplona (Spain), 27-28 June 2003. Pamplona: Eunate, 2004, p. 63-70. Y, sobretudo, Salaverra, Ramn (coord.) (2005). Cibermedios. El impacto de Internet en los medios de comunicacin en Espaa. Sevilla: Comunicacin Social Ediciones y Publicaciones.1

Ferramentas para Anlise de Qualidade no Ciberjornalismo, 5-19

i i i

i

i i

i i

6

Javier Daz Noci

Os campos considerados para confeccionar esta base de dados morfolgica de cibermeios espanhis da clssica cha de Jacques Kayser2 , criada em um momento histrico e um lugar geogrco concretos, e para cumprir um determinado objetivo, fazer o censo dos dirios franceses da dcada dos anos 60, foram os seguintes: Nome Razo social Comunidade autnoma Ci

Recommended

View more >