excelentÍssimo (a) senhor (a) doutor (a) juiz (a) de ...· excelentÍssimo (a) senhor (a) doutor

Download EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ (A) DE ...· excelentÍssimo (a) senhor (a) doutor

Post on 05-Dec-2018

216 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • EXCELENTSSIMO (A) SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ (A) DE DIREITO DA __ VARA CVEL DA COMARCA

    DE CASCAVEL, ESTADO DO PARAN.

    ATACADO LIDERANA DE TECIDOS E CONFECES EIRELI, empresa individual de

    responsabilidade limitada, inscrita no CNPJ/MF sob o n. 76.777.556/0001-50, estabelecida e sediada

    na cidade de Cascavel, PR, na Avenida Aracy Tanaka Biazetto, n 6508, Regio do Lago, CEP n 85.816-

    455, atravs de seu representante legal e por intermdio do advogado que esta subscreve, a honrosa

    e respeitosa presena de Vossa Excelncia, com amparo jurdico na lei 11.101/05, ajuza a presente

    AO DE RECUPERAO JUDICIAL, cujo processamento ao final se requerer, no sem antes

    demonstrar aptido ftica e tcnica tutela jurdica irrogada, que o que se passa a fazer doravante.

    I. ESTRUTURA JURDICA E OPERACIONAL DA REQUERENTE.

    1. A requerente ATACADO LIDERANA DE TECIDOS E CONFECES EIRELI, atual razo

    social da ATACADO LIDERANA DE TECIDOS E CONFECES LTDA, se encontra em atividades formais

    desde 01 de junho de 1983, e tem como finalidades, ou objetos sociais, a explorao do ramo de

    indstria de confeces e artigos de vesturio, cama, mesa e banho, e comrcio atacadista e varejista

    de tecidos, confeces e artigos de vesturio, cama, mesa e banho, calados, armarinhos e brinquedos

    e locao de imveis prprios.

    Doc

    umen

    to a

    ssin

    ado

    digi

    talm

    ente

    , con

    form

    e M

    P n

    2.

    200-

    2/20

    01, L

    ei n

    11

    .419

    /200

    6, r

    esol

    uo

    do

    Pro

    judi

    , do

    TJP

    R/O

    EV

    alid

    ao

    des

    te e

    m h

    ttps:

    //pro

    judi

    .tjpr

    .jus.

    br/p

    roju

    di/ -

    Iden

    tific

    ador

    : PJD

    EJ

    L5B

    RZ

    6V

    UA

    T Y

    K4A

    D

    PROJUDI - Processo: 0017785-95.2017.8.16.0021 - Ref. mov. 1.1 - Assinado digitalmente por Ely de Oliveira Faria

    31/05/2017: JUNTADA DE PETIO DE INICIAL. Arq: Petio Inicial

  • 2. Seu capital social atual de R$ 5.400,000,00, concentrados na pessoa do proprietrio Sr.

    Nilton Joo Casagrande, a quem compete a administrao e representao legal.

    3. A empresa sediada nesta Comarca de Cascavel, PR, na Avenida Aracy Tanaka Biazetto,

    n 6508, bairro Regio do Lago, onde fica sua estrutura administrativa e tambm seu estabelecimento

    empresarial, no possuindo filiais na atualidade.

    4. Operacionalmente, o ATACADO LIDERANA DE TECIDOS E CONFECES EIRELI, est

    instalado num imvel, as margens da BR-277, que ocupa um espao de 70.000 metros quadrados, em

    cuja estrutura existe um centro de compra integrado, subdividido em 120 sees para fins de

    proporcionar ao lojista, pblico final do empreendimento, otimizar seu tempo com acesso a todos os

    itens que necessitada.

    5. O estabelecimento comercial e logstico dispe, ainda, de uma rea de estacionamentos

    para capacidade de 300 vagas, de uma praa de alimentao coberta, com aproximadamente 2000

    metros quadrados, e de um hotel construdo para finalidade de atender exclusivamente aos clientes

    provenientes de outras cidades da regio.

    6. A filosofia da empresa se estrutura no oferecimento ao seus clientes, lojistas, de uma

    estrutura fsica aonde os mesmos podero se dirigirem com tranquilidade, diante do acesso fcil,

    permanecerem com comodidade, dada existncia de amplo estacionamento, praa de alimentao e

    leitos de hotel, e adquirirem, num s lugar, toda grade de produtos que comercialmente oferecem nas

    suas lojas ou comrcios, da porque o ATACADO LIDERANA DE TECIDOS E CONFECES EIRELI

    atualmente reconhecido como o SHOPPING DO LOGISTA.

    7. A movimentao operacional da empresa, de grande porte para um negcio atualmente

    focado no segmento de vendas para revendas, emprega com vnculo direito aproximadamente 114

    pessoas, muito embora, ao se considerar indiretamente, como guias, funcionrios de locatrios de

    espaos na estrutura de vendas, a terceirizao dos servios da praa de alimentao, a quantidade de

    contratos de trabalho gerados dentro dessa estrutura operacional atingir um nmero prximo a 300

    pessoas, sendo, este, o fluxo de bem estar social concebido atravs do modelo de negcio do ATACADO

    Doc

    umen

    to a

    ssin

    ado

    digi

    talm

    ente

    , con

    form

    e M

    P n

    2.

    200-

    2/20

    01, L

    ei n

    11

    .419

    /200

    6, r

    esol

    uo

    do

    Pro

    judi

    , do

    TJP

    R/O

    EV

    alid

    ao

    des

    te e

    m h

    ttps:

    //pro

    judi

    .tjpr

    .jus.

    br/p

    roju

    di/ -

    Iden

    tific

    ador

    : PJD

    EJ

    L5B

    RZ

    6V

    UA

    T Y

    K4A

    D

    PROJUDI - Processo: 0017785-95.2017.8.16.0021 - Ref. mov. 1.1 - Assinado digitalmente por Ely de Oliveira Faria

    31/05/2017: JUNTADA DE PETIO DE INICIAL. Arq: Petio Inicial

  • LIDERANA DE TECIDOS E CONFECCES EIRELI, o qual, no curso do presente procedimento, se

    esforar para preservar, reestruturar e, ulteriormente, majorar na proporo em que o

    empreendimento empresarial, comercial, econmico e jurdico foram recuperados.

    II. CONDIES PROCESSUAIS DA AO.

    II. I. Possibilidade, interesse e legitimidade.

    8. A admisso para o processamento de aes judiciais, em cujo gnero a espcie da

    recuperao judicial seguramente se insere, exige o concurso necessrio das condies da ao que a

    legislao processual civil prope para aceitao preliminar de processamento, no s porque regra

    geral, mas tambm por estar disciplinada sua regncia supletiva no artigo 189 da Lei 11.101/05.

    9. As condies da ao, de natureza processual e destinadas a pautar o juzo de prelibao

    acerca da instalao do processamento judicial de um feito so: legitimidade de parte, possibilidade

    jurdica do pedido e o interesse processual.

    Possibilidade Jurdica do Pedido.

    10. Inerente possibilidade jurdica do pedido, assim explica o clssico doutrinador:

    H possibilidade jurdica do pedido quando a pretenso do autor se refere a

    providncia admissvel pelo direito objetivo. O autor, como diz Galeno

    Lacerda, s ser titular do direito subjetivo pblico de ao se, em tese, o

    direito objetivo material admitir o pedido1.

    11. No caso da recuperao judicial, a anlise da possibilidade deve se estender aos

    pressupostos da lei especfica, no caso, o artigo 2. da lei 11.101/05, em cujo preceptivo remanesce

    disciplinado que o pedido de processamento da recuperao judicial seria juridicamente impossvel

    1 Jos Frederico Marques, Instituies de direito processual civil Campinas: Millennium, 1999, p. 23.

    Doc

    umen

    to a

    ssin

    ado

    digi

    talm

    ente

    , con

    form

    e M

    P n

    2.

    200-

    2/20

    01, L

    ei n

    11

    .419

    /200

    6, r

    esol

    uo

    do

    Pro

    judi

    , do

    TJP

    R/O

    EV

    alid

    ao

    des

    te e

    m h

    ttps:

    //pro

    judi

    .tjpr

    .jus.

    br/p

    roju

    di/ -

    Iden

    tific

    ador

    : PJD

    EJ

    L5B

    RZ

    6V

    UA

    T Y

    K4A

    D

    PROJUDI - Processo: 0017785-95.2017.8.16.0021 - Ref. mov. 1.1 - Assinado digitalmente por Ely de Oliveira Faria

    31/05/2017: JUNTADA DE PETIO DE INICIAL. Arq: Petio Inicial

  • acaso perpetrado por empresa pblica e sociedade de economia mista (I); instituio financeira

    pblica ou privada, cooperativa de crdito, consrcio, entidade de previdncia complementar,

    sociedade operadora de plano de assistncia de sade, sociedade seguradora, sociedade de

    capitalizao e outras entidades legalmente equiparadas s anteriores (II).

    12. Isto posto considerando que as empresas no se enquadram s hipteses previstas no

    artigo discutido, tem-se, ento, que o pedido juridicamente possvel, haja vista a correlao entre

    o direito subjetivo e o objetivado na norma de regncia.

    Interesse de Agir.

    13. Passa-se, agora, a definio daquilo que a clssica doutrina processual eleita para apoiar

    esta pea compreende por interesse de agir, a segunda condio da ao aqui abordada:

    Para que haja interesse de agir, necessrio que o autor formule uma

    pretenso adequada a satisfao do interesse contido no direito subjetivo

    material [....] Donde se tira a seguinte lio de Liebman: A existncia do

    interesse de agir e, assim, uma condio do exame do mrito, o qual seria

    evidentemente intil se a providncia pretendida fosse por si mesma

    inadequada a proteger o interesse lesado ou ameaado [...]2.

    14. O interesse de agir, tal como a possibilidade jurdica do pedido, igualmente deve ser

    garimpado a partir da lei de regncia, eis nela estarem declarados as garantias e solues que o

    procedimento outorgar empresa que estiver sobre o regime jurdico em questo.

    15. Neste desiderato, preleciona o artigo 47 da Lei 11.101/05 que a recuperao judicial

    tem por objetivo viabilizar a superao da crise econmico-financeira do devedor, a fim de permitir a

    manuteno da fonte produtora, do emprego dos trabalhadores e dos interesses dos credores,

    promovendo, assim, a preservao da empresa, sua funo social e o estmulo atividade econmica.

Recommended

View more >