exame oab 2008-3 prova prtico profissional - direito tributrio

Download Exame OAB 2008-3 Prova Prtico Profissional - Direito Tributrio

Post on 13-Jun-2015

1.179 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Exame OAB 2008-3 Prova Prático Profissional - Direito Tributário

TRANSCRIPT

DIREITO TRIBUTRIOPEA PROFISSIONAL

No ano de 2006, Augusto, residente em Porto Alegre RS, firmou com a imobiliria Delta, domiciliada em So Paulo SP, contrato de promessa de compra e venda de imvel localizado em loteamento situado em Salvador BA. Conforme o contrato, Augusto deveria pagar o imvel em 30 parcelas mensais. Aps ter pago algumas parcelas, Augusto descobriu que o loteamento estava localizado em terra pblica estadual e que, portanto, a empresa estava praticando crime de grilagem. Em vista disso, suspendeu o pagamento das prestaes, antes mesmo de receber a posse do imvel. Por determinao do fisco, a empresa enviou respectiva secretaria municipal de finanas a listagem dos adquirentes. Em 2008, ao requerer certido negativa de dbito, Augusto foi informado de que devia ao municpio valor de IPTU e taxa de iluminao pblica, relativos ao lote objeto do citado contrato, nos montantes de, respectivamente, R$ 1.000,00 e R$ 200,00. Inconformado, Augusto decidiu procurar escritrio de advocacia para a proposio de ao judicial com a finalidade de obter o cancelamento da dvida e a expedio imediata da certido.

Em face da situao hipottica apresentada, na qualidade de advogado(a) contratado(a) por Augusto, elabore a pea processual que entender cabvel para a defesa dos interesses de seu cliente, abordando, em seu texto, todos os aspectos pertinentes, com base na lei, doutrina e jurisprudncia.

UnB/CESPE OAB

N em o u n e t il iz e nh e um s t e a es hi p p a t o es e!

Direito Tributrio

Exame de Ordem 2008.3

Prova Prtico-Profissional

1

TEXTO DEFINITIVO PEA PROFISSIONAL 1/5PARA USO EXCLUSIVO DO APLICADOR NO H TEXTO

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30

UnB/CESPE OAB

Direito Tributrio

Exame de Ordem 2008.3

Prova Prtico-Profissional

2

TEXTO DEFINITIVO PEA PROFISSIONAL 2/5PARA USO EXCLUSIVO DO APLICADOR NO H TEXTO

31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60

UnB/CESPE OAB

Direito Tributrio

Exame de Ordem 2008.3

Prova Prtico-Profissional

3

TEXTO DEFINITIVO PEA PROFISSIONAL 3/5PARA USO EXCLUSIVO DO APLICADOR NO H TEXTO

61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90

UnB/CESPE OAB

Direito Tributrio

Exame de Ordem 2008.3

Prova Prtico-Profissional

4

TEXTO DEFINITIVO PEA PROFISSIONAL 4/5PARA USO EXCLUSIVO DO APLICADOR NO H TEXTO

91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120

UnB/CESPE OAB

Direito Tributrio

Exame de Ordem 2008.3

Prova Prtico-Profissional

5

TEXTO DEFINITIVO PEA PROFISSIONAL 5/5

PARA USO EXCLUSIVO DO APLICADOR NO H TEXTO

121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150

UnB/CESPE OAB

Direito Tributrio

Exame de Ordem 2008.3

Prova Prtico-Profissional

6

QUESTO 1

Pedro era scio minoritrio da empresa DYT Ltda., que se encontrava em estado de falncia, em dbito com a Unio relativamente a imposto de renda. Em vista disso, os scios decidiram vender a empresa a Tiago, irmo de Pedro, em alienao judicial.

Nessa situao hipottica, caso a operao de venda da empresa se concretize, quais sero os seus efeitos sobre a responsabilidade pelo pagamento do imposto de renda? Quanto a esse aspecto, o que ocorreria, se Pedro e Tiago no tivessem qualquer vnculo ou parentesco? Fundamente suas respostas.

TEXTO DEFINITIVO QUESTO 11 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30

PARA USO EXCLUSIVO DO APLICADOR NO H TEXTO

UnB/CESPE OAB

Direito Tributrio

Exame de Ordem 2008.3

Prova Prtico-Profissional

7

QUESTO 2

Considere que determinado ente da Federao crie taxa de registro empresarial cujo fato gerador seja o cadastramento dos atos constitutivos da empresa no respectivo rgo de registro de comrcio e cuja base de clculo seja o capital da empresa, sendo a respectiva alquota de 0,001%. A taxa deve ser paga tanto no registro do ato constitutivo quanto nas alteraes contratuais. Nessa situao, a referida taxa atende aos requisitos normativos? Fundamente sua resposta.

TEXTO DEFINITIVO QUESTO 21 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30

PARA USO EXCLUSIVO DO APLICADOR NO H TEXTO

UnB/CESPE OAB

Direito Tributrio

Exame de Ordem 2008.3

Prova Prtico-Profissional

8

QUESTO 3

A Unio concedeu empresa Madeira Boa S.A., a partir de 1./1/2005 e com base em lei ento vigente, a iseno de determinado imposto, pelo perodo de 10 anos, sob a condio de que a empresa mantivesse projeto de reflorestamento de mil hectares de terra por ano.

Nessa situao, caso a Unio tivesse revogado, em julho de 2008, a mencionada lei, a partir de que ms a empresa deixaria de gozar da mencionada iseno? Fundamente sua resposta.

TEXTO DEFINITIVO QUESTO 31 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30

PARA USO EXCLUSIVO DO APLICADOR NO H TEXTO

UnB/CESPE OAB

Direito Tributrio

Exame de Ordem 2008.3

Prova Prtico-Profissional

9

QUESTO 4

Em 1998, Gilson deixou de cumprir determinada obrigao acessria e, por isso, foi punido com multa de R$ 1.000,00. Recorreu na esfera administrativa at a ltima instncia, mas sucumbiu em todas as decises. Recorreu na esfera judicial e, igualmente, restou sucumbente, tendo a sentena transitado em julgado em agosto de 2008. Em setembro de 2008, foi publicada uma lei que reduzia, para o valor de R$ 600,00, a pena aplicada ao tipo de descumprimento praticado por Gilson.

Na situao hipottica apresentada, Gilson tem direito reduo da pena? Fundamente sua resposta de acordo com as normas gerais de direito tributrio.

TEXTO DEFINITIVO QUESTO 41 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30UnB/CESPE OAB

PARA USO EXCLUSIVO DO APLICADOR NO H TEXTO

Direito Tributrio

Exame de Ordem 2008.3

Prova Prtico-Profissional

10

QUESTO 5

Amaro, empregado de uma loja, recebeu um bilhete em que seu chefe imediato ordenava a emisso de nota fiscal da seguinte forma: a primeira via, destinada ao cliente, deveria ser preenchida com o valor real da operao, e as demais vias, que permanecem na empresa, com valor inferior. Em uma fiscalizao de rotina, o agente do fisco encontrou o referido bilhete e, aps averiguaes na loja e com o comprador, verificou que, de fato a ordem dada pela chefia havia sido cumprida por Amaro.

Na situao hipottica apresentada, qual a qualidade da responsabilidade de Amaro? Fundamente sua resposta.

TEXTO DEFINITIVO QUESTO 51 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30

PARA USO EXCLUSIVO DO APLICADOR NO H TEXTO

UnB/CESPE OAB

Direito Tributrio

Exame de Ordem 2008.3

Prova Prtico-Profissional

11