estudo caso controle

Download Estudo caso controle

Post on 24-Jan-2017

137 views

Category:

Healthcare

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

ESTUDO CASO-CONTROLE

ESTUDO CASO-CONTROLE

1

AILDA OLIVEIRACARLENE RAMOSEDJAN SILVAHIAGO LOPESCOMPONENTES

O QUE

ExpostosNoExpostosExpostosNoExpostosDoentesSadiosEstudo RetrospectivoOs estudos tipo caso-controlecaracterizam-se, semelhanados estudos de coorte por seremobservacionais, ou seja, no hinterveno por parte do Investigador.

INDICAESSituaes como as encontra-das em surtos epidmicos oudiante de agravos desconhe-cidos, em que indispensvela identificao urgente da etio-logia da doena com o objeti-vo de uma imediata ao decontrole.Esse delineamento permite, de forma rpida e pouco dis-pendiosa, a investigao defatores de risco associadosa doenas raras e de longo perodo de latncia.

DIFICULDADES

Memria dos casos e dos controles.Seleo de casos e controles.

ASPECTOS RELEVANTESCritrio diagnostico;Aspectos variedades clnicas;Estadiamento da doena;Emprego de casos ocorridos num intervalo definido de tempo (incidncia) ou de casos prevalentes em determinado momento;Fonte dos casos, que podem ser todos os atendidos por um ou mais servios mdicos ou todos doentes encontrados na populao.

FCIL EXECUO

SELEO DOS CONTROLESINFORMAESINCORRETAS

BAIXO CUSTO+CURTA DURAO

MEMRIACALCULO DIRETOVANTAGENSDESVANTAGENS

TESEFatores associados ao dengue grave em crianas: estudo caso-controle em trs hospitais peditrico no municpio do Rio de Janeiro

Mayumi Duarte Wakimoto

APLICABILIDADEESTUDO CASO-CONTROLEPOPULAO DO ESTUDOSELEO DOS CASOSSELEO DOS CONTROLESCOLETA DE DADOSANLISE DOS DADOS

PLANO AMOSTRAL

O clculo amostral para o estudo foi realizado em conformidade com as orientaes para clculo de amostras para Estudos Caso-Controle com mltiplos controles por caso (Schlesselman, 1982). Frmula de Clculo: n= [Z(1+1/c).p.q + Zp1.q1+ p0.q0/c]2/( p1-p0)2 Onde: n= nmero de casos necessrios; c= nmero de controles por caso; n.c= nmero de controles necessrios = nvel de significncia; = erro (complementar ao poder (1- ) do estudo) Z e Z= valores da curva normal padro correspondentes a e p0= probabilidade estimada de exposio entre controles; q0= 1 - p0 R= Risco Relativo (Odds Ratio) mnimo que se deseja detectar no estudo p1= p0. R/[1+ p0(R-1)]; q1= 1- p1 p= (p1+c. p0)/(1+c); q= 1-p

http://portalses.saude.sc.gov.br/arquivos/sala_de_leitura/saude_e_cidadania/ed_07/08_08.html. Acesso em 09/05/15 s 18:14 Wakimoto, Mayumi Duarte Fatores associados ao dengue grave em crianas - estudo caso-controle em trs hospitais peditricos no municpio do Rio de Janeiro. / Mayumi Duarte Wakimoto. -- 2011. Acesso em 09 /05/2015 as 18:56

REFERNCIAS

12

Recommended

View more >