espiritualidade - biblioteca rede la salle ?· délcia enricone . helena noronha cury . jayme...

Download Espiritualidade - Biblioteca Rede La Salle ?· Délcia Enricone . Helena Noronha Cury . Jayme Paviani…

Post on 15-Dec-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Espiritualidade e

Qualidade de Vida

Pontifcia Universidade Catlica do Rio Grande do Sul

Chanceler:

Dom Dadeus Grings

Reitor:

Norberto Francisco Rauch

Vice-Reitor:

Joaquim Clotet

Conselho Editorial:

Antoninho Muza Naime

Antonio Mario Pascual Bianchi

Dlcia Enricone

Helena Noronha Cury

Jayme Paviani

Jussara Maria Rosa Mendes

Luiz Antonio de Assis Brasil e Silva

Marlia Gerhardt de Oliveira

Mrian Oliveira

Urbano Zilles (presidente)

Diretor da EDIPUCRS:

Antoninho Muza Naime

Espiritualidade e

Qualidade de Vida

Organizadores:

Evilzio Francisco Borges Teixeira

Marisa Campio Mller

Juliana Dors Tigre da Silva

Porto Alegre

2004

EDIPUCRS, 2004 Capa: Bruna DMartini

Preparao de originais: Eurico Saldanha de Lemos Reviso: dos organizadores

Editorao e composio: Suliani Editografia Impresso e acabamento: Grfica EPEC

Dados Internacionais de Catalogao na Publicao (CIP)

E77 Espiritualidade e qualidade de vida / Organizadores: Evi- lzio Francisco Borges Teixeira, Marisa Campio Ml- ler, Juliana Dors Tigre da Silva. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004. 224 p.

Apresenta artigos do Encontro Gacho de Espirituali-

dade e Qualidade de Vida, PUCRS, 2003.

ISBN 85-7430-444-1

1. Espiritualidade. 2. Qualidade de Vida. 3. Religio e Cincia. I. Teixeira, Evilzio Francisco Borges. II. Ml- ler, Marisa Campio. III. Silva, Juliana Dors Tigre da.

CDD 248 215

Ficha Catalogrfica elaborada pelo

Setor de Processamento Tcnico da BC-PUCRS

Proibida a reproduo total ou parcial desta obra sem autorizao expressa da Editora.

EDIPUCRS

Av. Ipiranga, 6681 Prdio 33 Caixa Postal 1429

90619-900 Porto Alegre RS Brasil

Fone/faz: (51) 3320.3523 www.pucrs.br/edipucrs/

E-mail: edipucrs@pucrs.br

Sumrio

Apresentao Norberto Francisco Rauch ............................................................................... 7

Introduo

Marisa Campio MIler ...................................................................................... 8 Espiritualidade crist

Urbano Zilles .................................................................................................. 10 O conceito de pessoa da Trindade modernidade

Evilzio Francisco Borges Teixeira ................................................................ 23 Um estado de conscincia

Juan Jos Mourio Mosquera ........................................................................ 39 A religiosidade e suas interfaces com a Medicina, a Psicologia e a Educao: o estado da arte

Paulo L. R. Sousa, leda A.Tillmann, Cristina L. Horta, Flvio M. de Oliveira .......................................................... 53

Espiritualidade: uma dimenso essencial na experincia significativa da vida

Leda Lsia Franciosi Portal ............................................................................. 68

Sade, bem-estar espiritual e qualidade de vida: pressupostos tericos e pesquisas atuais

Jorge Castell Sarriera ................................................................................... 79 O retorno do conceito do sagrado na cincia

Rassa Cavalcanti .......................................................................................... 91 Prece e cura

Carlos Eduardo Tosta .................................................................................. 105 Espiritualidade e qualidade de vida: pesquisas em psicologia

Geraldo Jos de Paiva ................................................................................. 125 Universidade, cincia e espiritualidade

Malvina do Amaral Dorneles ........................................................................ 138 Psicoterapia e espiritualidade: convergncia possvel e necessria

Jlio Peres .................................................................................................... 147

Espiritualidade e sade

Gilson Lus Roberto ...................................................................................... 162 Religiosidade, sade e qualidade de vida: uma reviso da literatura

Neusa Sica da Rocha Marcelo Pio de Almeida Fleck ...................................................................... 177

Espiritualidade e qualidade de vida: uma viso psicanaltica

Lucio Boechat ............................................................................................... 195 Educao, qualidade de vida e espiritualidade

Mauro Luiz Pozatti ........................................................................................ 208 Ncleo Interdisciplinar de Estudos Transdisciplinares sobre Espiritualidade

Malvina do Amaral Dorneles Ccero Marcos Teixeira, Dinor Fraga da Silva; Carlos Tho Lahorgue, Miriam Benigna; Monika Clemente; Valquiria Pezzi Parode, Neusa Junqueira Armellini; Vera Regina dos Santos Wolff ............................. 222

Autores ............................................................................................................ 237

Apresentao

Todas as religies, todas as artes e todas as cincias so o ramo de uma mesma rvore. Todas essas aspiraes visam ao enobrecimento da vida humana, elevando-a acima da esfera da existncia puramente material e conduzindo o indivduo para a liberdade. (Einstein)

dimenso espiritual na vida humana vem encontrando espaos crescentes

nas melhores comunidades acadmicas.

Um grupo interdisciplinar e interinstitucional teve a louvvel iniciativa de

organizar um Encontro Gacho de Espiritualidade e Qualidade de Vida.

Telogos, mdicos, psiclogos, educadores, filsofos e outros cientistas,

independentemente de vinculaes eclesiais ou grupos espiritualistas, reuniram-

se na PUCRS e dialogaram com muita liberdade acadmica e esprito fraterno

sobre o tema citado.

A obra que tenho a satisfao de apresentar representa o contedo

desenvolvido nesse evento que foi coroado de xito.

Apresentamos os cumprimentos aos conferencistas, painelistas e

participantes, fazendo votos de que futuros Encontros dessa natureza se repitam

tornando cada vez mais realidade a previso de Andr Malraux e Arnold Toynbee:

A prxima idade do homem ser mstica ou no ser nada.

Irmo NORBERTO FRANCISCO RAUCH Reitor da PUCRS

A

Introduo 8

Introduo

Marisa Campio MIler ______________________________________

omo se pode definir espiritualidade? Espiritualidade viver com esprito e,

portanto, uma dimenso constitutiva do ser humano. Espiritualidade uma

expresso para designar a totalidade do ser humano enquanto sentido e

vitalidade, por isso espiritualidade significa viver segundo a dinmica profunda

da vida. Isso significa que tudo na existncia visto a partir de um novo olhar

onde o ser humano vai construindo a sua integralidade e a sua integrao com

tudo que o cerca.

A idia de que cincia e espiritualidade so reas antagnicas j faz

parte do passado. Pesquisas feitas em pases como Brasil, Canad e Estados

Unidos buscam provar como experincias de carter espiritual ajudam a melhorar

a qualidade de vida das pessoas. Essa tendncia vem se firmando h alguns

anos e ganha maior destaque com o aumento dos estudos sobre o assunto.

O presente livro oriundo do Encontro Gacho de Espiritualidade e

Qualidade de Vida realizado na PUCRS em outubro de 2003. O Evento foi

organizado pela Faculdade de Psicologia e Centro de Pastoral com a participao

de outras duas Universidades: Universidade Federal do Rio Grande do Sul e

Universidade Catlica de Pelotas, juntamente com a Sociedade Sul-Rio-

Grandense de Medicina Psicossomtica, Sociedade Brasileira de Psicooncologia

Regional Sul e Instituto Junguiano do Rio Grande do Sul. Estiveram presentes

bilogos, historiadores, mdicos, pedagogos, psiclogos, filsofos telogos,

estudantes dessas reas, assim como a comunidade geral, para tratar dos temas

espiritualidade e religiosidade, nas diversas dimenses da vida pessoal e social.

Inmeras pesquisas hoje indicam que pessoas que professam uma f

apresentam alguns resultados benficos distintos na psicoterapia. Existe uma

associao entre a dimenso de f e o trabalho psicoterpico. Um potencializa

C

Introduo 9

o outro, gerando uma melhor qualidade de vida, bem-estar e alvio dos

sintomas. Em termos emocionais, a espiritualidade propicia uma maneira

diferenciada de tratar as dificuldades, que podem ser vistas como experincias

de vida. Existem alguns indicativos que, de fato, aquele com uma prtica

religiosa, um apoio espiritual de alguma natureza, mostra-se mais beneficiado

em relao aos outros.

A idia primeira deste Encontro teve como cenrio, os gramados da

USP. Na ocasio, juntamente com a professora Maria Helena Souza Presidente

da Sociedade Sul-Rio-Grandense de Medicina Psicossomtica, participvamos

do Congresso Brasileiro de Psicossomtica. Aps a apresentao de uma mesa

de trabal