espiritismo: filosofia, ciência e religião - filosofia, ciencia e religiao... · espiritismo:...

Download Espiritismo: Filosofia, Ciência e Religião - Filosofia, Ciencia e Religiao... · Espiritismo: Filosofia,

Post on 04-Dec-2018

223 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Espiritismo: Filosofia, Cincia e Religio

    Espiritismo: Filosofia, Cincia e Religio

    Ditado em Conjunto Pelos Espritos

    Camille Flammarion

    Padre Jos de Anchieta

    Escrito Pelo Mdium Ncolas C. Fabiano

    1

  • Espiritismo: Filosofia, Cincia e Religio

    Captulo 1 Introduo a Doutrina Esprita .......................................................................... 5

    A Cincia Esprita ......................................................................................................... 11 A Filosofia Esprita ....................................................................................................... 12 A Religio Esprita........................................................................................................ 12

    Captulo 2 Existncia de Deus .......................................................................................... 15 Captulo 3 Conceito de Alma e Esprito ........................................................................... 19

    O que o Esprito ......................................................................................................... 20 Diferena entre Alma e Esprito ................................................................................... 20 Existncia Eterna do Esprito........................................................................................ 21 Resposta questo ........................................................................................................ 22

    Captulo 4 O Corpo Fsico ................................................................................................ 24 Origem do Corpo Fsico Matria Elementar.............................................................. 25 Fluido Vital ................................................................................................................... 27 Perisprito...................................................................................................................... 28 Esprito Encarnado........................................................................................................ 30

    Captulo 5 Morte do Corpo Fsico .................................................................................... 31 Captulo 6 Reencarnao .................................................................................................. 35

    Absolvio dos Pecados................................................................................................ 37 O Carma ........................................................................................................................ 38 O Pecado Original......................................................................................................... 39 Lei de Causa e Efeito .................................................................................................... 40

    Captulo 7 Inferno, Paraso e Purgatrio........................................................................... 42 Inferno........................................................................................................................... 42 Purgatrio...................................................................................................................... 45 Paraso........................................................................................................................... 46 Transio entre Inferno, Purgatrio e Paraso............................................................... 47

    Captulo 8 Objetivo Maior ................................................................................................ 49 Lei do Progresso Moral e Cientfico............................................................................. 51 A F............................................................................................................................... 53

    Captulo 9 Escopo da Vida na Terra no Quadro Geral da Existncia............................... 55 Um Captulo Curto na Eternidade................................................................................. 58

    Captulo 10 Concluso...................................................................................................... 62 Apndice A ....................................................................................................................... 81

    O que uma Obra Ditada.............................................................................................. 81 Apndice B........................................................................................................................ 84

    Camille Flammarion ..................................................................................................... 84 Mensagem de Flammarion............................................................................................ 85 Padre Jos de Anchieta ................................................................................................. 86 Mensagem do Padre Jos de Anchieta.......................................................................... 87

    2

  • Espiritismo: Filosofia, Cincia e Religio

    Agradecimentos Como todo livro, este o espao reservado para que o autor reconhea o apoio daqueles que o ajudaram durante a realizao do trabalho. Este que lhes escreve, tem a conscincia de que no foi o autor do presente trabalho, servindo apenas de intermedirio para que os salutares ensinamentos vindos da ordem superior nos chegassem mente e ao corao. Como tal, no poderia ento utilizar-me dessa oportunidade apenas para agradecimento de forma impessoal a uma meia dzia de pessoas, mas com a devida permisso dos verdadeiros autores espirituais, coloco aqui meus sinceros sentimentos de gratido profunda a todos que participaram do processo de sua exteriorizao. Peo humildemente ao leitor, que passe por cima das possveis incongruncias gramaticais destre trecho, pois, no submeti esse texto especfico reviso, no interesse de derramar os meus sentimentos diretamente para as pginas, sem o perigo de perder nenhuma emotividade no processo de correo semntica. Primeiramente, a gratido mais que sincera aos espritos encarnados, companheiros de luta, que contriburam de forma fundamental, direta ou indiretamente, ao complemento do trabalho. minha esposa, que, no passado, provavelmente me referiria a ela como minha melhor metade, mas que agora, na certeza de sermos as chamadas almas gmeas, me refiro a ela como o todo, e no apenas uma das metades. Ela, com sua maneira nica de simplificar assuntos que na minha cabea, s vezes parecem complicadssimos, sempre me oferece uma porta de escape para as minhas consideraes hermticas. Mdium intuitivo, presenteia-me constantemente com idas que oferecem respostas to simples para questionamentos que, s vezes, me parecem complexos e sem soluo. Ela , sem dvida, o meu equilbrio. minha filhinha, que chegou h pouco mais de um ano ao nosso convvio, para, dentre outras coisas, completamente reformular meus conceitos e prioridades, e me empurrar de forma to abrupta quanto indescritivelmente maravilhosa para fora da vida materialista e de volta ao caminho dos assuntos do esprito. A meus pais, que me introduziram na Doutrina Esprita, quando em criana, e me deram o bem mais precioso que um filho pode almejar; o exemplo de conduta, sempre alinhados com os conceitos de moral, honestidade e companheirismo mostrados pelo nosso Mestre Jesus. Revisores deste texto, profundos conhecedores da Doutrina e trabalhadores incansveis, sempre se colocam disposio para o auxlio, seja atravs de conversas elucidativas, seja atravs da indicao de leituras que se aplicam aos questionamentos da hora, ou de qualquer outra forma que o momento necessite, no existindo para eles, tarefa menos nobre que a prxima.

    3

  • Espiritismo: Filosofia, Cincia e Religio

    minha av e minha irm, que atravs do convvio e de suas dificuldades da vida encarnada oferecem lies dirias em perseverana e sede de viver. A gratido agora direcionada a todos os irmos desencarnados, que atravs de seu trabalho incansvel de bem desinteressado, ofereceram lies valiosssimas de caridade e amor. Partindo desde aqueles que no se apresentaram como contribuientes diretos para o texto em questo, mas que sem dvida executaram trabalho fundamental para o prosseguimento da obra de forma ordenada, que como o prprio texto coloca: ordem base para todo trabalho de caridade. Rede espiritual maravilhosa, comandada pelo seu guia e mentor, O Estrelo, colocada a servio do amor, e interessada, dentre outras tarefas de caridade, na divulgao da Doutrina que o prprio Mestre, h mais de dois mil anos, nos disse que enviaria como o Esprito Consolador e de Verdade. Chegando finalmente aos dois principais autores espirituais da obra, atravs da formao de improvvel dupla, devido s suas caractersticas extremamente diferentes: um partindo sempre da lgica cientfica para exposio e discusso de tpicos, e o outro funcionando como verdadeiro pai que ensina a seus filhos, ainda pequenos, os conceitos de religio e f. Esta parceria sublinha ainda mais a necessidade de vermos tudo que nos cerca, sempre de forma associada, com olhos de cincia, filosofia e religio; e ainda mais, nos mostra que a evoluo assunto ao mesmo tempo moral e cientfico, apresentando impossvel separao. A estes dois espritos evoluidssimos, que por caridade, permitiram que o pecador que lhes escreve, servisse de operrio na construo desse arranha-cu de amor, minha eterna gratido e garantia que lhes estarei sempre em dvida, e que me colocarei sempre a postos para a prxima convocao do exrcito do Mestre. Aqui, como nos instruiu os autores espirituais, me coloco disposio daqueles que ainda, aps a leitura desta obra, tiverem dvidas sobre a Doutrina. Podem esses me contactar atravs do endereo de e-mail: nicolas.c.fabiano@gmail.com. Ofereo min