escotismo para rapazes capa introducao

Download Escotismo Para Rapazes Capa Introducao

Post on 07-Jul-2015

1.599 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

V".:

ZSCOTISMO JPARA RAPAZES

EDIO

DA

FRATERNIDADE

MUNDIAL

Baden-Pov/e ESCOTISMO PARA RAPAZES Edio da Fraternidade Mundial

ESCOTISMO PARA RAPAZESUM MANUAL DE INSTRUO EM BOA CIDADANIA POR MEIO DAS ARTES MATEIRAS de LORD BADEN-POWELL OF GILWELLFundador do Movimenlo Escoteiro

EDIO DA FRATERNIDADE MUNDIALPUBLICADO PELA EDITORA ESCOTEIRA DA UNIO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL

Propriedade literria da Boy Scouts Association, da Inglaterra. Direitos reservados do Escritrio Internacional Escoteiro.

NDICE Introduo Histria de B.-P ,,. Datas magnas da vida de B.-P. e da histria do Escotismo Mundial Prefcio de B.-P Promessa e Lei Escoteira (texto oficial do Brasil) Promessa e Lei Escoteira (texto original de B.-P.);

5 9 18 21 23 24 27 27 36 48 58 77 77 106 113 126 126 150 176 184 184

Captulo I A Arte do Explorador e do Escoteiro Conversa de Fogo de Conselho n. 1 As atividades dos exploradores Conversa de Fogo de Conselho n. 2 O que os Escoteiros fazem Conversa de Fogo de Conselho n. 3 Tornando-se um Escoteiro Conversa de Fogo de Conselho n. 4 Patrulhas Escoteiras Captulo II No Campo Conversa de Fogo de Conselho n. 5 Vida ao ar livre Conversa de Fogo de Conselho n. 6 Escotismo do Ar e do Mar Conversa de Fogo de Conselho n. 7 Sinalizaes e Comandos Captulo m Vida no Acampamento Conversa de Fogo de Conselho n. 8 Pioneiria . . Conversa de Fogo de Conselho n. 9 Acampando Conversa de Fogo de Conselho n. 10 Cozinhando no acampamento Captulo IV Rastreando Conversa de Fogo de Conselho n. 11 Observao de "Indcios"3

Conversa de Fogo de Conselho n. 12 Seguimento de pistas Conversa de Fogo de Conselho n. 13 Leitura de "Indcios" ou Deduo Captulo V Histria Natural Conversa de Fogo de Conselho n. 14 Tocaiar ou Espreitar Conversa de Fogo de Conselho n. 15 Animais .. Conversa de Fogo de Conselho n. 16 Plantas .. Captulo VI Dando resistncia aos Escoteiros

201 215 227 227 238 257 262

Conversa de Fogo de Conselho n. 17 Como ficar forte . . . . . 262 Conversa de Fogo de Conselho n. 18 Hbitos saudveis 280 Conversa de Fogo de Conselho n. 19 A preveno de doenas 289 Captulo VII O CavaUieirismo dos Cavaleiros da Idade Mdia : Conversa de Fogo de Conselho n. 20 Cavalheiris mo para com o prximo Conversa de Fogo de Conselho n. 21 Auto dis ciplina Conversa de Fogo de Conselho n. 22 Auto aperfeioamento Captulo VIII Salvamento de vidas Conversa de Fogo de Conselho n. 23 Estar bem preparado para acidentes Conversa de Fogo de Conselho n. 24 Como agir em casos de acidentes Conversa de Fogo de Conselho n. 25 Ajuda ao prximo Captulo IX Nossos deveres como cidados Conversa de Fogo de Conselho n. 26 Cidadania A LTIMA MENSAGEM DO CHEFE O ADESTRAMENTO ESCOTEIRO NDICE ALFABTICO 301 301 315 324 333 333 338 347 362 362 368 369 381

INTRODUOPara a Edio da Fraternidade Mundial do ESCOTISMO PARA RAPAZES

O ESCOTISMO PARA RAPAZES de Baden-Powell ol lanado inicialmente em seis ascculos quinzenais, de janeiro a maro de 1908. O contedo destes ascculos oi, em maio de 1908, reunido e editado em orma de livro, com ligeiras modificaes. Imediatamente este livro inflamou a imaginao dos jovens das Ilhas Britnicas e iogo depois comeou a conquistar o mundo; traduzido em vrios idiomas fz com que aderissem a novo programa os rapazes de muitos pases. Lentamente, comeou a surgir a Eraternidade Mundial dos Escoteiros. Desde aquele dia de 1908 at hoje, milhes de exemplares do ESCOTISMO PARA RAPAZES, suas tradues e adaptaes foram publicadas influenciando a juventude de quase todos os pases civilizados. O Movimento Escoteiro, nele baseado, atingiu um crescimento jamais sequer aproximado por qualquer ouro movimento juvenil. Ao terminar a segunda guerra mundial, muitos de ns sentiram a necessidade de reafirmar ao mundo as verdades singelas da honestidade, da caridade, da solidariedade e da confiana em si, to convincentemente expressas por Baden-Powell em seu livro. com este propsito que se publica esta edio do ESCOTISMO PARA RAPAZES. A idia da edio partiu de William Hillcourt, Diretor Nacional de Tcnica Escoteira da Boy Scouts of America. Sua sugesto foi cordialmente apoiada pelo Dr. Elbert K. Eretwell, Escoteiro-Chefe Executivo, e pelo Dr. Lorne W. Barclay, Diretor Nacional de Publicaes, ambos tambm da Boy Scouts of America. Lady Baden-Powell, a Boy Scouts Association, da Inglaterra, e o Escritrio Internacional Escoteiro, aplaudiram a pro5

posta. Hillcourt ento preparou o manuscrito para a publicao, desincumbindo-se da misso a contento de todos e recebendo valiosas sugestes de Frank E. L. Coombs, redator-chefe das publicaes da Boy Scouts Association do Canad. A presente edio do ESCOTISMO PARA RAPAZES segue a ltima edio revista pessoalmente por Baden-Powell, mas se z um especial esro para apresent-la da maneira que o prprio B.-P. usaria para uma edio da Fraternidade Mundial. Assim o aspecto internacional predominou sobre o nacional; as referncias a prticas especiticadamente britnicas, que no seriam facilmente compreendidas tora do Reino Unido, ioram eliminadas. Tal como B.-P. o teria desejado, mantivemos sempre em mente que o nosso pblico seria composto de MENINOS. Os duzentos desenhos de Baden-Powell que ilustram esta edio, loram recolhidos de um grande nmero de livros e artigos. Constituem a maior coleo de ilustraes da autoria do Escoteiro-Chefe jamais reunida num nico volume. Devemos os nossos agradecimentos aos Escotistas j mencionados, Boy Scouts o America que tomou a si todos os trabalhos relativos edio, impresso e publicao (em lngua inglesa), Boy Scouts Association dq Inglaterra e aos editores C. Arthur Pearson & Son, por sua gentil cooperao e pronta permisso para a impresso da edio em ingls nos Estados Unidos da Amrica do Norte do ESCOTISMO PARA RAPAZES, Edio da Fraternidade Mundial. O Escoteiro-Chee Mundial que escreveu o ESCOTISMO PARA RAPAZES em 1907, mostrou ser ainda, quando escreveu o seguinte em julho de 1939, o mesmo visionrio de esprito prtico: "Ao homem cabe a tarefa de restaurar, em seu prprio benefcio, as bnos da paz que traz para todos a prosperidade e a felicidade. O primeiro passo deveria ser no sentido de desenvolver o esprito de boa vontade e tolerncia, de verdade e de justia, em substituio inveja, ao dio e maldade. Dentro de mais uns poucos dias os meninos de hoje sero os homens de seus respectivos pases. Para ns, Escoteiros,6

esta parece ser a oportunidade que nos dada pa.ra ajudar a volta ao bom senso e caridade do amor e do servio ao prximo. Nosso Movimento, felizmente, se transformou numa fraternidade mundial em que j existem os sentimentos de compreenso mtua e camaradagem". E este, para o Escotismo, o significado da Fraternidade Mundial.I. s. WILSON Diretor Escritrio Internacional Escoteiro

7