ESCOLA SECUNDÁRIA MARQUÊS DE POMBAL ORDEM DE esmp.pt/docs/OS (OS 05-15 16) Sumários registo dos sumários…

Download ESCOLA SECUNDÁRIA MARQUÊS DE POMBAL ORDEM DE esmp.pt/docs/OS (OS 05-15 16) Sumários registo dos sumários…

Post on 11-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li><p>OS (OS 05-15 16) SUMRIOS ELETRONICOS </p><p> O.S. ESCOLA SECUNDRIA MARQUS DE POMBAL </p><p> ORDEM DE SERVIO N 05-15/16 </p><p> PARA: Docentes </p><p>ASSUNTO: Procedimento de registo da componente letiva e no letiva (sumrio eletrnico) </p><p>1. Todas as horas da componente letiva, ou equiparadas, devem estar definidas no horrio do professor e so </p><p>objeto de registo de presena e registo de sumrio no livro de ponto eletrnico. </p><p>Procedimento de registo da componente letiva do pessoal docente </p><p>2. O registo de presena da componente letiva decorre obrigatoriamente no perodo definido para o efeito no </p><p>horrio do professor, tendo em ateno os seguintes critrios: </p><p> a) 1. tempo do turno da manh (08:30): 15 minutos de tolerncia; restantes tempos do turno da </p><p>manh: 10 minutos de tolerncia. </p><p>b) 1. tempo do turno da tarde (13:15): 15 minutos de tolerncia; restantes tempos do turno da </p><p>tarde: 10 minutos de tolerncia. </p><p>c) 1. tempo do turno da noite (18:30): 15 minutos de tolerncia; restantes tempos do turno da noite: </p><p>10 minutos de tolerncia. </p><p>d) No caso das disciplinas que no horrio do professor sejam compostas de 2 ou mais tempos </p><p>consecutivos, o registo de presena dever ser efetuado no primeiro tempo, de acordo com as tolerncias </p><p>definidas nas alneas anteriores, e para os restantes tempos o registo poder ser regularizado at ao final do </p><p>ltimo tempo da disciplina. </p><p>3. O registo dos sumrios da componente letiva pode ser efetuado, impreterivelmente, at s 23:40 do dia </p><p>previsto para o efeito no horrio do professor. </p><p>4. A componente no letiva do pessoal docente abrange a realizao de trabalho a nvel individual e a </p><p>prestao de trabalho a nvel do estabelecimento de educao ou de ensino. </p><p>Procedimento de registo da componente no letiva do pessoal docente </p><p>5. O trabalho a nvel do estabelecimento de educao ou de ensino deve ser desenvolvido sob orientao das </p><p>respetivas estruturas pedaggicas intermdias com o objetivo de contribuir para a realizao do projeto </p><p>educativo da escola. </p><p>6. A distribuio de servio docente a que se refere o nmero anterior determinada pelo rgo de direo </p><p>de forma a assegurar que as necessidades de acompanhamento pedaggico e disciplinar dos alunos so </p><p>satisfeitas. </p><p>7. Todas as atividades da componente no letiva devem estar definidas nos horrios dos professores e so </p><p>objeto de registo de presena e registo de sumrio no livro de ponto eletrnico. </p><p>8. Por imperativos de ordem tcnico-pedaggica todas as horas da componente no letiva a serem </p><p>desempenhadas na Biblioteca Escolar e no Gabinete de Apoio ao Aluno so de registo de presena obrigatria </p><p>no perodo definido no horrio do professor. O registo do sumrio poder ser efetuado at s 23:40 do dia </p><p>previsto para o efeito no horrio. </p><p>9. A gesto dos registos de presena e sumrio das horas da componente no letiva a serem desempenhadas </p><p>no Centro Para a Qualificao e o Ensino Profissional (CQEP) e no Centro de Formao de Associao de </p><p>Escolas Calvet de Magalhes ser da responsabilidade dos respetivos Coordenador e Diretor. </p></li><li><p>OS (OS 05-15 16) SUMRIOS ELETRONICOS </p><p>10. Os docentes que desempenhem os cargos de: </p><p> Coordenao de Departamento; </p><p> Coordenao do CQEP; </p><p> Coordenao dos Diretores de Turma; </p><p> Coordenao dos Diretores/Coordenadores de Curso; </p><p> Coordenao do GAA; </p><p> Coordenao do Gabinete Disciplinar; </p><p> Coordenao da Avaliao Interna; </p><p> Coordenao do PTE; </p><p> Coordenao do Desporto Escolar; </p><p> Coordenao do Plano de Segurana; </p><p> Delegado de Grupo; </p><p> Diretor de Instalaes; </p><p>Devero fixar no seu horrio uma hora da componente no letiva atribuda para o desempenho dos respetivos </p><p>cargos, sendo o registo de presena dessa hora obrigatrio no perodo definido para o efeito no horrio. O </p><p>registo de sumrio desta hora poder ser efetuado at s 23:40 do dia definido no horrio do professor. </p><p>11. O registo de presena e sumrio das horas sobrantes da componente no letiva atribuda para o </p><p>desempenho dos cargos referidos no ponto anterior tem de ser efetuado impreterivelmente at ao final de </p><p>cada semana (sexta-feira, 23:40). </p><p>12. O registo de presena e sumrio da hora da componente no letiva atribuda para o desempenho do cargo </p><p>de Diretor de Turma tem de ser efetuado impreterivelmente at ao final de cada semana (sexta-feira, </p><p>23:40). </p><p>13. O registo de presena e sumrio das horas da componente no letiva atribudas para o desempenho dos </p><p>cargos de Diretor/Coordenador de Curso e Responsvel da Prtica Simulada tem de ser efetuado </p><p>impreterivelmente at ao final de cada semana (sexta-feira, 23:40). </p><p>14. O registo de presena e sumrio das horas da componente no letiva atribudas para o desempenho de </p><p>funes no mbito da Avaliao Interna, Gabinete Disciplinar, Clube de Robtica, Plano Tecnolgico, Projeto </p><p>Pera, Clube Arte, Projeto Sade, Plano de Segurana, Recuperao de Espaos tem de ser efetuado </p><p>impreterivelmente at ao final de cada semana (sexta-feira, 23:40). </p><p>15. Todos os casos que no estejam abrangidos pela presente Ordem de Servio devero ser apresentados ao </p><p>Diretor no sentido de definir o respetivo registo de presena e sumrio. </p><p>Lisboa e ESMP, 30 de setembro de 2015 </p><p> O Diretor, </p><p> (Jaime Manuel Alves dos Santos Carlos) </p><p>ORDEM DE SERVIO N 05-15/16</p></li></ul>

Recommended

View more >