ergonomia1 introducao

Download Ergonomia1 introducao

Post on 18-Dec-2014

4.460 views

Category:

Engineering

8 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

  • 1. INTRODUO SEGURANA DO TRABALHO Segundo a Organizao Mundial da Sade: Sade um estado de completo bem-estar fsico, mental e social e no apenas a ausncia de doenas, levando-se em conta que o homem um ser que se distingue no somente por suas atividades fsicas, mas tambm por seus atributos mentais, espirituais e morais e por sua adaptao ao meio em que vive. Todos os seres humanos tm direito ao melhor estado de sade, independente de raa, religio, opinio poltica, condio econmica ou social. 1. Introduo
  • 2. INTRODUO SEGURANA DO TRABALHO A atividade produtiva pode deixar o trabalhador exposto a esses agentes e, sem o monitoramento e controle deles, causar doenas irreversveis e at mesmo a morte. Existem outros agentes causadores de doenas, tais como ansiedade, responsabilidade, que vo causar agravos sade do trabalhador. So causas indiretas que afetam o bem-estar dos trabalhadores: o analfabetismo, o alcoolismo, o tabagismo, a habitao inadequada, entre outras. 1. Introduo
  • 3. INTRODUO SEGURANA DO TRABALHO Os agentes causadores de doenas do trabalho podem ser fsicos, qumicos, ergonmicos, mecnicos ou biolgicos. A exposio a agentes fsicos tais como calor, rudo, radiaes diversas; a agentes qumicos , por exemplo, benzeno, asbesto, fumos metlicos, cidos etc.; a agentes ergonmicos , como movimentos repetitivos; a agentes biolgicos : bactrias, fungos, bacilos e a agentes mecnicos ou de acidentes: arranjos fsicos inadequados, mquinas sem proteo, iluminao deficiente, podem causar doenas especficas do trabalho. Para evitar a ocorrncia de doenas, a melhor maneira a preveno. 1. Introduo
  • 4. INTRODUO SEGURANA DO TRABALHO A busca incessante pela melhoria da qualidade de vida e pela excelncia nos processos produtivos, aliada aos avanos tecnolgicos tende a utilizar- se, indiscriminadamente, dos recursos oriundos da natureza (solo, ar e gua), comprometendo a prpria sobrevivncia do homem. O resduos da produo, desde que no tenham um destino adequado, entram em contato com os elementos da natureza e prejudicam a qualidade do ar, da agricultura, da pecuria e das guas. Faz-se necessria a adoo de programas voltados para a preveno. 2. O meio ambiente e o trabalhador
  • 5. INTRODUO SEGURANA DO TRABALHO O acidente de trabalho um fato indesejado que traz prejuzos aos trabalhadores, aos empresrios, s suas famlias e a toda a nao. Entre as entidades organizadas que atuam diretamente na produo de bens e servios e detm a responsabilidade de promover a preveno, as empresas e os sindicatos, podem e devem interferir na diminuio das ocorrncias de acidentes do trabalho. As empresas, representadas pelos empresrios, tm a responsabilidade pela manuteno e melhoria das condies de trabalho. Entre suas obrigaes, podem-se destacar: 3. O papel das empresas na sade e na segurana do trabalho
  • 6. INTRODUO SEGURANA DO TRABALHO a) Cumprir e fazer cumprir as disposies legais e regulamentares sobre Segurana e Medicina do Trabalho; b) elaborar ordens de servio sobre Segurana e Medicina do Trabalho, dando cincia aos empregados, com os seguintes objetivos: 1. prevenir atos inseguros no desempenho do trabalho; 2. divulgar as obrigaes e proibies que os empregados devam conhecer e cumprir; 3. dar conhecimento aos empregados de que sero passveis de punio, pelo descumprimento das ordens de servio expedidas; 3. O papel das empresas na sade e na segurana do trabalho
  • 7. INTRODUO SEGURANA DO TRABALHO 4. determinar os procedimentos que devero ser adotados em caso de acidente do trabalho e doenas profissionais ou do trabalho; 5. adotar medidas determinadas pelo Ministrio do Trabalho (MTb); 6. adotar medidas para eliminar ou neutralizar a insalubridade e as condies inseguras de trabalho; 3. O papel das empresas na sade e na segurana do trabalho
  • 8. INTRODUO SEGURANA DO TRABALHO c) Informar aos trabalhadores: 1. os riscos profissionais que possam originar-se nos locais de trabalho; 2. os meios de prevenir e limitar tais riscos e as medidas adotadas pela empresa; 3. os resultados dos exames mdicos e de exames complementares de diagnstico aos quais os prprios trabalhadores forem submetidos; 4. os resultados das avaliaes ambientais realizadas nos locais de trabalho. d) Permitir que representantes dos trabalhadores acompanhem a fiscalizao dos preceitos legais e regulamentares sobre Segurana e Medicina do Trabalho. 3. O papel das empresas na sade e na segurana do trabalho
  • 9. INTRODUO SEGURANA DO TRABALHO Sob o ponto de vista prevencionista, causa de acidente qualquer fato que, se removido a tempo, teria evitado o acidente. Os acidentes so evitveis, no surgem por acaso e, portanto, so passveis de preveno. Sabemos que os acidentes ocorrem por falha humana ou por fatores ambientais. 1) FALHA HUMANA A falha humana, tambm chamada de Ato Inseguro, definida como sendo aquela que decorre da execuo de tarefas de forma contrria s normas de segurana. So os fatores pessoais que contribuem para a ocorrncia de acidentes. toda ao consciente ou no, capaz de provocar algum dano ao trabalhador, aos companheiros de trabalho ou s mquinas, aos materiais e equipamentos. 4. Principais fatores que causam os acidentes e doenas profissionais
  • 10. INTRODUO SEGURANA DO TRABALHO a) inaptido entre o homem e a funo; b) desconhecimento dos riscos da funo e ou da forma de evit-los; c) desajustamento, motivado por: 1. seleo ineficaz; 2. falhas de treinamento; 3. problemas de relacionamento; 4. poltica salarial e promocional imprpria; 5. clima de insegurana quanto manuteno do emprego; 6. diversas caractersticas de personalidade. 4. Principais fatores que causam os acidentes e doenas profissionais Tais circunstncias poderiam, inclusive, no apontar o homem como o maior causador dos acidentes.
  • 11. INTRODUO SEGURANA DO TRABALHO 2) FATORES AMBIENTAIS Os fatores ambientais (condies inseguras) de um local de trabalho so as falhas fsicas que comprometem a segurana do trabalho. Exemplificando, pode-se citar: a) falta de iluminao; b) rudos em excesso; c) falta de proteo nas partes mveis das mquinas; d) falta de limpeza e ordem (asseio); e) passagens e corredores obstrudos; f) piso escorregadio; g) proteo insuficiente ou ausente para o trabalhador. 4. Principais fatores que causam os acidentes e doenas profissionais Se conseguirmos controlar as falhas humanas e os fatores ambientais que concorrem para a causa de um acidente de trabalho, estaremos eliminando os Acidentes.
  • 12. INTRODUO SEGURANA DO TRABALHO Os instrumentos mais eficazes para a preveno dos acidentes so: a) Inspees de segurana. b) Processos educativos para o trabalhador. c) Campanhas de segurana d) Anlise dos acidentes e) CIPA atuante. 4. Principais fatores que causam os acidentes e doenas profissionais
  • 13. INTRODUO SEGURANA DO TRABALHO Um acidente pode envolver qualquer um, ou uma combinao dos seguintes fatores: HOMEM Uma leso, que representa apenas um dos possveis resultados de um acidente. MATERIAL Quando o acidente afeta apenas o material. MAQUINARIA Quando o acidente afeta apenas as mquinas. Raramente um acidente com mquina se limita a danificar somente a mquina. EQUIPAMENTO Quando envolver equipamentos, tais como: empilhadeiras, guindastes, transportadoras, etc. TEMPO Perda de tempo o resultado constante de todo acidente, mesmo que no haja dano a nenhum dos fatores acima mencionados. 4. Principais fatores que causam os acidentes e doenas profissionais
  • 14. INTRODUO SEGURANA DO TRABALHO O item 5.16 da NR-5 Comisso Interna de Preveno de Acidentes CIPA, tem como atribuio: a) identificar os riscos do processo de trabalho, e elaborar o mapa de riscos, com a participao do maior nmero de trabalhadores, com assessoria do SESMT, onde houver; b) Mapa de Riscos uma representao ilustrada dos pontos de riscos encontrados em cada setor. uma maneira fcil e rpida de representar os riscos de acidentes de trabalho sendo que; 5. Mapa de Risco
  • 15.