epi's treinamento

Download EPI'S treinamento

Post on 07-Apr-2018

234 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    1/21

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    2/21

    APRESENTAO/OBJETIVO DO TREINAMENTO

    2Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    3/21

    EPIS

    NR 6Equipamento de Proteo Individual

    De acordo com a NR-6 da Portaria n 3214 de 8 de junho de 1978, do Ministrio do Trabalho eEmprego, considera-se Equipamento de Proteo

    Individual EPI:

    TODO DISPOSITIVO DE USO INDIVIDUALDESTINADO A PROTEGER A SADE E AINTEGRIDADE FSICA DO TRABALHADOR.

    3Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    4/21

    EPIS

    O uso deste tipo de equipamento s dever ser feito quando

    no for possvel tomar medidas que permitam eliminar os

    riscos do ambiente em que se desenvolve a atividade, ou

    seja, quando as medidas de proteo coletiva no forem

    viveis, eficientes e suficientes para a atenuao dos riscos e

    no oferecerem completa proteo contra os riscos de

    acidentes do trabalho e/ou de doenas profissionais e do

    trabalho.

    4Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    5/21

    EPIS

    Conforme a NR-6, a empresa obrigada a fornecer aosempregados, gratuitamente, EPI adequado ao risco, em

    perfeito estado de conservao e funcionamento, nasseguintes circunstncias:

    a) sempre que as medidas de ordem geral no ofeream

    completa proteo contra os riscos de acidentes dotrabalho ou de doenas profissionais e do trabalho;

    b) enquanto as medidas de proteo coletiva estiverem

    sendo implantadas; e

    c) para atender a situaes de emergncia.

    5Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    6/21

    EPIS

    Compete ao Servio Especializado em Engenharia deSegurana e em Medicina do Trabalho - SESMT, ou aComisso Interna de Preveno de Acidentes - CIPA nasempresas desobrigadas de manter o SESMT, recomendarao empregador o EPI adequado ao risco existente em

    determinada atividade.

    Nas empresas desobrigadas de constituir CIPA, cabe aoencarregado, mediante orientao de profissional

    tecnicamente habilitado, recomendar o EPI adequado proteo do trabalhador.

    6Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    7/21EPIS

    Os tipos de EPIs utilizados podem variar dependendo do tipo deatividade ou de riscos que podero ameaar a segurana e a sadedo trabalhador e da parte do corpo que se pretende proteger, taiscomo:

    Proteo auditiva: abafadores de rudos ou protetores auriculares;

    Proteo respiratria: mscaras e filtro;

    Proteo visual e facial: culos e viseiras;Proteo da cabea: capacetes;

    Proteo para o cabelo: bon, capuz, gorro e rede;

    Proteo para o tronco: aventais, capas e jaquetas;

    Proteo de mos e braos: luvas e mangotes;Proteo de pernas e ps: sapatos, botas e botinas;

    Proteo contra quedas: cintos de segurana e cintures.

    7Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    8/21EPIS

    O equipamento de proteo individual, defabricao nacional ou importado, s poder serposto venda ou utilizado com a indicao doCertificado de Aprovao - CA, expedido pelorgo nacional competente em matria desegurana e sade no trabalho.

    8Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    9/21EPIS

    Dentre as atribuies exigidas pela NR-6, cabe ao empregador as seguintesobrigaes:

    adquirir o EPI adequado ao risco de cada atividade;exigir seu uso;fornecer ao trabalhador somente o equipamento aprovado pelo rgo, nacionalcompetente em matria de segurana e sade no trabalho;orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda e conservao;substituir imediatamente o EPI, quando danificado ou extraviado;responsabilizar-se pela higienizao e manuteno peridica; ecomunicar o MTE qualquer irregularidade observada;

    O empregado tambm ter que observar as seguintes obrigaes:

    utilizar o EPI apensas para a finalidade a que se destina;responsabilizar-se pela guarda e conservao;comunicar ao empregador qualquer alterao que o torne imprprio ao uso; ecumprir as determinaes do empregador sob o uso pessoal;

    9Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    10/21

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    11/21

    Todos os anos, trabalhadores so gravemente feridos devido impactos na cabea.Equipamentos de proteo individual so indicados para proteger otrabalhador de um risco existente e no para controlar ou remover afonte de risco. O uso de capacetes de segurana reduz as chances deocorrerem ferimentos graves.

    Uma das principais causas de danos sade entre trabalhadores da

    construo civil a queda de objetos. Porm, nem todos os acidenteslevam morte. O mais freqente so os danos no crebro, ferimentosno pescoo e outros efeitos.

    Outro risco para a cabea, so os choques eltricos. Tanto em

    construes, ou outra indstria qualquer, existe a possibilidade decontato com fiao eltrica, e ento a possibilidade de choqueseltricos. Muitos capacetes de segurana so feitos para oferecer certograu isolao eltrica.

    11Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    12/21EPIS

    A proteo adequada muito importante e deve ser compatvel com otrabalho a ser feito. O primeiro passo para a seleo da proteo

    adequada certificar-se que todas as opes atendem NBR 8221:2003,norma brasileira que descreve os requerimentos mnimos para umcapacete de segurana. Capacetes que possuem o Certificado deAprovao foram testados segundo a norma e atenderam aos requisitosmnimos.

    Um capacete composto de duas partes principais. A primeira o casco,feito geralmente de polietileno de alta densidade, podendo ser de outrosmateriais como ABS. O segundo componente a suspenso que aarmao interna do capacete, constituda de carneira e coroa. O objetivo

    do conjunto reduzir os efeitos causados pelo impacto de um objeto nacabea do trabalhador.

    12Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    13/21EPIS

    13Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    14/21EPIS

    Dependendo do trabalho a ser feito, um capacete de seguranadeve tambm reduzir danos provenientes de choques eltricos.

    Segundo a norma os capacetes so classificados em duas classes:

    a) Classe A: capacete para uso geral, exceto em trabalhos com energiaeltrica;

    b) Classe B: capacete para uso geral, inclusive para trabalhos comenergia eltrica.

    E as classes podem ser de trs tipos:

    Tipo I: capacete com aba total;Tipo II: capacete com aba frontal;Tipo III: capacete sem aba.

    14Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    15/21EPIS

    CONSIDERAES ESPECIAIS

    Em ambientes onde o trabalhador est exposto a materiais condutivos, somenteo capacete classe B deve ser usado. Este tipo de capacete no deve possuirperfuraes para ventilao ou partes metlicas, assim como nenhum dosseus acessrios (abafadores, viseiras, etc.) podem possuir qualquercomponente metlico.

    Capacetes de segurana devem ser mantidos em boas condies e trocadosquando necessrio. Para isto seguem algumas recomendaes:

    1. No deve ser guardado em ambientes expostos ao Sol, pois a radiaoultravioleta presente na radiao Solar, enfraquece o casco, e o que podereduzir a resistncia no momento do impacto.

    2. Inspecionar regularmente o casco. Procurar por sinais de deteriorao,danos provenientes de algum impacto, penetrao, abraso, etc.

    15Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    16/21EPIS

    CONSIDERAES ESPECIAIS (CONT.)

    3. A suspenso tambm deve ser inspecionada regularmente. Se houver sinais de

    deformao ou rasgamento, deve ser substituda.

    4. Partes danificadas devem ser substitudas. Nunca use partes de fabricantesou modelos diferentes. Os capacetes so testados da maneira como eles sovendidos, uma construo diferente no garante que a mesma continueatendendo a norma. Alm do mais no est coberta pela lei, por no possuirCA.

    5. Para limpeza do casco, use somente gua e sabo. Se houver necessidade dedesinfeco, uma soluo a 5% de hipoclorito de sdio deve ser usada.

    6. O casco e a suspenso nunca devem ser alterados.

    7. No pinte ou limpe com solventes ou gasolina. No aplique abrasivos. Estesprodutos qumicos podem enfraquecer o casco.

    16Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    17/21EPIS

    Proteo da cabea em atividades em que hajarisco de impacto ou penetrao provenientes dequeda de objetos e choques eltricos.

    ALGUNS MODELOS DE CAPACETE

    CLASSE A/B

    17Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    18/21EPIS

    Proteo da cabea e da face contra impactos,penetrao, respingos e estilhaos.

    ALGUNS MODELOS DE CAPACETE

    Capacete de segurana com protetorfacial acoplado

    18Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    19/21EPIS

    Proteo da cabea e face do usurio contra impactos,penetrao, respingos, estilhaos e proteo auditivacontra rudos superior a 85db.

    ALGUNS MODELOS DE CAPACETE

    Capacete com protetor facial eabafador de Rudos

    19Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    20/21EPIS

    Proteo da cabea do usurio contra impactos eproteo auditiva contra rudo superiores a 85db.

    ALGUNS MODELOS DE CAPACETE

    Capacete de segurana com protetorauditivo acoplado,

    20Sade e Segurana do Trabalho

  • 8/6/2019 EPI'S treinamento

    21/21