ensino mÉdio em tempo integral na rede ... - gestão .componentes curriculares eletivos:...

Download ENSINO MÉDIO EM TEMPO INTEGRAL NA REDE ... - Gestão .COMPONENTES CURRICULARES ELETIVOS: Comunicação,

Post on 21-Sep-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • ENSINO MDIO EM TEMPO INTEGRAL NA REDE ESTADUAL DE EDUCAO DO PARAN

    COMPONENTES CURRICULARES ELETIVOS

  • COMPONENTES CURRICULARES ELETIVOS:

    Comunicao, Cultura Digital e Uso de Mdias

    Cultura Corporal

    Cultura e Patrimnio

    Educao Cientfica e Cidadania

    Percepes Teatrais no Ambiente Escolar

  • O que o Componente Comunicao,

    Cultura Digital e Uso de Mdias?

    um componente criado para possibilitar inovaes e estabelecer prticas por meio do uso de mdias contemporneas, efetivando a cultura digital como recurso pedaggico em todas as disciplinas do currculo.

  • Mdias

  • Objetivo:

    Promover o letramento digital e a experimentao dos diversos recursos de comunicao, cultura digital e mdias, em relaes interdisciplinares possveis, articulando prticas com o conhecimento terico das disciplinas do currculo.

  • Componente Comunicao, Cultura

    Digital e Uso de Mdias

    Carga horria semanal: 2 aulas.

    Sries sugeridas: 1, 2 e 3 sries do Ensino Mdio

  • Perfil do professor:

    Licenciado em: Arte ou LEM ou Lngua Portuguesa e, no caso de

    no ser possvel para um professor das disciplinas acima

    mencionadas assumir essas aulas, este componente pode ser

    ministrado por um professor de outra disciplina do currculo, com

    experincia em Tecnologias da Informao e Comunicao

    (TICs).

    Domnio em tecnologias digitais contemporneas, como:

    computadores, notebooks, tablets, celulares, projetor (data show),

    mp3, mp4, cmeras digitais, HD portteis, pendrives, entre outros.

    Domnio em ambientes virtuais como: Blogs, sites educacionais,

    jogos, uso de rdio, televiso, jornal, e-mail, facebook, Wikis,

    frum, entre outros.

  • O professor:

    Imagem disponvel em: . Acesso em 17/04/2017.

  • O Trabalho.

    O trabalho a ser desenvolvido com esse componente deve ser aquele no qual se pretenda no somente o uso e desenvolvimento de conhecimentos sobre a cultura digital e uso das mdias, mas tambm deve ser aquele em que se pretende a leitura e anlise crtica sobre como se do esses meios de interao e difuso de informaes.

  • Justificativa:

    O Componente Curricular Comunicao, Cultura Digital e

    uso de Mdias justifica-se uma vez que o trabalho com o

    uso das mdias, na educao escolar, uma necessidade

    do mundo contemporneo, pois proporciona o

    desenvolvimento do letramento em todas as disciplinas do

    currculo como metodologia de ensino, ampliando nos/nas

    estudantes a curiosidade e instigando as diferentes formas

    de semioses (jornais, revistas, charges, tiras, HQs,

    publicidades etc).

  • Com os recursos miditicos, como a rdio

    escolar, jornal impresso, programa de

    tev, entre outros, professores e

    estudantes podem trabalhar diferentes

    conhecimentos e ampliar o horizonte de

    expectativas de aprendizagem.

  • Encaminhamentos

    metodolgicos

  • Arte Pode-se trabalhar utilizando:

    sites educacionais: visitas virtuais a museus e outras exposies artsticas explorando o universo miditico contemporneo e detectando obras anteriormente estudadas, jogos musicais abordando os elementos sonoros, entre outros.

    cmeras digitais: com a cmera fotogrfica ou o uso do aparelho celular possvel propor aos estudantes produes audiovisuais como: curta-metragem, animao, stop motion, linguagem fotogrfica, linguagem cinematogrfica, entre outros.

    redes sociais: por meio de conhecimentos anteriormente apreendidos, possvel propor aos estudantes publicaes em redes sociais como facebook, pinterest, twitter, entre outros.

  • Arte

    CD-Rom, DVD, HD porttil: preparar o/a estudante para

    diferentes possibilidades de armazenamento de suas

    produes.

  • Audiovisual O audiovisual refere-se s formas de comunicao e expresso

    destinadas a serem percebidas, simultaneamente, pelo olho e pelo

    ouvido.

    Segundo Cloutier (1975) audiovisual no apenas a fuso da

    imagem com o som, mas sim a fuso destes dois elementos com

    um terceiro, relacionado ao tempo.

    Este terceiro elemento de carter temporal o movimento, obtido

    mediante uma sucesso de imagens, em uma determinada

    velocidade, que o nosso crebro capaz de reter durante fraes

    de segundo, permitindo assim a iluso do movimento.

  • Exem

    plo 1

    - S

    top

    motio

    n: O

    estr

    anho

    mun

    do d

    e Ja

    ck

    Link filme completo: https://www.youtube.com/watch?v=uDtTcSbD5UI

    Imagem Som Movimento

    (carter temporal)

    https://www.youtube.com/watch?v=uDtTcSbD5UI

  • Stop motion

    Sincronia entre imagem + som + movimento

    No filme O estranho mundo de Jack para cada vogal e consoante falada modelada uma cabea, ou seja, cada boneco teve de 25 a 30 cabeas para acontecer a sincronia perfeita entre imagem, som e movimento. Foram modelados, para o personagem Jack, 227 bonecos e cerca de 400 cabeas com as mais variadas expresses faciais.

  • Fotografia

    Elementos da fotografia:

    Enquadramento

    Luz

    Composio

    Gneros fotogrficos:

    Fotojornalismo(fotografias sociais, fotografia de esportes, fotografias culturais, fotografias policiais).

    Fotografia cientfica

    Fotografia publicitria

    Fotografia de moda

    Fotografia de autoria ou artstica

    Fotografia amadora

    Fotografia de estdio ...

  • Fotografia publicitria Oliviero Toscani http://www.flickr.com/photos/perrocomando/2767349610

    http://www.flickr.com/photos/perrocomando/2767349610

  • Fotografia de Moda David Field http://obviousmag.org/archives/2007/11/david_field_fot.html

    http://obviousmag.org/archives/2007/11/david_field_fot.html

  • Fotografia autoral Sebastio Salgado, Campo. http://wwwpoetanarquista.blogspot.com/2011/02/fotografia-sebastiao-salgado.html

    http://wwwpoetanarquista.blogspot.com/2011/02/fotografia-sebastiao-salgado.htmlhttp://wwwpoetanarquista.blogspot.com/2011/02/fotografia-sebastiao-salgado.htmlhttp://wwwpoetanarquista.blogspot.com/2011/02/fotografia-sebastiao-salgado.htmlhttp://wwwpoetanarquista.blogspot.com/2011/02/fotografia-sebastiao-salgado.htmlhttp://wwwpoetanarquista.blogspot.com/2011/02/fotografia-sebastiao-salgado.html

  • LEM

    Uma das formas de aprofundar o conhecimento da Lngua

    Estrangeira Moderna, seja em Lngua Inglesa ou em Lngua

    Espanhola, possibilitar ao/ estudante o acesso aos diversos

    veculos de comunicao e vivncias no ambiente escolar com o

    uso das TICs, a fim de inseri-lo/a na cultura digital.

    Sites educativos: Os sites educativos e interativos, utilizados como

    instrumento de aprendizagem, ofertam uma variedade de atividades

    para leitura, compreenso e treinamento auditivo, utilizando os

    recursos de udio e vdeo disponveis da internet.

  • LEM

    Fanzine: Outra possibilidade de trabalho em

    Lngua Estrangeira Moderna a mdia

    alternativa que permite o desenvolvimento

    das prticas interdisciplinares por meio do

    estudo dos diversos gneros. Os Fanzines

    ou Zines so publicaes alternativas que

    podem ser produzidas como expresso

    poltica e artstica da participao juvenil nos

    cenrios de contestao da indstria cultural.

  • Linguagem cinematogrfica: a linguagem do

    cinema, estudo de trechos de filmes

    selecionados, releituras e gravaes das cenas

    pelos alunos. Essas sugestes de trabalho

    pedaggico permitem articulaes com Arte,

    Sociologia, Lngua Portuguesa, etc.

  • Lngua Portuguesa

    A Lngua Portuguesa contribui para relaes

    interdisciplinares a partir da leitura, anlise e discusso

    sobre os temas integradores pelo estudo dos diferentes

    suportes (digitais ou fsicos), nos quais so veiculados

    os diferentes gneros discursivos e em diferentes TICs.

    Jornal escolar; festival de filmes; rdio ou fotonovela;

    seminrios (com as mdias possveis); socializao de

    pesquisas por meio de blogs; produo coletiva de

    materiais por meio de Wikis; criao de pginas virtuais

    com difuso de conhecimentos (notcias, reportagens,

    entrevistas, resenhas, charges, tiras, grficos etc);

  • Rdio Escolar

  • Rdio Escolar

    No campo educacional, as novas tecnologias potencializam o trabalho com o ensino e aprendizagem e proporcionam a democratizao da produo e recepo do conhecimento e das informaes, a Rdio, como recurso pedaggico uma dessas potencializaes para o desenvolvimento do ensino.

  • A implementao de uma rdio dentro da escola tem como princpio uma educao para toda a comunidade escolar, nesse sentido, ela funcionar de forma integrada.

    A Rdio Escolar funcionar como um suporte ao ensino e aprendizagem dos estudantes em todas as disciplinas escolares. Mesmo que um professor de Lngua Portuguesa tenha assumido a execuo desta atividade, ele precisar realizar o trabalho integrado com professores de outras disciplinas, criando programas de rdio que tragam conhecimentos de forma interdisciplinar, ultrapassando os limites da prpria disciplina de Lngua Portuguesa.

    O recorte aqui para Lngua Portuguesa

  • Pautas Notas: texto curto, contendo informaes rpidas e

    objetivas, poder ser feitas nos intervalos das

    programaes;

    Boletins: informativos acompanhando a programao,

    pode ser textos com notcias variadas;

    Jornal falado: poder ser inmeras notcias sej

Recommended

View more >