ensino de física para deficientes visuais: uma revisão a ... ?2010/  · ensino de física para...

Download Ensino de Física para deficientes visuais: Uma revisão a ... ?2010/  · Ensino de Física para deficientes…

Post on 11-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Pr-Reitoria de Graduao Curso de Fsica

    Trabalho de Concluso de Curso

    ENSINO DE FSICA PARA DEFICIENTES VISUAIS: UMA

    REVISO A PARTIR DE TRABALHOS EM EVENTOS

    Autor: Ana Carolina Silva Machado

    Orientador: Prof. MSc. Roseline Beatriz Strieder

    Braslia - DF

    2010

  • Ensino de Fsica para deficientes visuais: Uma reviso a partir de

    trabalhos apresentados em eventos

    (Physics teaching to visually impaired students: An analysis created based in projects presented in

    events)

    Ana Carolina Silva Machado, Roseline Beatriz Strieder1 Licencianda do Curso de Fsica - Universidade Catlica de Braslia 1Professora do Curso de Fsica Universidade Catlica de Braslia

    Resumo

    O presente artigo apresenta uma pesquisa bibliogrfica a respeito do Ensino de Fsica para

    Deficientes Visuais, na qual foi feito um levantamento e anlise, seguindo a metodologia da Anlise

    Textual Discursiva, de trabalhos publicados nas atas dos encontros de pesquisa em ensino (SNEF,

    EPEF e ENPEC) em edies realizadas entre os anos de 2000 a 2010. Para esse levantamento, num

    primeiro momento, buscou-se trabalhos que se referem Educao Especial num contexto mais

    amplo, os quais foram classificados de acordo com a rea de ensino e a deficincia em questo.

    Num segundo momento foi feita uma investigao mais aprofundada nos trabalhos referentes ao

    Ensino de Fsica para deficientes visuais, cujo objetivo foi investigar suas principais abordagens,

    motivaes e resultados e, a partir deste, identificar alguns aspectos relevantes e lacunas destes

    trabalhos. De forma geral, os resultados apontam uma escassez de trabalhos relacionados

    Educao Especial, ao estudo das deficincias e educao inclusiva. No entanto, dentro desta

    pequena amostra de trabalhos, foi possvel observar o predomnio de pesquisas relacionadas ao

    ensino de Fsica para deficientes visuais.

    Palavras-chave: Incluso Ensino de Fsica - Deficincia visual.

    Abstract

    The following article presents a bibliographical research on Physics teaching to visually impaired

    students. Firstly, a survey was carried out followed by an analysis according to the Discursive Textual

    Analysis from articles published on minutes from conventions on Research on teaching methods

    (SNEF, EPEF and ENPEC) from 2000 to 2010. Initially, only articles that dealt with Special Education

    in a broader perspective were sought. Then, a deeper investigation was carried out on articles

    focusing on Physics teaching to visually impaired students. The objective of the investigation was to

    determine the articles main aims, motivations and results. From this point on, the objective became

    identifying any relevant aspects and possible gaps from these articles. Generally speaking, results

    point to a shortage of articles related to special education, disabilities studies and inclusive education.

    However, it was possible to observe from this small sample of articles the prevalence of researches

    related to the Physics teaching to visually impaired students.

    Keywords: Inclusion Physics teaching Visual impairment.

    1. INTRODUO

    O tema Educao Especial cada vez mais alvo de debates no contexto

    educacional, isto porque algumas modificaes vm sendo tomadas no sistema

    educacional brasileiro. Essas modificaes so advindas da poltica de incluso de

    alunos portadores de necessidades em turmas regulares de ensino, o que vem

    sendo chamado de Educao para Todos.

  • 3

    A Educao Especial consiste em um conjunto de recursos especficos

    (mtodo de ensino, currculos adaptados, apoio de materiais ou de servios de

    pessoal especializado), que responda adequadamente s necessidades educativas

    especiais de todos os alunos.

    Diante desse contexto, a poltica educacional brasileira, representada pela Lei

    de Diretrizes e Bases da Educao - LDB - (BRASIL, 1996) sob a influncia da

    Declarao de Salamanca (UNESCO, 1994), traz em seu Art 59 que crianas e

    jovens portadores de necessidades educacionais especiais devem ser matriculadas

    preferencialmente em escolas regulares. Entre seus incisos preconiza que deve ser

    estabelecida uma organizao especfica para atender s necessidades dessas

    crianas e jovens, atravs de currculos, mtodos, tcnicas e recursos educativos e

    que os professores do ensino regular devem ser capacitados para a integrao

    desses alunos nas classes comuns.

    importante ressaltar, que em casos mais srios, caracterizados por alto

    grau de comprometimento mental ou deficincia mltipla, exigem atendimento

    educacional diferenciado em instituies especializadas. Nesses casos, constata-se

    que o atendimento no deve se limitar somente rea educativa, mas envolve

    especialistas de outras reas, principalmente da sade.

    Como pode se observar a situao muita complexa e exige solues

    diferenciadas, pois as necessidades especiais so variadas, porm pouco tem se

    avanado em relao a discusses que envolvem o processo ensinoaprendizagem

    de estudantes que possuem alguma deficincia ou dificuldade. Este tipo de

    preocupao surge somente quando os educadores se deparam com essa situao

    e com a ausncia de mtodos e alternativas com vistas a tal aprendizado

    (DICKMAN; FERREIRA, 2008).

    Com o objetivo de apontar encaminhamentos para esse problema, este

    trabalho volta-se para o processo de ensinoaprendizagem de estudantes

    deficientes visuais, na percepo do conhecimento na rea de Fsica que est

    includo nesse cenrio de descaso.

    Um dos maiores desafios do Ensino de Fsica na perspectiva inclusiva sua

    aplicao aos alunos deficientes visuais (DVs). Isto porque no processo de ensino-

    aprendizagem de Fsica a percepo visual muito explorada, porm como j foi

    dito o ensino deve sofrer alteraes e diante desse contexto o Ensino de Fsica

  • 4

    tambm tem que se adaptar para que alunos deficientes visuais consigam participar

    ativamente. Como destacado por Camargo e Silva (2003),

    ... compreensvel que os estudantes com deficincia visual tenham grandes dificuldades com a sistemtica do Ensino de Fsica atual visto que o mesmo invariavelmente fundamenta-se em referenciais funcionais visuais. (CAMARGO e SILVA, 2003, p.1218)

    Contudo, as modificaes necessrias no podem privilegiar o aluno cego em

    relao aos demais alunos, e nem o contrrio, tem que ser transformaes

    neutras. Como ressaltam Medeiros et al. (2007) (...) a educao inclusiva busca

    aprimorar a qualidade do ensino regular, fazendo com que os princpios

    educacionais sejam vlidos para todos os alunos e isso resultar naturalmente na

    incluso das pessoas com deficincia.

    Com relao ao Ensino de Fsica, Camargo (2007) destaca que preciso

    criar ou adaptar equipamentos que emitam sons ou possam ser tocados e

    manipulados, para que o aluno consiga observar o fenmeno fsico a ser estudado.

    Alm disso, o autor destaca que o papel do professor fundamental, que deve evitar

    o uso de gestos, figuras e frmulas que somente podem ser vistos; o professor deve

    usar materiais de apoio em braile, grficos em relevo, calculadora falante e, se

    necessrio, tocar nas mos dos alunos para apresentar-lhes alguma explicao.

    Influenciado por esse panorama, vem sendo desenvolvidos trabalhos e

    investigaes sobre o Ensino de Fsica semelhantes a este, como os trabalhos de

    Paranhos e Garcia (2005) e Lippe e Camargo (2009), no entanto, este ultimo traz

    uma abordagem mais generalizada sobre Educao Especial.

    Diante dessa realidade, entende-se ser importante ampliar o universo de

    investigaes centradas em revises da produo da rea, que so denominadas

    como estado da arte por Ferreira (2002):

    Nos ltimos quinze anos, no Brasil e em outros pases, tem se produzido um conjunto significativo de pesquisas pela denominao estado da arte ou estado do conhecimento. Definidas como de carter bibliogrfico, elas parecem trazer em comum o desafio de mapear e de discutir certa produo acadmica em diferentes campos do conhecimento, tentando responder que aspectos e dimenses vm sendo destacados e privilegiados em diferentes pocas e lugares, de que forma e em que condies tm sido produzidas certas dissertaes de mestrado, teses de doutorado, publicaes em peridicos e comunicaes em anais de congressos e seminrios. (FERREIRA, 2002, p.257-272

    Com essa inteno, neste artigo, em um primeiro momento, apresentado

    um levantamento bibliogrfico sobre Educao Especial a partir dos trabalhos

  • 5

    apresentados nas atas de eventos de pesquisa em ensino, EPEF, SNEF E ENPEC

    em suas edies realizadas entre 2000 e 2010.

    Deste levantamento foram selecionados os trabalhos referentes ao Ensino de

    Fsica para deficientes visuais, e a partir destes foi feita uma anlise mais profunda

    (segundo momento), com o objetivo investigar suas principais abordagens,

    motivaes e resultados e, a partir deste, identificar alguns aspectos relevantes e

    lacunas destes trabalhos.

    Com essa investigao pretende-se construir um panorama geral sobre as

    preocupaes, natureza e resultados das pesquisas sobre Ensino de Fsica para

    DVs apresentados nos trabalhos analisados. Entende-se que sistematizaes dessa

    natureza so importantes, por um lado, para orientar prticas escolares e, por outro,

    para orientar investigaes futuras.

    2. METODOLOGIA

    Como universo para o levantamento de dados da presente pesquisa

    consideramos os trabalhos apresentados, no perodo de 2000