Engenharia verde

Download Engenharia verde

Post on 18-Nov-2014

302 views

Category:

Engineering

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Material para disciplina de Avaliao Ambiental e Auditoria Ambiental.

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. ENGENHARIA VERDE Prof Liliane Marquardt liliane@unisc.br Engenharia Ambiental UNISC </li> <li> 2. ENGENHARIA VERDE Engenharia Ambiental UNISC o projeto, a descoberta e a implementao de solues de engenharia com conscincia dos benefcios e problemas potenciais do ambiente, da economia e da sociedade ao longo do tempo. O enfoque da engenharia verde adaptvel e se aplica a projetos de produtos e de sistemas e depende das tradies de inovao e criatividade que podem ser utilizadas para encontrar novas solues para os desafios da engenharia. O objetivo minimizar os impactos adversos , ao mesmo tempo em que maximizam os benefcios para a economia, sociedade e ambiente. </li> <li> 3. ENGENHARIA VERDE Engenharia Ambiental UNISC Os impactos adversos dos projetos da engenharia convencional, frequentemente implementados sem perspectiva de sustentabilidade, podem ser encontrados na forma de ineficincia no uso da gua, de destruio de materiais finitos e de fontes de energia, de congesto urbana e de degradao de sistemas naturais como resultado. </li> <li> 4. ENGENHARIA VERDE Engenharia Ambiental UNISC Criao, manufatura e uso de produtos e processos eficientes e efetivos, que sejam mais ambientalmente benignos. Organizao para Cooperao Econmica e DesenvolvimentoOECD (1998) observa, mede, entende e prev </li> <li> 5. ENGENHARIA VERDE Engenharia Ambiental UNISC Desenvolvimento Sustentvel Supre as necessidades do presente sem comprometer a habilidade das geraes futuras de suprir suas prprias necessidades. Comisso Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento ONU (1987) R E L A o </li> <li> 6. PRINCPIOS DA ENGENHARIA VERDE Engenharia Ambiental UNISC 1. Os projetistas precisam lutar para garantir que todas as entradas e sadas de materiais e de energia sejam inerentemente to inofensivas quanto possvel. 2. melhor prevenir o resduo do que trata-lo ou limp-lo depois de formado. 3. As operaes de separao e de purificao devem ser um componente da estrutura do projeto. 4. Os componentes do sistema devem ser projetados para maximizar a eficincia do uso de massa, energia e tempo. 5. A entropia e a complexidade embutidas devem ser vistas como investimento quando se fazem as escolhas do projeto sobre reciclagem, reuso ou descarte sem dano. 6. A busca da durabilidade e no da imortalidade deve ser objetivo do projeto. </li> <li> 7. PRINCPIOS DA ENGENHARIA VERDE Engenharia Ambiental UNISC 7. O projeto para capacidade ou potencialidade desnecessrias deve ser considerado um erro. Isso inclui solues de engenharia do tipo um tamanho serve para todos. 8. Produtos com multicomponentes devem buscar a unificao de materiais para promover a desmontagem e a reteno de valor. (Minimizar a diversidade de materiais.) 9. O projeto de processos e sistemas deve incluir a integrao da interconectividade com a energia disponvel e fluxos de materiais. 10. A mtrica do desempenho inclui o projeto para a performance na vida aps a morte comercial. 11. O projeto deve ser baseado em entradas renovveis e prontamente disponveis ao longo do ciclo de vida. (Anastas e Zimmerman, 2003) </li> <li> 8. Exemplo Engenharia Ambiental UNISC Especificao de material como deciso de projeto A partir da especificao de uma material todo o ciclo de vida desse material desde a aquisio, passando pelo processamento, at o final da vida, fica includo como parte dos impactos ambientais do produto designado. Portanto, na fase de projeto que o engenheiro tem a maior capacidade de afetar os impactos ambientais associados ao resultado final. </li> <li> 9. Engenharia Ambiental UNISC na fase de projeto que o engenheiro tem a oportunidade de reduzir o desperdcio de gua, de materiais e de energia ou aumentar a eficincia energtica de um produto ou processo. O acrscimo de procedimentos novos e/ou potencialidades frequentes melhora as caractersticas ambientais, ao mesmo tempo em que oferece a oportunidade para a melhora da competitividade e da participao no mercado. A engenharia verde objetiva que se refocalizem esforos no projeto sustentvel e eficiente, significando evitar o resduo logo de incio, sempre que praticvel, e eliminar o conceito de desperdcio, sempre que possvel. </li> <li> 10. Engenharia Ambiental UNISC Dispo sio Tratamento Reciclagem Reduo na fonte HIERARQUIA DA PREVENO DA POLUIO Reduo na fonte: os resduos (substncias perigosas, poluentes ou contaminadores) devem ser prevenidos na fonte. Reciclagem: resduos gerados devem ser reutilizados quer no processo que os criou ou em outro processo. Tratamento: o resduo que no pode ser reciclado deve ser tratado para se reduzir seu risco. Disposio: o resduo que no tratado deve ser descartado de forma ambientalmente segura. Ecoeficincia?Disposio Tratamento Reciclagem Reduo na fonte </li> <li> 11. Ecoeficincia A gesto ecoeficiente aproveita ao mximo o potencial dos recursos e aposta no seu reaproveitamento, por meio, principalmente, do reuso e da reciclagem. Engenharia Ambiental UNISC A gesto ecoeficiente aproveita ao mximo o potencial dos recursos e aposta no seu reaproveitamento, por meio, principalmente, do reuso e da reciclagem. </li> <li> 12. Ecoeficincia quando o foco d-se ao aumento da eficincia de um processo para reduzir a quantidade de poluio gerada. O sistema (atual) ajustado para tornar-se melhor que o anterior, em termos de poluio. Engenharia Ambiental UNISC </li> <li> 13. Engenharia Ambiental UNISC Sistema Tipo 1 </li> <li> 14. Engenharia Ambiental Ecologia Industrial Mudana de processos industriais de sistemas (tipo 1) lineares (ciclo aberto) nos quais os investimentos de recursos e de capital atravessam o sistema e tornam-se resduos, para sistemas ecolgicos de ciclo fechado (sistema tipo 3). UNISC Recursos ilimitados Organismos Resduos ilimitados Sistema Tipo 1 </li> <li> 15. Engenharia Ambiental UNISC Economia real: Um sistema aberto Extrao Processamento Produo Consumo Resduos Transformao Reciclagem AMBIENTE Impactos ambientais Externalidades </li> <li> 16. Engenharia Ambiental UNISC Energia e recursos ilimitados Resduos ilimitados Sistema Tipo 2 Energia Sistema Tipo 3 </li> <li> 17. Engenharia Ambiental UNISC Exemplo: O tratamento convencional de esgoto um ecossistema tipo 2 no sentido de que alguns dos materiais residurios so reciclados (aplicao de bioslidos na terra e o uso do metano gerado pela digesto anaerbia para fornecer calor e eletricidade. Porm, esses sistemas ainda podem dispensar nutrientes de nitrognio e de fsforo. Os nutrientes (nitrognio e fsforo) no apenas danificam a qualidade da gua, mas apresentam dificuldade de controle, uma vez acumulados nos sedimentos. Para uma estao convencional de esgotos passar para um ecossistema tipo 3, o engenheiro poderia considerar a modificao da estao para que transforme nitrognio amoniacal em nitrognio gasoso via reaes de nitrificao e desnitrificao. Tambm poderia haver o reuso de gua tratada para consumo humano, agricultura, necessidades paisagsticas... </li> <li> 18. Engenharia Ambiental UNISC Estratgias de projeto para eliminar as cargas ambientais Mudanas na seleo de materiais; Mudanas em equipamentos; melhora nas escolhas de compras; Melhora nas prticas operacionais; Melhora nas prticas de recuperao e disposio; Melhora na logstica. </li> <li> 19. Engenharia Ambiental UNISC Mudana de Paradigma e Prticas Correntes Nova Viso Novos Conceitos Novas condutas Novos objetivos Deciso Medio Prticas Objectivos Reduo do nvel de ansiedade Estgio de Mudana de Paradigma Estgio de Prticas Correntes Conscincia Frustrao ? Ansiedade ? Metforas So importantes Ferramentas Mtrica importante </li> <li> 20. Engenharia Ambiental UNISC A Ecologia Industrial no contexto da evoluo das estratgias ambientais Evoluo das estratgias ambientais Modelo usual Cumprimento da legislao Preveno da poluio EIA, Auditorias energticas Orientada para o processo Orientada para o produto Extenso da responsabilidade do produtor Eco-eficincia Eco-Design Conceito de Ciclo de Vida </li> <li> 21. Engenharia Ambiental UNISC Extenso da responsabilidade do produtor Eco-eficincia Eco-Design Conceito de Ciclo de Vida Ciclos de Vida do Produto Recursos Resduos Ambiente Fabrico de componentes Montagem de veculos Uso Ex: Automvel </li> <li> 22. Engenharia Ambiental UNISC Orientada para o produto Extenso da responsabilidade do produtor Eco-eficincia Eco-Design Conceito de Ciclo de Vida Ciclos de Vida do Produto Ecologia Industrial Fabrico de componentes Montagem de veculos Ex: Automvel Uso </li> <li> 23. Ecologia Industrial Sustentabilidade global Ecossistemas industriais fechados Promoo de trocas de resduos Viso sistmica +, MFA,... Engenharia Ambiental UNISC Orintada para o produto Eco-eficincia Eco-Design Conceito de Ciclo de Vida A Ecologia Industrial no contexto da evoluo das estratgias ambientais Orientada para o produto Extenso da responsabilidade do produtor Modelo usual Cumprimento da legislao Preveno da poluio EIA, Auditorias energticas Orientada para o processo ACV Evoluo das estratgias ambientais </li> <li> 24. Engenharia Ambiental UNISC ACV Ecologia Industrial: principais conceitos A capacidade natural para o fecho de ciclos deve ser replicada nos sistemas industriais. Fechar os ciclos dos materiais Promover a utilizao da energia em cascata Aproximar os sistemas do equilibrio termodinmico Equlibrar o desenvolvimento humano com natureza. Balizar o crescimento (com respeito pela capacidade natural de regenerao) </li> <li> 25. Engenharia Ambiental UNISC ACV Economias Industrial e Natural Economia Industrial Economia Natural Impulsionada por questes financeiras Impulsionada por energias renovveis Produo centralizada, em larga escala Produo descentralizada, com disperso de riscos Sistema linear, baseado no mercado de matrias primas Sistema circular, capacidade de renovar nfase na produo nfase na reproduo Resduos sem valorizao (lixo): deficincia na utilizao de recursos Reciclagem de resduos </li> <li> 26. Engenharia Ambiental UNISC ACV Ecossistema Industrial Um ecosistema industrial constituido por uma rede de empresas e outras organizaes estabelecidas numa determinada regio, as quais decidiram interagir trocando sub- produtos de uma forma que promova um ou mais dos seguintes benefcios relativamente operaes no interactuantes: Reduo no total de consumo de materiais Reduo das emisses poluentes e da produo de resduos Aumento da eficincia energtica Maior valor acrescentado </li> <li> 27. Engenharia Ambiental UNISC ACV Simbioses Industriais Tem como objetivo assegurar a eficincia dos recursos materiais e economicos, atravs da promoo de sinergias entre fluxos de materiais ou fluxos energticos em indstrias de diferentes setores. Reduo de custos Reduo de impactos Fortalecimento das economias locais Vantagens competitivas sustentveis </li> <li> 28. Engenharia Ambiental UNISC ACV Simbioses Industriais Produtos Sub produtos Recursos Resduos/Emisses Gesto de resduos Materiais Energia gua </li> <li> 29. Engenharia Ambiental UNISC ACV Simbioses Industriais Produtos Sub produtos Recursos Resduos/Emisses Materiais Energia gua Ultrapassar barreiras/desafios </li> <li> 30. Engenharia Ambiental UNISC ACV PRODUO MAIS LIMPA </li> <li> 31. Engenharia Ambiental UNISC ACV Os impactos ambientais se estendem ao longo de todo o ciclo de vida dos produtos e servios. </li> <li> 32. EVOLUO DAS QUESTES AMBIENTAIS Engenharia Ambiental UNISC Dcadas de 50/60 Dcadas de 70/80 Dcadas de 90/atual Disposio - Incio do desenvolvimento de padres de qualidade e de emisso; - Diluio de resduos e emisses nas guas e no ar; - Inexistncia quase total de responsabilidade empresarial com seu impacto ambiental. Tratamento - Sistema de licenciamento e impacto ambiental; - Atitude reativa: cumprimento das normas ambientais; - Controle no final de tubo; - Responsabilidade empresarial isolada. Preveno -Instrumentos econmicos voluntrio de conduto; - Atitude pr-ativa: alm do cumprimento das normas; -Tecnologias limpas/Anlise do ciclo de vida; - Integrao total da responsabilidade na estrutura empresarial. </li> <li> 33. Engenharia Ambiental UNISC ABORDAGEM CONVENCIONAL Resduo gerado!!! O que deve ser feito com ele??? Onde deve ser disposto? ABORDAGEM DA PRODUO MAIS LIMPA Resduo gerado!!! De onde vem? Como gerado? Quando gerado? </li> <li> 34. Engenharia Ambiental UNISC </li> <li> 35. Engenharia Ambiental UNISC TECNICA FIM DE TUBO So aes que apenas ajudam a diminuir o impacto ambiental de determinados resduos, ao dar-lhes tratamento. S vlida para tratar aqueles resduos que no puderam ser evitados no process...</li></ul>