enfermagem unirio .icc – a ↓ de hemoglobina pode aumentar o risco de icc, ... eletroforese da

Download Enfermagem UniRio .ICC – a ↓ de hemoglobina pode AUMENTAR o risco de ICC, ... Eletroforese da

Post on 12-Nov-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1 www.mcaconcursos.com

    Clnica Mdica Prof. Wanessa Motta

    Hematologia

    Oncologia

    Hemoterapia

    Sucesso significa realizar seus prprios sonhos, cantar sua prpria cano,

    danar sua prpria dana, criar do seu corao e apreciar a jornada,

    confiando que no importa o que acontea, tudo ficar bem.

    Criar sua prpria aventura!

    (Elana Lindquist)

    MCA concursos - PAIXO PELO SEU FUTURO!

    Enfermagem

    UniRio 2016

    Clnica Mdica 4

    http://kdfrases.com/frase/138068http://kdfrases.com/frase/138068http://kdfrases.com/frase/138068http://kdfrases.com/frase/138068http://kdfrases.com/autor/elana-lindquist

  • 2 www.mcaconcursos.com

    Clnica Mdica Prof. Wanessa Motta

    HEMATOLOGIA, HEMOTERAPIA E ONCOLOGIA PARA ENFERMEIROS PROF. Wanessa Motta

    FISIOLOGIA DO SANGUE COMPOSIO:

    HEMCIAS OU ERITCITOS: carreia hemoglobina para os tecidos. Vida mdia de 120 dias; LEUCCITOS: combate infeo Neutrfilos: infeo bacteriana. Moncitos: infeco fngica

    Eosinfilos: reaes alrgicas Basfilos: reao de hipersensibilidade Linfcitos: T, B e plasmcitos resposta imune PLAQUETAS: coagulao. Vida mdia de 10 dias

    PROCESSO DE REPOSIO CELULAR: HEMATOPOIESE

    PRINCIPAIS DOENAS HEMATOLGICAS ANEMIAS

    DEFINIO: do n de hemcias circulantes: hematcrito e hemoglobina CAUSAS: Produo insuficiente de hemcias

    Destruio excessiva pelo organismo

    DIAGNSTICO: Hemoglobina 13g/100ml SINAIS E SINTOMAS: FADIGA, DISPNIA, PALIDEZ, respirao superficial*, cefalia, distrbios mentais, vertigens.

    OBS.: ICC a de hemoglobina pode AUMENTAR o risco de ICC, devido ao do trabalho cardaco em busca de ofertar O2 aos tecidos. ANEMIA FERROPRIVA

    Fe ANEMIA MAIS FREQUENTE

    CAUSAS: Sangramentos Gestaes mltiplas Baixa absoro gastrointestinal de Fe Nutrio pobre em Fe

  • 3 www.mcaconcursos.com

    Clnica Mdica Prof. Wanessa Motta

    DIAGNSTICO: Anemia Unhas delgadas Lngua lisa e dolorida Fenmenos da PICA Queilose angular

    TRATAMENTO: Sulfato ferroso, glucanato ferroso ou fumarato ferroso

    ANEMIA APLSTICA DEFINIO: a deficincia de todas clulas sanguneas (pancitopenia) ou a substituio da medula ssea por

    material gorduroso; CAUSAS: medicamentos que produzem aplasia medular (ex.: clorafenicol, anticonvulsivantes, hipoglicemiantes

    orais, sedativos, alguns analgsicos e antiinflamatrios); exposio radiao. DIAGNSTICO: Hemorragias

    Infeces (TGI, ITU) Pancitopenia Dispnia

    TRATAMENTO: Transfuses sanguneas Transplante de medula ssea Esplenectomia OBS: imunossupressores s so utilizados em anemia aplstica auto-imune ANEMIA MEGALOBLSTICA

    DEFINIO: Deficincia ou ausncia de vitamina B12 ou cido flico (gestante) Hiperplasia da medula ssea:

    n de clulas e de tamanho CAUSAS: Nutrio pobre em Vit. B12

    Leso gstrica Falta de fator intrsceco (anemia perniciosa)

    SINAIS E SINTOMAS: Inapetncia; Dor abdominal difusa; Pancitopenia; Alteraes neurolgicas; Queilose angular + diarria branda

    TRATAMENTO: Vit. B12 VO ou IM Questo 1) A anemia, uma complicao muito frequente que pode ocorrer em pacientes que se submetem tratamentos como quimioterapia e radioterapia. Neste casos especficos, ocorre supresso da medula ssea, o que acarreta diminuio na produo de eritrcitos. O tipo de anemia a que se refere este caso denomina se: a) hemoltica b) aplsica c) ferropriva

    d) megaloblstica ANEMIA DAS DOENS RENAIS

    Escrias nitrogenadas levam hemcias e consequente deficincia de eritropoetina TRATAMENTO: Administrao de eritropoetina via SC

    ANEMIA FALCIFORME

    DEFINIO: anemia hemoltica grave, causada por um distrbio HEREDITRIO, que produz uma MOLCULA de hemoglobina defeituosa (formato de foice).

    Mais comum na raa negra; Costuma aparecer mais na infncia; Trao falcmico: possui apenas 1 gene anormal da cadeia beta (Hb-AS)

    Hb- AS: heterozigoto, um gene normal e outro defeituoso Hb- SS: homozigoto, dois genes defeituosos

    SINAIS E SINTOMAS: Crise trombtica dolorosa CRISE FALCMICA FC FR Anorexia Palidez Fraqueza Dor abdminal Edema articular Ictricia Priaprismo

  • 4 www.mcaconcursos.com

    Clnica Mdica Prof. Wanessa Motta

    ** Crise torcica aguda ( FC, febre, infiltrado pulmonar) ** Esquemia e necrose tecidual microtrombos ** Hemoglobina = 7 a 10g/dl

    DIAGNSTICO: Eletroforese da hemoglobina ou teste de afoiamento TRATAMENTO: Hidroxiuria; Reposio de cido flico (favorese a eritopoiese na medula)

    Controle da dor; Oxigenoterapia*; Manutenao de acesso venoso para hidratao contnua; Apoio emcional; ATB em caso de infeces; corticides.

    OBS.: TRANSFUSES SANGUNEAS e SANGRIAS: Devem ser feita com cautela. ANEMIA FALCIFORME (DEFEITO NA MOLCULA DE HB)

    # TALASSEMIA (DEFEITO NA CADEIA DE HB) Questo 2) Em relao as anemias marque a opo correta: a) As anemias ferroprivas devem ser tratadas com o uso de cido flico que estimula a fabricao das hemcias; b) As anemias megaloblsticas so comuns em pacientes em ps operatrio de gastrectomia; c) As anemias hemolticas devem ser tratadas com remoo do fgado; d) A anemia em doentes renais chamada de anemia talassmica. Questo 3) Andr, um garoto de 8 anos, portador de anemia falciforme, chega ao servio de sade relatando dor nas

    articulaes, gripado e ictrico, com hemograma completo revelando Hgb 7 g/dl. Analise as afirmativas abaixo: I. A dor articular decorrente da crise do seqestro; II. A anemia e a ictercia esto associadas a destruio excessiva das hemcias falcmicas; III. Na crise trombtica dolorosa a vasodilatao promovida com a gua morna pode aliviar as dores; a) A primeira afirmativa falsa, a segunda e a terceira so verdadeiras; b) As trs afirmativas so verdadeiras; c) As trs afirmativas so falsas d) A primeira e a segunda afirmativa so verdadeiras e a terceira falsa. Questo 4 Marinha 2014)

    DISTRBIOS DO SISTEMA LEUCOCITRIO LEUCEMIAS

    Proliferao desregulada dos leuccitos na medula ssea: - Clulas-tronco linfides - Cluas-tronco mielides

    Causa desconhecida gentica? Viral?

  • 5 www.mcaconcursos.com

    Clnica Mdica Prof. Wanessa Motta

    Classificadas em: - Agudas: incio abruto (semanas) clulas em forma de blastos - Crnica: sintomas evoluem em meses ou anos clulas maduras LEUCEMIA MIELIDE AGUDA

    DEFINIO: Defeito na clula tronco hematopoitica que se diferencia em todas as clulas mielides: moncitos, granulcitos, hemcias e plaquetas.

    Incidncia aumenta com a idade (mxima aos 60 anos). SINAIS E SINTOMAS: Trombocitopenia hemorragias petquias Neutropenia febre e infeces Anemia fraqueza e fadiga Hepatoesplenomegalia DIAGNSTICO: Bipsia de medula ( 30% de clulas blsticas) TRATAMENTO: QT e TCTH

    INDUO CONSOLIDAO REMISSO

    RECADA LEUCEMIA MIELIDE CRNICA

    DEFINIO: Mutao nas clulas-tronco mielides clullas imaturas (blastos) Proliferao descontrolada de clulas

    Medula expande-se para interior de ossos longos Inicidncia aumenta com a idade (40 a 50 anos)

    ** Defeito gentico: parte do DNA faltando no cromossomo 22 (filadlfia) que foi translocada para o cromossomo 9. SINAIS E SINTOMAS: leucocitose viso turva + dispnia

    Anorexia e perda de peso Esplenomegalia

    TRATAMENTO: QT: Imatinib (glivec); Interferon alfa; Hidroxiuria e Bulssufan LEUCEMIA LINFIDE AGUDA

    DEFINIO: Proliferao descontrolada de clulas imaturas da linhagem de clulas tronco linfides. ** PRECURSSORES DOS LINFCITOS B EM 75% DOS CASOS

    Incidncia maior na infncia (at 4 nos) e em meninos SINAIS E SINTOMAS: Leucocitose ou leucopenia

    Hepatoesplenomegalia Dor ssea Cefalia Vmito

    TRATAMENTO: QT (aplicao intratecal com MTX) ; TCTH (quando h reicidiva) ** FASE DE MANUTENO: durao de 3 anos ** RISCO DE INFECO AUMENTADO DEVIDO AO USO DE CORTICIDES Questo 5) So manifestaes clnicas hematolgicas de leucemia em crianas: a) Anemia, infeces e sangramento; b) Emagrecimento, febre e crise convulsiva; c) Sangramento, vmito e taquicardia; d) Infeces, sangramento e cefalia; e) Anemia, nuseas e cefalia; LEUCEMIA LINFIDE CRNICA

    DEFINIO: Deriva de um clone maligno de linfcitos B (raro em clulas T). Incidncia maior em idosos.

    SINAIS E SINTOMAS: Linfadenopatia Esplenomegalia Trombocitopenia

    Anergia teste de sensibilidade cutnea SINTOMAS B: febre + sudorese noturna + peso

    TRATAMENTO: QT ** Infeco por Herpes Zoster mais comum

  • 6 www.mcaconcursos.com

    Clnica Mdica Prof. Wanessa Motta

    Questo 6) Na assistncia ao paciente portador de leucemia aguda, neutropnico e com trombocitopenia qual a justificativa para se evitar os procedimentos invasivos: a) Alto riso de necrose local b) Baixo risco de infeco c) Danos neurolgicos irreversveis d) Alto risco de sangramento e) Alto risco de embolia pulmonar

    LINFOMAS 1) DOENA DE HODGKIN: - Origem no sistema linftico; - Unicntrica (inicia-se em um n