enem 2011 - dia 2 - prova azul

Download Enem 2011 - Dia 2 - Prova Azul

Post on 23-Mar-2016

218 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Prova do Enem 2011

TRANSCRIPT

  • 7 AZUL

    EXAME NACIONAL DO ENSINO MDIO

    2 DIACADERNO

    2011

    A COR DO SEU CADERNO DE QUESTES AZUL.MARQUE-A EM SEU CARTO-RESPOSTA

    PROVA DE REDAO E DE LINGUAGENS, CDIGOS E SUAS TECNOLOGIASPROVA DE MATEMTICA E SUAS TECNOLOGIAS

    1 Este CADERNO DE QUESTES contm a Proposta de Redao e 90 questes numeradas de 91 a 180, dispostas da seguinte maneira:

    a. as questes de nmero 91 a 135 so relativas rea de Linguagens, Cdigos e suas Tecnologias;

    b. as questes de nmero 136 a 180 so relativas rea de Matemtica e suas Tecnologias.

    ATENO: as questes de 91 a 95 so relativas lngua estrangeira. Voc dever responder apenas s questes relativas lngua estrangeira (ingls ou espanhol) escolhida no ato de sua inscrio.

    2 Confira se o seu CADERNO DE QUESTES contm a quantidade de questes e se essas questes esto na ordem mencionada na instruo anterior. Caso o caderno esteja incompleto, tenha qualquer defeito ou apresente divergncia, comunique ao aplicador da sala para que ele tome as providncias cabveis.

    3 Verifique, no CARTO-RESPOSTA e na FOLHA DE REDAO, que se encontra no verso do CARTO-RESPOSTA, se os seus dados esto registrados corretamente. Caso haja alguma divergncia, comunique-a imediatamente ao aplicador da sala.

    4 ATENO: aps a conferncia, escreva e assine seu nome nos espaos prprios do CARTO-RESPOSTA e da FOLHA DE REDAO com caneta esferogrfica de tinta preta.

    5 ATENO: transcreva no espao apropriado do seu CARTO-RESPOSTA, com sua caligrafia usual, considerando as letras maisculas e minsculas, a seguinte frase:

    6 Marque no CARTO-RESPOSTA, no espao apropriado, a opo correspondente cor desta capa. ATENO: se voc assinalar mais de uma opo de cor ou deixar todos os campos em branco, sua prova no ser corrigida.

    7 No dobre, no amasse nem rasure o CARTO-RESPOSTA, pois ele no poder ser substitudo.

    8 Para cada uma das questes objetivas, so apresentadas 5 opes identificadas com as letras A, B, C, D e E. Apenas uma responde corretamente questo.

    9 No CARTO-RESPOSTA, preencha todo o espao compreendido no crculo correspondente opo escolhida para a resposta. A marcao em mais de uma opo anula a questo, mesmo que uma das respostas esteja correta.

    10 O tempo disponvel para estas provas de cinco horas e trinta minutos.

    11 Reserve os 30 minutos finais para marcar seu CARTO-RESPOSTA. Os rascunhos e as marcaes assinaladas no CADERNO DE QUESTES no sero considerados na avaliao.

    12 Somente sero corrigidas as redaes transcritas na FOLHA DE REDAO.

    13 Quando terminar as provas, acene para chamar o aplicador e entregue este CADERNO DE QUESTES e o CARTO-RESPOSTA/FOLHA DE REDAO.

    14 Voc poder deixar o local de prova somente aps decorridas duas horas do incio da aplicao e poder levar seu CADERNO DE QUESTES ao deixar em definitivo a sala de provas nos ltimos 30 minutos que antecedem o trmino da prova.

    15 Voc ser excludo do exame no caso de:

    a) prestar, em qualquer documento, declarao falsa ou inexata;

    b) agir com incorreo ou descortesia para com qualquer participante ou pessoa envolvida no processo de aplicao das provas;

    c) perturbar, de qualquer modo, a ordem no local de aplicao das provas, incorrendo em comportamento indevido durante a realizao do Exame;

    d) se comunicar, durante as provas, com outro participante verbalmente, por escrito ou por qualquer outra forma;

    e) utilizar qualquer tipo de equipamento eletrnico e de comunicao durante a realizao do Exame;

    f) utilizar ou tentar utilizar meio fraudulento, em benefcio prprio ou de terceiros, em qualquer etapa do Exame;

    g) utilizar livros, notas ou impressos durante a realizao do Exame;

    h) se ausentar da sala de provas levando consigo o CADERNO DE QUESTES antes do prazo estabelecido e/ou o CARTO-RESPOSTA a qualquer tempo.

    LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUES SEGUINTES

    *AZUL25DOM0*

    Lenta, descansa a onda que a mar deixa.

  • *AZUL25dom1*

    LC - 2 dia | Caderno 7 - AZUL - Pgina 1

    PROPOSTA DE REDAOCom base na leitura dos textos motivadores seguintes e nos conhecimentos construdos ao longo de sua formao,

    redija texto dissertativo-argumentativo em norma padro da lngua portuguesa sobre o tema VIVER EM REDE NO SCULO XXI: OS LIMITES ENTRE O PBLICO E O PRIVADO, apresentando proposta de conscientizao social que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos

    para defesa de seu ponto de vista.

    A ONU acaba de declarar o acesso rede um direito fundamental do ser humano assim como sade, moradia

    e educao. No mundo todo, pessoas comeam a abrir seus sinais privados de , organizaes e governos se

    mobilizam para expandir a rede para espaos pblicos e regies onde ela ainda no chega, com acesso livre e gratuito.

    ROSA, G.; SANTOS, P. Galileu. N 240, jul. 2011 (fragmento).

    Uma pesquisa da consultoria Forrester Research revela que, nos Estados Unidos, a populao j passou

    mais tempo conectada internet do que em frente televiso. Os hbitos esto mudando. No Brasil, as pessoas

    j gastam cerca de 20% de seu tempo on-line em redes sociais. A grande maioria dos internautas (72%, de

    do indivduo do sculo XXI estar numa rede social. No estar equivale a no ter uma identidade ou um nmero

    de telefone no passado, acredita Alessandro Barbosa Lima, CEO da e.Life, empresa de monitorao e anlise

    de mdias.

    !""#$

    &"'*

    que no se deve publicar o que no se fala em pblico, pois a internet um ambiente social e, ao contrrio do que

    se pensa, a rede no acoberta anonimato, uma vez que mesmo quem se esconde atrs de um pseudnimo pode

    '' exaltam e cometem gafes podem pagar caro.

    Disponvel em: http://www.terra.com.br. Acesso em: 30 jun. 2011 (adaptado).

    DAHMER, A. Disponvel em: http://malvados.wordpress.com. Acesso em: 30 jun. 2011.

    INSTRUES:

    + 5 da redao deve ser feito no espao apropriado.

    + 5 deve ser escrito tinta, na , em at 30 linhas.

    + "689&

  • *AZUL25dom2*

    LC - 2 dia | Caderno 7 - AZUL - Pgina 2

    Na fase escolar, prtica comum que os professores

    passem atividades extraclasse e marquem uma data

    para que as mesmas sejam entregues para correo.

    No caso da cena da charge, a professora ouve uma

    estudante apresentando argumentos para

    A discutir sobre o contedo do seu trabalho j entregue.

    B !

    C !Q'

    D reclamar do curto prazo para entrega do trabalho.

    E Q'=o.

    QUESTO 93

    !

    For an interesting attempt to measure cause and effect try Mappiness, a project run by the London School of Economics, which offers a phone app that prompts you to record your mood and situation.

    V9 W Y[ \] Y9W]9==Y9Q^! ^ W99 9 = W absolutely great for investigating.

    \W_`\9!9!9k9 9 \]Q ! 9 W{! 9!Y 9 _` V9 ==_[\W9!9W

  • *AZUL25dom3*

    LC - 2 dia | Caderno 7 - AZUL - Pgina 3

    QUESTO 94

    War

    Until the philosophy which holds one race superior

    And another inferior

    YY

    *QYW9W^YW

    That until there is no longer

    First class and second class citizens of any nation,

    $9=]_

    =!99=9Y^

    Me say war.

    []

    And until the ignoble and unhappy regimes

    that hold our brothers in Angola, in Mozambique,

    South Africa, sub-human bondage have been toppled,

    $YY^

    \QYW9W^YW

    Bob Marley foi um artista popular e atraiu mu=#J

    War, o cantor se utiliza de sua arte para alertar sobre

    A a inrcia do continente africano diante das injustias sociais.

    B !'9Q=

    C as acentuadas diferenas culturais entre os pases africanos.

    D !

    E a fragilidade das diferenas raciais e sociaiQo de uma guerra.

    QUESTO 95

    }Q[9[~~WWW![

    !9'9 mensagem com efeito de humor.

    =&!'

    A '>{"'

    B "'Q99

    C '>{""!

    D 9>{

    E >{

    \9W9W

    \9WW9^

    \^W^@=W

    9Y9=W_W

    \=W!9^WY^

    W_WW9W

    W9QY

    []

    MARLEY, B. Disponvel em: http://www.sing365.com. Acesso em: 30 jun. 2011 (fragmento).

  • *AZUL25dom4*

    LC - 2 dia | Caderno 7 - AZUL - Pgina 4

    LINGUAGENS, CDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS

    Questes de 91 a 135"#$%$&'()+

    QUESTO 91

    ;

  • *AZUL25dom5*

    LC - 2 dia | Caderno 7 - AZUL - Pgina 5

    QUESTO 94

    ?

    Ya sea como danza, msica, poesa o cabal

    >=Q !

    larga y valiosa trayectoria, jalonada de encuentros y

    desencuentros, amores y odios, nacida desde lo ms

    hondo de la historia argentina.

    El nuevo ambiente es el cabaret, su nuevo cultor

    la clase media portea, que ameniza sus momentos

    Q Q Y

    el carcter malevo del tango primitivo por una nueva

    poesa ms acorde con las concepciones estticas

    provenientes de Londres y Pars.

    Ya en la dcada del 20 el tango se anima incluso

    a traspasar las fronteras del pas, recalando en lujosos

    salones parisinos donde es aclamado por pblicos

    selectos que adhieren entusiastas a la sensualidad

    del nuevo baile. Ya no es privativo de los bajos fondos

    porteos; ahora se escucha y se baila en salones

    elegantes, clubs y casas particulares.

    El tango revive con juveniles fuerzas en ajironadas

    Q ! _

    elegantes reductos de San Telmo, Barracas y La Boca y

    pelculas forneas que lo divulgan por el mundo entero.

    Disponvel em: http://www.elpolvorin.over-blog.es. Acesso em: 22 jun. 2011 (adaptado).

    Sabendo-se que a produo cultural de um pas

    Q >

    9 !

    >9!"9

    A { ! 9

    pas.

    B 9!

    regies.

    C sobreviver e se difundir, ultrapassando as fronteiras

    do pas.

    D