elaboração de planilha de custos e formação de preços para ... crc_planilha_custos... ·...

Download Elaboração de planilha de custos e formação de preços para ... CRC_Planilha_Custos... · Planilha…

Post on 27-Jul-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Elaborao de planilha de

    custos e formao de preos

    para servios continuados de

    terceirizao de mo de obra.

  • Planilha de custos e formao de preos para servios continuados de terceirizao de mo de obra.

    Facilitador: Marcos Barbosa - 07 a 10/11/2016 - Pgina | 1

    FACILITADOR: Marcos Antonio Barbosa de Lima marcosb98@uol.com.br

    O temor do SENHOR o princpio do conhecimento; os loucos desprezam a sabedoria e a instruo.

    Provrbios 1:7

  • Planilha de custos e formao de preos para servios continuados de terceirizao de mo de obra.

    Facilitador: Marcos Barbosa - 07 a 10/11/2016 - Pgina | 2

    NDICE POR ASSUNTO PG.

    A TERCEIRIZAO 3

    1 Origem 3

    2 Conceito 3

    2.1 Terminologia 4

    2.2 Razes para terceirizar 4

    3 Caractersticas gerais da terceirizao no Brasil 5

    4 A terceirizao no Brasil em nmeros 6

    5 Legislao 9

    5.1 O Projeto de Lei n 4.330/2004 10

    A PLANILHA DE CUSTOS E FORMAO DE PREOS 12

    1 A planilha de custos e formao de preos 12

    1.1 Mdulo 1 Composio da remunerao 15

    1.1.1 Salrio base 15

    1.1.2 Adicional de periculosidade 16

    1.1.3 Adicional de insalubridade 16

    1.1.4 Adicional noturno 16

    1.1.5 Adicional de horas extras 17

    1.1.6 Intervalo intrajornada 18

    1.1.7 Outros itens que compem a remunerao 19

    1.1.8 Mdia mensal de dias de trabalho - MMDT 19

    1.2 Mdulo 2 Benefcios mensais e dirios 20

    1.2.1 Transporte 20

    1.2.2 Auxlio alimentao (vales, cesta bsica, etc.) 21

    1.2.3 Assistncia mdica familiar - AMF 21

    1.2.4 Auxlio creche 22

    1.2.5 Seguro de vida, invalidez e funeral 22

    1.2.6 Outros 22

    1.3 Mdulo 3 Insumos Diversos 22

    1.3.1 Uniformes 23

    1.3.2 Materiais 23

    1.3.3 Equipamentos 24

    1.4 Mdulo 4 Encargos sociais e trabalhistas 24

    1.4.1 Submdulo 4.1 Encargos previdencirios e FGTS 25

    1.4.2 Submdulo 4.2 13 Salrio e Adicional de Frias 26

    1.4.3 Submdulo 4.3 Afastamento Maternidade 26

    1.4.4 Submdulo 4.4 Proviso para resciso 27

    1.4.5 Submdulo 4.5 Custo de reposio do profissional ausente 29

    1.5 Mdulo 5 Custos indiretos, tributos e lucro 30

    Exerccio 1 - resolvido 33

    Exerccio 2 55

    Exerccio 3 56

    REFERNCIAS 57

  • Planilha de custos e formao de preos para servios continuados de terceirizao de mo de obra.

    Facilitador: Marcos Barbosa - 07 a 10/11/2016 - Pgina | 3

    A TERCEIRIZAO "Na terceirizao os riscos devem ser gerenciados de forma constante, pois as ameaas

    so frequentes." Arthur Pedro Bicudo

    1 Origem - A terceirizao tem sua origem na II Guerra Mundial, quando os Estados Unidos aliaram-se aos pases europeus para combater as foras nazistas e tambm o Japo. As indstrias de armamento no conseguiram abastecer o mercado, necessitando suprir o aumento excessivo da demanda e aprimorar o produto e as tcnicas de produo. - Essa necessidade demonstrou que a concentrao industrial deveria voltar-se para a produo, e as atividades de suporte deveriam ser transferidas para terceiros, o que, sem dvida, gerou um maior nmero de empregados na poca. - No Brasil, a noo de terceirizao foi trazida por multinacionais por volta de 1950, pelo interesse que tinham em se preocupar apenas com a essncia do seu negcio. As empresas que tm por atividade limpeza e conservao tambm so consideradas pioneiras na terceirizao de servios no Brasil, pois existem desde, aproximadamente, 1967. - O objetivo dessas empresas era conseguir mo-de-obra com menores custos, sem se furtar s disposies tutelares da legislao trabalhista, a qual visa a proteger o hipossuficiente da relao de trabalho. - A adoo do processo de terceirizao no Brasil foi intensificada e disseminada no mbito da reestruturao produtiva que marcou os anos 90, quando o tema ganhou destaque na agenda de governos, trabalhadores e empresrios e tornou-se objeto de inmeras anlises. - Aps esse perodo, ainda que a terceirizao tenha assumido dimenses significativas, sendo utilizada como um dos principais instrumentos para a precarizao das relaes de trabalho, a presena do tema no debate nacional diminuiu gradativamente. Os efeitos negativos que a questo exerce sobre as condies de trabalho, em vez de provocarem reflexo e discusso, incorporaram-se ao cotidiano das empresas. 2 Conceito - No h legislao que defina a terceirizao, cabendo apenas doutrina a tarefa da conceituao. - A expresso terceirizao um neologismo utilizado pela cincia da Administrao, significando uma forma de reestruturao administrativa, pela qual uma empresa transfere para outra determinadas atividades produtivas, em regra, no relacionadas diretamente a sua atividade produtiva principal. - Terceirizao o processo pelo qual uma empresa deixa de executar uma ou mais atividades realizadas por trabalhadores diretamente contratados e as transfere para outra empresa.

  • Planilha de custos e formao de preos para servios continuados de terceirizao de mo de obra.

    Facilitador: Marcos Barbosa - 07 a 10/11/2016 - Pgina | 4

    - Nesse processo, a empresa que terceiriza chamada empresa-me ou contratante e a empresa que executa a atividade terceirizada chamada de empresa terceira ou contratada. 2.1 Terminologia - Atualmente, a terceirizao um fenmeno mundial nas sociedades capitalistas e, apesar de conservar caractersticas gerais que se reproduzem em todos os pases nos quais adotada, apresenta particularidades nas diferentes localidades onde se desenvolve. - O termo terceirizao usado no Brasil no uma traduo, mas o equivalente ao ingls outsourcing, cujo significado literal fornecimento vindo de fora. Em portugus, possvel que terceirizar tenha como origem a ideia de um trabalho realizado por terceiros, no sentido amplo em que se usa a expresso como referncia a algo feito por outros. - Empresa-me ou empresa contratante aquela que contrata de outra empresa a produo de um bem ou a prestao de um servio. Empresa terceira ou empresa contratada aquela que fabrica o componente ou presta o servio para a empresa-me. - O que terceirizado a atividade e no a empresa ou o trabalhador. A empresa terceira contrata o trabalhador, que no terceirizado, mas faz parte do processo de terceirizao. - Atividade-fim aquela que faz parte do processo especfico de produo do bem ou do servio que a razo de ser da empresa. Por exemplo, a produo dos motores destinados a veculos produzidos em uma montadora de veculos. As atividades-fim podem ser executadas pela prpria empresa ou podem ser terceirizadas. - Atividade-meio aquela que faz parte do processo de apoio produo do bem ou do servio que a razo de ser da empresa. Por exemplo, a limpeza da fbrica em uma montadora de veculos. As atividades-meio podem ser executadas pela prpria empresa ou podem estar terceirizadas. 2.2 Razes para terceirizar - De acordo com as empresas, as principais razes que justificam a terceirizao so:

    procedimento necessrio para o sucesso das inovaes organizacionais e gerenciais pretendidas;

    o processo permite concentrar esforos no que definido como vantagem competitiva, transferindo o conjunto de atividades que no correspondem ao seu core business, sejam elas de apoio, ou mesmo de produo, para outras empresas;

    reduo de custos ou transformao de custos fixos em custos variveis; simplificao dos processos produtivos e administrativos; a empresa terceira sempre encontra solues mais criativas e menos onerosas

    para a produo, o que elimina parte do desperdcio e do comodismo que, segundo os prprios empresrios, caracterstico das grandes empresas-me.

  • Planilha de custos e formao de preos para servios continuados de terceirizao de mo de obra.

    Facilitador: Marcos Barbosa - 07 a 10/11/2016 - Pgina | 5

    3 Caractersticas gerais da terceirizao no Brasil - Como em toda a parte, no Brasil, a terceirizao tem como uma das caractersticas genricas a focalizao da produo em busca do aumento da produtividade e da qualidade como fatores diferenciais para a competitividade. - Entretanto, em nosso pas, a reduo dos custos de produo por meio de sua transformao em custos variveis to expressiva que, em grande parte dos processos, acaba se transformando - ou transparece ser - o principal objetivo da terceirizao. - Segundo os empresrios, as empresas buscam com a terceirizao:

    maior eficincia, com a adequao da relao volume produzido X retorno obtido em cada fase do processo produtivo, de forma a atingir o volume de produo ideal em cada etapa, e terceirizando as etapas que no atingem a escala mnima;

    atingir outros clientes potenciais do mercado e no se restringir a atender os processos internos empresa, atravs de unidades focalizadas, que se dedicam ao desempenho de uma atividade exclusiva;

    facilitar a gesto empresarial, reduzindo quantidade e diversidade das atividades para organizao da produo;

    flego para sobreviver s crises, dadas a facilidade e a rapidez para o cancelamento dos servios terceirizados, em contraposio dificuldade e morosidade em se desfazer de ativos;

    diminuir gastos por meio de parcerias de desenvolvimento tecnolgico entre empresas con

Recommended

View more >