Educar Outubro 2012

Download Educar Outubro 2012

Post on 09-Mar-2016

218 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Educar de Outubro, edio de aniversrio e Dia das Crianas

TRANSCRIPT

<ul><li><p>Informao til para todos!</p><p>www.revistaeducar.com.br Edio 58 Ano 5 Outubro 2012 Distribuio gratuita e direcionadaFoto: Graciela Lindner Impresso: Impressul </p><p>Edio de</p><p>aniversrio</p><p>COMEMORECOMEMORE COM ACOM A GENTE!GENTE!</p></li><li><p>Editorial</p><p>Cinco anos de Educar</p><p>Ela nasceu em outubro de 2007, exatamente cinco anos atrs. De l pra c muitas histrias boas, experincias trocadas, obst-culos vencidos e inmeras parcerias fi rmadas. </p><p>Foi assim o nascimento e parte da infncia da Educar. Digo infncia porque a Educar , sim, uma criana, e em fase de crescimento. A Educar est aqui e ali, fi rme e forte, ensinando e aprendendo. E aprender implica estudar, pesquisar, escutar, compar lhar, desvendar e, consequentemente, crescer. </p><p>Tudo que vivemos at hoje faz parte de um rico aprendizado, uma grande troca cada pedacinho do que foi publicado aqui foi, </p><p>, e ser apreciado por todos que desejam se informar, se entreter e pro-curar pelo caminho certo (ou o mais adequado)... Se voc dividiu conosco suas alegrias, suas angs as e nos pediu ajuda, precisa saber que a gente caminhou junto, que a ajuda foi mtua, que o sen mento de sa sfao foi recproco. E o que voc v aqui est ainda no comeo. H uma vida pela frente, uma caminho a trilhar. </p><p>Com esta 58 edio, comemoramos nosso 5 aniversrio. Estamos em clima de festa e voc nosso convidado: par cipe dos sorteios, curta os eventos divulgados, leia os ar gos, fi que por dentro das novidades entre com tudo, comemore com a gente. Estaremos sempre contando com a sua companhia! </p><p>Um grande abrao e at novembro! </p><p>EDIO 58 ANO 5 OUTUBRO 2012EDITORA Cludia S. Prates</p><p>JORNALISTA RESPONSVEL Lcio Flvio Filho (MTB 21.441)</p><p>ARTECludia S. Prates / Rique Dantas</p><p>COLABORADORESAuxiliadora Mesquita / Gabriela QueirozAline Magagnin / Brbara Maglia</p><p>REVISOVnia Dantas Pinto</p><p>CONTATO COMERCIAL48 8845.7346 comercial@revistaeducar.com.br</p><p>IMPRESSO</p><p>47 9143.4416 (Fbia) ou 47 9181.4223 (Andrei)www.impressul.com.br</p><p>As opinies veiculadas nos ar gos assinados no refl etem necessariamente a opinio da revista.</p><p>Os ar gos e os anncios publicados so de total responsabilidade de seus autores e/ou suas em-presas.</p><p>No permi da a reproduo de qualquer conte-do desta publicao sem prvia autorizao da editora.</p><p>A Revista Educar, publicao mensal da Pequeni-nos Revista Educa va Ltda, tem ragem atual de 9.000 exemplares e distribuda gratuitamente em diversos pontos de Joinville, Florianpolis e So Jos.</p><p>Para assinatura, sugestes, cr cas ou elo-gios, envie e-mail para educar@revistaeducar.com.br ou entre em contato pelo nosso site www.revistaeducar.com.br.</p><p>Cludia Prateseducar@revistaeducar.com.br</p><p>Cludia Prates (Educar)</p><p>NOSSA CAPANos l mos 5 anos, mais de cinquenta crianas passaram por aqui, muitos ros nhos fofos e alegres ilustraram e deram vida s nossas capas. Agora chegou a vez de Bruno (3 anos), meu querido fi lho. Ele est aqui para dar brilho edio mais importante do ano, a do Ms das Crianas e ani-versrio da Educar. Um brinde a ele e a todos os baixinhos deste mundo que, de uma forma ou de outra, trazem amor e felicidade s nossas vidas! </p><p>Bruno usa roupas da coleo primavera-vero Milon, Banana Danger e PUC, da loja Lollipop Bebs e Crianas (Rua Bocaiva, 61, Centro, Florianpo-lis, 048 3364-4362). Fotos: Graciela Lindner (www.gracielalindner.com).Bolo: Milena Cupcakes (048 9932-5207, Florianpolis).</p></li><li><p>NUTRIO</p><p>Bom dia! Voc j tomou seu caf da manh hoje? Ou acordou atrasado e bebeu apenas uma xcara de caf preto com acar? Ou vai passar correndo na padaria prxima ao seu trabalho e vai comer um po de trigo com margarina e uma xcara de caf com leite? Se voc respondeu sim primeira pergunta, o que voc comeu nessa primeira refeio do dia?QUER SABER POR QUE VALE A PENA </p><p>ACORDAR MAIS CEDO?</p><p>Todos esses ques onamentos so para refl e rmos sobre o que estamos comendo e bebendo nesta refeio: o caf da manh. Segundo o dito popular, devemos tomar caf da manh como um rei, almoar como um prncipe e jantar como um plebeu. Transferindo as palavras do ditado para o nosso dia a dia, precisamos entender a importncia de tomarmos um bom e saudvel caf da manh.</p><p>Durante o sono, o organismo precisa de energia para manter as funes vitais como respirao, circulao sangu-nea e a vidade cerebral. Por isso, ao acordar necessrio repor essas reservas energ cas. Alm disso, realizar um caf da manh equilibrado nutricionalmente infl uencia no </p><p>desempenho do trabalho e da escola (aumentando a concentrao e os refl exos), garante o bom humor </p><p>durante a manh e aumenta a disposio para a pr ca de exerccios sicos.</p><p>Segundo alguns estudos, h relao entre o aumento do sobrepeso e obe-</p><p>sidade em pessoas que no realizam o caf da manh. Uma explicao para isso </p><p>pode ser o longo perodo que o organismo fi ca em jejum, entendendo que h necessidade de armazenar ener-gia proveniente da prxima refeio. Alm do mais, quem </p><p>pula o caf da manh geralmente vai escolher alimentos mais calricos e gordurosos ao longo do dia.</p><p>Ento, reserve alguns minutos para preparar um saud-vel e saboroso caf da manh. E lembre-se, importante ter representantes desses trs grupos alimentares nessa refeio:</p><p> Frutas podem ser oferecidas in natura ou como suco de frutas. </p><p> Pes, biscoitos, cereais, bolos esses alimentos so boas fontes de carboidratos, nutrientes responsveis </p><p>pelo fornecimento de energia. Prefi ra sempre as opes in-tegrais, pois alm da energia, iro fornecer fi bras, vitaminas e minerais.</p><p> Leite, iogurte, queijos, ovos so boas opes de alimentos fon-tes de protena, nutriente responsvel pela formao e ma-nuteno dos tecidos. Procure consumir aqueles alimentos que contm uma menor quan dade de gordura (queijos brancos, leite e iogurte semi desnatado/desnatado).</p><p>Acordar um pouco mais cedo para preparar o caf da manh e realizar essa refeio com sua famlia resultar em um dia mais agradvel e produ vo. Alm disso, a sua sade agradece! </p><p>m primeira pergunta, o </p><p>s fon</p><p>.</p><p>oo</p><p>p p g ,</p><p>os s fon-</p><p>Manoela Menegazzo (CRN 10 1410) e Daniela Muniz (CRN 10 1595) </p><p>so nutricionistas e proprietrias da DOCE VIDA - ASSESSORIA EM NUTRIO</p><p>Revista Educar Informao til para todos</p></li><li><p>Mami CanguruFique por dentro das novidades do mundo infantil</p><p>Camisa jeans para eles e elas</p><p>Da moda adulta direto para a moda infan l. As camisas jeans prometem fazer sucesso na primavera e tambm no vero dos pequenos. Meninos e meninas podem usar e abusar da pea que j est fazendo bonito nos looks dos fashionistas de todo o mundo de uma maneira mais diver da e com </p><p>a carinha deles. Claras ou escuras, agora elas trazem detalhes diferenciados como botes </p><p>em cristal para elas ou lavagens em diver-sas tcnicas (como o e dye) para eles. Truque de es lo: um n na barra do mo-delinho feminino fi ca pra l de charmoso!</p><p>Luciano Mar ns na moda infan l</p><p>Aqui na Educar somos super fs do tra-balho do ar sta pls co Luciano Mar ns, e ele inclusive j nos presenteou com a ilustrao da capa da edio de junho da revis-ta, lembram? Pois o moo no para um minuto, e a cada dia que passa o vemos mais envolvido com o univer-so infan l. A novidade da vez uma coleo com estampas especialmente desenvolvidas por ele, e que vo agradar meninos e meninas... </p><p>Animais na moda!</p><p>Estampas de animais esto super em alta na estamparia de camisetas. A febre comeou l fora, quando fi lhos de celebridades foram fotografados usando camisetas com estam-pas de girafa, cavalo, sapo, entre outros. Mas nosso bichinho preferido a borboleta! Alm de trazer sorte, fi ca uma graa nas roupinhas das pequenas. Apostem j: camisetas com borboletas grandes ou saias e shorts com a estampa em miniatura. E good luck!</p><p>Caveiras por que no?</p><p>Vocs ainda se assustam com caveiras, mames? Pois saibam que elas nunca es- veram to na moda! Eu tambm no era muito f, mas confesso que tenho visto umas t-shirts de caveiras fofas, se que podemos cham-las assim. Para meninos e meninas, modernizam o look no ato: basta um jeans ou uma legging e pronto! </p><p>MODA INFANTIL</p><p>Aline Magagnin me, advogada e responsvel pelo site Mami Canguru, </p><p>que aborda assuntos infantis: moda, </p><p>brinquedos, festas e novidades em geral. </p><p>Ren</p><p>ner</p><p>Ren</p><p>ner</p><p>m</p><p>nestas </p><p>mno nas st t</p><p>a carintra</p><p>esTd</p><p>L i M</p><p>a cat</p><p>do tra- </p><p> s</p><p>snuma</p><p>do tra-</p><p>s-para </p><p>ssa oiver-</p><p>tearer </p><p>e </p><p>se</p><p>t</p><p>s,es-ra </p><p>toe</p><p>nner</p><p>Mas nosso</p><p>Ren</p><p>ner</p><p>em</p><p>Ren</p><p>m</p><p>R</p><p>Foto</p><p>s Li</p><p>lica </p><p>Rip</p><p>ilica</p><p> &amp; T</p><p>igor</p><p> Revista Educar - Outubro 2012 5</p></li><li><p>ANIVERSRIO EDUCAR</p><p>Um grande projeto como um fi lho. Comea como um desejo. Com tempo - e amor - o desejo vai sendo gestado e, aos poucos, tomando forma, ganhando cor, jeito, nome... A novidade vai ocupando cada vez mais espao na vida dos pais, que vo escolhendo - carinhosamente - todos os detalhes e cuidando para que tudo corra bem. Escolhem-se os padrinhos, parceiros na nova jornada, e se trabalha - muito - para que tudo corra bem.</p><p>Eis que chega o grande dia! Muita expecta va e - no raro - correria, emoo e votos de boa sorte... Che-gou! Estreou! Nasceu! Mais emoo, mais expecta va e muita alegria! Um grande alvio e um suspiro bem comprido... Para quem pensa que a misso est cum-prida, no, no. no.... Esse s o incio da jornada...</p><p>Noites em claro, tenta vas, falhas, dvidas, erros e acertos, dias bons e outros nem tanto. Novas parce-rias, novos desafi os e velhos amigos, todos alimen-tando e cuidando do querido. O projeto con nua se transformando, crescendo, mudando. </p><p>Com o passar do tempo vai tomando vida prpria, j tem cara, jeito, quase anda por si s! E assim que tem que ser! Vai deixando de ser de um s para virar de todos. E os pais orgulhosos, vo assis ndo - com sorriso largo - o danadinho ganhar o mundo.</p><p>Trajetria de alegrias, desafi os </p><p>e parceriasBrbara F. MagliaFotos Graciela Lindner</p><p>Roupas Lollipop (Floripa)Bolo Milena Cupcakes</p><p>Revista Educar Informao til para todos</p></li><li><p>Neste ms de outubro a Revista Educar assopra veli-nhas. E este projeto - gestado, cuidado e criado com tanto amor e cuidado - cresce junto com a sua famlia. </p><p>Aproximadamente 531.000 exemplares impressos - quantos desses j visitaram sua casa? - e 58 edies depois, con nuamos a gestar cada edio com o mesmo cuidado e afi nco com que preparamos a primeira. Nosso desejo mais profundo, como voc, que nosso fi lhote cresa sempre mais e com mais fora! </p><p>Fica aqui o nosso muito obrigado a todos vo-cs, leitores, que de forma muito especial apadrinharam nosso projeto permi ndo que ele adentrasse sua casa e fi zesse parte da vida de sua famlia. Fique, tem bolo! Viva a Educar!</p><p> Revista Educar - Outubro 2012 7</p></li><li><p>Lollipop bebs e crianas.Doce prazer de vestir bem.</p><p>Foto</p><p>s Gra</p><p>ciel</p><p>a Li</p><p>ndne</p><p>r</p><p>Camiseta polo Milon Camiseta PUCBermuda Banana Danger</p><p>Meninos e meninasEnxoval e roupas de 0 a 10 anos</p><p>Rua Bocaiva, 61, Centro(Prximo ao CEMJ)</p><p>FLORIANPOLIS / (048) 3364.4362</p><p>Benvindos ao Ho-tel Transilvnia, o luxuoso resort cinco estacas de Drcula, onde monstros e suas famlias podem viver livres da intromisso do mundo humano. Mas h um fato pouco conheci-do sobre Drcula: ele no apenas o prncipe das trevas, mas tam-bm um pai su-per protetor de uma filha ado-lescente, Mavis, </p><p>e inventa contos de perigo para dissuadir seu esprito aventureiro. Mas o sossgo de Drcula pode terminar quando um cara comum acaba indo parar no hotel e se encanta por Mavis.</p><p>Estreia: 1 quinzena de outubro</p><p>Esta a histria de uma menina que usa um chapu vermelho e precisa vi-sitar a sua vovozinha para levar uma cesta de comida, sendo proibida pela me de entrar na fl oresta por causa do lobo mau... Mas os personagens muda-</p><p>ram um pouco desde a primeira verso de Chapeuzinho Vermelho. Chapeuzinho Redondo no exatamente a v ma dcil e indefesa que corre o risco de ser comida pelo lobo mau. Ela at um pouco atrevida. J a vov moderna e jovem. Ser que o lobo, que no to feroz e malvado quanto se imagina, vai se dar bem neste diver do reconto do sculo XXI?</p><p>CHAPEUZINHO REDONDOHOTEL TRANSILVNIA</p><p>CORINA CURIOSA</p><p>Corina Curiosa uma coelhinha alegre e animada, que tem uma imaginao muito fr l. Um dia ela acorda com um plano: vai cavar o maior buraco do mundo! No um buraquinho de rato. </p><p>Nem um buraco mdio de coelho. Mas o maior buraco do mundo! Incen vada por seu pai, Corina parte para a grande aventura. Ser que ela vai achar um tesouro de piratas ou um osso de dinossauro? Ser que encontrar um pinguim? Tudo pode acontecer!</p><p>Cineminha Brinque-Book</p><p>d</p><p>N b</p></li><li><p>Ro na. Para muitas pessoas esta palavra signifi ca algo chato, enfadonho, desgastante. No entanto, es-sencial na educao e no crescimento das crianas. At uns cinco anos, elas ainda no tm noo de tempo - o que hoje, amanh, daqui uma semana, as horas. Aos poucos, vo construindo seu conceito sobre o assunto. Quando bebs, comeam a entender que quando est escuro, dormimos, tudo fi ca mais quieto; quando est claro, a vida tem mais barulho, movimento. Essas pequenas informaes vo condicionando a criana a viver como os adultos, que tm hora para acordar, trabalhar, comer. </p><p>Mas no do dia para a noite que se cons-tri o conceito de tempo, preciso que as cri-anas estejam biologicamente preparadas, porque tempo um conceito abstrato e, na primeira infncia, as crianas s entendem o que concreto. </p><p>Ento, imagine se voc nunca soubesse o que iria acon-tecer a seguir, se o dia iria durar mais cinco minutos ou cinco horas. No nosso dia a dia, ns no percebemos o quanto o domnio da noo do tempo nos propor-ciona segurana. Acontece o mesmo com as crianas, e como elas ainda no tm condies de dominar esse conceito, ns adultos temos que ajud-las. Auxili-las a se tranquilizar e dar condies para que aprendam de pouquinho em pouquinho para, um dia, entenderem o tempo.</p><p> a que entra a ro na. ela que usamos para mostrar, de um jeito concreto, o que vai acontecer naquele dia ou noite. Dessa forma, ter horrio para acordar, co-mer, brincar, fazer a higiene, descansar, dormir muito importante para os pequenos. Se essas a vidades a-contecem sempre do mesmo jeito, repe damente, as crianas vo se tranquilizando, pois aprendem, por e-xemplo, que depois de tomar banho hora de dormir, ou que quando a hora da brincadeira est acabando a me avisa que s faltam mais cinco minu nhos. Depois</p><p> hora de lavar as mos para almoar.</p><p>No incio di cil criar uma ro na. As crianas e bebs reclamam, choram e, s vezes, esperneiam bastante. Mas eles s conseguem pensar no imediato, no no futuro. neste momento que ns, adultos, temos que ser fi rmes e no nos render ao chorinho, afi nal de con-</p><p>tas, quem sabe o que melhor para os peque-nos? Ns ou eles? </p><p>No entanto, depois que a ro na est instalada, tudo fi ca mais fcil, para ns e, principalmente, para eles. E o melhor de tudo que as crianas apren-</p><p>dem rapidamente - algumas semanas so o sufi ciente para entrarem no ritmo.</p><p>No quer dizer que, se sairmos da ro na, as crianas vo se desesperar. Tambm importante para elas en-tenderem que nem sempre as coisas acontecem do jei-to que planejamos e que tudo bem, faz parte da vida, tambm precisamos lidar com os imprevistos.</p><p>Mas, manter um dia a dia organizado, na maior parte do tempo, bom e toda cri-ana precisa.</p><p>Rotina bom e toda criana gosta </p><p>Fernanda M. de Moura pedagoga e responsvel pelo </p><p>Espao Crescer (Florianpolis), que agora tambm escola infantil.</p><p>shantalafl oripa@gma...</p></li></ul>