educação elementar

Download Educação Elementar

Post on 04-Jul-2015

361 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. A EXPANSO DO ENSINO ELEMENTAR E A FORMAO DEUNIVERSIDADESDiogo Saraiva, n9Mara Godinho, n17

2. Factores que levaram Expanso doEnsinoNos sculos XII e XIII verifica-se na Europa umgrande aumento das instituies de ensino e cultura.Porqu?De modo a corresponder s novas necessidades da administrao eda economia as cidades precisavam de juristas, notrios,escrives...devidamente formados.Para corresponder ao aumento do volume das trocas e formaode grandes companhias comerciais, que obrigam a registosminuciosos. 3. As Primeiras EscolasAt ao sculo XI, a leitura e a escrita, aprendidas nas escolas,eram privilgio quase exclusivo dos clrigos e dos monges. Osmosteiros mais conceituados eram verdadeiras livrarias (bibliotecas) queeram as suas escolas monacais, destinadas preparao de jovenscandidatos a monges.Biblioteca no Mosteiro deMalk, na ustria, de1089.Mosteiro da AlcobaaMosteiro dos Jernimos 4. O sc XI trouxe consigo:Escolas Urbanas ouCatedraisUniversidades, que aoincio eram chamadas deEstudos Gerais. 5. Escolas Urbanas ou Catedrais No sc. XI , organizaram-se as primeiras escolas urbanas. Os professores das escolas mantm-se (Clrigos e monges)mudando apenas os seus destinatrios e locais.Escolas UrbanasLocais:Ao lado das SsPatriarcais e noscentros dascidades,Catedrais etc.Destinatrios:Passam a serdirigidas no saos clrigos mastambm abastantes leigos. 6. A Fundao das UniversidadesA SUA FUNDAO EXPLICA-SE DEVIDO A UM CONJUNTODE FACTORES:Crescimento demogrfico;O aumento das heresias e a necessidade que a Igreja sentiude aumentar a formao intelectual dos seus clrigos, de modoa estarem preparados para as combaterem;Os progressos tcnicos e culturais da poca, que tornaramnecessrio diversificar e aprofundar as matrias do ensino. 7. As UniversidadesAlgumas escolas catedrais que vieram a ganhar autonomiae importncia, deram origem s universidades ou studiumgenerale.Este agregava mestres e discpulos dedicados ao ensinosuperior de algum ramo especfico do saber.Universidades Do termolatino universitas, corporaode professores e estudantes,com vista organizao deum estabelecimento de ensinosuperior. A Universidademedieval foi sempredependente da Igreja.PrimeirasUniversidadesEuropeiasParis(Teologia)Bolonha(Direito) 8. As Sete Artes Liberais, figura do Hortusdeliciarum de Herrad von Landsberg(sculo XII) Sete ArtesLiberaisTrivium:gramtica, retricae dialcticaQuadrivium:aritmtica,geometria,astronomia e msicaAs disciplinas ditas superiores formavam aparte central e preparatria do currculo dasuniversidades medievais, preparando o paraas disciplinas como Medicina, o Direito e aTeologia (e a Filosofia). 9. As EspecializaesUma vez licenciado em Artes, o estudante podia especializar-se em Medicina, Direito ou Teologia.Enquanto os cursos de Direito e Medicina obrigavam a mais 6anos de estudo, o de Teologia chegava a exigir 15.O ensino baseava-se sobretudo na leitura e comentrio, pelomestre, dos escritos das autoridades no assunto versado.As universidades conferiam os graus de bacharel, licenciadoe doutor. 10. Universidade de Sorbonne - Paris 11. A Primeira Universidade PortuguesaEsta funcionava com as Faculdades de Artes, Direito Cannico, Leis e 12. A Primeira Universidade PortuguesaO rei D. Dinis fundou o Estudo Geral de Lisboa em Maro de 1290,sendo a primeira universidade portuguesa.Esta foi confirmada pela bula do papa Nicolau IV, em Agosto domesmo ano.O Estudo Geral de Lisboa funcionou com as faculdades de Artes,Direito Cannico, Leis e Medicina.Em 1308, foi transferida para Coimbra, devido aos protestos dapopulao lisboeta contra os privilgios dos estudantes.A Universidade de Coimbra era do tipo bolonhs corporao deestudantes pois eram os alunos que elegiam as autoridadesescolares. 13. ConclusoEm relao educao, a leitura e a escritaintensificaram-se, surgindo novas escolas que, devido suaautonomia e fama internacional, deram origem a umaorganizao mais rgida, as Universidades.Por ltimo, a universidade foi responsvel pelaalterao da prpria fisionomia da cidade, como se podeconstatar facilmente pelos exemplos de Paris, com a criaodo Bairro Latino e, no nosso pas, de Coimbra, cidade quepassou a viver, em grande medida, do seu cariz universitrio. 14. BibliografiaO Tempo da Histria 2parte Histria A, 10anohttp://topazio1950.blogs.sapo.pt/226948.htmlhttp://sergiocoimbrao.fotosblogue.com/135165/Universidade-de-Coimbra/http://www.literaturaemfoco.com/?p=4115