edição especial n.º 20 12 de novembro de ?· justificaÇÃo de faltas justificadas as faltas...

Download Edição Especial n.º 20 12 de novembro de ?· JUSTIFICAÇÃO DE FALTAS Justificadas as faltas das…

Post on 23-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • CMARA MUNICIPAL DE LOURES

    BOLETIM DE DELIBERAES E DESPACHOS

    ISSN 1646-7027

    Edio Especial n. 20 12 de novembro de 2018

    CMARA MUNICIPAL

    Pg. 5

    CMARA MUNICIPAL

    Pg. 5

  • DIRETOR: Presidente da Cmara Municipal de Loures, Dr. Bernardino Jos Torro Soares

    PERIODICIDADE: Quinzenal PROPRIEDADE: Municpio de Loures EDIO ELETRNICA DEPSITO LEGAL n. 148950/00 ISSN 1646-7027 COORDENAO, ELABORAO, LAYOUT E PAGINAO

    GABINETE LOURES MUNICIPAL

    Resoluo do Conselho de Ministros n. 8/2011 Dirio da Repblica, 1. srie, n. 17, de 25 de janeiro de 2011

    Toda a correspondncia relativa a LOURES MUNICIPAL

    deve ser dirigida a

    CMARA MUNICIPAL DE LOURES

    LOURES MUNICIPAL BOLETIM DE DELIBERAES E DESPACHOS

    RUA MANUEL AUGUSTO PACHECO, 6 - 4 2674 - 501 LOURES

    TELEFONE: 21 115 15 82 FAX: 21 115 17 89

    http://www.cm-loures.pt e-mail: loures.municipal@cm-loures.pt

  • NDICE

    Pg. CMARA MUNICIPAL 7. Reunio Extraordinria 5 UNIDADES ORGNICAS 15 Equipa Multidisciplinar das reas Urbanas de Gnese Ilegal

    15

    ANEXO PROPOSTA DE DELIBERAO n. 501/2018 ANEXO PROPOSTA DE DELIBERAO n. 502/2018 ANEXO PROPOSTA DE DELIBERAO n. 503/2018 ANEXO PROPOSTA DE DELIBERAO n. 504/2018

  • EDIO ESPECIAL

    N. 20

    12 de NOVEMBRO de 2018

    5

    CMARA

    MUNICIPAL

    DELIBERAES

    7. Reunio Extraordinria, realizada em 12 de novembro de 2018

    PRESENAS

    Sr. Presidente da Cmara Sr. Vice-Presidente Senhoras Vereadoras: Snia Alexandra da Silva Paixo dos Santos

    Bernardo Lopes Maria Arlete Rodrigues Augusto Barata Simo Ana Paula Franco da Silva Damil Senhores Vereadores: Tiago Farinha Matias Gonalo Filipe Vintm Caroo Antnio Manuel Lopes Marcelino Nuno Ricardo Conceio Dias Joo Manuel Ferreira Calado Vasco Antnio Pinho Ramos Teles

    Touguinha

    JUSTIFICAO DE FALTAS

    Justificadas as faltas das Sr.s Vereadoras Maria Rita Colao Leo e Ivone de Ftima da Cunha Gonalves, e do Sr. Vereador Nuno Miguel Ribeiro de Vasconcelos Botelho, presente Reunio.

    SUSPENSO DE MANDATO

    Comunicao, com o registo n. 110930, de 8 de novembro de 2018, sobre a qual foi exarado despacho reunio de Cmara para deliberao, datado de 8 de novembro de 2018, pelo Sr. Presidente da Cmara. Cmara Municipal de Loures Loures, 6 de novembro de 2018 Assunto: Pedido de suspenso de mandato Face ao disposto na alnea q) do n. 1 do artigo 5. do Estatuto dos Eleitos Locais (Lei n. 29/87, de 30 de junho, na sua verso atualizada), e com vista ao exerccio do direito licena parental partilhada, prevista no artigo 40. do Cdigo do Trabalho, vem o signatrio requerer a suspenso do mandato, ao abrigo da alnea b) do n. 3 do artigo 77. da Lei n. 169/99, de 18 de setembro, na sua verso atualizada. A referida licena tem incio a 16 de novembro do corrente ano - por um prazo de 30 dias (terminando no dia 15 de dezembro de 2018).

    O Vereador

    (a) Gonalo Caroo (Requerimento deferido, no tendo participado na votao o Sr. Vereador Vasco Antnio Pinho Ramos Teles Touguinha)

  • EDIO ESPECIAL

    N. 20

    12 de NOVEMBRO de 2018

    6

    PLANEAMENTO FINANCEIRO E APROVISIONAMENTO

    Proposta de aprovao, e de submisso a deliberao da Assembleia Municipal, do Oramento de 2019 e Opes do Plano 2019-2022 da Cmara Municipal de Loures.

    PROPOSTA DE DELIBERAO

    n. 500/2018

    Considerando que: A. Os municpios tm patrimnio e finanas

    prprios, cuja gesto compete aos respetivos rgos;

    B. A autonomia financeira dos municpios

    assenta, designadamente, no poder dos seus rgos elaborarem e aprovarem as opes do plano e os oramentos municipais;

    C. Nos termos da alnea c) do n. 1 do artigo 33.

    da Lei n. 75/2013, de 12 de setembro, que estabelece, entre outros, o regime jurdico das autarquias locais, compete Cmara Municipal elaborar e submeter a aprovao da Assembleia Municipal as opes do plano e a proposta do oramento;

    D. Ao abrigo da alnea a) do n. 1 do artigo 25.

    da Lei n. 75/2013, de 12 de setembro, compete Assembleia Municipal, sob proposta da Cmara Municipal, aprovar as opes do plano e a proposta de oramento.

    Tenho a honra de propor: Que a Cmara Municipal de Loures delibere, nos termos da alnea c) do n. 1 do artigo 33. da Lei n. 75/2013, de 12 de setembro, conjugada com a alnea a) do n. 1 do artigo 25. da mesma Lei, submeter a aprovao da Assembleia Municipal de Loures a proposta de Oramento para 2019 e as Opes do Plano 2019-2022, conforme documento junto em anexo.

    Loures, 8 de novembro de 2018

    O Presidente da Cmara

    (a) Bernardino Soares

    ORAMENTO DE 2019 E GRANDES OPES DO PLANO 2019/2022

    PREMBULO

    O Oramento para 2019 e as Grandes Opes do Plano para 2019/2022 so elaborados e apresentados num perodo em que se preparam alteraes significativas nas atribuies e competncias das autarquias locais. O quadro legislativo j aprovado e aquele que est em discusso, transferem para as autarquias atribuies em reas universais e de crucial importncia para os cidados, como o caso na educao e na sade, sem que, contudo, as mesmas sejam acompanhadas com os meios tcnicos, humanos e financeiros necessrios sua cabal concretizao. O ano de 2019 ser assim um ano em que a estrutura municipal ter que se adequar e analisar essa nova realidade numa perspetiva de otimizar os recursos para receber as novas atribuies. Em simultneo, 2019 o primeiro ano em que os contratos de delegao de competncias com as juntas de freguesia, celebrados no ano de 2018, so executados em toda a sua extenso, nomeadamente na sua dimenso financeira, transferindo a Cmara os meios financeiros adequados ao cumprimento integral das competncias delegadas. No ano de 2019 ser aprofundada esta delegao de competncias, nomeadamente na concretizao de investimentos municipais por parte das freguesias e na recolha de monos. As questes da mobilidade e dos transportes pblicos, apontadas pela populao do concelho de Loures como uma das reas com mais problemas e carncias, tero, no ano de 2019, importantes desenvolvimentos. As deliberaes tomadas no ano de 2018 pela rea Metropolitana de Lisboa, de constituio de empresa de transportes metropolitanos de Lisboa, e dos critrios de cofinanciamento do sistema de transportes pelos municpios, iro contribuir para a concretizao de um passe social nico em todo o territrio da AML e vlido para todos os operadores e igualmente criar um fundo financeiro que permita aumentar e melhorar os transportes pblicos na regio. O ano de 2019 ser igualmente o ano de lanamento do concurso de concesso dos transportes pblicos pela AML, instrumento essencial para uma gesto integrada e que permita s populaes terem acesso a mais e melhores transportes pblicos.

  • EDIO ESPECIAL

    N. 20

    12 de NOVEMBRO de 2018

    7

    O investimento em infraestrutura de transportes, nomeadamente infraestruturas pesadas, como seja a ferrovia ou ferro carril, investimento essencial e da responsabilidade do governo central, essencial para completar e responder s necessidades das populaes. crucial que o alargamento do Metropolitano ao concelho de Loures seja assumido pelas autoridades competentes. Continuar a ser uma exigncia do municpio e das populaes. O oramento de 2019 assim um oramento de acrscimo de afetao de recursos em matrias que at agora no estavam na esfera municipal, no aprofundamento de prticas de delegao de competncias e, no menos importante, no acrscimo de despesas com pessoal resultante da reposio de rendimentos com descongelamento de carreiras iniciado no ano de 2018 e repartido por dois anos, que ter maior impacto financeiro no ano de 2019. A valorizao dos trabalhadores da administrao pblica ter que ter nos oramentos das vrias entidades pblicas uma expresso positiva, para que possam responder s exigncias atuais. Pela nossa parte, o oramento e opes do plano para 2019/2022, contemplam as verbas necessrias ao pagamento de todas as remuneraes e abonos, mas, igualmente verbas para a dinamizao de projetos municipais, designadamente no mbito da medicina e segurana no trabalho, fardamento e equipamentos de proteo individual, formao profissional, preveno de riscos profissionais, apoio social e gesto de refeitrio, criao de condies de trabalho em instalaes municipais e renovao dos recursos tcnicos e equipamentos de apoio produo. A estabilidade oramental permitiu refletir, nas grandes opes do plano, a capacidade de investimento do municpio, cifrando-se at 2022 em cerca de 125 milhes de euros, dos quais 37,5 milhes de euros, no ano de 2019, distribudos por todas as reas de competncia municipal, mas igualmente no assumir de competncias do Ministrio da Sade, na construo do Centro de Sade de Santa Iria de Azia, protocolada com a administrao central. A situao financeira do municpio permite igualmente alavancar os recursos provenientes do quadro comunitrio em vigor. At ao momento foram apresentados projetos a financiamento no valor de 34 milhes de euros, estando previstos para os prximos exerccios cerca de 20 milhes.

    As atividades e os investimentos agora apresentados correspondem a compromissos assumidos com as populaes e continuam a privilegiar e priorizar as funes sociais, a requalificao do espao pblico, o combate s alteraes climticas e a melhoria do ambiente, numa viso transversal da atividade municipal e o incremento da qualidade de vida dos cidados num territrio que se afirma pela cultura e desporto, em trabalho de parceria com os agentes culturais, desportivos, sociais, econmicos e agentes de proteo civil e segurana pblica. 1. Educao A Educao continua a ser uma das reas prioritrias de interveno municipal, que tem como enfoque a valorizao da escola pblica, inc