edição 255 - fevereiro 2016

Download Edição 255 - Fevereiro 2016

Post on 31-Jul-2016

235 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

VIDEO MAPPING - Tecnologia vem atendendo novas demandas fora do segmento do entretenimento | ILUMINAÇÃO: DVD Natiruts - Uso de automação e tecnologia LED ganha espaço nas produções de reggae | PRODUÇÃO: Show David Gilmour - Turnê no Brasil contou com a assinatura do Lighting Designer Mark Brickman | MONITORES ATIVOS JBL: LSR305 têm características da M2 Master Reference do engenheiro Frank Filipetti | LOGIC PRO: Saiba manipular e corrigir a altura do som com efeito flex pitch

TRANSCRIPT

  • www.backstage.com.br 3

    SOM NAS IGREJAS

  • 4 www.backstage.com.br

    SOM NAS IGREJAS

  • www.backstage.com.br 3

    SOM NAS IGREJAS

  • 4 www.backstage.com.br

    SOM NAS IGREJAS

  • www.backstage.com.br 5

    SOM NAS IGREJAS

  • 6 www.backstage.com.br

    SOM NAS IGREJAS

  • www.backstage.com.br 7

    SOM NAS IGREJAS

  • 12 VitrineO novo monitor de palco MAX2da d&b audiotechnik pequeno eleve e, mesmo assim, proporcionauma ampla resposta de frequnciade cobre de 55Hz a 18kHz comuma disperso cnica de 75.

    16 Rpidas e RasteirasA Radiola lana o videoclipeIII.III.III.III.III.III (l-se3.3.3.3.3.3). Neste trabalho, abanda baiana mostra umaproduo inusitada de msicagravada em um nico canal(Mono).

    22 Gustavo VictorinoConfira as notcias mais quentesdos bastidores do mercado.

    NESTA EDIO

    24 Play RecO novo lbum do Nenhum deNs, Sempre Hoje, lanadoem formato digital pela Decke fsico pela m Records, traza participao especial dacantora e compositoraRoberta Campos.

    28 Mixer DigitalO eMotion LV1 um consolemixer digital revolucionrio paraengenheiros de house mix,monitor e broadcast. Baseado natecnologia Waves SoundGrid, osoftware entrega um som dequalidade para a qual a Waves j reconhecida.

    64 Vida de ArtistaNesta edio, S retorna aNova Iorque e descreve umanova viso da Big Apple.

    SumrioSumrioAno. 22 - fevereiro / 2016 - N 255

    Monitores Ativos JBLA JBL projetou a LSR305 com todas as caractersticas avanadas

    adquiridas da marca M2 Master Reference Monitor, do renomado

    engenheiro Frank Filipetti. Um Controlador de Guias de Ondas

    cria imagem dimensional estreo.

    Conhecido no incio como mapa devideo, ou video mapping, ou ainda

    realidade aumentada, o mapa deprojeo est se convertendo em

    grande velocidade em umaexperincia de comunicao para

    complementar grandes eventos einstalaes para marcas,

    administraes pblicas ouentretenimento. Trata-se de uma

    tendncia favorecida por conta daacessibilidade cada vez maior a

    ferramentas, recursos econhecimentos necessrios para

    colocar de p essasexperincias monumentais.

    4646

    3232

  • Expediente

    DiretorNelson Cardosonelson@backstage.com.brGerente administrativaStella Walliterstella@backstage.com.brFinanceiroadm@backstage.com.brCoordenadora de redaoDanielli Marinhoredacao@backstage.com.brRevisoDanielli MarinhoReportagem:Luiz de Urjaiss e Miguel SColunistasCezar Galhart, Cristiano Moura, GustavoVictorino, Jorge Pescara, Lika Meinberg, LuizCarlos S, Marcello Dalla, Ricardo Mendes eVera MedinaEdio de Arte / DiagramaoLeandro J. Nazrioarte@backstage.com.brProjeto Grfico / CapaLeandro J. NazrioFoto: Divulgao

    Publicidade / AnnciosPABX: (21) 3627-7945arte@backstage.com.br

    Webdesigner / MultimdiaLeonardo C. Costamultimidia@backstage.com.brAssinaturasMaristella AlvesPABX: (21) 3627-7945assinaturas@backstage.com.brCoordenador de CirculaoErnani Matosernani@backstage.com.brAssistente de CirculaoAdilson SantiagoCrticabroncalivre@backstage.com.br

    Backstage uma publicao da editoraH.Sheldon Servios de Marketing Ltda.

    Rua Iriquiti, 392 - Taquara - JacarepaguRio de Janeiro -RJ - CEP: 22730-150Tel./fax:(21) 3627-7945 / 2440-4549CNPJ. 29.418.852/0001-85

    Distribuda pela DINAP Ltda.Distribuidora Nacional de Publicaes,Rua Dr. Kenkiti Shimomoto, 1678Cep. 06045-390 - So Paulo - SPTel.: (11) 3789-1628CNPJ. 03.555.225/0001-00

    Os artigos e matrias assinadas so de responsabilidade dos autores. permitida a reproduo desde que seja citada a fonte e que nos seja enviadacpia do material. A revista no se responsabiliza pelo contedo dosanncios veiculados.

    CADERNO TECNOLOGIA36 Logic Pro

    Nesta edio, o foco ser as possibilidadesde manipulao e correo de altura dossons, ou seja, nos efeitos de Pitch dispon-veis no Logic. O objetivo saber mais comoutilizar o Flex Pitch em gravaes vocais,primeiramente revisando para que servemas ferramentas Flex Time e Flex Pitch.

    44 Vitrine iluminaoO ILED FOX SPOT 50 PLUS um moving head tem comocaractersticas um Pan comautorreposicionamento, Pan fino,Tilt com autor-reposicionamento,Tilt fino, Velocidade de pan / tilt,Disco de cores (7+branco) /Efeitos rainbow, Disco de Gobos(6+aberto intercambiveis) eefeito shake.

    52 Iluminao CnicaNa sua primeira passagem na Amricado Sul, David Gilmour trouxe naproduo da turn, e tambm nodesenvolvimento dos projetos deiluminao, a participao de um dosmais importantes Lighting Designersde todos os tempos, Marc Brickman,que possui em seu currculo a ilumina-o para os Jogos Olmpicos realizadosem 1992, em Barcelona.

    40 ProToolsA possibilidade de ajustar onvel de sinal diretamentenos clips sem precisar usarAudioSuite demorou parasair para os usurios de ProTools. Apenas na verso 10ela foi implementada.

    CADERNO ILUMINAO

    LEDS colorem o reggaeO uso de LEDs vem conquistando as produes de reggae. Na estrada

    com sua nova turn, a banda Natiruts, conta com a ajuda dessa

    tecnologia e automao para compor e facilitar a execuo do projeto

    cenogrfico do novo DVD do grupo.

    6060

  • CART

    A AO

    LEI

    TOR

    | w

    ww.b

    acks

    tage

    .com

    .br

    10

    facebook.com/backstage.revista

    CARTA AO LEITOR | www.backstage.com.br

    maior objetivo da publicidade comunicar algo a um pblico que sejaum possvel consumidor de determinado produto ou servio. Essa co-

    municao, por sua vez, tem como ideal destacar as caractersticas dessesservios ou produtos dentro de uma gama de outros similares, que geral-mente oferecem os mesmos benefcios, ou efeitos quase parecidos.O que se deve levar em conta, no entanto, no somente o layout nemo que cada produto representa em termos de custos, por exemplo. Qua-lidade, tradio e comprometimento com seu pblico final imprescin-dvel para que uma marca perdure no mercado e realmente esteja comum p frente dos concorrentes, assim como a confiabilidadeconstruda ao longo dos anos.Um dos pontos que deve ser levado em considerao a qualidade que ousurio/tcnico/engenheiro ou lighting designer empregar a fim de im-primir uma assinatura final ao seu trabalho. Escolher uma marca de tra-dio, por exemplo, usualmente o primeiro passo para alcanar esse su-cesso. Associado a essa premissa, preciso considerar a relao custo-be-nefcio, que vai muito alm de uma simples conta matemtica.Nos ltimos anos, o pas vem recebendo uma srie de eventos internaci-onais, que incluram o retorno do Rock in Rio, passando por recentes fes-tivais estrangeiros que deram certo por aqui como o Tomorrowland. Ain-da este ano o Rio de Janeiro ser sede das cerimnias de abertura e encer-ramento dos Jogos Olmpicos, e seria impossvel pensar em eventos dessamagnitude sem escolher equipamentos de qualidade, tanto de udioquanto de luz.Imaginar que shows e eventos de tamanha importncia estejam confiados aequipamentos de pouca ou nenhuma procedncia, por exemplo, como darum tiro no p do setor de entretenimento e regredir na construo de umaimagem solidificada por meio de muito trabalho de profissionais e empre-sas que realmente se importam com a qualidade.E esse resultado no pode ser alcanado com contabilidade simplria,sem empregar os fundamentos mais bsicos do marketing, como valoragregado ao produto final.

    Boa leitura.

    Danielli Marinho

    O

    Voc se importacom o quecompra?

  • 11

  • VITR

    INE

    UDI

    O| w

    ww.b

    acks

    tage

    .com

    .br

    12

    M-9000M2http://toacorp.com.br/produtos/m-9000m2/O M-9000M2 foi desenvolvido para uso em conjuntocom mdulos opcionais, que so instalados em seu pa-inel traseiro, de acordo com a necessidade de cada cli-ente ou projeto. O equipamento totalmente digital e

    pode ser configurado para operar com at 8 entradas e 8 sadas de udio, simultane-amente. Suas conexes de contato seco podem ser ampliadas e os ajustes podem serarmazenados em bancos de memria internos para seleo futura via painel frontalou via controle externo. equipado com DSP para processamento de udio e podeser controlado remotamente, via contato seco, ou tambm por sistemas AMX ouCrestron, via porta RS-232C.

    MONITOR DE PALCO MAX2www.dbaudio.com

    O novo monitor de palco MAX2 da d&b audiotechnik foi apresentado ao pblicona feira Prolight + sound 2015 de Frankfurt e, desde ento, vemconquitando artistas e intrpretes de todos os gneros. Aunidade passiva pode ser montada em uma barra sobreo subwoofer da d&b e ser utilizada como um pequenosistema full-range completo ou executar tarefas demonitorao de palco, como foi projetado original-mente. O MAX2 pequeno e leve e, mesmo assim, pro-porciona uma ampla resposta de frequncia que cobre de55Hz a 18kHz com uma disperso cnica de 75. O motor deneodmio de baixas frequncias (LF) de 15 e o motor de com-presso montado coaxialmente de 1,4 compartilham da mesma estrutura do im, quepermite um desenho compacto e discreto da caixa de madeira compensada protegida poruma grade metlica rgida.

    VL 3200BR SUBwww.harman.comFocada em atender as exigncias dos tcnicos de udio e do pblico brasi-

    leiro, a Harman lana no pas o JBL VL 3200BR Sub, subwoofer dealto desempenho que completa o mdulo para linearray VL 3200 BR lanado em 2015. Com a adio destemodelo, a Harman disponibiliza agora um novo sistemacompleto de PA, desenvolvido e produzido no Brasilseguindo os rigorosos padres de qualidade da JBL. Comcomponentes que garantem alta performance e longavida til, o sistema VL 3200BR ideal para aplicaesem eventos dos mais diversos portes. As caixas para

    line array JBL VL3200BR oferecem opes de montagem emFly ou Stacked, sistema de iamento atravs de perfis e guia de ondas emalumnio. Alm disso, articuladores e anguladores podem ser travadosdentro do perfil do sistema de iamento, atrav