E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T ... E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua ... dana (ballet, dana de salo, samba , ...

Download E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T ...  E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A   O Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua ... dana (ballet, dana de salo, samba , ...

Post on 30-May-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    1

    EDITAL PREGO PRESENCIAL N 042/2016

    Processo n. 5340/2016 Requisitante: SECRETARIA DE AO SOCIAL E HABITAO

    Licitao da modalidade PREGO PRESENCIAL, destinada contratao de pessoa jurdica para ministrar aulas de dana (ballet, dana de salo,samba , dana de rua e pagode).

    O MUNICPIO DE URUGUAIANA, por sua Pregoeira Oficial, Daniele de Lima Valena, designado pela Portaria 231/2014 de 28 de maio de 2014, torna pblico que realizar licitao na modalidade PREGO, tipo MENOR PREO GLOBAL, em sua forma PRESENCIAL, nos termos da Lei Federal n 10.520/2002, regulamentada pelo Decreto Municipal n 441/2005 e pela Lei Complementar n 123/2006, aplicando-se, subsidiariamente, a Lei Federal n 8.666/1993, devendo ainda ser observadas as disposies contidas neste edital e em seus anexos.

    A sesso pblica deste Prego Presencial ter incio na data, no horrio e no endereo abaixo discriminado:

    DATA: 10 de Maio de 2016

    HORRIO: 09h00min

    LOCAL: Sala do Prego Eletrnico da Prefeitura Municipal de Uruguaiana, sito Rua 15 de Novembro, 1882, Centro, nesta cidade.

    1 DO OBJETO

    1.1 - O presente prego presencial tem como objeto a contratao de pessoa jurdica para ministrar aulas de dana (ballet, dana de salo, samba , dana de rua e pagode), conforme especificado Termo de Referncia (Anexo I).

    1.2 - A licitante vencedora dever executar o objeto licitado de acordo com o Termo de Referncia (ANEXO I), observando todas as disposies contidas neste edital e em seus anexos.

    2 DOS ANEXOS DO EDITAL

    Constituem anexos deste edital e dele fazem parte integrante:

    ANEXO I Termo de referncia;

    ANEXO II Modelo de declarao de cumprimento pleno dos requisitos de habilitao;

    ANEXO III Modelo de declarao de condio de ME ou EPP;

    ANEXO IV Modelo de declarao de que no emprega menor;

    ANEXO V Modelo de proposta financeira;

    ANEXO VI Minuta de contrato.

    3 DAS CONDIES PARA PARTICIPAO

    3.1 - Somente podero participar da presente licitao as empresas aptas ao cumprimento do objeto licitado, que atenderem s exigncias enumeradas abaixo e aos requisitos da legislao especfica.

    3.1.1 - As interessadas devero atender a todas as exigncias, inclusive quanto documentao, constantes deste edital e de seus anexos.

    3.2 - No podero participar da presente licitao as empresas que se enquadrarem em qualquer caso de proibio previsto na legislao vigente, especialmente em uma ou mais das situaes a seguir:

    a)em recuperao judicial ou que tenham tido sua falncia declarada, que se encontrem sob concurso de credores, em dissoluo ou em liquidao;

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    2

    b)que tenham sido declaradas inidneas para licitar ou contratar com a Administrao Pblica, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punio ou at que seja promovida sua reabilitao;

    c)que tenham sido punidas com suspenso/impedimento de licitar ou contratar com o Municpio de Uruguaiana-RS, durante o prazo da sano aplicada;

    d) em consrcio, qualquer que seja a sua forma de constituio;

    e) os interessados enquadrados nas hipteses do art. 9 da Lei n 8.666/1993.

    3.2.1 - A observncia das vedaes do subitem 3.2 deste edital de inteira responsabilidade da licitante que, pelo descumprimento, sujeitar-se- s penalidades cabveis.

    3.3 - A simples participao da licitante neste certame implica:

    a) a aceitao de todas as condies estabelecidas neste Prego;

    b) que o prazo de validade da proposta financeira de 60 (sessenta) dias, a contar da data final estipulada para a sua entrega, o qual, se maior, dever ser explicitado na proposta;

    c) a aceitao de todas as condies estabelecidas na Minuta de Contrato apresentada no ANEXO VI deste edital.

    4 DO CREDENCIAMENTO

    4.1 - Cada licitante poder ser representada por seu titular com poderes de administrao, por procurador devidamente constitudo ou por pessoa devidamente munida de credencial, sendo que somente estes podero intervir nas fases do procedimento licitatrio, atuando em nome da respectiva representada.

    4.2 - Para fins de confirmao da representao e de credenciamento perante o Pregoeiro, o representante da licitante dever identificar-se e, cumulativamente:

    a) entregar cpia de sua carteira de identidade ou documento equivalente e apresentar qualquer documento que indique o nmero de seu CPF;

    b) entregar um dos seguintes documentos, conforme cada caso:

    b.1) cpia do ato constitutivo, estatuto, contrato social ou documento equivalente da licitante, atualizado e registrado, no qual estejam expressos os poderes para exercer direitos e assumir obrigaes em nome da empresa, no caso de o representante ser scio proprietrio, dirigente ou assemelhado da licitante;

    b.2) procurao lavrada em cartrio, hiptese em que no haver necessidade de estar acompanhada de qualquer outro documento referente constituio e organizao da licitante;

    b.3) procurao outorgada por instrumento particular ou carta de credenciamento, acompanhada necessariamente de cpia do ato constitutivo, estatuto, contrato social ou documento equivalente da licitante, atualizado e registrado, no qual estejam expressos que o signatrio da procurao ou da carta de credenciamento detm poderes para exercer direitos e assumir obrigaes em nome da licitante.

    4.3 - Apenas uma pessoa poder ser credenciada para representar cada licitante, no sendo admitido, de igual forma, que mais de uma empresa indique um mesmo representante.

    4.4 - O representante legal da licitante que no se credenciar perante o PREGOEIRO ficar impedido de ofertar lances, de negociar preos, de declarar a inteno de interpor recurso, enfim, de representar a licitante durante a sesso de abertura dos envelopes A (PROPOSTA FINANCEIRA) e B (DOCUMENTOS DE HABILITAO) relativos a este Prego Presencial. Neste caso, ser mantido o preo apresentado pela licitante em sua proposta financeira escrita para efeito de ordenao das propostas e apurao do menor preo.

    4.5 - Somente as pessoas referidas no subitem 4.1 deste edital podero ainda, em nome das licitantes que representam, assinar documentos e declaraes pertinentes ao certame.

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    3

    4.6 - A entrega do ato constitutivo, estatuto, contrato social ou documento equivalente da licitante visando comprovar a qualidade de representante da mesma, nos termos previstos nos subitens 4.1 e 4.2 deste edital, NO dispensa a incluso do mesmo documento no envelope B (DOCUMENTOS DE HABILITAO), sob pena de INABILITAO da licitante na fase pertinente.

    5 DA DECLARAO DE CUMPRIMENTO PLENO DOS REQUISITOS DE HABILITAO E DA DECLARAO DE ME OU EPP

    5.1 - A licitante dever entregar ao PREGOEIRO a declarao dando cincia de que cumpre plenamente os requisitos de habilitao definidos neste edital, a teor do disposto no artigo 4, VII da Lei Federal n 10.520/2002, conforme modelo constante do ANEXO II deste edital.

    5.1.1 - A declarao referida no subitem 5.1 supra, dever ser entregue pela licitante quando do credenciamento de seu representante, sob pena de ser declarada NO PARTICIPANTE do certame, observado o disposto no subitem 7.1.2 deste edital.

    5.2 - A licitante que cumprir os requisitos legais para qualificao como Microempresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP), conforme previsto no art. 3 da Lei Complementar Federal n 123/2006, e que no estiver sujeita a quaisquer dos impedimentos do 4 do referido artigo, caso tenha interesse em usufruir do tratamento favorecido estabelecido na citada lei, dever entregar ao PREGOEIRO a declarao informando a sua condio de ME ou EPP, conforme modelo constante do ANEXO III deste edital.

    5.2.1 - A declarao a que se refere o subitem 5.2 deste edital dever ser entregue pela licitante quando do credenciamento de seu representante, se for o caso, ou dentro do envelope A (PROPOSTA FINANCEIRA), sob pena de PERDA DO DIREITO aos benefcios que lhe so conferidos pela Lei Complementar Federal n 123/2006.

    6 DA PROPOSTA FINANCEIRA (ENVELOPE A) E DOS CRITRIOS DE SUA ACEITAO

    6.1 - A proposta financeira da licitante dever ser entregue dentro do envelope A, o qual dever estar lacrado e conter o nome da empresa, a palavra proposta e o nmero deste Prego.

    6.2 - A proposta financeira dever ser elaborada de acordo com o modelo constante do ANEXO V deste edital, de forma a atender aos seguintes requisitos:

    a) indicar a denominao social e o nmero do CNPJ da licitante;

    b) apresentar preo global para a ntegra do lote nico, discriminando sua composio por meio da indicao dos preos unitrio e total de cada um de seus itens;

    c) conter oferta firme e precisa para a ntegra do lote nico, sem alternativas de preos ou quaisquer outras condies que induzam o julgamento a ter mais de um resultado;

    d) cotar os preos em moeda corrente;

    e) indicar o prazo de validade da proposta, quando este for superior ao mnimo de 60 (sessenta) dias;

    f) estar assinada por representante legal da licitante;

    g) no conter emendas, rasuras, borres, ressalvas ou entrelinhas, salvo se, inequivocadamente, tais falhas no acarretarem leses ao direito das demais licitantes, prejuzo Administrao ou no impedirem a exata compreenso de seu contedo.

    6.2.1 - Todos os preos devero ser cotados com, no mximo, duas casas decimais. No sendo observada esta regra, sero desconsideradas as casas decimais a partir da terceira, sem arredondamento.

    6.2.2 - Os preos ofertados devero considerar todos os encargos incidentes sobre o objeto deste Prego, no sendo aceita vindicao posterior para a incluso de outros encargos nos referidos preos, salvo se houver comprovao de que so novos e criados por ato de governo em data posterior de apresentao da respectiva proposta financeira.

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    4

    6.2.3 - Alm dos preos ofertados pelas licitantes em suas propostas comerciais, nada mais poder ser cobrado do Municpio de Uruguaiana, a qualquer ttulo e a qualquer momento, para a perfeita e completa execuo do objeto deste Prego.

    6.2.4 - Havendo divergncia entre preos unitrios e preos totais, prevalecero os preos unitrios. Havendo divergncia entre preos numricos e preos por extenso, prevalecero os preos por extenso.

    6.3 - Ser DESCLASSIFICADA a proposta financeira que estiver em desacordo com as exigncias constantes deste edital e de seus anexos.

    6.4 - No ser considerada qualquer oferta de vantagem no prevista neste edital e em seus anexos, sendo DESCLASSIFICADA, ainda, a proposta que consignar preos simblicos, irrisrios ou zerados, exceto quando se referirem a materiais e instalaes de propriedade da licitante, para os quais ela renuncie parcela ou totalidade da remunerao, o que dever, quando for este o caso, ser obrigatoriamente informado na proposta financeira.

    6.5 - Podero ser DESCLASSIFICADAS, tambm, as propostas que cotarem preos inexeqveis ou incompatveis com os praticados no mercado, tendo como parmetro o disposto na legislao pertinente.

    6.6 - Na anlise da proposta financeira, poder o PREGOEIRO desconsiderar erros materiais e evidentes falhas formais sanveis que no afetem o seu contedo.

    6.7 - A apresentao da proposta implica a plena aceitao, por parte da licitante, das normas, exigncias e condies estabelecidas neste edital e em seus anexos.

    7 DOS PROCEDIMENTOS INICIAIS DA SESSO PBLICA E DO RECEBIMENTO DOS ENVELOPES

    7.1 - A partir do horrio estabelecido no prembulo deste edital, na Sala do Prego Eletrnico, ser verificado pelo PREGOEIRO o credenciamento dos representantes legais das licitantes, observadas as disposies constantes do item 4.

    7.1.1 - Quando do credenciamento de seu representante, a licitante entregar ao PREGOEIRO a declarao dando cincia de que cumpre plenamente os requisitos de habilitao (ANEXO II) e, se for o caso, a declarao de condio de ME ou EPP (ANEXO III).

    7.1.2 - A licitante que enviar os envelopes A (PROPOSTA FINANCEIRA) e B (DOCUMENTOS DE HABILITAO), antecipadamente ou no dia da sesso, sem representante credenciado, dever enviar tambm, em envelope separado, a declarao dando cincia de que cumpre plenamente os requisitos de habilitao (ANEXO II deste edital), sob pena de ser declarada NO PARTICIPANTE do certame, observado o disposto no subitem seguinte.

    7.1.2.1 - No caso do subitem 7.1.2 supra, dever a licitante enviar ainda, dentro do mesmo envelope separado, documento que comprove que o signatrio da declarao est autorizado a assinar pela empresa, nos termos do item 4 deste edital.

    7.1.2.2 - O MUNICPIO DE URUGUAIANA no se responsabilizar por envelopes endereados via postal ou por outra forma e que, por isso, no chegarem at a data e o horrio previstos para a sesso pblica de abertura do certame.

    7.1.3 - As declaraes de cumprimento pleno dos requisitos de habilitao (ANEXO II deste edital) e, se for o caso, de condio de ME ou EPP (ANEXO III deste edital), podero, por opo da licitante, serem preenchidas por seu representante legal j confirmado e entregues ao PREGOEIRO ainda na fase de credenciamento da sesso pblica de abertura do certame.

    7.2 - Declarado encerrado o credenciamento a que se refere o subitem 7.1 deste edital, o PREGOEIRO recolher os envelopes A (PROPOSTA FINANCEIRA) e B (DOCUMENTOS DE HABILITAO) e no aceitar novas licitantes.

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    5

    7.3 -Aps a entrega dos envelopes pelas licitantes no caber desistncia do certame, salvo por motivo justo, decorrente de fato superveniente e aceito pelo PREGOEIRO, sob pena de aplicao das penalidades previstas no subitem 15.1 deste edital, alm de outras penalidades legalmente admissveis.

    7.4 - A abertura das propostas comerciais (envelope A) ser efetuada logo aps a entrega dos envelopes respectivos, quando se verificar a sua conformidade com os requisitos estabelecidos neste edital.

    7.5 - Na hiptese de no haver expediente no dia fixado no subitem 7.1 deste edital, ficam os eventos respectivos transferidos para o primeiro dia til subseqente, mantidos o horrio e o local preestabelecidos, desde que no haja comunicao do PREGOEIRO em contrrio.

    7.6 - O local de realizao da sesso pblica deste Prego Presencial poder ser alterado, mediante afixao de aviso na entrada do Salo indicado no subitem 7.1 deste edital.

    8 DO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS, DA FASE DE LANCES E DOS DEMAIS PROCEDIMENTOS DA SESSO PBLICA

    8.1 - Para o julgamento das propostas comerciais, o PREGOEIRO levar em considerao o MENOR PREO, assim entendido como o MENOR PREO GLOBAL, desde que atendidas as especificaes deste edital e de seus anexos, sendo desclassificadas as propostas que estiverem em desacordo.

    8.2 - Abertos os envelopes A (PROPOSTA FINANCEIRA) de todas as participantes, o PREGOEIRO proceder verificao de sua conformidade com os requisitos estabelecidos no edital, desclassificao das propostas em desacordo com o mesmo, divulgao dos preos cotados pelas licitantes e consequente classificao inicial das propostas vlidas.

    8.3 - Em caso de empate, adotar-se- o sistema de sorteio para se definir a ordem de classificao inicial das propostas idnticas, ficando desde j definido que a licitante sorteada ser aquela que ficar em primeiro lugar dentre as que participarem do sorteio.

    8.4 - A seguir, ser inicialmente classificada pelo PREGOEIRO, para a fase de lances, a proposta de menor preo global ofertado para a ntegra do lote nico e, posteriormente, as propostas com preos sucessivos e superiores em at 10% (dez por cento) relativamente de menor preo.

    8.5 - No havendo pelo menos trs propostas nas condies definidas no subitem 8.4 deste edital, o PREGOEIRO classificar, para a fase de lances, as trs melhores propostas, quaisquer que sejam os preos ofertados.

    8.6 - s licitantes classificadas para a fase de lances ser dada oportunidade para nova disputa, por meio de lances verbais e sucessivos, de preos distintos e decrescentes, a partir da autora da proposta de maior preo.

    8.6.1 - A licitante poder ofertar lance com preo superior ao menor registrado, desde que seja inferior ao seu ltimo lance e diferente de qualquer outro lance j ofertado para o lote.

    8.7 - No ser admitida a desistncia de lances ofertados, sujeitando-se a licitante s penalidades previstas no subitem 13.1 deste edital, alm de outras penalidades legalmente admissveis.

    8.8 - No havendo mais licitantes interessadas em apresentar lances, ser encerrada esta fase.

    8.9 Encerrada a sesso de lances, ser estabelecida a prioridade de contratao para as microempresas e empresas de pequeno porte sediadas local ou regionalmente, at o limite de 10% (dez por cento) do melhor preo vlido segundo o disposto no Artigo 2, Pargrafo nico do Decreto n 22/2016 e de acordo com o artigo 48, 3, da Lei Complementar n. 123/2006.

    8.9.1.Entende-se como microempresas e empresas de pequeno porte sediadas local e regionalmente:

    a) local (microempresas e empresas de pequeno porte com sede no Municpio de Uruguaiana)

    b) regional(as microempresas e empresas de pequeno porte com sede nos municpios de Alegrete, Barra do Quarai, Itacurubi, Itaqui, Maambara, Manuel Viana, Quarai, Rosrio do Sul, Santa Margarida do sul, Santana do Livramento, So Borja, So Gabriel e Uruguaiana), municpios pertencentes ao

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    6

    COREDE FRONTEIRA OESTE de acordo com a Lei Estadual 10.238 de 17 de Outubro de 1994 e Decreto Estadual 42.777 de 22 de Dezembro de 2003.

    8.10 - Concludas a etapa competitiva de lances e, se for o caso, a aplicao do direito de preferncia institudo pela Lei Complementar Federal n 123/2006, sero ordenadas todas as ofertas, exclusivamente pelo critrio de preo, ocasio em que o PREGOEIRO examinar a aceitabilidade, quanto ao objeto e valor, da primeira classificada para o lote nico, ou seja, daquela que ofertar o menor preo global para a ntegra do lote nico, decidindo motivadamente a respeito.

    8.11 - Sendo aceitvel a oferta de menor preo, ser aberto o envelope B (DOCUMENTOS DE HABILITAO) da licitante que a tiver formulado, para verificao do atendimento das condies de habilitao, observadas as disposies contidas no item 9 deste edital.

    8.11.1 - Constatado o atendimento das exigncias fixadas neste edital para a habilitao, ser a licitante declarada vencedora.

    8.12 - Se a oferta de menor preo no for aceitvel ou se a licitante for inabilitada, o PREGOEIRO examinar os lances e as propostas subseqentes, bem como a qualificao das licitantes, na ordem de classificao, at a apurao de uma oferta em conformidade com o edital.

    8.12.1 - Ocorrendo a hiptese do subitem 8.12 supra e existindo ME ou EPP remanescente no intervalo do empate ficto indicado no subitem 8.9 deste edital, voltar-se- etapa correspondente letra a do subitem 8.9.1 tambm deste edital.

    8.12.2 - Aplicar-se- o disposto no subitem 8.12 deste edital tambm no caso de a licitante vencedora, convocada dentro do prazo de validade de sua proposta, no celebrar o Contrato.

    8.13 - Nas situaes previstas nos subitens 8.10 e 8.12 deste edital, poder o PREGOEIRO, ainda, negociar diretamente com a proponente para que seja obtido preo melhor para o MUNICPIO DE URUGUAIANA.

    8.14 - Da sesso lavrar-se- ata circunstanciada, na qual sero registradas as ocorrncias pertinentes e relevantes e que, ao final, ser assinada pelo PREGOEIRO, pela equipe de apoio e pelos representantes das licitantes que queiram faz-lo.

    9 DOS DOCUMENTOS DE HABILITAO (ENVELOPE B)

    9.1 - As licitantes devero entregar, preferencialmente numerados, rubricados e na ordem em que aparecem neste edital, os seguintes documentos de habilitao dentro do envelope B, o qual dever estar lacrado e conter o nome da empresa, o termo documentos de habilitao e o nmero deste Prego:

    9.1.1 DA HABILITAO JURDICA:

    a) prova de constituio social atualizada, que consiste em um dos seguintes documentos:

    a.1) no caso de empresa individual, o respectivo registro comercial;

    a.2) no caso de sociedade comercial, o respectivo ato constitutivo, estatuto ou contrato social, devidamente registrado;

    a.3) no caso de sociedade por aes, o documento referido em a.2 acompanhado de documento de eleio dos administradores da empresa;

    a.4) no caso de sociedade civil, o respectivo ato constitutivo, registrado junto ao cartrio competente, acompanhado de prova da diretoria em exerccio.

    9.1.1.1 - O documento de habilitao jurdica referido no subitem 9.1.1 deste edital dever explicitar o objeto social, que dever ser compatvel com o objeto licitado, a sede da empresa e os responsveis por sua administrao que tenham poderes para assinar os documentos pela empresa.

    9.1.2 - DA REGULARIDADE FISCAL E TRABALHISTA:

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    7

    a) comprovante de inscrio no CNPJ e no cadastro de contribuintes municipal relativo a sede do licitante;

    b) comprovante de regularidade para com as Fazendas Federal, Estadual e Municipal, mediante a apresentao de certides negativas de dbitos (CNDs) ou positivas com efeitos de negativas;

    b.1) A prova de regularidade fiscal perante a Fazenda Nacional dever ser feita mediante apresentao de certido expedida na forma da Portaria Conjunta RFB/PGFN n 1751/2014 e servir como prova de regularidade perante a seguridade social;

    c) comprovante de regularidade para com o Fundo de Garantia por Tempo de Servio - FGTS;

    d) prova de inexistncia de dbitos inadimplidos perante a Justia do Trabalho, por meio da Certido Negativa de Dbitos Trabalhistas (CNDT).

    9.1.3 - DA QUALIFICAO ECONMICO-FINANCEIRA:

    a) certido negativa de falncia ou concordata, expedida pelo distribuidor da sede da licitante no prazo mximo de 90 (noventa) dias anteriores data da Sesso Pblica deste prego.

    9.1.4 - DO CUMPRIMENTO AO DISPOSTO NO INCISO XXXIII DO ART. 7 DA CONSTITUIO FEDERAL:

    a) declarao de cumprimento do disposto no inciso XXXIII do artigo 7 da Constituio Federal e da Lei n 9.854, de 27 de outubro de 1999, conforme modelo constante do ANEXO IV deste edital.

    9.2 DA UTILIZAO DO CRC (CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL):

    9.2.1 - A documentao de habilitao relacionada nos subitens 9.1.1 a 9.1.3 deste edital poder, no todo ou em parte, por opo da licitante, ser substituda pelo Certificado de Registro Cadastral emitido pelo MUNICPIO DE URUGUAIANA.

    9.2.1.1 - O documento mencionado no subitem 9.2.1 deste edital dever estar com prazo de validade em dia e ser entregue dentro do envelope B (DOCUMENTOS DE HABILITAO).

    9.2.2 - A licitante dever complementar a documentao de habilitao exigida nos subitens 9.1.1 a 9.1.3 deste edital, inserindo dentro do envelope B (DOCUMENTOS DE HABILITAO) aqueles documentos que se encontrarem com prazo de validade expirado junto ao Cadastro de Fornecedores do MUNICPIO.

    9.3 - MICROEMPRESAS (ME) E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE (EPP):

    9.3.1 - A Microempresa - ME e a Empresa de Pequeno Porte - EPP devero entregar toda a documentao exigida para a habilitao, inclusive os documentos comprobatrios da regularidade fiscal, mesmo que estes apresentem alguma restrio fiscal, podendo, tambm, optar pelo disposto nos subitens 9.2.1 a 9.2.2 deste edital.

    9.3.2 - Havendo restrio nos documentos comprobatrios da regularidade fiscal, entregues por ME ou EPP, ser assegurado o prazo de 2 (dois) dias teis, cujo termo inicial corresponder ao momento em que a ME ou EPP for declarada vencedora do certame, prorrogveis por igual perodo, a critrio do PREGOEIRO, para regularizao da documentao fiscal.

    9.3.3 - A prorrogao do prazo para a regularizao da documentao fiscal depender de requerimento tempestivo da licitante, devidamente fundamentado, a ser dirigido ao PREGOEIRO.

    9.3.4 - Entende-se por tempestivo o requerimento apresentado nos 2 (dois) dias teis inicialmente concedidos.

    9.3.5 - A no regularizao da documentao fiscal no prazo previsto implicar decadncia do direito contratao, sem prejuzo das sanes previstas no art. 81 da Lei Federal n 8.666/1993, sendo facultado ao PREGOEIRO convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificao, ou submeter o processo autoridade competente para revogao.

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    8

    9.4 - DISPOSIES GERAIS DA HABILITAO:

    9.4.1 - Os documentos necessrios habilitao, bem como quaisquer outros documentos solicitados neste edital e em seus anexos, devero ser entregues sob uma das seguintes formas:

    a) originais;

    b) cpias autenticadas em cartrio;

    c) cpias autenticadas por servidor do MUNICPIO DE URUGUAIANA;

    d) publicao em rgo de imprensa oficial, respeitadas as regras das alneas anteriores;

    e) emitidos atravs da Internet, ficando sua aceitao condicionada confirmao de autenticidade mediante consulta ao site respectivo.

    9.4.1.1 - Para a autenticao a que se refere a alnea c do subitem 9.4.1, os documentos originais e respectivas cpias simples devero ser apresentados perante o Departamento de Compras da Prefeitura de Uruguaiana com antecedncia mnima de 24 (vinte e quatro) horas em relao data e hora designadas para a abertura da Sesso do Prego.

    9.4.1.2 - No ser feita autenticao de documentos durante a Sesso Pblica do Prego.

    9.4.2 - No sero aceitos protocolos de entrega ou solicitaes de documentos em substituio aos documentos requeridos no presente edital e em seus anexos.

    9.4.3 - A documentao necessria habilitao, bem como qualquer outra documentao solicitada neste edital e em seus anexos, dever guardar compatibilidade em relao ao CNPJ apresentado, no sendo permitida a mesclagem de documentos.

    9.4.4 - Todos os documentos solicitados neste edital e em seus anexos devero estar vlidos na data de abertura da sesso pblica. Documentos entregues com a validade expirada ou que, por qualquer outro motivo, no estiverem de acordo com as disposies deste edital, acarretaro a INABILITAO da licitante, ressalvado o disposto no subitem 9.3.2 deste edital.

    9.4.5 - Os documentos que no possurem prazo de validade estabelecido pelo rgo expedidor devero ser datados dos ltimos 90 (noventa) dias, tendo como referncia a data de abertura da sesso pblica deste certame.

    9.4.5.1 - No se enquadram na exigncia do subitem 9.4.5 deste edital aqueles documentos que, pela prpria natureza, no se sujeitam a prazo de validade.

    9.4.5.2 - As declaraes e os documentos emitidos pela licitante e apresentados neste certame devero estar assinados por seu representante legal, observado o disposto no item 4 deste edital.

    9.4.6 - Sero declaradas INABILITADAS as licitantes que no cumprirem as exigncias estabelecidas neste edital para a habilitao.

    9.4.7 - Na apreciao dos documentos para habilitao, poder o PREGOEIRO solicitar o assessoramento tcnico de rgos ou de profissionais especializados.

    10 DOS RECURSOS

    10.1 - Declarada a vencedora, qualquer licitante poder manifestar imediata e motivadamente a inteno de recorrer, com o registro em ata da sntese das suas razes, quando lhe ser concedido o prazo de 3 (trs) dias para apresentao das razes de recurso, ficando as demais licitantes desde logo intimadas para apresentar contra-razes em igual nmero de dias, que comearo a correr do trmino do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata dos autos;

    10.2 - A falta de manifestao imediata e motivada da licitante importar a decadncia do direito de recurso.

    10.3 - O acolhimento do recurso importar na invalidao apenas dos atos insuscetveis de aproveitamento.

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    9

    10.4 - As razes e contra-razes sero dirigidas ao(a) Pregoeiro(a) e apresentadas atravs da ferramenta no site www.cidadecompras.com ou em papel e protocolizadas no PROTOCOLO GERAL DA PREFEITURA, estabelecido no CENTRO ADMINISTRATIVO II, sito Rua Santana, n 2467, centro, CEP 97501-540, Uruguaiana/RS, em horrio comercial, ou seja, das 8:00 s 12:00hs e das 14:00 s 18:00hs, dos dias teis, sendo que as respostas sero encaminhadas s licitantes por e-mail ou fax e as decises sero disponibilizadas nos sites www.uruguaiana.rs.gov.br (link Licitaes), ficando acessveis a todos os interessados.

    10.5 - Caber, ainda, recurso, no prazo de 5 (cinco) dias teis, da deciso que aplicar qualquer das penalidades previstas nas alneas a a d do subitem 13.1 deste edital e pedido de reconsiderao, no prazo de 10 (dez) dias teis, da deciso que aplicar a penalidade prevista na alnea e do mesmo subitem.

    11 DA ADJUDICAO E DA HOMOLOGAO

    11.1 - Inexistindo manifestao recursal, o PREGOEIRO adjudicar o objeto da licitao licitante vencedora, cabendo ao PREFEITO MUNICIPAL homologar o procedimento licitatrio.

    11.2 - Existindo manifestao recursal e decididos os recursos porventura interpostos, o PREFEITO MUNICIPAL adjudicar o objeto da licitao licitante vencedora e homologar o procedimento licitatrio.

    12 DO PRAZO PARA ASSINATURA DO CONTRATO

    O MUNICPIO DE URUGUAIANA convocar a licitante vencedora do certame referente para assinar Termo de Contrato, conforme a minuta constante do ANEXO VI, no prazo mximo de 15 dias da data da homologao do processo, sob pena de decair o direito contratao, sem prejuzo das sanes previstas no art. 86 da Lei 8.666/93.

    13 DAS SANES ADMINISTRATIVAS

    13.1 - Pelo inadimplemento das obrigaes, seja na condio de participante da licitao ou de contratada, as licitantes, conforme a infrao, estaro sujeitas s seguintes penalidades:

    a) executar o contrato com irregularidades, passveis de correo durante a execuo e sem prejuzo ao resultado: advertncia formal;

    b) executar o contrato com atraso injustificado, at o limite de 10 (dez) dias, aps os quais ser considerado como inexecuo contratual: multa diria de 0,5% (meio por cento) sobre o valor atualizado do contrato;

    c) inexecuo parcial do contrato: suspenso do direito de licitar e contratar com a Administrao pelo prazo de at 2 (dois) anos e multa de 5% (cinco por cento) sobre o valor correspondente ao montante no adimplido do contrato;

    d) inexecuo total do contrato: suspenso do direito de licitar ou contratar com a Administrao pelo prazo de at 5 (cinco) anos e multa de 10% sobre o valor total atualizado do contrato;

    e) causar prejuzo material resultante diretamente de execuo contratual: declarao de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administrao Pblica enquanto perdurarem os motivos determinantes da punio, observadas as disposies do art. 87 da Lei Federal n 8.666/93, cumulada com multa de 15% (quinze por cento) sobre o valor atualizado do contrato;

    13.2 - As penalidades sero registradas no cadastro da contratada, quando for o caso;

    13.3 - Nenhum pagamento ser efetuado pela Administrao enquanto pendente de liquidao qualquer obrigao financeira que for imposta ao fornecedor em virtude de penalidade ou inadimplncia contratual.

    13.4 - Configurada qualquer das hipteses do subitem 13.1 acima, a licitante/contratada ser notificada para apresentar defesa prvia no prazo de 5 (cinco) dias teis, sem prejuzo dos recursos previstos no item 10.5 deste edital.

    http://www.cidadecompras.com/http://www.uruguaiana.rs.gov.br/

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    10

    14 DA DOTAO ORAMENTRIA

    As despesas decorrentes da presente licitao correro por conta da seguinte dotao oramentria:

    Cdigo Despesa Cdigo Funcional Cdigo Categoria

    Econmica

    3046 1102 8 244 1406 6 11 339039050000

    15 DAS CONDIES DE PAGAMENTO

    15.1. O faturamento ser mensal conforme as horas efetivamente trabalhadas todas avalisadas pelas coordenadoras das unidades 15.2. Para o caso de faturas incorretas, o MUNICPIO DE URUGUAIANA ter o prazo de 5 (cinco) dias teis para devoluo licitante vencedora, passando a contar novo prazo de 5 (cinco) dias teis, aps a entrega da nova NOTA FISCAL/FATURA.

    15.3. No sero considerados, para efeitos de correo, atrasos e outros fatos de responsabilidade da licitante vencedora que importem no prolongamento dos prazos previstos neste edital e oferecidos nas propostas;

    15.4. O MUNICPIO DE URUGUAIANA poder proceder reteno do INSS, ISS e IRPF, nos termos da legislao em vigor, devendo, para tanto, a licitante vencedora discriminar na NOTA FISCAL/FATURA o valor correspondente aos referidos tributos.

    Pargrafo nico No caso de inadimplemento do Contratante ser obedecido o que dispe o art. 40, inc. XIV, alnea "c" da Lei n. 8.666/93, sendo utilizado o ndice de Servio de Telecomunicaes (IST) pro rata die.

    16 DAS CONSULTAS, DOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO E DAS IMPUGNAES AO EDITAL:

    16.1 - Cpia deste edital encontra-se disponvel na Internet, nos sites www.cidadecompras.com.br e www.uruguaiana.rs.gov.br (link Licitaes), podendo, ainda, ser obtida diretamente no Setor de Prego Eletrnico da Secretaria de Administrao, no horrio de 8:00 s 12:00 e das 14:00 s 18:00 horas dos dias teis.

    16.2 - As comunicaes referentes ao certame sero realizadas por meio de publicao no Dirio da Fronteira, exceo das comunicaes relativas a pedidos de esclarecimentos e a impugnaes ao edital, as quais sero feitas apenas por divulgao no sites www.cidadecompras.com.br e www.uruguaiana.rs.gov.br.

    16.3 - Aqueles que tiverem interesse em participar do certame obrigam-se, durante todo o processo, a acompanhar as publicaes referentes ao mesmo no site citado no subitem 16.1 deste edital, bem como as publicaes no Dirio da Fronteira, quando for o caso, com vistas a possveis alteraes e avisos.

    16.4 - At 2 (dois) dias teis antes da data fixada para recebimento das propostas, qualquer pessoa poder solicitar esclarecimentos ou impugnar o ato convocatrio deste Prego Presencial, observando-se o seguinte:

    a) as dvidas meramente procedimentais ou relacionadas com a especificao do objeto podero ser esclarecidas junto ao Setor de Prego, no Departamento de Compras e Materiais, pelo telefone (55) 3411-1594, no horrio de 8:00 s 12:00 e das 14:00 s 18:00 horas dos dias teis.

    b) as impugnaes ao edital devero ser apresentadas atravs da ferramenta no site www.cidadecompras.com ou em papel e protocolizadas no PROTOCOLO GERAL DA PREFEITURA, estabelecido no CENTRO ADMINISTRATIVO II, sito Rua Santana, n 2467, centro, CEP 97501-540, Uruguaiana/RS, em horrio comercial, ou seja, das 8:00 s 12:00hs e das 14:00 s 18:00hs, dos dias teis, sendo que as respostas sero disponibilizadas no site www.uruguaiana.rs.gov.br (link Licitaes), ficando acessveis a todos os interessados.

    17 DAS DISPOSIES GERAIS

    http://www.cidadecompras.com.br/http://www.uruguaiana.rs.gov.br/http://www.cidadecompras.com.br/http://www.uruguaiana.rs.gov.br/http://www.cidadecompras.com/http://www.uruguaiana.rs.gov.br/

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    11

    17.1 - facultada ao PREGOEIRO, em qualquer fase da licitao, a promoo de diligncia destinada a esclarecer ou complementar a instruo do processo, vedada a incluso posterior de documento ou informao que deveria constar no ato da sesso pblica.

    17.2 - A homologao do resultado da licitao no implicar direito contratao do objeto licitado.

    17.2.1 - Fica assegurado ao MUNICPIO o direito de, no interesse da Administrao, anular ou revogar, a qualquer tempo, no todo ou em parte, a presente licitao, dando cincia aos participantes e sendo devidamente justificada na forma da legislao vigente.

    17.3 - Os proponentes assumem todos os custos de preparao e apresentao de suas propostas e o MUNICPIO DE URUGUAIANA no ser, em nenhum caso, responsvel por esses custos, independentemente da conduo ou do resultado do processo licitatrio.

    17.4 - Os proponentes so responsveis pela fidelidade e legitimidade de informaes, declaraes e documentos apresentados em qualquer fase da licitao.

    17.4.1 - A licitante que apresentar informaes, declaraes ou documentos falsos responder por seus atos, civil, penal e administrativamente.

    17.5 Os licitantes ficaro obrigados a declarar, sob as penas da lei, a supervenincia de fato impeditivo de sua habilitao.

    17.5.1 - A declarao a que se refere o subitem 17.5 no ser exigida para fins de habilitao, devendo ser apresentada somente se ocorrer fato superveniente que torne a licitante impedida de licitar com o Poder Pblico.

    17.6 - O desatendimento de exigncias formais no essenciais no importar no afastamento da licitante, desde que sejam possveis a aferio da sua qualificao e a exata compreenso da sua proposta durante a realizao da sesso pblica deste Prego Presencial.

    17.7 - As normas que disciplinam este Prego Presencial sero sempre interpretadas em favor da ampliao da disputa entre os interessados, sem comprometimento da segurana da futura contratao.

    17.8 - Na contagem dos prazos estabelecidos neste edital e em seus anexos, excluir-se- o dia do incio e incluir-se- o do vencimento. S se iniciam e vencem os prazos em dias de expediente na PREFEITURA MUNICIPAL DE URUGUAIANA.

    17.9 - Aos casos omissos aplicar-se-o as demais disposies constantes da Lei Federal n 10.520/2002, da Lei Complementar Federal n 123/2006 e, subsidiariamente, da Lei Federal n 8.666/1993.

    17.10 - O processo relativo a esta licitao (com toda a documentao a ele pertinente, inclusive com o preo global mdio estimado da contratao) permanecer com vista franqueada aos interessados no DEPARTAMENTO DE COMPRAS E MATERIAIS, Rua 15 de Novembro, 1882, centro, Uruguaiana, telefone (55) 3412-2265, no horrio de 8:00 s 12:00 e das 14:00 s 18:00 horas dos dias teis.

    17.11 - Os envelopes que no forem abertos na sesso pblica ficaro em poder do PREGOEIRO at a data de assinatura do Contrato pela vencedora do certame, devendo as licitantes retir-los aps a referida data, no local indicado no subitem 17.9 deste edital, no prazo de at 30 (trinta) dias, a partir do qual os mesmos sero automaticamente inutilizados.

    17.12 - O foro para dirimir questes relativas ao presente edital ser o da Comarca de Uruguaiana/RS.

    Uruguaiana, 23 de maro de 2016.

    Daniele de Lima Valena

    Pregoeira Oficial

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    12

    ANEXO I TERMO DE REFERNCIA

    I-DESCRIO DO OBJETO: A presente licitao tem por objeto a Contratao de Pessoa Jurdica para prestar ministrar aulas de dana junto ao CREAS.

    ]

    Item Especificao Quant Unid. Valor

    1

    Servio Tcnico Especializado Item 1 - Contratao de Pessoa Jurdica para ministrar 300h de aula de dana para crianas, adolescentes e idosos distribuda em ballet, samba, pagode e

    dana de rua

    1 un 9.000,00

    II- DOS PRAZOS: A prestao de servio ser de 12 meses.

    III- SERVIOS OFERECIDOS :

    A empresa disponibilizar de profissional para ministrar aulas de dana.

    IV- DO CRONOGRAMA :

    AS aulas devero ser ministradas de acordo com o cronograma da unidade.

    V LOCAL: As aulas sero ministradas em local determinado pela Secretaria Municipal de Ao Social e Habitao de Uruguaiana -RS

    VI PAGAMENTO: O pagamento dever ser mensal de acordo com a quantidade de horas aulas ministradas.

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    13

    ANEXO II

    (MODELO DE DECLARAO DE CUMPRIMENTO PLENO DOS REQUISITOS DE HABILITAO)

    DECLARAO

    A empresa _______________________________________________________________________,

    CNPJ n _____________________________, declara, por intermdio de seu representante legal, a teor do

    disposto no artigo 4, VII da Lei Federal n 10.520/2002, ter cincia de que cumpre plenamente os requisitos

    de habilitao exigidos no processo licitatrio relativo ao PREGO PRESENCIAL N 042/2016 do MUNICPIO

    DE URUGUAIANA, sob pena de responsabilizao nos termos da lei.

    Uruguaiana, _____ de ______________de 2016.

    _____________________________________________

    Nome e assinatura de representante legal da licitante

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    14

    ANEXO III

    (MODELO DE DECLARAO DE CONDIO DE ME OU EPP)

    DECLARAO

    A empresa ____________________________________________________________________,

    CNPJ n __________________________, declara, sob as penas da lei, por intermdio de seu representante

    legal, que cumpre os requisitos legais para qualificao como ______________________________ (indicar a

    condio na qual a empresa se enquadra: Microempresa - ME ou Empresa de Pequeno Porte - EPP),

    conforme previsto no artigo 3 da Lei Complementar Federal n 123/2006, e que no est sujeita a quaisquer

    dos impedimentos do 4 deste mesmo artigo, estando apta a usufruir do tratamento favorecido estabelecido

    nos artigos 42 a 49 da citada lei.

    Uruguaiana, _____ de ______________de 2016.

    _____________________________________________

    Nome e assinatura de representante legal da licitante

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    15

    ANEXO IV

    (MODELO DE DECLARAO DE QUE NO EMPREGA MENOR)

    DECLARAO

    PREGO PRESENCIAL N 042/2015.

    A empresa _________________________________________________________, inscrita no

    CNPJ/MF sob o n _____________________, por intermdio de seu representante legal, o (a) Sr. ()

    ________________________________________, portador (a) da Carteira de Identidade n

    _____________________ e do CPF n _________________, declara, para fins do disposto no inciso V do art.

    27 da Lei n 8.666, de 21 de junho de 1993, acrescido pela Lei n 9.854, de 27 de outubro de 1999, que no

    emprega menor de dezoito anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e no emprega menor de

    dezesseis anos.

    Ressalva:

    Emprega menor, a partir de quatorze anos, na condio de aprendiz (_____).

    (marcar com um x o espao acima, em caso afirmativo)

    Uruguaiana, _______ de ______________ de 2016.

    _____________________________________________

    Nome e assinatura de representante legal da licitante

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    16

    ANEXO V

    (MODELO DE PROPOSTA FINANCEIRA)

    PROPOSTA FINANCEIRA

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana

    Assunto: Proposta financeira

    Razo Social do Proponente: ___________________________________________________

    CNPJ do Proponente: ___.____.___/____-____ E-mail: _____________________________

    Endereo: ___________________________________ Telefone/Fax:___________________

    Dados bancrios: ___________________________

    Encaminhamos, pela presente, nossa proposta financeira referente ao objeto previsto no procedimento licitatrio em epgrafe, declarando que, no preo abaixo ofertado, esto includos todos os custos referentes ao cumprimento do objeto, bem como tributos, frete e outros.

    Item Especificao do Produto Quantidade Unidade Valor Unitrio Valor Total

    1

    Servio Tcnico Especializado Item 1 - Contratao de Pessoa Jurdica para ministrar 300h de aula de dana para

    crianas,adolescentes e idosos distribuda em ballet,samba,pagode e dana de rua

    1 un

    Valor Total da Proposta:

    Prazo de execuo do objeto: termo de referncia

    Prazo de validade da presente proposta: no mnimo, 60 (sessenta) dias.

    Declaramos, ainda, que temos pleno conhecimento de todos os aspectos relativos a esta licitao e manifestamos plena concordncia com as condies estabelecidas no Edital.

    Uruguaiana, ____ de ______________ de ______.

    ________________________________

    Assinatura e carimbo do proponente

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    17

    ANEXO VI - MINUTA DE CONTRATO -

    Licitao da modalidade PREGO PRESENCIAL, destinada contratao de pessoa jurdica para ministrar aulas de dana (ballet,dana de salo,samba , dana de rua e pagode).

    Contrato celebrado entre o MUNICPIO DE URUGUAIANA, pessoa jurdica de Direito Pblico, CNPJ n. 88.131.164/0001-07, com sede na Rua 15 de Novembro n. 1882, nesta cidade, representado neste ato pelo Sr. Luiz Augusto Furhmann Schneider, Prefeito Municipal, aqui denominado CONTRATANTE, e xxxxxxxxxxxxxx, pessoa jurdica de Direito Privado, CNPJ/MF n. xxxxxxxxxxxxx, com sede xxxxxxxxxxxxxx em xxxxxxxxxxxxxx, neste ato representada pelo(a) Sr.(a) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx, representante legal da empresa, aqui denominada CONTRATADA, para a execuo do objeto descrito na clusula primeira.

    O presente contrato tem seu respectivo fundamento e finalidade na consecuo do objeto contratado, descrito abaixo, constante do Processo Administrativo n. 5340/2016, Prego Presencial n 338/2015, regendo-se pelas Leis ns. 8.666/93 e 10.520/02 e regulamentos pertinentes, assim como pelas condies do edital referido, pelos termos da proposta, do termo de referncia e pelas clusulas a seguir expressas, definidoras dos direitos, obrigaes e responsabilidades das partes.

    CLUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

    O presente prego presencial tem como objeto a contratao de pessoa jurdica para ministrar aulas de dana (ballet,dana de salo,samba , dana de rua e pagode), conforme especificado Termo de Referncia (Anexo I)

    CLUSULA SEGUNDA DO REGIME DE EXECUO

    A execuo do presente contrato far-se- sob a forma de execuo indireta, regime de empreitada por preo GLOBAL (art. 10, inciso II, alnea a da Lei Federal n 8.666 de 21 de junho de 1993).

    CLUSULA TERCEIRA DO PREO

    O preo total para o presente ajuste de R$ xxxxxxxxxxxxxxxx, para 12 (doze) meses, constante da proposta vencedora da licitao, aceito pela CONTRATADA, entendido este como preo justo e suficiente para a execuo do presente objeto.

    CLUSULA QUARTA DAS CONDIES DE PAGAMENTO

    10.1. O faturamento ser mensal conforme as horas efetivamente trabalhadas todas avalisadas pelas coordenadoras das unidades

    CLUSULA QUINTA DOS PRAZOS DE INCIO E DE CONCLUSO DOS SERVIOS

    Os servios tero incio aps a emisso da ordem de servio e sero executados, de acordo com o Termo de Referncia. Pargrafo nico. A CONTRATADA dever observar rigorosamente o cronograma estabelecidos pela Secretaria Municipal Ao Social e Habitao, conforme discriminado no Termo de Referncia, sob pena de responder por eventuais prejuzos ocasionados Administrao ou a Terceiros.

    CLUSULA SEXTA DO REAJUSTAMENTO DE PREOS

    Os preos descritos na Clusula Terceira no sofrero reajustes, conforme art. 2, pargrafo 1, da Lei Federal n.10.192/01 de 14/02/2001

    CLUSULA STIMA DA FISCALIZAO

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    18

    O acompanhamento, o controle, a fiscalizao e a avaliao dos servios sero feito por funcionrios da Secretaria Municipal Ao Social e Habitao. Caber ao fiscal do contrato exercer a fiscalizao das falhas ou impropriedades observadas.

    A fiscalizao exercida no interesse do CONTRATANTE, no excluindo ou reduzindo a responsabilidade da CONTRATADA, inclusive perante terceiros, por qualquer irregularidade praticada na execuo do objeto.

    CLUSULA OITAVA DA DOTAO ORAMENTRIA

    As despesas decorrentes do presente contrato ocorrero conta da seguinte dotao oramentria:

    Cdigo Despesa Cdigo Funcional Cdigo Categoria

    Econmica

    3046 1102 8 244 1406 6 11 339039050000

    CLUSULA NONA DOS DIREITOS E DAS OBRIGAES

    1 DOS DIREITOS:

    Constituem direitos da CONTRATANTE, receber o objeto deste contrato nas condies avenadas e da CONTRATADA, perceber o valor ajustado na forma e nos prazos convencionados.

    2 DAS OBRIGAES:

    Constituem obrigaes da CONTRATANTE:

    a) permitir o acesso dos empregados da CONTRATADA ao local de prestao dos servios;

    b) impedir que terceiros estranhos ao contrato prestem o servio;

    c) prestar informaes e esclarecimentos que venham a ser solicitados pela CONTRATADA;

    d) fiscalizar e acompanhar a execuo do objeto do contrato;

    e) efetuar o pagamento na forma e no prazo previsto neste contrato.

    f) Cabe a Contratante em conjunto com a Gesto Pblica fiscalizar e acompanhar o desenvolvimento do programa, dever ser encaminhado a Gesto da Secretaria Municipal de Ao Social de Uruguaiana relatrios mensais da execuo do programa

    Constituem obrigaes da CONTRATADA:

    a) executar o objeto de acordo com as condies estabelecidas no Edital, no Termo de Referncia, na Proposta Financeira e nas clusulas contratuais;

    b) responder, em relao aos empregados, por todas as despesas decorrentes da execuo do objeto, tais como: salrios, seguros, taxas, impostos, contribuies, indenizaes e outras exigncias fiscais, sociais ou trabalhistas;

    c) responder por quaisquer danos causados diretamente Administrao ou a terceiros, decorrente de culpa ou dolo na execuo do contrato;

    d) manter os empregados devidamente identificados, devendo substitu-los imediatamente caso sejam considerados inconvenientes boa ordem e s normas disciplinares da Administrao;

    e) arcar com despesas decorrentes de qualquer infrao, seja qual for, desde que praticadas por seus empregados na execuo do objeto;

    f) comunicar Administrao, por escrito, qualquer anormalidade de carter urgente;

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    19

    g) prestar Administrao esclarecimentos que julgar necessrios para a boa execuo do contrato;

    h) manter, durante toda a execuo do contrato, em compatibilidade com as obrigaes assumidas, todas as condies de habilitao e qualificao exigidas na licitao;

    i) responsabilizar-se pelos encargos decorrentes da execuo do objeto, em especial, os fiscais, comerciais, previdencirios e obrigaes sociais previstos na legislao social e trabalhista em vigor, obrigando-se a sald-los na poca prpria, uma vez que os seus empregados no mantero nenhum vnculo empregatcio com a CONTRATANTE;

    j) responsabilizar-se, ainda, pelos encargos de eventual ao trabalhista, civil ou penal, relacionada execuo do objeto, bem como, de providncias estabelecidas na legislao especfica de acidentes de trabalho.

    Pargrafo nico. A fiscalizao da execuo do objeto do contrato, por parte da CONTRATANTE, no exclui nem reduz a responsabilidade da CONTRATADA.

    CLUSULA DCIMA DAS PENALIDADES E DAS MULTAS

    Pelo inadimplemento das obrigaes, conforme a infrao, a CONTRATADA estar sujeita s seguintes penalidades:

    a) executar o contrato com irregularidades, passveis de correo durante a execuo e sem prejuzo ao resultado: advertncia formal;

    b) executar o contrato com atraso injustificado, at o limite de 10 (dez) dias, aps os quais ser considerado como inexecuo contratual: multa diria de 0,5% (meio por cento) sobre o valor atualizado do contrato;

    c) inexecuo parcial do contrato: suspenso do direito de licitar e contratar com a Administrao pelo prazo de at 2 (dois) anos e multa de 5% (cinco por cento) sobre o valor correspondente ao montante no adimplido do contrato;

    d) inexecuo total do contrato: suspenso do direito de licitar ou contratar com a Administrao pelo prazo de at 5 (cinco) anos e multa de 10% (dez por cento) sobre o valor total atualizado do contrato;

    e) causar prejuzo material resultante diretamente de execuo contratual: declarao de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administrao Pblica enquanto perdurarem os motivos determinantes da punio, observadas as disposies do art. 87 da Lei Federal n 8.666/93, cumulada com multa de 15% (quinze por cento) sobre o valor atualizado do contrato;

    Pargrafo nico. Nenhum pagamento ser efetuado pela Administrao enquanto pendente de liquidao qualquer obrigao financeira que for imposta CONTRATADA, em virtude de penalidade ou inadimplncia contratual.

    CLUSULA DCIMA PRIMEIRA DA RESCISO

    Este Contrato poder ser rescindido:

    a) por ato unilateral do CONTRATANTE nos casos dos incisos I a XII e XVII do art. 78 da Lei Federal n 8.666/93 de 21 de junho de 1993;

    b) amigavelmente, por acordo entre as partes, reduzindo a termo no processo de licitao, desde que haja, convenincia para o CONTRATANTE;

    c) judicialmente, nos termos da legislao.

    Pargrafo nico. A resciso deste contrato implicar reteno de crditos decorrentes da contratao, at o limite dos prejuzos causados ao CONTRATANTE, bem como na assuno do objeto do contrato pelo CONTRATANTE na forma que o mesmo determinar.

    CLUSULA DCIMA SEGUNDA DA ALTERAO DO CONTRATO

  • E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E U R U G U A I A N A

    S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E A D M I N I S T R A O

    Prefeitura Municipal de Uruguaiana - Rua XV de novembro n. 1882 Centro CEP: 97.501-529 Fones: (55) 3411-1594 (55) 3412-2265

    www.uruguaiana.rs.gov.br- e-mail: pregao.pmu@uruguaiana.rs.gov.br

    20

    O CONTRATANTE poder modificar unilateralmente o presente contrato para melhor adequao das finalidades de interesse pblico, respeitados os direitos da CONTRATADA.

    CLUSULA DCIMA TERCEIRA DA INEXECUO DO CONTRATO

    A CONTRATADA reconhece os direitos do CONTRATANTE em caso de resciso administrativa, previstos no art. 77 da Lei Federal n 8.666/93.

    CLUSULA DCIMA QUARTA DAS DISPOSIES GERAIS

    As partes elegem o FORO de Uruguaiana-RS, para dirimir quaisquer dvidas emergentes do presente contrato.

    E, por assim estarem justos e contratados, assinam o presente instrumento em 03 (trs) vias de igual teor e forma na presena de 02 (duas) testemunhas, para que surta seus jurdicos e legais efeitos.

    Uruguaiana, de de 2.016.

    MUNICPIO DE URUGUAIANA

    CONTRATANTE

    XXXXXXXXXXXXXXX

    CONTRATADA

    Testemunhas:

    1)________________

    2)_______________

Recommended

View more >