e PREGÃO PRESENCIAL ?· Para: Valdir Assunto: ORÇAMENTO SOLICITO ORÇAMENTO EM ANEXO Anexos: ORÇAMENTO…

Download e PREGÃO PRESENCIAL ?· Para: Valdir Assunto: ORÇAMENTO SOLICITO ORÇAMENTO EM ANEXO Anexos: ORÇAMENTO…

Post on 08-Feb-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

e

PREGO PRESENCIAL N 08512017

Processo n 125912017

o Registro de preos para eventual

locao de equipamentos de sonorizao e de sistema de

iluminao, para utilizao em eventos Municipais.

Secretarias Municipais. Rua Amazonas, 373 Centro. Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) ')632-113)6

002 lwqr PREFEITURA MUNICIPAL DE

1!! PIN ESTADO DO PARAN rgo requisitante: Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer. N_requerimento: 00412017 Data; _3010512017

Descrio do objeto a ser comprado/ contratado (Especificaes tcnicas - quantidades, tamanhos, cores, metragem, peso, capacidade, modelo, demais caractersticas):

[iim Descrio Unidade Quantidade estimada 1 1 Locao de equipamentos de sonorizao. Hora 400

_Sistema_de_iluminao de_pequeno_porte _Hora

Descrever a justificativa/ motivao (apresentar as razes de interesse pblico que justificam a compra/contratao pretendida, apontando explicitamente a finalidade pblica a ser alcanada com a licitao): As Locaes de sonorizao e sistema de iluminao sero utilizadas nos eventos tradicionais da cidade como: Jantar das Mulheres, Festa do Produtor Rural, Campeonatos de Futebol, Dia do Desafio, Eventos Esportivos, Magia do Natal e entre outros eventos que so realizados no municpio anualmente.

Compra/Contratao para atendimento de ordem judicial?

( ) Sim (x) No Em caso afirmativo descrever qual:

Compra/Contratao exige solicitao de documentos/ laudos especficos? ( ) Sim (x) Em caso afirmativo descrever quais as exigncias:

OBS: Essa informao poder ser obtida junto ao Depto. de Contabilidade da Prefeitura Municipal.

Recursos (x) Prprios ( ) Federais ( )Estaduais Caso os recursos sejam oriundos de repasses Federais ou Estaduais descrever quais e anexar a esta requisio os documentos pertinentes ao repasse.

Rua Amazonas, 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

a

003 PREFEITURA MUNICIPAL DE

PIN ESTADO DO PARAN

Local de entrega/ prestao ou execuo do servio/obra:

Horrios: Prazo para entrega/prestao ou execuo do servio/obra:

Indicao do responsvel por recebimento e fiscalizao da execuo do objeto:

H licitao em curso para o objeto pretendido? (x) Sim ( )

No Em caso afirmativo informar:

a) N do processo licitatrio b) N do contrato/ata de registro de preos vigente_________________ c) Data de vencimento do contrato/ata de registro de preos

OBS: A informao acima pode ser verificada no Cronograma de Renovao de Licitaes disponibilizado pelo Depto. de Licitaes e Compras.

Informaes Adicionais:

Quando se tratar de materiais ou servios que exijam especificaes tcnicas, o requisitante deve anexar a essa requisio a indicaes de fornecedores onde possam ser solicitadas as cotaes.

Caso o requisitante j possua cotaes inerentes ao objeto a ser comprado/contratado dever enviar as mesmas junto a essa requisio.

RseIi-Aj,arecida Mielke

Protocolo Depto. Licitaes e Compras: Depto. de Licitaes e Compras

Protocolo no 3)5 \ /_)

Data

Responsvd:

Rua Amazonas, 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. fone: (41) 3632-1136 2

NOME DA EMPRESA: Cleverson Aparecido Lang CNP1 17.422.50010001-14 DATA DO ORAMENTO: 3110512017 VALIDADE:30 Dias

Preo Item Descrio Unid. Estimada

Mximo Unitrio

1 Locao de equipamentos de sonorizao. hora 400 R$ 120,00

2 Sistema de iluminao de pequeno porte hora 150 R$ 125,00

o

Uil

RES: ORAMENTO

095 Assunto: RES: ORAMENTO De: "Dranka - Transportes'

Data: 31/05/2017 15:00 Para: "Patricia Aparecida Trojanovski"

Segue Este valor e para ir para licitao correto?

Cleverson Ap. Lang

Fone: 41-3632-2214

Cel 41-8527-4421

Gerente

Dranka Transportes de Cargas Itda

De: Patricia Aparecida Trojanovski [mailto:patriciapien.pr.govbr] Enviada em: quarta-feira, 31 de maio de 2017 14:52

Para: cleverson@drankatransportes.com.br Assunto: ORAMENTO

SOLICITO ORAMENTO EM ANEXO

Patricia A parecido Trojonovski

Departamento de licitaes Compras - Prefeitura Municipal de Pin

Fone: (41) 3632 1136 - Skyptpati.pien@hotmailcom

ORAMENTO iluminao.docx 12,6KB

dei 31/05/2017 15:40

NOME DA EMPRESA: &edws Organizaes de Eventos Ltzla. CNER 79.295.79610001-07 DATA DO ORAMENTO: 31 de maio de 2017. VALIDADE: 60 dias

Unld.

.

1 Locao de equipamentos de sonorizao. hora -1--- 2 Sistema de iluminao de pequeno porte hora

dEOXUS 0GP3$ES DJ EVENTOS 11W. - ME

ASdINA11JR 6o RESPONSAVEL

179 295 796/0001-0l BEOUJS ORGMJrZAES DE

EVENTOS LTDA. - ME

RUA CAPITO ERNESTO 'ItJNES, 241 CENTRO - CEP 89290-000

!SO BENTO DO SUL - SANTA CATARINA

R R$ 120,00 R$ 180,00

o

007

NOME DA EMPRESA; Busch Planejamento e Organizao de Eventos LTDA CNP3:11.453.807/0001-04 DATA DO ORAMENTO:011061 2017

Qtde Preo Item Descrio Unid. Estimada

Mximo Unitrio

1 Locao de equipamentos de sonorizao. hora 400 P4 93,50

2 Sistema de iluminao de pequeno porte hora 150 R$ 143,00

.

E]

Re: ORAMENTO

Assunto: Re: ORAMENTO

De: busch valdir Data: 01/06/2017 13:59

Para: Patricia Aparecida Trojanovski

De: Patricia Aparecida Trojanovski Enviado: quarta-feira, 31 de maio de 2017 12:19 Para: Valdir Assunto: ORAMENTO

SOLICITO ORAMENTO EM ANEXO

Anexos:

ORAMENTO iluminao.docx 12,OKB

1 dei 01/06/2017 14:05

Prefeitura Municipal de Pin -2017 Classificao por Fornecedor

Prego 42/2016

Pgina 1

'tem Produto/Servio UM. Qu,tidade Status Marca PreoUnitrio PreoTotal Sei

Fornecedor 9B-9 austi c4G Lote lote OOl

C1 13578 LOCAODEEQUIPPAIENTOSDESONORIZAO HR 4W CIassifica 9450 3314W.CO *

'TEM Dl 5)02 MICROFONES SEM FIO L41OMICROFONES COM FIO c)01 MESA DE SOM COM MINIMO DE 24CN4AIS d)D2 PCTENCIA STUOIO 4a0 WATTS CADA e)01 EQUALIZADOR COMBTFVEL COM AMESA flCl CMIARA DE ECO g)01 DIVISOR DE SOM h) 07 RETORNOS AURICU LARES 1)05 RETORNOS DE PALCO j)02 MONITORES DE PALCO N CAIXAS DE GRAVE fiES CAIXAS DE MDIO GRAVE ~CAIXAS DEAGUDOS E CORNETAS fl)D1 AJELFIO MP3 .)O1 APARELHO DE CD p)Ol APARELHO DE MD 9)12 PEDESTAIS RARA MICROFONES.

a a*t*L 'tti4, , Lote Ml - Lote Ni . 15.75],M

052 13579 SISTEMA DEILUMINAODE PEQUENO PORTE HR 150,05 Ciassificado 105W 15750,05 *

TEM 02 5)05 CANHO DE LUZ DE PALCO LED b)01 STR000 LED c)02MUVING LED MINI COLORIDO d)O2MUVINGLED COLORIDO e)02MINI LASER STAGEM)CROPONTOS F01 RAIO LASER q)SKY DR)VE COLORIDO (RAIO DE SOL)

VALOR TOTAL: 4955005

.

Emiti par PATRICLAAPAREC IDA TROJANOVSKI na*ersE 5518p 0i/052017 1E43A6

PA' DF PIEN 010 EC;1PDO DO PARAN

FORMULRIO LICITAES EXCLUSIVAS MP/EPP

Informaes gerais: 1) O pedido da(s) Secretaria(s) requisitante(s), refere-se, no presente caso, compra, contratao de obra ou servio:

sem diviso de itens (x) por item ou total at R$ 80.000,00

por item ou objeto com cota(s) reservada(s) com exigncia de subcontratao de ME, EPP ou MEl impossibilidade de licitao exclusiva (itens acima de R$ 80.000,00) impossibilidade de licitao com cota 25% (itens no divisveis).

Motivo:_______________________________________________________

2) Existe no cadastro de fornecedores, ou demonstrado nos autos do processo, a existncia de, no mnimo, 03 (trs) fornecedores competitivos enquadrados no regime de ME ou EPP, instalados no Municpio de Pin ou na regio? (X ) sim ( )no

3) H no processo, demonstrao quanto a no vantajosidade para a Administrao Pblica ou prejuzo para o conjunto ou complexo no caso de promover a licitao diferenciada: ( )sim (x) no

Informaes gerais no caso de obras ou servios, inclusive de engenharia: 4) H no objeto a ser licitado, conforme projeto bsico ou termo de referncia, previso de licitao com compromisso de subcontratao?

sim, qual percentual: ( )no (x) no se aplica Sendo a resposta positiva, justificar quanto inexistncia de prejuzo para o conjunto ou complexo do objeto em sua vantajosidade:

Informao final e conclusiva: 5) Diante das informaes prestadas e documentos juntados ao processo, recomenda-se a licitao diferenciada?

( x ) sim ( )no

6) Sendo a resposta positiva, justificar de que modo: x ) licitao destinada participao exclusiva de ME, EPP ou ME]

licitao com cota reservada licitao com exigncia de subcontratao de ME, EPP ou MEl

Patricia Apar&'FvQjanovski Presidente da Comisso de Lici es (Decreto n 003/2017)

Pregoeiro (Decreto n 004/2017) Pin/PR, (i,L/cJ2017

011 S PREFEITURA MUNICIPAL ER: PIN/ PARAN

Dep ....: I,enLDde 1 ic.taes e Compras

INFORMAES ORAMENTRIAS E FINANCEIRAS PARA ABERTURA DE PROCESSO UCITATRIO OU CONTRATAO DIRETA

1. Interessado: Secretarias Municipais.

2. Objeto: Registro de preos para eventual locao de equipamentos de sonorizao e de

sistema de iluminao, para utilizao em eventos Municipais

3. Valor Mximo Estimado: R$ 62.425,00

4. Dotao Oramentria:

Dotao Cd. Reduzido ID

USO Gru

_9_ Font

e 10.001.08.244.0016.2026.3390391200 Contas: 2710 03.001.04.122.0003.2004.339039.1200 Contas: 550 07.002.20.606.0011.2013.339039.1200 Contas: 1450 08.001.12.361.0012.2014.339039.1200 Contas: 1670 09.001.13.392.0014.2023.339039.1200 e

09.002.27.812.0015.2024.339039.1200 Contas: 2310 e 2460

02.001.04.122.0002.2003.339039.1200 Contas: 350 11.001.10.301.0018.2031.339039.1200 Contas: 3240

(Z Ha Dotao Oramentria ()C) H Saldo Oramentrio ( ) No h Saldo Oramentrio ( ) No h Dotao Oramentria Obs:

Is;/ AJ&IENTO MIORINE 'dor - Depanament de Finanas, Receitas e Contabilidade 1

o S. ,ecursos Financeiros: .4 H recursos financeiros No h recursos financeiros

Condies de Pagamento:

6. Despacho do PREFEITO MUNICIPAL:

Autorizo a abertura de procedimento licitatrio ou a contratao direta com estrita observncia aos ditames legais.

Rua Amazonas, n373, Centro, CEP 83.860.000.(41) 36321136, Pin, Estado do Paran

a

fl

012 PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN/ PARANA

Depertam.entn de Lidtaes e Compras

No autorizo a abertura do procedimento licitatrio ou a contratao direta.

RIR

Municipal

7. Indicao de modalidade licitatria ou contratao direta feita pela Comisso de Licitaes e encaminhamento para anlise jurdica:

Convite

(EX) Prego Presencial Prego Eletrnico Tomada de Preos Concorrncia Concurso Dispensa de Licitao Inexigibilidade de Licitao

8. Consideraes:

Tendo em vista a necessidade de realizar licitao para eventual locao de equipamentos

de sonorizao e de sistema de iluminao, para utilizao em eventos Municipais, solicitamos

a abertura de procedimento lidtatrio na modalidade Prego, na forma Presencial, uma vez que o objeto

do presente processo classifica-se como servio de natureza comum, podendo ser objetivamente definido

no edital quanto aos padres de desempenho e qualidade, por meio de especificaes usuais do

mercado, conforme dispe o pargrafo nico do artigo 1 0 da Lei n 10.520/02, e por entendermos que

esta modalidade proporciona a concluso mais clere do processo, alm de promover considervel

economia na fase negociao atravs de lances verbais.

Sugerimos ainda que a licitao seja feita para registro de preos, tendo em vista que se trata de

servios que requer contrataes frequentes, porm incertas, no sendo possvel prever-se

imediatamente o quantitativo exato a ser efetivamente demandado.

Encaminha-se Assessoria Jurdica o presente processo para anlise quanto adequao da

escolha da modalidade ao caso em apreo e para aprovao da minuta do instrumento convocatrio e da

respectiva ata de registro de preos que segue em anexo, para cumprimento do art. 38 da Lei n

8.666/93.

PA TRJCA 4P4R$~7ROJANOVSKI Presidente da Comisso Permanente de Licitaes

Pregoeira

Rua Amazonas ri 0 373, Centro CEP 33,360000, (41) 3632 - 1136, wJennr.gov.br , Pin, Estado do Paran

013

2 Pin, Sexta-feira, 14 de Outubro de 2011 . MUNICIPAL Edio 184 RGAO OFICIAL DO MUNICIPIO DE PIEN

Li

.

TOMADA DE PREOS N005/2011 PROCESSO N181/2011

TIPO: MENOR PREO GLOBAL

O Municpio de Pin, Estado do Paran, atravs Comis-

so Permanente de Licitao, designada pelo Decreto n 002/2011, torna pblico que far realizars 9:30 horas do dia 07 de novembro de 2011, na sede da Prefeitura Munici-

pal, situada na Praa do Expedicionrio, 104Centro. Pin/

PR, fone (41) 3632-1136, licitao na modalidade TOMADA

DE PREOS, tipo MENOR PREO - VALOR GLOBAL,

para contratao de empresa especializada em execuo

de servios de engenharia sanitria de limpeza urbana,

para o Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente. O valor

mximo total R$ 630.000,00 (seiscentos e trinta mil reais),

com prazo de execuo de 12 (doze) meses.

O edital completo poder ser adquirido na Secretaria de

Administrao do dia 18 de outubro a 07 de novembro de

2011. As empresas interessadas em parficipar da licitao

devem entrarem contato com o Departamento de Licitaes

e Compras, at o terceiro dia anterior abertura das propos-

tas, para cadastro.

Pin/PR, 13 de outubro de 2011

CRISTIANO QUADROS

Presidente da Comisso Permanente de Licitao

TOMADA DE PREOS N008/2010

PROCESSO N257/2010

REVOGAO

GILBERTO DRANKA, Prefeito Municipal, no uso de suas

atribuies legais e tendo como prerrogativas os regramentos estatudos pela Lei Federal n 8.666/93, bem como:

Considerando a disciplina do art. 49 da Lei no 8.666/93;

Considerando o que prescreve o item 26.1 do edital;

Considerando que o prazo para apresentao de contradi-

trio e a ampla defesa pelos interessados foi respeitado em estrita observncia ao 3 0 do art. 49 da Lei n 8.666/93, no havendo qualquer manifestao contrria anulao;

TORNA PBLICO

A REVOGAO do procedimento licitatrio modalidade TOMADA DE PREOS N 00812010, cujo objeto a execuo de pavimentao asfltica com rea de 3.420,00

M2, com base no art. 49da Lei n8.666/93, combinado com

o item 26.1 do edital.

Pin/PR, lO de outubro de 2011.

GILBERTO DRANKA Prefeito Municipal

DECRETO N153, DE 03 DE OUTUBRO DE 2011.

REGULAMENTA O SISTEMA DE REGIS-TRO DE PREOS PREVISTO NO AR7: 15 DA LEI N8.666, DE 21 DE JUNHO DE 1993, E D OUTRAS PROVIDNCIAS.

GILBERTO DRANKA, Prefeito Municipal de Pin, Estado

do Paran, no uso de suas atribuies legais, conferidas pelo

art. 66, item IX, da Lei Orgnica Municipal, e nos termos

do disposto no art. 15 da Lei n8.666, de 21 de junho de

1993, e no art. lI da Lei n 10.520, de 17 de julho de 2002,

DECRETA:

Art. 1 As contrataes de servios e a aquisio de bens,

quando efetuadas pelo Sistema de Registro de Preos, no

mbito da Administrao Municipal direta, autrquica e

fijndacional, findos especiais, empresas pblicas, sociedades

de economia mista e demais entidades controladas, direta

ou indiretamente pelo Municpio, obedecero ao disposto

neste Decreto.

Pargrafo nico. Para os efeitos deste Decreto, so adotadas

as seguintes definies:

- Sistema de Registro de Preos - SRI' - conjunto de proce-

dimentos para registro formal de preos relativos prestao

de servios e aquisio de bens, para contrataes futuras;

II - Ata de Registro de Preos - documento vinculativo,

obrigacional, com caracterstica de compromisso para futura

contratao, onde se registram os preos, fornecedores, rgos participantes e condies a serem praticadas, con-

forme as disposies contidas TIO instrumento convocatrio e propostas apresentadas;

III - rgo Gerenciador - rgo ou entidade da Administrao

Pblica responsvel pela conduo do conjunto de procedi-

mentos do certame para registro de preos e gerenciamento

da Ata de Registro de Preos dele decorrente; e

IV - rgo Participante - rgo ou entidade que participa dos procedimentos iniciais do SRP e integra a Ata de Registro

014

!tEQ!NATLY9. MUNICIPA Piri, Sexta-feira, li de Outuhro de 2011 3

RGO OFiCIAL DO MUNICPIO DE PIN Edio 194

o

o

de Preos.

Art. 2 Ser adotado, preferencialmente, o SRI' nas seguintes

hipteses:

- quando, pelas caractersticas do bem ou servio, houver

necessidade de contrataes freqentes; 11 - quando for mais conveniente a aquisio de bens com

previso de entregas parceladas ou contratao de servios

necessrios Administrao para o desempenho de suas

atribuies;

III - quando for conveniente a aquisio de bens ou a con-

tratao de servios para atendimento a mais de um rgo

ou entidade, ou a programas de governo; e

IV - quando pela natureza do objeto no for possvel definir

previamente o quantitativo a ser demandado pela Adminis-

trao.

Pargrafo nico. Poder ser realizado registro de preos para

contratao de bens e servios de informtica, obedecida

a legislao vigente, desde que devidamente justificada e

caracterizada a vantagem econmica.

Art. 3 A licitao para registro de preos ser realizada na

modalidade de concorrncia ou de prego, do tipo menor

preo, nos termos das Leis n8.666, de 21 dejulho de 1993,

e 10.520, de 17 dejulho de 2002, e ser precedida de ampla

pesquisa de mercado.

1 Excepcionalmente poder ser adotado, na modalidade

de concorrncia, o tipo tcnica e preo, a critrio do rgo

gerenciador e mediante despacho devidamente fundamen-

lado da autoridade mxima do rgo ou entidade.

2 Caber ao rgo gerenciador a prtica de Iodos os atos

de controle e administrao do SRP, e ainda o seguinte:

- convidar, mediante correspondncia eletrnica ou outro

meio eficaz, os rgos e entidades para participarem do registro de preos;

II - consolidar todas as informaes relativas estimativa

individual e total de consumo, promovendo a adequao dos

respectivos projetos bsicos encaminhados para atender aos

requisitos de padronizao e racionalizao;

III - promover todos os atos necessrios instruo proces-

sual para a realizao do procedimento licitatrio pertinente,

inclusive a documentao dasjustificativas nos casos em que a restrio competio for admissvel pela lei:

IV - realizar a necessria pesquisa de mercado com vistas identificao dos valores a serem licitados;

V - confirmar junto aos rgos participantes a sua concor-

dncia com o objeto a ser licitado, inclusive quanto aos quantitativos e projeto bsico;

VI - realizar todo o procedimento licitatrio, bem como os

atos dele decorrentes, tais corno a assinatura da Ata e o en-

caminhamento de sua cpia aos demais rgos participantes;

VII - gerenciar a Ata de Registro de Preos, providenciando

a indicao, sempre que solicitado, dos fornecedores, para

atendimento s necessidades da Administrao, obedecendo

a ordem de classificao e os quantitativos de contratao

definidos pelos participantes da Ata;

VIII - conduzir os procedimentos relativos a eventuais re-

negociaes dos preos registrados e a aplicao de penali-

dades por descumprimento do pactuado na Ata de Registro

de Preos; e

IX - realizar, quando necessrio, prvia reunio com licitan-tes, visando inform-los das peculiaridades do SRP e coor-

denar, com os rgos participantes, a qualificao niinitna

dos respectivos gestores indicados.

300 rgo participante do registro de preos ser respon-

svel pela manifestao de interesse em participar do registro

de preos, providenciando o encaminhamento, ao rgo

gerenciador, de sua estimativa de consumo, cronograma de

contratao e respectivas especificaes ou projeto bsico,

nos termos da Lei n8.666, de 1993, adequado ao registro

de preo do qual pretende fazer parte, devendo ainda:

- garantir que todos os atos inerentes ao procedimento para

sua incluso no registro de preos a ser realizado estejam

devidamente formalizados e aprovados pela autoridade

competente;

II - manifestar, junto ao rgo gerenciador, sua concordncia

como objeto a ser licitado, antes da realizao do procedi-

mento licitatrio; e

111 - tomar conhecimento da Ata de Registros de Preos,

inclusive as respectivas alteraes porventura ocorridas,

com o objetivo de assegurar, quando de seu uso, o correto

cumprimento de suas disposies, logo aps concluido o

procedimento licitatrio.

4 Cabe ao rgo participante indicar o gestor do contrato,

ao qual, alm das atribuies previstas no art. 67 da Lei 1 8.666, de 1993, compete:

- promover consulta prvia junto ao rgo gelenciador,

quando da necessidade de contratao, a fim de obter a

indicao do fornecedor, os respectivos quantitativos e os

valores a serem praticados, encaminhando, posteriormente,

as informaes sobre a contratao efetivamente realizada;

TI - assegurar-se, quando do uso da Ata de Registro de

Preos, que a contratao a ser procedida atenda aos seus

interesses, sobretudo quanto aos valores praticados, infor-mando ao rgo gerenciador eventual desvantagem, quanto sua utilizao;

III - zelar, aps receber a indicao do fornecedor, pelos

demais atos relativos ao cumprimento, pelo mesmo, das obrigaes contratualmente assumidas, e tambm, em

coordenao com o rgo gerenciador, pela aplicao de eventuais penalidades decorrentes do descumprimento de clusulas contratuais; e

IV - informar ao rgo gerenciador, quando de sua ocorrn-

cia, a recusa do fornecedor em atender s condies estabe-

lecidas em edital, firmadas na Ata de Registro de Preos. as

divergncias relativas entrega, as caractersticas e origem

dos bens licitados e a recusa do mesmo em assinar contrato

para fornecimento ou prestao de servios.

Art. 40 O prazo de validade da Ata de Registro de Preo no

poder ser superior a um ano, computadas neste as eventuais

015

4 pin, sexta-feira, lide Outubro de 2011 !itQ!NtMj.VN!llj!:JJ\L. Ediao tal ORGAO oriclAL DO MUNICIPIO DE PIEN

o

o

prorrogaes.

1 Os contratos decorrentes do SRP tero sua vigncia conforme as disposies contidas nos instrumentos convo-

catrios e respectivos contratos, obedecido o disposto no

art. 57 da Lei no 8.666, de 1993.

20 admitida a prorrogao da vigncia daAta, nos termos do art. 57, 40, da Lei n8-666, de 1993, quando a proposta

continuar se mostrando mais vantajosa, satisfeitos os demais

requisitos desta norma.

Art. 5A Administrao, quando da aquisio de bens ou con-tratao de servios, poder subdividir a quantidade total do

item em lotes, sempre que comprovado tcnica e econom ica-

mente vivel, de fornia a possibilitar maior competitividade,

observado, neste caso, dentre outros, a quantidade mininla.

o prazo e o local de entrega ou de prestao dos servios.

Pargrafo nico. No caso de servios, a subdiviso se dar

em funo da unidade de medida adotada para aferio dos

produtos e resultados esperados, e ser observada a demanda

especifica de cada rgo ou entidade participante do certame.

Nestes casos, dever ser evitada a contratao, num mesmo

rgo e entidade, de mais de uma empresa para a execuo

de um mesmo servio em uma mesma localidade, com vistas

a assegurar a responsabilidade contratual e o princpio da

padronizao.

Art. 6Ao preo do primeiro colocado podero ser registra-

dos tantos fornecedores quantos necessrios para que, em

funo das propostas apresentadas, seja atingida a quantidade

total estimada para o item ou lote, observando-se o seguinte:

- o preo registrado e a indicao dos respectivos fornece-

dores sero divulgados em rgo oficial da Administrao

e ficaro disponibilizados durante a vigncia da Ata de Registro de Preos; II - quando das contrataes decorrentes do registro de preos

dever ser respeitada a ordem de classificao das empresas constantes da Ata; e

III - os rgos participantes do registro de preos devero,

quando da necessidade de contratao, recorrerem ao rgo gerenciador da Ata de Registro de Preos, para que este

proceda a indicao do fornecedor e respectivos preos a serem praticados.

Pargrafo nico. Excepcionalmente, a critrio do rgo ge-renciador, quando a quantidade do primeiro colocado no for

suficiente para as demandas estimadas, desde que se trate de

objetos de qual idade ou desempenho superior, devidamente

justificada e comprovada a vantagem, e as ofertas sejam em

valor inferior ao mximo admitido, podero ser registrados outros preos.

Ari. 7 0 A existncia de preos registrados no obriga a Administrao a firmar as contrataes que deles podero

advir, facultando-se a realizao de licitao especifica para

a aquisio pretendida, sendo assegurado ao beneficirio

do registro a preferncia de fornecimento em igualdade de

condies.

Ali. 8 A Ata de Registro de Preos, durante sua vigncia,

poder ser utilizada por qualquer rgo ou entidade da Ad-

ministrao que no tenha participado do certame licitatrio, mediante prvia consulta ao rgo gerenciador, desde que

devidamente comprovada a vantagem.

10 Os rgos e entidades que no participaram do registro

de preos, quando desejarem fazer uso da Ata de Registro

de Preos, devero manifestar seu interesse junto ao rgo

gerenciador da Ata, para que este indique os possveis forne-

cedores e respectivos preos a serem praticados, obedecida

a ordem de classificao.

20 Caber ao fornecedor beneficirio da Ata de Registro

de Preos, observadas as condies nela estabelecidas, optar

pela aceitao ou no do fornecimento, independentemen-

te dos quantitativos registrados em Ata, desde que este

fornecimento no prejudique as obrigaes anteriormente

assumidas - 3 As aquisies ou contrataes adicionais a que se refere

este artigo no podero exceder, por rgo ou entidade, a

cem por cento dos quantitativos registrados na Ata de Re-

gistro de Preos.

Art. 900 edital de licitao para registro de preos contem-

plar, no mnimo:

- a especificao/descrio do objeto, explicitando o con-

junto de elementos necessrios e suficientes, com nvel de

preciso adequado, para a caracterizao do bem ou servi-

o, inclusive definindo as respectivas unidades de medida usualmente adotadas;

II - a estimativa de quantidades a serem adquiridas no prazo

de validade do registro;

III - o preo unitrio mximo que aAdministrao se dispe

a pagar, por contratao, consideradas as regies e as esti-

mativas de quantidades a serem adquiridas;

IV - a quantidade mnima de unidades a ser cotada, por item, no caso de bens;

V - as condies quanto aos locais, prazos de entrega, forma de pagamento e, complementarmente, nos casos de servios,

quando cabveis, a freqncia, periodicidade, caractersticas do pessoal, materiais e equipamentos a serem fornecidos

e utilizados, procedimentos a serem seguidos, cuidados, deveres, disciplina e controles a serem adotados;

VI - o prazo de validade do registro de preo;

VII - os rgos e entidades participantes do respectivo registro de preo;

VIII - os modelos de planilhas de custo, quando cabveis,

e as respectivas minutas de contratos, no caso de prestao de servios; e

IX - as penalidades a serem aplicadas por descuniprimento

das condies estabelecidas.

1 0 edital poder admitir, como critrio de adjudicao,

016

JN IQ!t\i \J MLNICi1\L iri, Si,xta-feira ii de Outubro ip 2W 1 51.1

ORGAO OFICIAL DO MUNIOIPIO DE FIEN [i CO 184

o

a oferta de desconto sobre tabela de preos praticados no

mercado, nos casos de peas de veicules, medicamentos,

passagens areas, manutenes e outros similares.

2Quandooedital previr o fornecimento de bens ou presta-

o de servios em locais diferentes, facultada a exigncia de apresentao de proposta diferenciada por regio, de modo que aos preos sejam acrescidos os respectivos custos,

variveis por regio.

Art. lO. Homologado o resultado da licitao, o rgo ge-

renciador, respeitada a ordem de classificao e a quantidade

de fornecedores a serem registrados, convocar os interes-

sados para assinatura da Ata de Registro de Preos que,

aps compridos os requisitos de publicidade, ter efeito de

compromisso de fornecimento nas condies estabelecidas.

Art. II. A contratao com os fornecedores registrados, aps

a indicao pelo rgo gerenciador do registro de preos,

ser formalizada pelo rgo interessado, por intermdio

de instrumento contratual, emisso de nota de empenho de

despesa, autorizao de compra ou outro instrumento similar,

conforme o disposto no art. 62 da Lei n8.666, de 1993.

Art. 12. A Ata de Registro de Preos poder sofrer altera-

es, obedecidas as disposies contidas no art. 65 da Lei

n8.666, de 1993.

1 O preo registrado poder ser revisto em decorrncia

de eventual reduo daqueles praticados no mercado, ou de

fato que eleve o custo dos servios ou bens registrados, ca-

bendo ao rgo gerenciador da Ata promover as necessrias negociaes junto aos fornecedores.

2 Quando o preo inicialmente registrado, por motivo

superveniente, tornar-se superior ao preo praticado no

mercado, o rgo gerenciador dever:

- convocar o fornecedor visando a negociao para reduo

de preos e sua adequao ao praticado pelo mercado;

II - frustrada a negociao, o fornecedor ser liberado do compromisso assumido; e

III - convocar os demais fornecedores visando igual opor-tunidade de negociao.

3 Quando o preo de mercado tomar-se superior aos preos

registrados e o fornecedor, mediante requerimento devida-

mente comprovado, no puder cumprir o compromisso, o rgo gerenciador poder:

- liberaro fornecedor do compromisso assumido, sem apli-

cao da penalidade, confirmando a veracidade dos motivos

e comprovantes apresentados, e se a comunicao ocorrer

antes do pedido de fornecimento; e

II - convocar os demais fornecedores visando igual oportu-nidade de negociao.

40 No havendo xito nas negociaes, o rgo gerenciador

dever proceder revogao da Ata de Registro de Preos,

adotando as medidas cabveis pala obteno da contratao

mais vantajosa.

5 0 0 Detentor daAta de Registro de Preos fica obrigado a

aceitai, nas mesmas condies, os acrscimos ou supresses

que se fizerem nos servios ou compras, at 25% (vinte e

cinco porcento) do valor inicial atualizado daAta de Registro de Preos, excetuadas as supresses resultantes de acordo

celebrado entre as partes, que podero ultrapassar esse limite.

Art. 13. O fornecedor ter seu registro cancelado quando:

- descumprir as condies da Ata de Registro de Preos;

II - no retirar a respectiva nota de empenho ou instrumento

equivalente, no prazo estabelecido pela Administrao, sem

justificativa aceitvel;

III - no aceitar reduzir o seu preo registrado, na hiptese

de este se tornar superior queles praticados no mercado; e

IV - tiver presentes razes de interesse pblico.

1 O cancelamento de registro, nas hipteses previstas,

assegurados o contraditrio e a ampla defesa, ser forma-

lizado por despacho da autoridade competente do rgo

gerenciador.

2 O fornecedor poder solicitar o cancelamento do seu re-

gisto de preo na ocorrncia de fato superveniente que venha

comprometera perfeita execuo contratual, decorrentes de

caso fortuito ou de fora maior devidamente comprovados.

Art. 14. Podero ser utilizados recursos de tecnologia da

informao na operacionalizao das disposies de que

trata este Decreto, bem assim na automatizao dos proce-

dimentos inerentes aos controles e atribuies dos rgos

gerenciador e participante.

Art. IS. Este Decreto entra em vigor na data de sua publica-o, revogadas as disposies em contrrio, especialmente

o Decreto n 003/2006.

Pin/PR, 03 de outubro de 2011.

GILBERTO DRANKA Prefeito Municipal

Publique-se e registre-se.

DIRLEI APARECIDA PIECKOCZ Secretria de Administrao

DECRETO N155, DE 04 DE OUTUBRO DE 2011

Prorroga prazo de validade de Con-curso Pblico

O Prefeito Municipal de Pin/Estado do Paran, no uso de

suas atribuies legais conferidas no artigo 66, inciso XXIV

da Lei Orgnica Municipal e demais legislaes que regem a

matria, considerando ainda o disposto no artigo 37. inciso III da Constituio Federal e o constante no item 12.3 do

Fuuro urnt RG Pr

residente

ocre arte

Patrcia Spasecida T ro,niso's Li

tio, ia /igornk,

[II 770 053- PR ii',] 100 7;'1-'o

Orpieste sot cites do 'esse in,e,i lo 0 tLorLnc 1 417001 71 1 R sis 11 1 1 S711 ;1

suplente Ad riaiso Roberto de ai '(eira O 012 007.'' IR 020 1:1 71111'1 5Lip otite tuor,d RL,E''ane de Da'i '1705 211(1' IR liii' 11 , 11 000.1.1

Sopteuie Claud LISO! LIC 5, queira 1' r 3 270 200 51 011 4' 0000.0 , 1 Sapiente N.L. Fortes, ti ano-si,,, 5 51011'_O 1'4 '''0 0' 100') 100.08

1 Art. 5" Este Decreto entra em tigor na data de sua publicao.

Pin/PR. 02 de janeiro de 2017.

LI! 'I/VO TURECI( Prefeito Municipal

Publique-se e registre-se.

Paran 03 de Janeiro de 2017 Ditirio OliciaIdos Municpios do Paran ANO V 1 N' 1162 U .L 4

Publique-se e registre-se.

CRISTIANO QUADRO,'; Secretrio de Administrao e Finanas

Publicado flor: Douglas Liei/

Cdigo ldentilicador:62B80 59

SECRETARIA DE. ADMINISTRAO E FINANAS DECRETO N003/2017, DE 02 1W JANEIRO DE 2017.

NOMEIA A COMISSO PEI(MANENIF DE LICIlAO E D OUTRAS PROVIDNCIAS.

O Prefeito Municipal de Pin. Estado do Paran, no uso de suas atribuies legais. conlridas pelo ar(, 66. IX. da Lei Orgnica

Municipal, e de acordo com o que dispe o arl. 51 da 1 ei n 8.666/93.

DECRETA:

.rt. 1" Ficam nomeados os servidores abaixo relacionados para

constituir a Comisso Permanente de 1 .icitao. a qual ter a tono

de receber, examinar ejulgar todos os docamenlos e procedimentos relatis os s licitaes e ao cadastramento de licitantes, no periodo de 01 de janeiro a 31 de dezembro de 2017:

10.376,658-3/PR. inscrita no (.'PF sob n093.196.739-26. para exercer a funo de PRE(iOF IRA nos processos licitalrios realizados no

Municpio de Pin. sob a modalidade PREGAO. no periodo de 01 de Janeiro a $1 de dezembro de 2017.

Art. 2 Ficam designados os servidores abaixo relacionados para

consi ituir a sua EQI 11FF. DE APOIO:

'eouiIL' RC (1F

DOROTI DE r 1 RI-' PlEtKocz 4370 304.5 t'lR 001 373 >U'I- is 51\10>, S11'st 101 0203104.7 l'R 02' 004 210.70

ADRIANO ROBERTO no OLlVtilR.S 001700(01>0 020 123 700-li 1151131 D RUBI .',\I 1)1- 3455' O 705201.0 '(0 000 (''O 0,50-04

5IDE\Et DO 'e sriaFxTo \ttoRtNr >417001.7 PIO SOs. 11 1118711 34 7011.1 1 503TFS1,1 645551.3 SISO 211J-.I 1"< 0.11011'1409.00

XI ARO IA LI ten%K1 III 110 37-1.0 P3 071 701, 24'1'70

Art. 3 Fica delegado Pregoeira a atribuio de assinar todos os editais de Prego elaborados pelo Municpio.

Art. 4" Ficam autorizados a Pregoeira e os rneoihros da equipe de

apoio a realizar os procedimentos licitatrios sob a modalidade Prego nos processos de aquisio de bens e contratao de sers ios de

interesse do Instituto de Previdneia Social dos Ser idores Pblicos

do Munieipio de Pin PIENPREV.

Art. 2 Fica delegado ao Presidente da Comisso Permanente de Licitao no. na sua falta. a Secretria, a atrihtno de assinar todos os editais elaborados pelo Municpio.

Art. 3 Fica autorizada a Comisso Permanente de Lieitao a realizar todos os procedimentos relativos s licitaes e ao cadastraniento de

licitantes de interesse do Instituto de Pre idtieia Social dos Servidores Pblicos do Municipio de Pin - PIEN I'REV.

Art. 4 Este Decreto entra em vigor 'la data de sua publicao.

Pin/I'R. 02 de janeiro de 2017.

LJF'INO TUREC'K

0 1 relto Municipal Publique-se e registre-se.

CRISTIANO QUADROS Secretrio de Administrao e Finanas

Publicado por: Douglas l.,ielz

Cdigo Identilieador:OFFD5I B.'\

SE('RElARIA DE Al)\IINISFRAO E FINANAS DECRETO N004/2017, DE 02 DE JANEIRO DE 2017.

DESIGNA PREGOEIRA E EQUIPE DE APOIO E

D OUTRAS PROVIDNCIAS,

CRISTIANO QUADROS Secretrio de Administrao e Finanas

Publicado flor:

Douglas l.ietz

Cdigo Idcntiflcador:B49E820I

SECRE'I'ARIA DE AI).\IINISIRAO E FINANAS DECREI'() N001/2017, DE 02 DE.IANEIRO DE 2017,

NOMEIA CRIS IIANO QUADROS PARA

EX 1 RCER o cargo de provimento cai comisso de

SECRETARIO DE ADMINISIRAAO E FINANAS.

O Prefeito Municipal de Pio. Estado do Paran, no uso de 5t1i15 atribuies legais. considerando o disposto na Lei Municipal 1.151/2013. de 30 de janeiro de 2013.

DECRETA:

A rt. 1 Fica nomeado o senhor Cristiano Quadros. portador da cdula de identidade civil RG n 8.485,032-2/PR. para exercer o cargo

de provimento em comisso de Secretrio de Administrao e Finanas, a contar desta data.

Art. 2 Este Decreto entra coo vigor nesta data.

ArI. 3 Ficam revogadas as disposies em contrrio.

Pin!PR. 02 de jatieiro de 2017.

O Prefeito Municipal de lin. Estadt, do Paran, no osn, de suas atribuies legais. conferidas pelo ali. 66. IX. da Lei Orgnica

Municipal. e de acordo cola o que dispe os arts. 80 a lO do Decreto Municipal n 002/2006. DECRETA:

LIL-JNO TUREC'K l'rel'eito Municipal

Publicado por: Douglas l.ietz

Cdigo ldentilicador:027E1'013

ArI. 1 Fica designada PATRCIA APARECIDA I'ROJAN()VSKI. ocupante do cargo de prot imento em comisso de ('he l'e do Departamento de Licitaes e Compras. portadora do RC

SECRETARIA DE, AD\IINISTR4() E FINANAS

DECRETO N005/2017, 1)E 02 DE JANEIRO 1)1: 2017.

w\\vdiarroniuricipal.corn.hr//mp 82

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 018 ix ESTADO DO PARAN PREGO PRESENCIAL N 085/ 2017

PROCESSO N 125912017

TIPO: MENOR PREO - POR ITEM

LICITAO DIFERENCIADA - EXCLUSIVA PARA PARTICIPAO DE MICROEMPRESAS E

EMPRESAS DE PEQUENO PORTE PARA TODOS OS ITENS DO ANEXO 1 DESTE EDITAL (Nos

moldes da Lei Complementar n 123, de 14 de dezembro de 2006, alterada pela Lei

Complementar n 147, de 7 de agosto de 2014.)

Objeto: Registro de preos para eventual locao de equipamentos de sonorizao e de

sistema de iluminao, para utilizao em eventos Municipais, conforme especificaes e

quantidades estimadas constantes do ANEXO I.

REPARTIO INTERESSADA: Secretarias Municipais.

LEGISLAO: Leis Federais no 8.666/1993 e n 10.520/2002, Lei Complementar Federal n 123/2006

(alterada pela Lei Complementar n 147/2014), Lei Complementar Municipal n 1/2015

(Regulamentada pelo Decreto Municipal n 176/2016), Decretos Municipais n 002/2006 e n

153/2011.

DATA PARA ENTREGA DOS DOCUMENTOS PARA CREDENCIAMENTO, DA DECLARAO DE

ENQUADRAMENTO COMO MICROEMPRESA OU EMPRESA DE PEQUENO PORTE, DA

DECLARAO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS DE HABILITAO E DOS

ENVELOPES DE PROPOSTA DE PREOS E DE HABILITAO: 19 de junho de 2017, s 09h30.

LOCAL DA REALIZAO DA SESSO PBLICA DO PREGO: Prefeitura Municipal de Pin, situada na

Rua Amazonas, n 373, Centro - Pin/PR.

O edital completo estar disposio dos interessados do dia 05 a 19 de junho de 2017, no

Departamento de Licitaes e Compras.

Pin/PR, 01 de junho de 2017.

PATRICIA APARECTRO)ANOV5KI

PREGOEIRA

Rua Amazonas, n 373 Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

1. PREMBULO

2. OBJETO DO PREGO

3. TIPO DO PREGO

4. DOTAO ORAMENTRIA

S. CONDIES DE PARTICIPAO (EXCLUSIVA PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS)

6. FORMA DE APRESENTAO DOS ENVELOPES DE PROPOSTA DE PREOS (N 01) E DOCUMENTOS

DE HABILITAO (N 02)

7. CONTEDO DA PROPOSTA DE PREOS (ENVELOPE N 01)

8. CONTEDO DOS DOCUMENTOS DE HABILITAO (ENVELOPE N 02)

9. CONSULTA, DIVULGAO E ENTREGA DO EDITAL

10. ESCLARECIMENTOS AO EDITAL

11. PROVIDNCIAS/IMPUGNAO AO EDITAL

12. CREDENCIAMENTO

13. RECEBIMENTO DA DECLARAO DE ENQUADRAMENTO COMO MICROEMPRESA E EMPRESA DE

PEQUENO PORTE, DECLARAO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS DE

HABILITAO E DOS ENVELOPES PROPOSTA DE PREOS (N 01) E DOCUMENTOS DE

HABILITAO (N 02)

14. ABERTURA DOS ENVELOPES PROPOSTA DE PREOS (N 01)

15. EXAME E CLASSIFICAO PRELIMINAR DAS PROPOSTAS DE PREOS

16. DESCLASSIFICAO DAS PROPOSTAS DE PREOS

17. DEFINIO DAS PROPONENTES PARA OFERECIMENTO DE LANCES VERBAIS

. 18. OFERECIMENTO/INEXISTNCIA DE LANCES VERBAIS

19. RECURSO ADMINISTRATIVO

20. ADJUDICAO

21. HOMOLOGAO

22. DIVULGAO DO RESULTADO FINAL DO PREGO

23. CONTRATAO/ATA DE REGISTROS DE PREOS

24. PRESTAO DE SERVIOS OBJETO DO PREGO

25. PRAZO E LOCAL PRESTAO DOS SERVIOS

26. PAGAMENTO

27. DISPENSA DE GARANTIA

28. SANES ADMINISTRATIVAS

29. DISPOSIES GERAIS

30. RELAO DE ANEXOS

31. ELEMENTOS BASES NECESSRIOS ELABORAO DA PROPOSTA

2 Rua Amazonas, no 373 Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIEN 070 ESTADO DO PARAN

EDITAL DE PREGO PRESENCIAL N 08512017

PROCESSO N 125912017

1. PREMBULO:

1.1. O Municpio de Pin, Estado do Paran, TORNA PBLICO que far realizar licitao, na

modalidade de PREGO PRESENCIAL, conforme descrito neste Edital e seus Anexos, com base nas Leis

Federais n 8.666/1993 e n 10.520/2002, na Lei Complementar Federal n 123/2006 (alterada pela Lei

Complementar n 147/2014), Lei Complementar Municipal n 1/2015 (Regulamentada pelo Decreto

Municipal n 176/2016), Decretos Municipais n 002/2006 e n 153/2011, do tipo MENOR PREO, POR

ITEM.

1.2. O PREGO ser conduzido pela PREGOEIRA, auxiliada pela EQUIPE DE APOIO, designados pelo

Decreto n 004/2017.

1.3. O PREGO ser realizado no dia 19 de junho de 2017, com incio s 09h30, na Rua Amazonas,

n 373 - Centro, Pin/PR, quando devero ser apresentados, no incio, os documentos para

credenciamento, a DECLARAO DE ENQUADRAMENTO COMO MICROEMPRESA OU EMPRESA

DE PEQUENO PORTE (conforme ANEXO II), a declarao de que a proponente cumpre os

requisitos de habilitao (conforme ANEXO V), e os envelopes de proposta de preos (envelope 01) e

de documentos de habilitao (envelope 02), seguindo-se em ato contnuo seu processamento.

2. OBJETO DO PREGO:

2.1. O objeto deste PREGO o Registro de preos para eventual locao de equipamentos de

sonorizao e de sistema de iluminao, para utilizao em eventos Municipais, conforme especificaes

e quantidades estimadas constantes do ANEXO I.

3. TIPO DO PREGO:

3.1. Este PREGO do tipo menor preo por ITEM.

4. DOTAO ORAMENTRIA:

4.1. As despesas decorrentes da presente licitao oneraro os seguintes recursos oramentrios:

1

Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

E

SECRETARIA DE AO SOCIAL E DEFESA CIVIL

Dotaes: 10.001.08.244.0016.2026.3390391200

Contas: 2710

SECRETARIA DE ADMINISTRAO E FINANAS

Dotaes: 03.001.04.122.0003.2004.339039.1200

Contas: 550

SECRETARIA DE AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE

Dotaes: 0.00.20606.011.203.33909.1200

Contas: 1450

SECRETARIA DE EDUCAO

Dotaes: 08.001.12.361.0012.2014.339039.1200

Contas: 1670

SECRETARIA DE ESPORTE, CULTURA E LAZER

Dotaes: 09.001.13.392.0014.2023.339039.1200 e 09.002.27.812.0015.2024.339039.1200

Contas: 2310 e 2460

SECRETARIA DE GOVERNO

Dotaes: 02.001.04.122.0002.2003.339039.1200

Contas: 350

SECRETARIA DE SADE

Dotaes: 11.001.10.301.0018.2031.339039.1200

Contas: 3240

S. CONDIES DE PARTICIPAO (EXCLUSIVA PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS):

5.1. Nos termos do inciso 1 do art. 48 da Lei Complementar Federal n 123/2006 (alterada pela Lei

Complementar n 147/2014) e do art. 34, 1, III da Lei Complementar Municipal n

1/15(Regulamentada pelo Decreto Municipal n 176/2016), a presente licitao destinada exclusiva

participao de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, que sejam do ramo pertinente ao objeto

desta licitao, e atendam a todas as exigncias, inclusive quanto documentao, estabelecidas neste

Edital e seus ANEXOS.

5.2. Consideram-se Micro e Pequenas Empresas aptas participao no certame aquelas que

preenchem os requisitos do art. 3 0 da Lei Complementar Federal n 123/2006 e que no se enquadrem

em nenhuma das situaes descritas no pargrafo 4 0 do referido art. 3 0 .

5.3. Para fins de comprovao da condio de Microempresa ou Empresas de Pequeno Porte, assim

4 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

o

definidas aquelas que se enquadram na classificao descrita no art. 30 da Lei Complementar n

123/2006, as licitantes devero apresentar declarao de enquadramento como Microempresa e/ou

Empresa de Pequeno Porte conforme modelo (ANEXO II).

5.4. No ser admitida a participao, direta ou indiretamente, na licitao:

a) de servidores ou dirigentes de rgo do Municpio de Pin ou de pessoas jurdicas cujos scios sejam

servidores ou dirigentes de rgo do Municpio de Pin;

b) de empresas estrangeiras que no funcionem no Pas;

c) de interessados que se encontrem sob falncia, concordata, concurso de credores, dissoluo e

liquidao, de consrcio de empresas, qualquer que seja sua forma de constituio;

d) de empresas com participao societria entre si e empresas do mesmo grupo econmico de direito

e/ou de fato, exceto para propostas para itens ou lotes distintos;

e) de empresa, isoladamente ou em consrcio, responsvel pela elaborao do projeto bsico ou

executivo ou da qual o autor do projeto seja dirigente, gerente, acionista ou detentor de mais de 5%

(cinco por cento) do capital com direito a voto ou controlador, responsvel tcnico ou subcontratado

(quando for o caso);

f) tambm esto abrangidos pela proibio aqueles que tenham sido punidos com suspenso do direito

de licitar ou contratar com o Municpio de Pin, ou declarados inidneos para licitar ou contratar com a

Administrao Pblica.

6. FORMA DE APRESENTAO DOS ENVELOPES DE PROPOSTA DE PREOS (N 01) E

DOCUMENTOS DE HABILITAO (N 02):

6.1. Os envelopes, respectivamente PROPOSTA DE PREOS (Envelope n 01) e DOCUMENTOS DE

HABILITAO (Envelope n 02) devero ser apresentados, fechados e indevassveis, contendo cada

um deles, em sua parte externa, alm do nome da proponente, os seguintes dizeres:

SOCIAL E ENDEREO DA

PREGO PRESENCIAL N 08512017

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN

ENVELOPE N 01 - PROPOSTA DE PREOS

DATA: ......... / .......... /2017

SOCIAL E ENDEREO DA PROPONENTE)

PREGO PRESENCIAL N 08512017

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN

ENVELOPE N 02 - HABILITAO

5 Rua Amazonas, n 373Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 023 ESTADO DO PARAN

DATA: ......... / .......... / 2017

6.2. Os documentos constantes do ENVELOPE N 01 - PROPOSTA DE PRECOS devero ser

apresentados em 01 (uma) via, redigida com clareza, em lngua portuguesa, salvo quanto s

expresses tcnicas de uso corrente, sem rasuras ou entrelinhas que prejudiquem a sua anlise,

numeradas, sendo a proposta datada e assinada na ltima folha e rubricada nas demais pelo

representante legal ou pelo Procurador, juntando-se, neste caso, a Procurao.

6.2.1. A apresentao dos documentos integrantes do ENVELOPE N 01 - PROPOSTA DE PREOS

obedecer tambm aos comandos contemplados nos subitens 6.3, 6.11, 6.3.1.1, 6.3.1.2, 6.3.1.3, 6.3.2

e6.3.3.

6.2.2. A proponente somente poder apresentar uma nica PROPOSTA DE PREOS.

6.3. Os documentos de habilitao (ENVELOPE N 02) e os documentos para credenciamento podero

ser apresentados por cpias simples, ou por cpias autenticadas por cartrio competente, ou por meio

de publicao em rgo da imprensa oficial, ou em original, quando expedida via Internet.

6.3.1. A aceitao de documentao por cpia simples ficar condicionada apresentao do original

PREGOEIRA, por ocasio da abertura do ENVELOPE N 02 e do credenciamento para devida

autenticao.

6.3.1.1. Para fim da previso contida no subitem 6.3.1, o documento original a ser apresentado no

poder integrar o envelope.

6.3.1.2. Os documentos expedidos via Internet e, inclusive aqueles outros apresentados, tero, sempre

que necessrio, suas autenticidades/validades comprovadas por parte da PREGOEIRA.

6.3.1.3. A PREGOEIRA no se responsabilizar pela eventual indisponibilidade dos meios eletrnicos, no

momento da verificao. Ocorrendo a indisponibilidade referida, e no tendo sido apresentados os

documentos preconizados, inclusive quanto forma exigida, a proponente ser inabilitada caso no

porte a comprovao da informao de que se trata.

6.3.2. Os documentos apresentados por qualquer proponente, se expressos em lngua estrangeira,

devero ser autenticados por autoridade brasileira no pas de origem e traduzidos para o portugus por

tradutor pblico juramentado.

6 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 024 ESTADO DO PARAN

7. CONTEDO DA PROPOSTA DE PREOS (ENVELOPE N 01):

7.1. A PROPOSTA DE PREOS dever:

a) apresentar o nmero do processo licitatrio - PREGO;

b) apresentar a razo social da proponente, CNPJ, endereo completo, telefone, fax e endereo

eletrnico (e-mail), se houver, para contato;

c) apresentar a descrio detalhada do objeto do PREGO, em conformidade com as especificaes

contidas no ANEXO 1; a descrio referida deve ser firme e precisa, sem alternativa de preos ou

qualquer outra condio que induza o julgamento a ter mais de um resultado por ITEM;

d) apresentar o prazo de validade no inferior a 60 (sessenta) dias corridos a contar da data de sua

apresentao, sendo que a omisso do prazo de validade na proposta de preos da licitante importar

no cumprimento da validade mnima de 60 (sessenta) dias;

e) apresentar preo unitrio e total por ITEM, expresso em moeda corrente nacional, em algarismo,

fixo, com duas casas decimais (Ex.: R$ 1,12) e irreajustvel apurado data da apresentao da

proposta, sem incluso de qualquer encargo financeiro ou previso inflacionria; em caso de

divergncia entre os valores unitrios e totais, sero considerados os primeiros;

f) incluir nos preos propostos, alm do lucro, todos os custos diretos e indiretos relativos ao

cumprimento integral do objeto do PREGO, envolvendo, entre outras despesas, tributos de qualquer

natureza, deslocamentos, despesas com materiais e equipamentos necessrios para o

desempenho dos servios, encargos sociais e comerciais, etc., garantindo-se este durante toda a

vigncia da Ata de Registro De Preos, exceto quanto aos preos nas hipteses de desequilbrio

econmico-financeiro previsto na legislao incidental.

g) Conter declarao expressa de que a proponente se enquadra no regime tributrio de Microempresa

ou Empresa de Pequeno Porte (ME/EPP), desde que atenda aos preceitos do art. 3 0 da Lei

Complementar n 123, de 2006.

7.2. facultado proponente cotar todos ou quaisquer itens integrantes do objeto do PREGO, no

sendo admitido, todavia, cotao inferior quantidade prevista em cada ITEM.

8. CONTEDO DOS DOCUMENTOS DE HABILITAO (ENVELOPE N 02):

8.1. Os DOCUMENTOS DE HABILITAO pertinentes ao ramo do objeto do PREGO so os seguintes

(observar disposies do item 6.3 e subitens deste edital):

a) Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado (Caso esse documento

j tnha sido entregue no credenciamento fica dispensada sua entrega novamente);

b) Cadastro Nacional de Pessoa Jurdica - CNPJ (Carto de Identificao);

c) Comprovante de Inscrio Estadual (CICAD) ou Ficha de Atualizao Cadastral (FAC) ou ainda o

7 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

ffi PREFEITURA MUNICIPAL DE PIEN U,

fl9 c

ESTADO DO PARAN

SINTEGRA;

d) Decreto de autorizao, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no

Pas, e ato de registro ou autorizao para funcionamento expedido pelo rgo competente, quando a

atividade assim o exigir;

e) Certificado de Regularidade do FGTS - CRF;

f) Certido Negativa de Dbitos Trabalhistas (CNDT);

g) Certido Negativa de Dbitos Relativos aos Tributos Federais e Dvida Ativa da Unio (que abrange

inclusive as contribuies sociais);

h) Certido Negativa de Dbitos de Tributos Estaduais;

i) Certido Negativa de Dbitos de Tributos Municipais (Caso a sede da proponente seja em outra

cidade, a mesma dever apresentar a CDN da Fazenda Municipal de sua sede e tambm a CND relativa

aos Dbitos Municipais da cidade de Pin);

IMPORTANTE: As empresas interessadas em participar da licitao que ainda no possuam a CND

Municipal da cidade de Pin, devem entrar em contato com o Departamento de Tributao da Prefeitura

Municipal para efetuar seu cadastro e obter a certido. O contato dever ser feito atravs do e-mail

tributos@pien.pr.cjov.br e a solicitante dever encaminhar a cpia do carto CNPJ e a Declarao de

Optante pelo Simples Nacional, quando for o caso.

j) Declarao, nos moldes do ANEXO III deste edital, sob as penas da Lei, que:

1) no mantm em seu quadro de pessoal, menores de 18 (dezoito) anos em horrio noturno

de trabalho, ou em servios perigosos ou insalubres, no mantendo ainda, em qualquer

trabalho, menores de 16 (dezesseis) anos, salvo na condio de aprendiz, a partir de 14

(quatorze) anos;

2) nenhum dos scios da proponente servidor ou dirigente de rgo do Municpio de Pin;

3) no est suspensa temporariamente de participar em licitao ou impedida de contratar com

a Administrao, por prazo no superior a 2 (dois) anos;

4) no foi declarada inidnea para licitar ou contratar com a Administrao Pblica, em

qualquer e suas esferas;

5) at a presente data inexistem fatos impeditivos para sua habilitao no presente processo e

que est ciente da obrigatoriedade de declarar ocorrncias posteriores.

k) Comprovante de que a empresa se enquadra em regime de tributao de Microempresa ou Empresa

de Pequeno Porte:

1. Para as empresas optantes pelo Sistema Simples de Tributao atravs do comprovante

extrado do site da Secretaria da Receita Federal, atravs do site:

.receitafazenda.gpv.br/5/mp/esfvac/ona//Ap//acoes/A TBHE/Consu/taOptanj -es,apg/

Consu/trOcaap.'< ou, atravs de Certido Simplificada da Junta Comercial do Estado ou

declarao prestada para a Junta Comercial do Estado, atestando a condio de Microempresa

ou Empresa de Pequeno Porte.

8 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 026 , ESTADO DO PARAN

2. Para empresas no optantes pelo Sistema Simples de Tributao, atravs de Certido

Simplificada da Junta Comercial do Estado ou declarao prestada para a Junta Comercial do

Estado, atestando a condio de Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte.

8.1.1. A participao nas condies previstas na alnea "k" do item 8.1, implica no reconhecimento de

no se encontrar em nenhuma das situaes previstas no pargrafo quarto, do art. 30, da Lei

Complementar n 123/06.

8.2. A apresentao do CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL, emitido pelo Municpio de Pin,

pertinente ao objeto licitado e em plena validade na data de apresentao dos envelopes, substitui os

documentos elencados nos subitens 8. 1, "a", "b" e "c".

8.2.1. Qualquer documento indispensvel para a obteno do CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL

com prazo de validade vencido dever ser regularizado, impondo-se, para tanto, a apresentao do

mesmo junto a a documentao contemplada no subitem 8.2.

8.2.2. A regularizao da documentao aludida no item 8.2.1 tambm poder ser levada a efeito na

prpria sesso, cuja certido/documento utilizada para a finalidade dever observar as previses

contidas nos subitens 6.3, 6.3.1, 6.3.1.1, 6.3.1.2 e 6.3.1.3.

8.2.3. A entrega da documentao exigida no item 8.1 letra "a" durante o credenciamento dispensar a

sua apresentao no envelope n 02.

o8.3. Todas as certides exigidas devero ser expedidas pela sede do domiclio da licitante.

8.4. Havendo licitante que possua matriz e filiais, toda documentao dever ser apresentada para

empresa que estiver apresentando a proposta, ou seja, se a proposta for da matriz, toda documentao

dever referir-se matriz e se for a filial, toda documentao dever referir-se filial.

8.5. No sero aceitos protocolos de solicitao de certides ou de quaisquer outros documentos em

substituio daqueles exigidos no presente Edital e seus Anexos.

8.6. As microempresas e empresas de pequeno porte, por ocasio da participao em certames

licitatrios, devero apresentar toda a documentao exigida para efeito de comprovao de

regularidade fiscal, mesmo que esta apresente alguma restrio.

Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136 9

z~ PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 027

ESTADO DO PARAN

8.6.1. Havendo alguma restrio na comprovao da regularidade fiscal, ser assegurado s mesmas o

prazo de 05 (cinco) dias teis, cujo termo inicial corresponder ao momento em que o proponente for

declarado o vencedor do certame, prorrogveis por igual perodo, a critrio da Administrao Pblica,

para a regularizao da documentao, pagamento ou parcelamento do dbito, e emisso de eventuais

certides negativas ou positivas com efeito de certido negativa.

8.6.2. A no regularizao da documentao, no prazo previsto no subitem 8.6.1, implicar decadncia

do direito contratao, sem prejuzo das sanes previstas no art. 81 da Lei n 8.666/93, sendo

facultado Administrao convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificao, para a

assinatura do contrato, ou revogar a licitao.

8.7. Para certides emitidas que no especifiquem seu prazo de validade, ser considerado o prazo

mximo de 90 (noventa) dias, contados a partir de suas respectivas emisses, devendo estar vlidas na

data de abertura dos envelopes dos documentos de habilitao.

8.8. A falta ou irregularidade de qualquer dos documentos mencionados acarretar a inabilitao do

concorrente.

9. CONSULTA, DIVULGAO E ENTREGA DO EDITAL:

9.1. O EDITAL poder ser consultado por qualquer interessado no Departamento de Licitaes e

Compras da Prefeitura Municipal de Pin, com sede Rua Amazonas, n 373, Centro, durante o

expediente normal do rgo licitante, das 08:00 s 12:00 horas e das 13:00 s 16:30 horas, at a data

o marcada para recebimento dos documentos e dos ENVELOPES N 01 E N 02. 9.2. O aviso do EDITAL ser publicado no Dirio Oficial do Municpio, no site

www.diariomunicipal.com.br/amp tambm no site oficial do Municpio de Pin, endereo

9.3, O EDITAL ser entregue a qualquer interessado at o dia da sesso, no horrio e local especificado

no subitem 9.1.

9.3.1. A providncia a que se refere o subitem 9.3 poder ser levada a efeito tambm atravs do e-mail

patric ia (c~ p ien. pr. qov.br .

10. ESCLARECIMENTOS AO EDITAL:

10 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

t PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 028 ESTADO DO PARAN

10.1. facultada a qualquer interessado a apresentao de pedido de esclarecimentos sobre o ato

convocatrio do PREGO e seus anexos, podendo at mesmo envolver a solicitao de cpias da

legislao disciplinadora do procedimento, cujo custo da reproduo grfica ser cobrado, observado,

para tanto, o prazo de at 03 (trs) dias teis anteriores data fixada para recebimento das propostas.

10.1.1. A pretenso referida no subitem 10.1 pode ser formalizada por meio de requerimento

endereado autoridade subscritora do EDITAL, devidamente protocolado no endereo e horrio

constantes do subitem 9.1. Tambm ser aceito pedido de esclarecimentos encaminhado por meio do

e-mail atriciapien.pr.aoy.bjr ou fac-smile, atravs do telefone (41) 3632-1136, cujos documentos

originais correspondentes devero ser entregues no prazo indicado tambm no subitem 10.1.

10.1.2. As dvidas a serem equacionadas por telefone sero somente aquelas de carter estritamente

informal.

10.1.3. Os esclarecimentos devero ser prestados no prazo de 02 (dois) dias teis, a contar do

recebimento da solicitao por parte da autoridade subscritora do edital, passando a integrar os autos

do PREGO, dando-se cincia s demais licitantes.

11. PROVIDENCIAS/IMPUGNAO AO EDITAL:

11.1. facultada a qualquer interessado a apresentao de pedido de providncias ou de impugnao

ao ato convocatrio do PREGO e seus anexos, observado, para tanto, o prazo de at 02 (dois) dias

teis anteriores data fixada para recebimento das propostas.

11.1.1. As medidas referidas no subitem 11.1 podero ser formalizadas por meio de requerimento

endereado autoridade subscritora do EDITAL, devidamente protocolado no endereo e horrio

constantes do subitem 9.1. Tambm ser aceito pedido de providncias ou de impugnao

encaminhado por meio do e-mail patricia@pien. r.gov.br ou fac-smile, atravs do telefone (41) 3632-

1136, cujos documentos originais devero ser entregues no prazo indicado tambm no subitem 11.1.

11.1.2. A deciso sobre o pedido de providncias ou de impugnao ser proferida pela autoridade

subscritora do ato convocatrio do PREGO. Alm de comportar divulgao, dever tambm ser

juntada aos autos do PREGO.

11.1.3. O acolhimento do pedido de providncias ou de impugnao exige, desde que implique em

modificao do ato convocatrio do PREGO, alm da alterao decorrente, divulgao pela mesma

forma que se deu o texto original e designao de nova data para a realizao do certame.

Rua Amazonas, n 373 Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

12. CREDENCIAMENTO;

12.1. Aberta a fase para CREDENCIAMENTO dos eventuais participantes do PREGO, consoante

previso estabelecida no subitem 12.2 deste EDITAL, o representante da proponente entregar a

PREGOEIRA documento que o credencie para participar do aludido procedimento (original e cpia

legvel), respondendo por sua autenticidade e legitimidade.

12.2. O credenciamento far-se- por meio de instrumento pblico de procurao ou instrumento

particular, com poderes especficos para, alm de representar a proponente em todas as etapas/fases

do PREGO, formular verbalmente lances ou ofertas na etapa de lances, desistir verbalmente de

formular lances ou ofertas na etapa de lances, negociar a reduo de preo, desistir expressamente da

inteno de interpor recurso administrativo ao final da sesso, manifestar-se imediata e motivadamente

sobre a inteno de interpor recurso administrativo ao final da sesso, assinar a ata da sesso e atas

de registro de preos, prestar todos os esclarecimentos solicitados pela PREGOEIRA, enfim, praticar

os demais atos pertinentes ao certame, podendo para tanto utilizar o modelo constante do ANEXO IV.

12.2.1. Na hiptese de apresentao de procurao por instrumento particular, a mesma dever vir

acompanhada do contrato social ou outro instrumento constitutivo da proponente, onde seja expressa a

capacidade/competncia do outorgante para constituir mandatrio.

12.1.2. O scio ou o representante da proponente, por ocasio de sua participao no certame, dever

entregar, junto aos demais documentos no credenciamento, cpia de sua carteira de identidade, ou

outro documento de identificao com fotografia, podendo para tanto apresentar cpia simples, no

sendo necessria cpia autenticada,

12.3. Se o representante da proponente ostentar a condio de scio, proprietrio, dirigente ou

assemelhado da empresa proponente, em vez de instrumento pblico de procurao ou instrumento

particular, dever apresentar cpia do respectivo Estatuto/Contrato Social ou documento equivalente,

no qual estejam expressos seus poderes para exercer direitos e assumir obrigaes em decorrncia de

tal investidura.

12.4. A documentao apresentada para fins de credenciamento (procurao pblica ou particular ou

contrato/estatuto social e cpia do documento de identificao do scio ou representante) ser anexada

aos autos do processo, no sendo permitida a sua devoluo.

12.5. admitido somente um representante por proponente.

12 Rua Amazonas, n 373 Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIEN 030 ESTADO DO PARAN

12.6. No ser admitido o credenciamento de uma nica pessoa para representar mais de uma

proponente, exceto nos casos em que se tratar de licitao por itens ou lotes, em que

comprovadamente as proponentes estejam apresentando propostas para itens ou lotes distintos.

12.6.1. A comprovao a que se refere o item anterior ser feita durante a avaliao das propostas.

12.6.2. Caso duas ou mais proponentes tenham nomeado o mesmo representante legal para o

credenciamento do prego e se verifique que estas formularam proposta para os mesmos itens ou lotes

o representante designado pelas proponentes dever optar por continuar no certame representando

apenas uma delas, no acarretando a desclassificao das demais.

12.7. A ausncia da documentao relativa ao credenciamento ou sua apresentao em

desconformidade com as exigncias previstas no impossibilitar a participao da proponente neste

PREGO, mas impedir que a mesma tenha possibilidade de formular lances verbais.

12.8. Desenvolvido o CREDENCIAMENTO das proponentes que comparecerem, a PREGOEIRA declarar

encerrada esta etapa/fase, iniciando-se o procedimento seguinte, consistente no

recebimento/conferncia da declarao exigida neste Edital.

13. RECEBIMENTO DA DECLARAO DE ENQUADRAMENTO COMO MICROEMPRESA E

EMPRESA DE PEQUENO PORTE, DECLARAO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS

REQUISITOS DE HABILITAO E DOS ENVELOPES PROPOSTA DE PREOS (N 01) E

DOCUMENTOS DE HABILITAO (N 02):

13.1. A etapa/fase para recebimento da DECLARAO DE ENQUADRAMENTO COMO MICROEMPRESA E

EMPRESA DE PEQUENO PORTE, da DECLARAO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS

DE HABILITAO e DOS ENVELOPES PROPOSTA DE PREOS (N 01) E DOCUMENTOS DE

HABILITAO (N 02) ser levada a efeito to logo se encerre da fase de CREDENCIAMENTO.

13.1.1. A DECLARAO DE ENQUADRAMENTO COMO MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO

PORTE e a DECLARAO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS DE HABILITAO no

devem integrar os ENVELOPES PROPOSTA DE PREOS (N 01) e DOCUMENTOS DE HABILITAO (N

02), constituindo-se em DOCUMENTOS a ser fornecido separadamente; ficando facultada a utilizao

dos modelos constantes dos ANEXOS II e V, respectivamente.

13.2. Iniciada esta etapa/fase, a PREGOEIRA receber e examinar a DECLARAO DE

lfl

Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136 1.)

ENQUADRAMENTO COMO MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE e DECLARAO DE QUE A

PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS DE HABILITAO.

13.2.1. A ausncia das referidas declaraes ou a apresentao em desconformidade com a exigncia

prevista inviabilizar a participao da proponente neste PREGO, impossibilitando, em consequncia, o

recebimento dos ENVELOPES PROPOSTA DE PREOS (N 01) E DOCUMENTOS DE HABILITAO (N

02).

13.2.2. O atendimento desta exigncia condio para que a proponente continue participando do

PREGO, devendo proceder, em seguida, entrega dos ENVELOPES PROPOSTA DE PREOS (N 01) E

DOCUMENTOS DE HABILITAO (N 02).

.

13.2.3. Na hiptese de no apresentao destas declaraes ou de sua apresentao em

desconformidade com a exigncia do edital, a proponente poder firm-las ou corrigi-Ias na prpria

sesso, desde que possua representante legal com poderes para faz-lo presente a sesso.

14.ABERTURA DOS ENVELOPES PROPOSTA DE PREOS (N 01):

14.1. Compete a PREGOEIRA proceder abertura dos ENVELOPES DE PROPOSTA DE PREOS (N 01),

conservando intactos os ENVELOPES DE DOCUMENTOS DE HABILITAO (N 02) e sob sua guarda.

15.EXAME E CLASSIFICAO PRELIMINAR DAS PROPOSTAS DE PREOS:

15.1. A PREGOEIRA examinar as PROPOSTAS DE PREOS sempre levando em conta as exigncias

fixadas nos itens 6 e 7.

15.1.1. O exame envolvendo o objeto ofertado implicar na constatao da conformidade do mesmo

com as especificaes estabelecidas no Edital e seus Anexos, para atendimento das necessidades do

rgo licitante.

15.2. Definidas as PROPOSTAS DE PREOS que atendam s exigncias acima, envolvendo o objeto e o

valor, o PREGOEIRA elaborar a classificao preliminar das mesmas, sempre em obedincia ao critrio

do menor preo por ITEM.

16.DESCLASSIFICAO DAS PROPOSTAS DE PREOS:

16.1. Ser desclassificada a PROPOSTA DE PREOS que:

14 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

PREFEITURA MUNICIPAL DE PI EN 032

ESTADO DO PARAN

a) deixar de atender quaisquer das exigncias preconizadas para a correspondente apresentao,

inclusive quanto especificao de itens;

b) apresentar rasuras ou entrelinhas que prejudiquem sua anlise;

c) oferecer vantagem no prevista neste EDITAL, inclusive financiamentos subsidiados ou a fundo

perdido, ou ainda vantagem baseada nas ofertas das demais proponentes;

d) apresentar ITEM com preo manifestamente inexequvel;

e) apresentar ITEM com preo simblico ou de valor zero;

f) apresentar ITEM com preo superior ao mximo estimado pela Administrao.

17. DEFINIO DAS PROPONENTES PARA OFERECIMENTO DE LANCES VERBAIS:

17.1. Para efeito de OFERECIMENTO DE LANCES VERBAIS, A PREGOEIRA selecionar, sempre com

base na classificao provisria, a proponente que tenha apresentado a proposta de menor preo e

todas aquelas que tenham oferecido propostas em valores sucessivos e superiores em at 10% (dez

por cento) quela de menor preo.

17.1.1. No havendo, pelo menos, 03 (trs) propostas em conformidade com a previso estabelecida

no subitem 17.1, a PREGOEIRA selecionar, sempre com base na classificao provisria, a melhor

proposta e as duas propostas imediatamente superiores, quando houver, para que suas proponentes

participem dos lances quaisquer que tenham sido os preos oferecidos nas propostas, observada a

previso estampada no subitem 17.1.2.

17.1.2. Em caso de empate entre duas ou mais propostas, observar-se-o, tambm para efeito da

definio das proponentes que podero oferecer lances, as seguintes regras:

a) proposta de menor preo e todas as outras cujos valores sejam superiores at 10% (dez por cento)

quela de menor preo, devendo existir, nesta situao, no mnimo, 03 (trs) propostas vlidas para a

etapa de lances, conforme previsto no subitem 17.1; ou

b) todas as propostas coincidentes com um dos 03 (trs) menores valores ofertados, se houver.

17.1.3. Na hiptese da ocorrncia das previses relacionadas no subitem 17.1.2, letras "a" e "b", para

efeito do estabelecimento da ordem da classificao provisria das proponentes empatadas, a

correspondente definio ser levada a efeito por meio de sorteio, cabe vencedora do sorteio definir o

momento em que oferecer oferta/lance.

17.1.4. Havendo uma nica proponente ou to somente uma proposta vlida, a PREGOEIRA poder

decidir, justificadamente, pela suspenso do PREGO, inclusive para melhor avaliao das regras

editalcia, das limitaes de mercado, envolvendo quaisquer outros aspectos pertinentes e o prprio

15 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

t. PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 033 ESTADO DO PARAN

preo cotado, ou pela repetio do PREGO ou, ainda, dar prosseguimento ao PREGO, condicionado,

em todas as hipteses, inexistncia de prejuzos ao rgo licitante.

18. OFERECIMENTO/ INEXISTNCIA DE LANCES VERBAIS:

18.1. Definidos os aspectos pertinentes s proponentes que podero oferecer ofertas/lances verbais,

dar-se- incio ao oferecimento destes, os quais devero ser formulados em valores distintos e

decrescentes.

18.1.1. Somente sero aceitos lances verbais que sejam inferiores ao valor da menor proposta escrita

ou do ltimo menor lance verbal oferecido.

18.2. A PREGOEIRA convidar individualmente as proponentes classificadas para oferecimento de

lances verbais, de forma sequencial, a partir da proponente da proposta de maior preo e as demais em

ordem decrescente de valor, sendo que a proponente da proposta de menor preo ser a ltima a

oferecer lance verbal.

18.3. Quando convocado pela PREGOEIRA, a desistncia da proponente de apresentar lance verbal

implicar na excluso da etapa de lances verbais, ficando sua ltima proposta registrada para a

classificao final.

18.4. A etapa de oferecimento de lances verbais ter prosseguimento enquanto houver disponibilidade

para tanto por parte das proponentes.

18.5. O encerramento da etapa de oferecimento de lances verbais ocorrera quando todas as

proponentes declinarem da correspondente formulao.

18.6. Declarada encerrada a etapa de oferecimento de lances e classificadas as propostas na ordem

crescente de valor, incluindo aquelas que declinaram do oferecimento de lance, sempre com base no

ltimo preo/lance apresentado, a PREGOEIRA examinar a aceitabilidade do valor daquela de menor

preo, ou seja, da primeira classificada, decidindo motivadamente a respeito.

18.7. facultado a PREGOEIRA negociar com a proponente de menor preo, para que seja obtido preo

melhor.

18.8. Na hiptese de no realizao de lances verbais, a PREGOEIRA verificar a conformidade entre a

proposta escrita de menor preo e o valor estimado para a contratao.

16 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR, CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

18.9. Ocorrendo a previso delineada anteriormente, e depois do exame da aceitabilidade do objeto e

do preo, tambm facultado a PREGOEIRA negociar com a proponente da proposta de menor preo,

para que seja obtido preo melhor.

18.10. A PREGOEIRA dever comparar os preos apresentados com os atuais praticados no mercado ou

at mesmo propostos em licitaes anteriores, utilizando-se da pesquisa realizada, que ser juntada aos

autos por ocasio do julgamento, e/ou de todos os meios possveis para a correspondente verificao.

18.11. A PREGOEIRA pode solicitar a demonstrao da exequibilidade dos preos propostos aps o

trmino da fase competitiva e, ao mesmo tempo, o proponente de menor preo tem o dever de portar

informaes acerca dos custos (planilhas e demonstrativos) em que incorrer para o atendimento do

objeto do PREGO, suficientes para justificar a proposta escrita de menor preo ou o lance verbal de

menor preo que apresentar.

18.12. A no apresentao dos elementos referidos no subitem anterior ou a apresentao de

elementos insuficientes para justificar a proposta escrita de menor preo ou o lance verbal de menor

preo acarretar a desclassificao do proponente, nos termos do item 16.

18.13. Considerada aceitvel a oferta de menor preo, ser aberto o envelope contendo os

DOCUMENTOS DE HABILITAO da sua proponente, facultando-lhe o saneamento de falha formal

relativa documentao na prpria sesso.

18.14. Para efeito do saneamento a que se refere o subitem 18.14, a correo da falha formal poder

ser desencadeada durante a realizao da prpria sesso pblica, com a apresentao,

encaminhamento e/ou substituio de documento, ou com a verificao desenvolvida por meio

eletrnico, fac-sn//e, ou, ainda, por qualquer outro mtodo que venha a produzir o efeito

indispensvel.

18.15. Constatado o atendimento das exigncias habilitatrias previstas no EDITAL, a proponente ser

declarada vencedora.

18.16. Se a oferta no for aceitvel ou se a proponente desatender s exigncias habilitatrias, a

PREGOEIRA examinar a oferta subsequente de menor preo, decidindo sobre sua aceitabilidade

quanto ao preo, no caso de oferecimento de lances, ou quanto ao objeto e preo, na hiptese de no

realizao de lances verbais, observadas as previses estampadas nos subitens antecedentes.

17 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 035 ESTADO DO PARAN

18.17. Sendo a proposta aceitvel, a PREGOEIRA verificar as condies de habilitao da proponente,

e assim sucessivamente, at a apurao de uma oferta aceitvel cuja proponente atenda aos requisitos

de habilitao, caso em que ser declarada vencedora, observando-se igualmente as previses

estampadas nos subitens anteriores.

19. RECURSO ADMINISTRATIVO:

19.1. Por ocasio do final da sesso, a proponente que participou do PREGO ou que tenha sido

impedida de faz-lo, se presente sesso, dever manifestar imediata e motivadamente a inteno de

recorrer.

19.2. Havendo inteno de interposio de recurso contra qualquer etapa/fase/procedimento do

PREGO, a proponente interessada dever manifestar-se imediata e motivadamente a respeito,

procedendo-se, inclusive, o registro das razes em ata, juntando memorial no prazo de 03 (trs) dias, a

contar da ocorrncia.

19.3. As demais proponentes ficam, desde logo, intimadas para apresentar contrarrazes em igual

nmero de dias, que comearo a correr no trmino do prazo do RECORRENTE.

19.4. Aps a apresentao das contrarrazes ou do decurso do prazo estabelecido para tanto, a

PREGOEIRA examinar o recurso, podendo reformar sua deciso ou encaminh-lo, devidamente

informado, autoridade competente para deciso.

19.5. Os autos do PREGO permanecero com vista franqueada aos interessados, no endereo e

horrios previstos no subitem 9.1 deste EDITAL.

19.6. O recurso ter efeito suspensivo, sendo que seu acolhimento importar na invalidao dos atos

insuscetveis de aproveitamento.

20. ADJUDICAO:

20.1. A falta de manifestao imediata e motivada da inteno de interpor recurso, por parte da

proponente, importar na decadncia do direito de recurso, competindo a PREGOEIRA adjudicar o

objeto do certame (s) proponente(s) vencedora(s).

20.2. Existindo recurso e constatada a regularidade dos atos praticados e aps a deciso do mesmo, a

autoridade competente deve praticar o ato de adjudicao do objeto do certame (s) proponente(s)

Rua Amazonas, n373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 036 ESTADO DO PARAN

vencedora(s).

21. HOMOLOGAO:

21.1. Compete autoridade competente homologar o PREGO.

21.2. A partir do ato de homologao ser(o) convocada(s) a(s) proponente(s) adjudicatria(s) para

assinar a Ata de Registro de Preos, respeitada a validade de sua proposta.

22. DIVULGAO DO RESULTADO FINAL DO PREGO:

22.1. O resultado final do PREGO ser comunicado s proponentes e publicado no site

www.diariom.unicial.com .brjamp tambm no site oficial do Municpio de Pin, endereo

www.ien.pr.Qov.br.

23. CONTRATAO/ATA DE REGISTRO DE PREOS:

23.1. Os itens objeto deste PREGO sero registrados em Ata de Registro de Preos e contratados

consoante s regras prprias do Sistema.

23.2. A proponente adjudicatria dever comparecer para assinatura da Ata de Registro de Preos no

prazo de 05 (cinco) dias teis, contados a partir da data da convocao expedida pelo Departamento de

Licitaes e Compras sito Rua Amazonas, n 373, Centro - Pin/PR.

23.2.1. No sendo assinada a Ata de Registro de Preos, poder o rgo licitante convocar as outras

proponentes classificadas, sem prejuzo das sanes previstas neste Edital, no art. 7 0 da Lei Federal n

10.520/2002 e no Decreto Municipal n 153/2011, observada a ampla defesa e o contraditrio.

23.3. A convocao referida pode ser formalizada por qualquer meio de comunicao que comprove a

data do correspondente recebimento, inclusive por e-mail.

23.4. O prazo de convocao poder ser prorrogado uma vez, por igual perodo, quando solicitado

durante o seu transcurso, desde que ocorra motivo justificado, aceito pela Licitante. No havendo

deciso, a assinatura da Ata de Registro de Preos dever ser formalizada at o 50 (quinto) dia til,

contado da data de convocao.

23.5. Para a assinatura da Ata de Registro de Preos, a Licitante poder verificar, por meio da Internet,

19 Rua Amazonas, n 373 Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

t. PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 037 ESTADO DO PARAN

a regularidade da Certido Negativa de Dbitos Relativos aos Tributos Federais e Dvida Ativa da

Unio (Que abrange inclusive as contribuies sociais), o Certificado de Regularidade do FGTS - CRF e a

Certido Negativa de Dbitos Trabalhistas - CNDT.

23.6. Tambm para assinatura da Ata de Registro de Preos e para o contrato dela decorrente ou para

retirada da Nota de Empenho, a proponente adjudicatria dever indicar o representante legal ou

procurador constitudo para tanto, acompanhado dos documentos correspondentes.

23.7. A recusa injustificada de assinar a Ata de Registro de Preos ou os contratos ou aceitar/retirar o

instrumento equivalente dela decorrente, observado o prazo estabelecido, caracteriza o

descumprimento total da obrigao assumida por parte da proponente adjudicatria, sujeitando-se s

sanes previstas no item 28 e subitens.

23.8. A Ata de Registro de Preos poder sofrer alteraes, respeitadas as disposies contidas no art.

65 da Lei Federal 8.666, de 1993.

23.8.1. O preo registrado poder ser revisto em razo de eventual reduo daqueles praticados no

mercado, ou de fato que eleve o custo dos servios ou bens registrados, cabendo ao rgo gerenciador

promover as necessrias negociaes junto aos fornecedores.

23.8.2. Quando o preo inicialmente registrado, por motivo superveniente, tornar-se superior ao preo

praticado no mercado, o rgo gerenciador dever:

23.8.2.1. Convocar o fornecedor visando negociao para reduo de preos e sua adequao ao

praticado no mercado;

23.8.2.2. Frustrada a negociao, o fornecedor ser liberado do compromisso assumido;

23.8.2.3. Convocar os demais fornecedores visando igual oportunidade de negociao.

23.8.3. Quando o preo de mercado tornar-se superior aos preos registrados e o fornecedor, mediante

requerimento devidamente comprovado, no puder manter o compromisso assumido, o rgo

gerenciador poder:

23.8.3.1. Liberar o fornecedor do compromisso assumido, sem aplicao da penalidade, confirmando a

veracidade dos motivos e comprovantes apresentados, e;

Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136 20

e)

t. PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 038 ESTADO DO PARAN

23.8.3.2. Convocar os demais fornecedores visando igual oportunidade de negociao.

23.8.4. No havendo xito nas negociaes, o rgo gerenciador dever proceder revogao da Ata

de Registro de Preos, adotando as medidas cabveis e necessrias para obteno da contratao mais

vantajosa para a Administrao.

23.9. A Ata de Registro de Preos ter vigncia de 12 (doze) meses, a contar de sua publicao.

24. PRESTAO DE SERVIOS OBJETO DO PREGO

24.1. Os servios registrados objeto deste PREGO sero prestados em perfeitas condies, nos exatos

termos das contrataes levadas a efeito durante a vigncia da Ata, atravs das Requisies de

Empenho, sem qualquer despesa adicional no constante da proposta apresentada na data da licitao.

24.2. Os servios efetivamente solicitados atravs da Requisio de Empenho sero recebidos e aceitos

provisoriamente para efeito de posterior verificao pelo responsvel pela fiscalizao da Ata, o qual

apurar a compatibilidade dos itens com as especificaes pactuadas na presente licitao, envolvendo

a qualidade e a quantidade, resultando na aceitao definitiva, caso estejam de acordo com o

pactuado, ou, na convocao do fornecedor para substituir os servios.

24.2.1. Para a providncia de que trata o item anterior, a Administrao ter o prazo de 05 (cinco) dias

teis aps a efetiva entrega.

24.3. Em caso de no aceitao dos servios objeto deste PREGO, fica a Contratada obrigada a retir-

lo ou corrigi-lo no prazo de 05 (cinco) dias corridos, contados da notificao a ser expedida pela

Contratante, ou imediatamente, conforme a urgncia do caso, sob pena de incidncia nas sanes

capituladas no item 28 e subitens deste Edital.

24.4. Em caso de diferena de quantidade, fica a Contratada obrigada a providenciar sua

complementao no prazo de 05 (cinco) dias corridos, contados da notificao a ser expedida pela

Contratante, ou imediatamente, conforme a urgncia do caso, sob pena de incidncia nas sanes

capituladas no item 28 e subitens deste Edital.

24.5. O recebimento definitivo no exclui a responsabilidade da proponente adjudicatria, nos termos

das prescries legais, podendo levar ao cancelamento da Ata de Registro de Preos, sem prejuzo das

sanes previstas neste Edital, na prpria Ata de Registro de Preos, bem como nos contratos dela

decorrentes.

21 Rua Amazonas, n 373Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 039 ESTADO DO PARAN

25.PRAZO E LOCAL DA PRESTAO DOS SERVIOS:

25.1. O objeto deste PREGO ser prestado de acordo com os pedidos formalizados atravs das

Requisies de Empenho, conforme a necessidade da Secretaria solicitante, nos horrios e prazos

determinados no ANEXO I.

25.2. No poder a adjudicatria recusar-se a prestar os servios solicitados na Requisio de Empenho

no Municpio de Pin, mesmo que em pequena quantidade.

26.PAGAMENTO:

26.1. O Pagamento ser efetuado em at 30 (trinta) dias aps a execuo do servio mediante

presentaco da Nota Fiscal e da Certido Negativa de Dbitos Relativos aos Tributos Federais e

Dvida Ativa da Unio (que abrange inclusive as contribuies sociais), do Certificado de Regularidade

do FGTS - CRF e da Certido Negativa de Dbitos Trabalhistas - CNDT, previstas neste Edital.

26.1.1. Se o trmino do prazo para pagamento ocorrer em dia sem expediente no rgo licitante, o

pagamento dever ser efetuado no primeiro dia til subsequente.

26.2. O pagamento ser efetuado por meio de depsito bancrio.

27.DISPENSA DE GARANTIA:

27.1. No ser exigida a prestao de garantia, para a contratao decorrente deste PREGO.

28.SANES ADMINISTRATIVAS:

28.1. Pela inexecuo total ou parcial dos compromissos firmados na presente licitao, a Administrao

poder, garantida a prvia defesa, aplicar ao detentor da Ata as sanes previstas nos art. 86 e 87 da

lei 8.666/93, e no art. 7 0 da Lei n 10.520/02, conforme segue:

28.1.1. ADVERTNCIA: Aplicvel no caso de descumprimento de obrigao contratual de menor

gravidade, que no traga prejuzos econmicos e funcionais para a Secretaria requisitante.

28.1.2. MULTA

a) Pelo atraso injustificado na execuo dos servios, o fornecedor ficar sujeito penalidade de multa

22 Rua Amazonas, n 373 Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

o

o

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 040 ESTADO DO PARAN

de mora, a partir do 1 0 dia til posterior ao vencimento do prazo devido, a ser calculada pela seguinte

equao:

M=V.F.N

Onde:

M=valor da multa

V=valor correspondente parcela em atraso

F=fator percentual correspondente a 0,33% por dia de atraso

N=perodo de atraso em dias corridos

b) Multa compensatria de at 20% (vinte por cento) sobre o valor total da Ata de Registro de

Preos, a critrio da Administrao Municipal de Pin, que avaliar a gravidade da falta cometida e os

prejuzos sofridos pela Administrao, nos seguintes casos, entre outros:

b.1) reincidncia dos motivos determinantes da aplicao da penalidade de advertncia;

b.2) quando houver atraso injustificado na execuo do servio, por prazo superior a 05 (cinco) dias ou

que impossibilite o atendimento de prazos mximos a que se sujeite a Secretaria requisitante;

b.3) descumprimento ou cumprimento irregular das condies estabelecidas neste edital, envolvendo

especificaes, prazos, garantia, entre outros;

b.4) interrupo na execuo dos servios sem justa causa e prvia comunicao Administrao;

b.5) a subcontratao total ou parcial do seu objeto no autorizada pela Administrao;

b.6) desatendimento injustificado das determinaes regulares da autoridade designada para

acompanhar e fiscalizar a ata de registro de preos;

b.7) cometimento reiterado de faltas na vigncia da ata de registro de preos;

b.8) recusa injustificada do adjudicatrio em aceitar e assinar a ata de registro de preos dentro do

Oprazo de 05 (cinco) dias teis aps a vlida convocao, ou pelo cancelamento no amigvel da ata de

registro de preos por iniciativa da detentora da ata.

28.1.3, SUSPENSO: Para o detentor da ata/contratado que praticar qualquer dos atos contemplados

no art. 70 da Lei Federal n 10.520/2002, aplicar-se- suspenso temporria de participar em licitao e

impedimento de contratar com o Municpio de Pin, pelo perodo de at 05 (cinco) anos ou enquanto

perdurarem os motivos determinantes da punio, devendo, tambm, ser descredenciado, pelo mesmo

prazo estabelecido anteriormente, do respectivo sistema de cadastramento de fornecedor.

28.1.4. DECLARAO DE INIDONEIDADE: No caso de o licitante agir de m f ou fraudulentamente,

configurando ilcito penal e, no caso de inexecuo dolosa da ata de registro de preos/contrato que,

ser declarada a inidoneidade do licitante ou contratado para licitar e contratar com a Administrao

Pblica enquanto perdurarem os motivos determinantes da punio ou at que seja promovida a

reabilitao perante a prpria autoridade que aplicou a penalidade.

23 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

28.2. As multas so autnomas e a aplicao de uma no exclui a outra. O valor da multa aplicada ser

descontado dos crditos devidos ao Contratado. Caso o valor da multa seja superior aos crditos

referidos neste item, ser cobrada administrativamente pela municipalidade, ou ainda judicialmente.

28.3. s multas e sanes sero aplicadas aps regular processo administrativo, garantido o direito ao

contraditrio e ampla defesa.

28.4. Independentemente da aplicao das penalidades indicadas no item 28.1, a proponente ficar

sujeita, ainda, composio das perdas e danos causados Administrao e decorrentes de sua

inadimplncia. o 28.5. A inadimplncia total ou parcial da ata de registro de preos/contrato, poder ensejar, alm da

aplicao das penalidades descritas no item 28.1, o cancelamento da Ata de Registro de Preos e/ou a

resciso contratual, constituindo motivo para tanto as hipteses especificadas nos arts. 77 e 78 da Lei

no 8.666/93 e art. 70 da Lei n 10.520/02. Fica reconhecido o direito da Administrao, em caso de

resciso administrativa.

28.6. Podero ser aplicadas, cumulativamente, as penalidades previstas na Lei n 8.666/93 e legislao

complementar.

28.7. Qualquer penalidade aplicada dever ser registrada, tratando-se de penalidade que implique no

impedimento de licitar e contratar com a Prefeitura, ou de declarao de inidoneidade, ser obrigatria

a comunicao do ato ao Tribunal de Contas do Estado.

28.8. A interposio de recursos protelatrios e impugnaes ao Edital por pessoas fsicas ou jurdicas

que visem tumultuar e/ou retardar o processo licitatrio, incidir nas penalidades do artigo 93 da Lei

Federal n 8.666/93, com consequente responsabilidade civil e criminal que o ato ensejar.

29. DISPOSIES GERAIS:

29.1. O presente Edital se submete integralmente ao disposto nos artigos 42 a 49 da Lei Complementar

n 12312006, estabelecendo-se, para o presente certame a licitao exclusiva para participao de

microempresas e empresas de pequeno porte.

29.2. As normas disciplinadoras deste PREGO sero interpretadas em favor da ampliao da disputa,

observada a igualdade de oportunidades entre as proponentes, sem comprometimento do interesse

24 Rua Amazonas, n 373 Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 012 ESTADO DO PARAN

pblico, da finalidade e da segurana do Contrato/Ata e dos futuros contratos dela decorrentes.

29.3. Na contagem dos prazos estabelecidos neste PREGO, excluir-se- o dia do incio e incluir-se- o

do vencimento, e considerar-se-o os dias consecutivos, exceto quando for explicitamente disposto em

contrrio.

29.3.1. S se iniciam e vencem os prazos referidos neste artigo em dia de expediente no rgo ou na

entidade.

29.3.2. No havendo expediente no rgo licitante ou ocorrendo qualquer ato/fato superveniente que

impea a realizao do certame na data marcada, a sesso ser automaticamente transferida para o

primeiro dia til subsequente, no horrio e local estabelecidos neste EDITAL, desde que no haja

comunicao da PREGOEIRA em sentido contrrio.

29.4. A autoridade competente para determinar a contratao poder revogar a licitao por razes de

interesse pblico superveniente, devendo invalid-la por ilegalidade, de ofcio ou por provocao de

qualquer pessoa, mediante ato escrito e fundamentado, sem que caiba direito a qualquer indenizao.

29.5. O desatendimento de exigncias formais no essenciais deixar de importar no afastamento da

proponente, desde que possveis exata compreenso de sua proposta e a aferio da sua

qualificao, durante a realizao da sesso pblica do PREGO.

29.6. A proponente assume o custo para a preparao e apresentao de sua proposta, sendo que o

rgo licitante no se responsabilizar, em qualquer hiptese, por esta despesa, independentemente da

conduo ou do resultado do PREGO.

29.7. Em qualquer fase do PREGO, caber ao representante da licitante comprovar a exequibilidade da

proposta ou lance, durante a prpria sesso, implicando em desclassificao da proposta quando,

inquirido, no comprovar por qualquer meio de prova admitida em direito.

29.8. A apresentao da proposta de preos implicar na aceitao, por parte da proponente, das

condies previstas neste Edital e seus Anexos, inclusive quanto a no obrigatoriedade da

promoo das contrataes derivadas do sistema de Registro de Preos.

29.9. A proponente responsvel pela fidelidade e legitimidade das informaes e dos documentos

colacionados em qualquer fase do PREGO.

Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136 25

e

&-1- PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 013

ESTADO DO PARAN

29.10. A proponente contratada ficar obrigada a aceitar, nas mesmas condies contratuais, os

acrscimos ou supresses que se fizerem necessrios, at 25% (vinte e cinco por cento) do valor de

cada contrato ou outro instrumento hbil derivado da Ata de Registro de Preos, salvo as supresses

resultantes de acordo celebrado entre as partes, que podero ultrapassar o limite indicado.

29.11. A proponente se obriga a manter, durante todo o prazo de vigncia da Ata de Registro de

Preos/Contrato, em compatibilidade com as obrigaes por ele assumidas, todas as condies de

habilitao e qualificao exigidas na licitao.

29.12. A assinatura da ATA DE REGISTRO DE PREOS no implicar em direito contratao.

29.13. Este Edital e seus Anexos, bem como as propostas das proponentes beneficirias, faro parte

integrante da Ata de Registro de Preos, independentemente de transcrio.

29.14. Os ENVELOPES N 02 - DOCUMENTOS DE HABILITAO das proponentes no convocadas para

assinarem a Ata de Registro de Preos devero ser retirados no endereo apontado no subitem 9.1,

depois de formalizada a referida Ata.

29.15. Os casos omissos neste EDITAL DE PREGO sero solucionados pela PREGOEIRA, com base na

legislao federal e municipal incidentes, e nos princpios gerais de direito.

28.16. Em conformidade com o disposto no 3 0 do art. 48 da Lei n 8.666/93 quando todos os

licitantes forem inabilitados ou todas as propostas forem desclassificadas, a administrao poder fixar

aos licitantes o prazo de oito dias teis para a apresentao de nova documentao ou de outras

propostas, corrigidas as inconformidades.

28.16.1. Ocorrendo a previso delineada no item anterior na fase de habilitao, a documentao a ser

reapresentada dever ser toda a documentao solicitada no item 8.1 deste Edital.

29.17. Ser competente o foro da Comarca de Rio Negro, Estado do Paran, com renncia expressa a

qualquer outro, por mais privilegiado que seja, para soluo de questes oriundas deste PREGO.

30. RELAO DE ANEXOS

30.1. Integram o presente edital os seguintes anexos:

ANEXO 1 1 Termo de

ANEXO II Modelo de Declarao de enquadramento como Microempresa e/ou Empresa de Pequeno Porte

26 Rua Amazonas, n 373 Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

ANEXO III - Modelo de Declaraes ANEXO IV Modelo de Procurao para Credenciamento

ANEXO V Modelo de Declarao de Cumprimento aos Requisitos do Edital

ANEXO VI Modelo de Proposta de preos

ANEXO VII Minuta Ata de Registro de Preos

31. ELEMENTOS BASES NECESSRIOS ELABORAO DA PROPOSTA

31.1. O edital completo ficar disposio dos interessados e as dvidas podero ser esclarecidas na

Prefeitura Municipal de Pin, no Departamento de Licitaes e Compras.

Pin/PR, 01 de junho de 2017.

PATRICIA APARE TRO)ANOVSKI

PREGOEIRA

o

27 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

o

o

- OBJETO: Registro de preos para eventual locao de equipamentos de sonorizao e de sistema de

iluminao, para utilizao em eventos Municipais, conforme as especificaes e quantidades estimadas

abaixo:

Item Descrio linid. Qtde

Estimada

Preo Mximo

Preo Mximo Total

Unitrio

1 Locao de equipamentos de

hora 400 R$ 104,50 R$ 41.800,00 sonorizao. ________

2 Locao dp Sistema de iluminao de

hora 150 R$ 137,50 R$ 20.625,00 pequeno porte

1.11 - A PROPOSTA DEVE CONTER O VALOR UNITRIO E TOTAL DOS ITENS e o PRAZO DE VALIDADE

da proposta (no inferior a 60 dias).

1.111 - Os servios de transporte e instalao dos equipamentos sero de responsabilidade da

contratada.

II - A Contratada dever disponibilizar os seguintes equipamentos para sonorizao e iluminao em

todos os eventos solicitados (exigncia mnima):

Item 01

a) 02 microfones sem fio

b) 10 microfones com fio

c) 01 mesa de som com mnimo de 24 canais

d) 02 potencia studio 4000 Watts cada

e) 01 equalizador compatvel com a mesa

f) 01 cmara de eco

g) 01 divisor de som

h) 07 retornos auriculares

i) 05 retornos de palco

j) 02 monitores de palco

k) 06 caixas de grave

1) 06 caixas de mdio grave

m) 06 caixas de agudos e cometas

n) 01 aparelho MP3

o) 01 aparelho de CD

28 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 046

iz ESTADO DO PARAN p) 01 aparelho de MD

q) 12 pedestais para microfones.

Item 02

a) 06 canho de luz de palco LED

b) 01 Strobo LED

c) 02 Muving LED mini colorido

d) 02 Muving LED colorido

e) 02 Mini laser Stage micropontos

f) 01 Raio Laser

g) Sky Drive colorido (raio de sol)

o III - DA PRESTAO DOS SERVIOS: Os servios devero ser prestados no Municpio de Pin, nos

eventos realizados pelas Secretarias Municipais, em at 02 (dois) dias teis a ps a emisso da

Requisio de Empenho, em locais e horrios definidos na mesma.

IV - JUSTIFICATIVA DA CONTRATAO: Faz-se necessria a contratao devido a necessidade de

equipamentos de sonorizao e iluminao nos eventos realizados pelo Municpio, uma vez que este

no dispe de equipamentos, nem mesmo de pessoal para realizar por conta prpria tais servios.

Assim, fundamental, a contratao de servios e equipamentos de qualidade, bem como, de

infraestrutura condizente com as expectativas, necessidades, conforto e segurana dos participantes

dos eventos Municipais.

'/ - JUSTIFICATIVA QUANTO EXCLUSIVIDADE CONCEDIDA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS: A

realizao de procedimentos licitatrios cuja participao exclusiva para Microempresas e/ou

empresas de Pequeno Porte, encontra respaldo legal na Lei Complementar n 123/06 (alterada pela Lei

Complementar n 147/14), mas precisamente no disposto no inciso 1 do art. 48 da referida Lei, bem

como est amparada pelo que disciplina a Lei Complementar Municipal n 1/15, que trata da questo

no inciso III do 10 do art. 34. Ademais, a grande maioria das empresas localizadas no Municpio de

Pin e regio esto enquadradas como Microempresas, Empresas de Pequeno Porte ou so

Microempreendedores Individuais, os quais, por equiparao, so tambm contemplados com os

benefcios das Leis acima citadas. O crescimento e o desenvolvimento do Municpio vm

proporcionando inmeras oportunidades de negcios s micro e pequenas empresas instaladas na

cidade e na regio e cada vez mais o municpio tem empregado esforos para a construo de um

ambiente que permita a essas empresas um melhor aproveitamento dessas oportunidades e a

converso destas em incluso social, emprego e renda. O Municpio de Pin, desde 2009 concede

tratamento diferenciado e favorecido s microempresas e empresas de pequeno porte. O tratamento

29 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

o

[1

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 047

- ESTADO DO PARAN

diferenciado s micro e pequenas empresas visa ampliar sua participao nas licitaes municipais e

assim impulsionar o desenvolvimento socioeconmico da cidade. H que se considerar que as

contrataes pblicas so de grande importncia para o desenvolvimento econmico e social do pas. O

planejamento adequado das compras governamentais um fator relevante em favor do

desenvolvimento local e regional, visto que pode privilegiar os pequenos negcios sediados no

municpio e regio. Assim, o Municpio de Pin busca realizar licitaes voltadas ao fortalecimento e ao

desenvolvimento econmico e social da cidade, sempre ancorado nas legislaes pertinentes e nas

polticas pblicas de que visam esse desenvolvimento.

VI - PAGAMENTO: O Pagamento ser efetuado em at 30 (trinta) dias aps a execuo do servio

mediante apresentao da Nota Fiscal e da Certido Negativa de Dbitos Relativos aos Tributos

Federais e Dvida Ativa da Unio (que abrange inclusive as contribuies sociais), do Certificado de

Regularidade do FGTS - CRF e da Certido Negativa de Dbitos Trabalhistas - CNDT, previstas neste

Edital.

VII - OBRIGAES DA DETENTORA DA ATA:

a) Todo equipamento de som e iluminao ser transportado, montado e alinhado, pela equipe da

Contratada, estando pronto para passagem de som, pelas bandas, em no mnimo 03 horas antes da

hora marcada para inicio dos eventos;

b) Entregar e dar garantia para a realizao dos eventos licitados, no local determinado e de acordo

com os prazos estabelecidos na proposta, contados a partir da data da assinatura da Ata de Registro de

Preos;

c) Responsabilizar-se por todo o nus relativo execuo da Ata de Registro de Preos, inclusive fretes,

deslocamentos e seguros desde a origem at sua montagem no local de destino e segurana dos

equipamentos durante e aps o evento;

d) Manter-se, durante toda a execuo da Ata de Registro de Preos, em compatibilidade com as

obrigaes assumidas, bem como manter todas as condies de habilitao e qualificao exigidas na

licitao;

e) Cumprir rigorosamente os horrios estabelecidos para as apresentaes, sob pena de desconto

proporcional dos valores a receber. Caso haja atrasos, sem justificativa aceita pela organizao do

evento, ser descontado proporcionalmente da CONTRATADA dos valores a serem pagos.

VIII - FISCALIZAO: A fiscalizao da execuo do objeto da Ata de Registro de Preos ser realizada

pela Administrao, atravs dos servidores indicados abaixo, os quais atuaro no acompanhamento das

solicitaes, entrega e recebimento dos materiais:

LyRIA WCAL Secretaria de Ao Social e Defesa Civil Ai Maria de S Ribas

L etaria de Administrao e Finanas Tiago Santos de Souza 30

Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

t*l PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 048 ESTADO DO PARAN Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente Jos Mrio Bueno de Oliveira Secretaria de Desenvolvimento Econmico Priscila Aparecida Guinta Secretaria de Educao Noili F. Gassner Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer Joo do Rodo Martins

Douglas Lietz Secretaria de Governo Secretaria de Sade _____ Rubia Forteski Secretaria de Viao e Servios Rodovirios Elan Gabriel Forteski Secretaria de Planejamento, Obras e Urbanismo Simon Schneider

o

o

Rua Amazonas, no 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136 3

v

t11

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN ESTADO DO PARAN

049

ANEXO II

MODELO DE DECLARAO DE MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE

(Este documento dever estar fora dos Envelopes p0 01 e 02).

A Pregoeira Oficial da PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN

DECLARAO

.......................... . ................... , inscrita no CNPJ/MF sob o no .......... . ............. , por intermdio de seu

Representante Legal, Sr.(a)........................................, portador(a) da Carteira de Identidade

n. ................ inscrito no CPF/MF sob o no......................., DECLARA, para fins do disposto no Edital de

.....................n ............./.................., sob as penas da lei, que esta empresa, na

presente data, considerada:

OBS: Assinalar com um "X" a condio da empresa.

1. ( ) MICROEMPRESA, conforme Inciso 1 do artigo 3 0 da Lei Complementar n. 123, de

14/12/2006;

2. ( ) EMPRESA DE PEQUENO PORTE, conforme Inciso II do artigo 30 da Lei Complementar n.

123, de 14/12/2006;

3. ( ) MICROEMPREENDOR INDIVIDUAL, conforme 1 0 do artigo 18 da Lei Complementar n.

123, de 14/12/2006.

DECLARA ainda, que a empresa est excluda das vedaes constantes do pargrafo 40 do artigo 30 da

Lei Complementar n. 123, de 14 de dezembro de 2006.

(local e data)

(Nome, RG e Assinatura do Representante Legal)

Importante:

1) A DECLARAO de enquadramento como Microempresa, Empresa de Pequeno Porte ou

Microempreendedor Individual, poder ser objeto de diligncia para confirmao da veracidade da

mesma e implicar no tratamento diferenciado previsto na Lei Complementar n. 123/2006.

2) A DECLARAO de enquadramento como Microempresa, Empresa de Pequeno Porte ou

Microempreendedor Individual, falsa ou inverdica sujeitar a licitante s penalidades previstas neste

Edital, bem como, s demais sanes penais cabveis.

Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

t. PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 050 ESTADO DO PARAN

ANEXO III

MODELO DE DECLARAES

Prego Presencial n ...../2017

Declaramos para os fins de direito, na qualidade de Proponente do procedimento licitatrio em epgrafe,

instaurado por este municpio, que:

a) no possumos, em nosso Quadro de Pessoal, empregados menores de 18 (dezoito) anos em

trabalho noturno, perigoso ou insalubre e em qualquer trabalho, menores de 16 (dezesseis)

anos, salvo na condio de aprendiz, a partir de 14 (quatorze) anos, em observncia Lei

Federal n. 9854, de 27.10.99, que altera a Lei n. 8666/93;

b) nenhum de nossos scios servidor(a) ou dirigente de rgo do Municpio de Pin;

c) no estamos suspensos temporariamente de participar em licitao ou impedidos de contratar

com a Administrao, por prazo no superior a 2 (dois) anos;

d) no fomos declarados inidneos para licitar ou contratar com a Administrao Pblica, em

qualquer e suas esferas;

e) at a presente data inexistem fatos impeditivos para sua habilitao no presente processo e

estamos cientes da obrigatoriedade de declarar ocorrncias posteriores.

Por ser expresso da verdade, firmamos a presente.

e em de

de 2017.

(Nome e assinatura do Representante Legal da Empresa Proponente).

(apontado no contrato social ou procurao com poderes especficos),

OBS.: Est declarao dever ser emitida em papel timbrado da empresa proponente e carimbada com

o nmero do CNPJ.

n

Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

PREFEITURA MUNICIPAL DE P

051

ESTADO DO PARAN

ANEXO IV

MODELO DE PROCURAO PARA CREDENCIAMENTO

(Este documento dever estar fora dos Envelopes n 01 e 02).

Por este instrumento particular de Procurao, a (Razo Social da Empresa), com sede (endereo

completo da matriz), inscrita no CNPJ/MF sob n ..., Inscrio Estadual sob n ... e Inscrio Municipal

sob n ..........., representada neste ato por seu (qualificao do outorgante), Sr. ....portador da Cdula

de Identidade RG n. ... e CPF n...., nomeia e constitui seu bastante Procurador o Sr. ..., portador da

Cdula de Identidade RG n ... CPF no..., a quem confere amplos poderes para representar a (Razo

Social da Empresa) perante a Prefeitura Municipal de Pin, no que se referir ao PREGO N. ... /2017,

com poderes para tomar qualquer deciso durante todas as fases do PREGO, inclusive apresentar

DECLARAO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS DE HABILITAO, os envelopes

PROPOSTA DE PREOS e DOCUMENTOS DE HABILITAO em nome da Outorgante, formular

verbalmente lances ou ofertas na etapa de lances, desistir verbalmente de formular lances ou ofertas

na etapa de lance, negociar a reduo de preo, desistir expressamente da inteno de interpor recurso

administrativo ao final da sesso, manifestar-se imediata e motivadamente sobre a inteno de interpor

recurso administrativo ao final da sesso, assinar a ata da sesso e atas de registro de Drecos,

prestar todos os esclarecimentos solicitados pela PREGOEIRA, enfim, praticar os demais atos

pertinentes ao certame, em nome da Outorgante.

A presente Procurao vlida at o dia

(Local e data)

Nome e Assinatura do Representante Legal

34 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR, CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

MODELO DE DECLARAO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS DE

HABILITAO.

(Este documento dever estar fora dos Envelopes n 01 e 02).

REF. PREGO N ... /2017

o Sra. Pregoeira, Pela presente, declaramos que, nos termos do art. 40, VII, da Lei no 10.520/2002, a empresa

(indicao da razo social).............cumpre plenamente os requisitos de habilitao para o

PREGO N .../2017, cujo objeto

(Local e data)

Nome e Assinatura do Representante Legal

o

35 Rua Amazonas, no 373 Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

(razo soda!, CVPJ, endereo, telefone, "fac-sim//e" e e-mail)

MODELO DE PROPOSTA DE PREOS

Prefeitura Municipal de Pin

Sra. Pregoeira,

Ref.: Edital de Prego n _J2017

o Apresentamos e submetemos apreciao de V. Sa nossa proposta de preos, a preos fixos e

sem reajuste, relativa licitao em epgrafe, cujo objeto ......................

(inserir planilha com itens, valores, descontos e marcas, quando foro caso)

O prazo de validade da proposta de preos de (inserir o prazo de validade) ((inserir o

prazo de validade porextenso)) dias a partir da data limite estabelecida para o recebimento das

propostas.

Declaramos, ainda, que estamos enquadrados no regime de tributao de microempresa e

empresa de pequeno porte, conforme estabelece o artigo 30 da lei complementar n 123/2006.

o Local, - de de 2017.

(nome legvel RG n e assinatura do responsvel legal)

Rua Amazonas, no 373 Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136 36

Aos ................dias do ms de .................do ano de dois mil e ..............autorizado pelo Prego

Presencial no 08512017, foi expedida a presente ATA DE REGISTRO DE PREOS, de acordo com o

disposto nas Leis Federais n 8.666/1993 e no 10.520/2002, Lei Complementar n 123/2006 (alterada

pela Lei Complementar n 147/2014), Lei Complementar Municipal n 1/2015 (Regulamentada pelo

Decreto Municipal n 176/2016) e Decretos Municipais n 002/2006 e no 153/2011, que,

conjuntamente com as condies a seguir estipuladas, regem o relacionamento obrigacional entre o

RGO GERENCIADOR e o DETENTOR DA ATA:

1. Consideram-se registrados os preos constantes do relatrio em anexo, do Detentor da Ata:

/ pessoa jurdica de direito privado, inscrita no CNPJ sob n ....................Inscrio

Estadual n ...................., Inscrio Municipal n ................, com endereo na Rua .......................

n ..........., em ...../.....CEP ....., fone/fax: (..) ....., e-mail ....., neste ato representada por

..., inscrito(a) no CPF sob n ...................

2. O rgo Gerenciador efetuar seus pedidos ao fornecedor, atravs da entrega da Requisio de

Empenho por onde correr a despesa, mediante comprovante de recebimento por qualquer meio,

inclusive fac-smile e e-mail, na forma descrita no Edital de Prego Presencial n 08512017.

3. O objeto deste PREGO dever ser prestados no Municpio de Pin, nos eventos realizados pelas

Secretarias Municipais, em at 02 (dois) dias teis a ps a emisso da requisio de empenho, em

locais e horrios definidos na mesma.

3.1 No poder a adiudicatria recusar-se a prestar os servios solicitados na Requisio de Empenho

no Municpio de Pin, mesmo que em pequena quantidade.

4. A Ata de Registro de Preos ter vigncia de 12 (doze) meses, a contar de sua publicao.

S. O Pagamento ser efetuado em at 30 (trinta) dias aps a execuo do servio mediante

apresentao da Nota Fiscal e da Certido Negativa de Dbitos Relativos aos Tributos Federais e

Dvida Ativa da Unio (que abrange inclusive as contribuies sociais), do Certificado de Regularidade

do FGTS - CRF e da Certido Neg ativa de Dbitos Trabalhistas - CNDT, previstas neste Edital.

6. Os preos registrados sero confrontados periodicamente, pelo menos trimestralmente, com os

37 Rua Amazonas, n 373 Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

o

o

t PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 055 ESTADO DO PARAN

praticados no mercado e assim controlados pelo rgo Gerenciador.

7. Os itens sero entregues provisoriamente o recebimento definitivo ser feito aps a verificao das

especificaes, qualidade e quantidade, e consequentemente aceitao, no prazo de 05 (cinco) dias a

contar da entrega dos itens, ou imediatamente quando for o caso.

S. As despesas decorrentes dos pedidos de fornecimento correro conta do cdigo a seguir

discriminado(s):

SECRETARIA DE AO SOCIAL E DEFESA CIVIL

Dotaes: 10.001.08.244.0016.2026.3390391200

Contas: 2710

SECRETARIA DE ADMINISTRAO E FINANAS

Dotaes: 03.001.04.122.0003.2004.339039.1200

Contas: 550

SECRETARIA DE AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE

Dotaes: 07.002.20.606.0011.2013.339039.1200

Contas: 1450

SECRETARIA DE EDUCAO

Dotaes: 08.001.12.361.0012.2014.339039.1200

Contas: 1670

SECRETARIA DE ESPORTE, CULTURA E LAZER

Dotaes: 09.001.13.392.0014.2023.339039.1200 e 09.002.27.812.0015.2024.339039.1200

Contas: 2310 e 2460

SECRETARIA DE GOVERNO

Dotaes: 02.001.04.122.0002.2003.339039.1200

Contas: 350

SECRETARIA DE SADE

Dotaes: 11.001.10.301.0018.2031.339039.1200

Contas: 3240

9. Esta Ata de Registro de Preos no obriga o rgo Gerenciador a firmar as contrataes com o

fornecedor, ficando-lhe facultada a utilizao de outros meios, assegurada, nesta hiptese, a

preferncia do beneficirio do registro em igualdade de condies, nos termos do art. 15, 40 da Lei

Federal n 8.666/93.

Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

fl

.

&-

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 056 ESTADO DO PARAN

10. O descumprimento das obrigaes pactuadas sujeitar o fornecedor s sanes definidas no item

28 e subitens do edital de Prego Presencial n 08512017, que desta Ata faz parte integrante.

11. O Detentor da Ata dever manter, enquanto vigorar o Registro de Preos e em compatibilidade com

as obrigaes por ele assumidas, todas as condies de habilitao e qualificao exigidas pelo Edital

de Prego Presencial no 08512017.

12. Faz parte integrante desta Ata de Registro de Preos, aplicando todos os seus dispositivos, o edital

de Prego Presencial n 08512017, as Requisies de Empenho com os termos aditados e a

proposta da detentora da Ata naquilo que no contrariar as presentes disposies.

13. DA FISCALIZAO: A fiscalizao da execuo do objeto da Ata de Registro de Preos ser

realizada pela Administrao, atravs da servidora indicado abaixo, a qual atuaro no acompanhamento

das solicitaes, entrega e recebimento dos materiais/bens e execuo destes:

SECRETARIA FISCAL Secretaria de Ao Social e Defesa Civil Araci Maria de S Ribas

Secretaria de Administrao e Finanas Tiago de Souza _ Santos Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente Jos Mrio Bueno de Oliveira Secretaria de Desenvolvimento Econmico Priscila Aparecida Guinta Secretaria de Educao Noili F. Gassner Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer Joo do Rocio Martins Secretaria de Governo Douglas Lietz Secretaria de Sade Rubia Forteski Secretaria de Viao e Servios Rodovirios Elan Gabriel Forteski Secretaria de Planejamento, Obras e Urbanismo Simon Schneider

14. As questes oriundas desta Ata e do procedimento licitatrio que a procedeu, sero dirimidas no

Foro da Comarca de Rio Negro/PR, esgotadas as vias administrativas.

15. Para constar que foi lavrada a presente Ata de Registro de Preos, em 02 (duas) vias de igual teor e

forma, que vo assinadas pelo Sr. LIVINO TURECK, Prefeito de Pin, e pelo representante do Detentor,

e duas testemunhas.

LIVINO TURECK - MUNICPIO DEPIN

RGO GERENCIADOR

DETENTOR DA ATA DE REGISTRO DE PREO

39 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

o

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN ESTADO DO PARAN 057

Testemunhas:

Nome: PATRICIA A. F. DREVECK

Assinatura:

Nome: CRISTIANO QUADROS

Assinatura;

[1

Rua Amazonas, no 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136 40

e

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN Z11- ESTADO DO PARAN 058 ANEXO VIII

MODELO DE DECLARAO DE EXECUO DOS SERVIOS

Prefeitura Municipal de Pin

Sra. Pregoeira,

Ref.: Edital de Prego no _J2017

/ inscrita no CNPJ/MF sob o no .........................por intermdio de seu

Representante Legal, Sr.(a)........................................, portador(a) da Carteira de Identidade

n................, inscrito no CPF/MF sob o n......................., DECLARA, sob as penas da lei, que os

servios, objeto do Prego Presencial n J2017, sero prestados diretamente pelo

Sr.............................................., portador do RG n ........................... e inscrito no CPF n

..........................., na condio de Microempreendedor Individual ou scio da empresa

proponente (conforme o caso).

Por ser expresso da verdade, firmamos a presente.

em de de 2017.

(Nome e assinatura do Representante Legal da Empresa Proponente).

(apontado no contrato social ou procurao com poderes especficos).

085.: Est declarao dever ser emitida em papel timbrado da empresa proponente e carimbada com

o nmero do CNPJ.

41 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

e

t PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN ESTADO DO PARAN 059

ANEXOU

DECLARAO DE RESPONSABILIDADE TCNICA

Ref.: Edital de Prego Presencial n _f

Conforme o disposto no Edital em epgrafe e de acordo com a Resoluo no 218 de 29/06/73 e

n 317, de 31/10/86, do CONFEA - Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura, e Agronomia,

declaramos que o responsvel tcnico pela obra, caso venhamos a vencer a referida licitao, :

no Nome Especialidade CREA

n

Data do

registro

Assinatura

Declaramos, outrossim, que o(s) profissional(ais) acima relacionado(s) pertence(m) ao nosso

quadro tcnico de profissionais.

Assinatura do Responsvel

Local, de - de 20.

0

Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136 42

e

Processo administrativo n: 125912017

Interessado: Departamento de Licitaes e Compras/Comisso Permanente de Licitao

Assunto: Aprovao jurdica da abertura de licitao na modalidade Prego Presencial e

aprovao da minuta do edital.

Recebe esta Procuradoria Jurdica, pedido de parecer encaminhado pela Pregoeira do

Municpio, relativo ao processo administrativo n 125912017, que trata da abertura de licitao para

Registro de preos para eventual locao de equipamentos de sonorizao e de sistema

de iluminao, para utilizao em eventos Municipais, em atendimento s Secretarias

Municipais.

Consulta-nos sobre a adequao da modalidade licitatria adotada para o processo

em questo, qual seja Prego Presencial, e solicita aprovao jurdica da minuta do instrumento

convocatrio, para cumprimento do disposto no pargrafo nico do art. 38 da Lei das Licitaes.

1. Do relatrio:

O processo teve incio com a requisio formulada pelas Secretarias interessadas,

descrevendo a necessidade de contratar o objeto do procedimento em anlise e justificando sua

pretenso.

A requisio foi protocolada pelo Departamento de Licitaes e Compras, que na

sequncia instruiu o processo com as informaes preliminares pertinentes a toda e qualquer

contratao pblica, independentemente de efetivarem-se na via licitatria ou atravs de contratao

direta.

Nessa esteira, constam dos autos: a indicao, pelo contador responsvel, das

dotaes oramentrias por onde correro as despesas; a existncia de previso dos recursos

financeiros necessrios para o custeio das despesas, confirmada pela Secretaria responsvel, e a

autorizao do Prefeito para que seja dada continuidade ao processo.

Sugeriu a Pregoeira que a pretenso fosse atendida atravs de licitao, na

modalidade Prego Presencial, justificando que o objeto de natureza comum, podendo ser

objetivamente definido no edital, atendendo ao que dispe o pargrafo nico do artigo 1" da Lei n

10.520/02.

A Pregoeira anexou formulrio ao processo, descrevendo a necessidade de se realizar

licitao exclusiva para Micro e Pequenas Empresas, em razo dos valores de cada item, os quais no

ultrapassam o limite estabelecido pelas referidas normas.

1

4 t PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN ESTADO DO PARAN 061 Com relao a licitao ser destinada exclusiva participao de Microempresas e

Empresas de Pequeno Porte, tal exclusividade encontra respaldo no disposto no inciso 1 do art. 48 da

Lei Complementar n 123/06, alterada pela Lei Complementar n 147/14, bem como est amparada

pelo que disciplina o inciso III do 1 0 do art. 34 da Lei Complementar Municipal n 1/15, ambos

transcritos abaixo:

LC n 123/06: Art. 48. Para o cumprimento do disposto no art. 47 desta Lei Complementar, a administrao pblica: 1- dever realizar processo licitatrio destinado exclusivamente participao de microempresas e empresas de pequeno porte nos itens de contratao cujo valor seja de at R$ 80.000,00 (oitenta mil reais);

Lei Complementar Municipal n 1/15:

Art. 34. Nas contrataes pblicas ser concedido tratamento diferenciado e simplificado para as Microempresas e Empresas de pequeno porte objetivando a promoo do desenvolvimento econmico e social no mbito municipal e regional, a ampliao da eficincia das polticas pblicas e o incentivo inovao tecnolgica.

1 0 Para o cumprimento do disposto neste artigo a Administrao Pblica adotar as regras previstas na Lei Complementar n 123, de 2006, constantes dos artigos 42 a 49 e nos artigos seguintes desta lei, bem como em normas regulamentares que prevejam tratamento diferenciado e simplificado para as Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, especialmente:

III - realizao obrigatria de licitao destinada exclusivamente participao de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte nas contrataes cujo valor seja de at R$ 80.000,00 (oitenta mil reais);

Foi elaborada a minuta do edital na modalidade Prego Presencial, bem como da

respectiva ata de registro de preos, para atendimento da necessidade das Secretarias interessadas,

as quais ora so submetidas apreciao da Procuradoria Jurdica.

2. Da anlise da escolha da modalidade:

Verificamos pelos documentos constantes dos autos que os procedimentos iniciais

para abertura de processo licitatrio foram corretamente observados.

Quanto adoo da modalidade Prego Presencial para atender ao interesse das

Secretarias interessadas, h que se registrar algumas consideraes.

A Lei n 10.520/02, que disciplina esta modalidade, dispe em seu art. 1 0 , pargrafo

nico: rN1\ _JI 2fl

t i,

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN ESTADO DO PARAN 032

Art. 1 0 - Para aquisio de bens e servios comuns, poder ser adotada a licitao na modalidade de prego, que ser regida por esta Lei. Pargrafo nico: Consideram-se bens e servios comuns, para os fins e efeitos deste artigo, aqueles culos padres de desempenho e qualidade possam ser obietivamente definidos pelo edital, por meio de especificaes usuais no mercado.

Pela leitura retro apresentada, constatamos que o objeto do processo em anlise pode

ser classificado como "comum'; tendo em vista que no se trata de objeto de maior complexidade e

que no possui nenhuma especificidade que prejudique a elaborao da proposta.

Cabe ainda ressaltar que o Municpio de Pin regulamentou a utilizao do Prego, na

forma Presencial e Eletrnica, atravs da edio do Decreto n 002/06.

Portanto, no se verifica nenhum bice para a utilizao da modalidade Prego, seja

na forma Presencial, seja na forma Eletrnica, para realizar a licitao necessria para o atendimento

da pretenso das Secretarias interessadas.

J a utilizao do sistema de registro de preos no mbito do Municpio de Pin est

regulamentada pelo Decreto Municipal n 153/11, disciplinando o cabimento em seu art. 20 , iosis

verb/s

Art. 20 Ser adotado, preferencialmente, o SRP nas seguintes hipteses: 1- quando, pelas caractersticas do bem ou servio, houver necessidade de contrataes frequentes; II - quando for mais conveniente a aquisio de bens com previso de entregas parceladas ou contratao de servios necessrios Administrao para o desempenho de suas atribuies; III - quando for conveniente a aquisio de bens ou a contratao de servios para atendimento a mais de um rgo ou entidade, ou a programas de governo; e IV - quando pela natureza do objeto no for possvel definir previamente o quantitativo a ser demandado pela Administrao.

Isto posto, entendemos que seja mais vantajoso para o Municpio efetuar a licitao

com vistas a realizar o registro de preos, tendo em vista a imprevisibilidade do montante total a ser

efetivado durante o perodo contratual, o qual poder ficar aqum ou alm da estimativa das

Secretarias interessadas.

No obstante, orientamos apenas Pregoeira e sua equipe de apoio para que durante

a conduo do certame sejam cumpridas as determinaes legais da Lei n 10.520/02 e da Lei n0

8.666/93, suplementarmente, sob pena de invalidade dos atos praticados em desacordo com os

referidos diplomas legais, em especial, quanto publicidade dos atos, observando-se o interstcio

mnimo de 08 (oito) dias teis entre a publicao do ltimo aviso de licitao e a data de recebimento

das propostas, bem como o prazo de publicao no Mural de Licitaes do Tribunal de Contas do

Estado do Paran de no mnimo 07 (sete) dias teis.

3. Da anlise da minuta do edital:

Passamos anlise dos elementos abordados na minuta do edital e sua concordncia

com as imposies do art. 40 da Lei de Licitaes.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN ESTADO DO PARAN 063

Traz o referido mandamento a obrigatoriedade de abordagem dos seguintes

elementos nos editais de licitao, podendo estes ser suprimidos ou acrescidos, conforme o caso:

Art. 40. O edital conter no prembulo o nmero de ordem em srie anual, o nome da repartio interessada e de seu setor, a modalidade, o regime de execuo e o tipo da licitao, a meno de que ser regida por esta Lei, o local, dia e hora para recebimento da documentao e proposta, bem como para incio da abertura dos envelopes, e indicar, obrigatoriamente, o seguinte:

- objeto da licitao, em descrio sucinta e clara; II - prazo e condies para assinatura do contrato ou retirada dos instrumentos, como previsto no art. 64 desta Lei, para execuo do contrato e para entrega do objeto da licitao; III - sanes para o caso de inadimplemento; IV - local onde poder ser examinado e adquirido o projeto bsico; V - se h projeto executivo disponvel na data da publicao do edital de licitao e o local onde possa ser examinado e adquirido; VI - condies para participao na licitao, em conformidade com os arts. 27 a 31 desta Lei,

S e forma de apresentao das propostas; VII - critrio para julgamento, com disposies claras e parmetros objetivos; VIII - locais, horrios e cdigos de acesso dos meios de comunicao distncia em que sero fornecidos elementos, informaes e esclarecimentos relativos licitao e s condies para atendimento das obrigaes necessrias ao cumprimento de seu objeto; IX - condies equivalentes de pagamento entre empresas brasileiras e estrangeiras, no caso de licitaes internacionais; X - o critrio de aceitabilidade dos preos unitrio e global, conforme o caso, permitida a fixao de preos mximos e vedados a fixao de preos mnimos, critrios estatsticos ou faixas de variao em relao a preos de referncia, ressalvado o disposto nos pargrafos 1 0 e 20 do art. 48; XI - critrio de reajuste, que dever retratar a variao efetiva do custo de produo, admitida a adoo de ndices especficos ou setoriais, desde a data prevista para apresentao da proposta, ou do oramento a que essa proposta se referir, at a data do adimplemento de cada parcela; XII - (VETADO) XIII - limites para pagamento de instalao e mobilizao para execuo de obras ou servios que sero obrigatoriamente previstos em separado das demais parcelas, etapas ou tarefas; XIV - condies de pagamento, prevendo: a) prazo de pagamento no superior a trinta dias, contado a partir da data final do perodo de adimplemento de cada parcela; b) cronograma de desembolso mximo por perodo, em conformidade com a disponibilidade de recursos financeiros; c) critrio de atualizao financeira dos valores a serem pagos, desde a data final do perodo de adimplemento de cada parcela at a data do efetivo pagamento; d) compensaes financeiras e penalizaes, por eventuais atrasos, e descontos, por eventuais antecipaes de pagamentos; e) exigncia de seguros, quando for o caso; XV - instrues e normas para os recursos previstos nesta Lei; XVI - condies de recebimento do objeto da licitao; XVII - outras indicaes especficas ou peculiares da licitao.

Aps anlise do instrumento apresentado, constatou-se que o edital foi elaborado em

harmonia com os ditames do art. 40 da Lei n 8.666/93, destacando-se a clareza e objetividade do

objeto da licitao, a previso de requisitos pertinentes ao objeto do certame como condio de

habilitao, fixao de critrio objetivo para julgamento das propostas, prazos legais respeitados para

44

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN

i ESTADO DO PARAN 034

impugnao ao edital, abertura das propostas e julgamento de recursos, pelo que esta Procuradoria

no tem nenhuma recomendao a ser feita.

4. Da anlise da minuta da ata de registro de preos:

Da anlise da minuta da ata de registro de preos vinculada ao instrumento

convocatrio apresentado, constatamos que a mesma observa os requisitas mnimos exigidos pelas

disposies legais pertinentes, no sendo necessria nenhuma correo.

S. Da concluso:

Por todo o exposto, opina esta Procuradoria pela regularidade da escolha da

modalidade Prego Presencial para o desenvolvimento da licitao que se inicia e pela aprovao da

minuta do instrumento convocatria e da respectiva ata de registro de preos, no existindo bice

para o prosseguimento do processo licitatrio.

Contudo, alerta esta Procuradoria que devem ser atendidas as orientaes descritas

no item 2 deste parecer, iii fine.

Ressalte-se, ainda, que os critrios e a anlise de mrito (oportunidade e convenincia

do pedido) constituem anlise tcnica das Secretarias solicitantes, bem como a verificao das

dotaes oramentrias e especificidade ou cumulao do objeto do procedimento licitatrio, motivo

pelo qual o presente opinativo cinge-se exclusivamente aos contornos jurdicos formais do caso em

comento.

o parecer.

Pin/PR, 01 de junho de 2017.

Veiviane fk L

OAB/PR 75.274

5

Paran, 02 de Junho de 2017 Dirio Oficial dos Municpios do Paran ANO Vl N1266 li ti i

TOTAL GERAL ..........................R$ 720.000,00

Art. 20 Para cobertura dos crditos autorizados no artigo anterior sero utilizados como recursos, o provvel excesso de arrecadao e anulao parcial de dotaes conforme descrito abaixo:

Excesso de arrecadao:

1051h 1 CON1'A nFscmo VALOR 4% 1 04/4519/624ru12-0 1 BLMAC 600000,00 ilIlAl. 1 660000.00

Anulao Parcial: 09.SECRE'IARJA DE ESPORTE, CULTURA E LAZER 09.001 DEPARTAMENTO DE CULTURA 13.392.0014.2023 - MANUTENO DA CULTURA E TURISMO 31.90.11.00.00 - VENCIMENTOS E VANTAGENS FIXAS - PESSOAL CIVIL Fonte : 000 ..... .RS 20,000,00 !t).SECRETARIA DE SADE 10,001. FUNDO MUNICIPAL DE SADE 10.301,00I8.203I MANUTENO DA SADE 33.90.39.00.00 - OUTROS SERVIOS DE TERCEIRO PJ Fonte: 303 .................................... R$ 40.000,00 TOTAL ANULAO ............ RS 60.000,00 TOTAL GERAl .........................R$ 720.000,00

Art. 3 Este Decreto entrar em vigor nesta data, revogadas as disposies em contrrio.

Pin/PR, 30 de Maio de 2017.

LIVLVO TURECK Prefeito Municipal

Publique-se e i'egistrc-se.

CRISTIANO QUADROS Secretrio de Administrao e Finanas

Publicado por: Douglas Lietz

Cdigo Identificador:4D7A 1 86C

SECRETARIA DE ADMINISTRAO E FINANAS PREGO PRESENCIAL N 08512017

PROCESSO N 125912017 FIPO: MENOR PREO - POR ITEM

LICITAO DIFERENCIADA - EXCLUSIVA PARA PARTICIPAO DE MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE PARA TODOS OS ITENS DO ANEXO 1 DESTE EDITAL (Nos moldes da Lei Complementar n 123, de 14 de dezembro de 2006, alterada pela Lei Complementar n 147, de 7 de agosto de 2014.)

Objeto: Registro de preos para eventual locao de equipamentos de sonorizao e desistem de iluminao, para utilizao em eventos Municipais, conforme especificaes e quantidades estimadas constantes do ANEXO 1.

REPARTIO INTERESSADA: Secretarias Municipais.

LEGISLAO: Leis Federais n 8.666/1993 e n 10.52012002, Lei Complementar Federal n 123/2006 (alterada pela Lei Complementar n 147/2014), Lei Complementar Municipal n 112015 (Regulamentada pelo Decreto Municipal n 17612016), Decretos Municipais n002/2006 e n 153/2011.

DATA PARA ENTREGA DOS DOCUMENTOS PARA CREDENCIAMENTO, DA DECLARAO DE ENQUADRAMENTO COMO MICROEMPRESA OU

EMPRESA DE PEQUENO PORTE, DA DECLARAO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS DE HABILITAO E DOS ENVELOPES DE PROPOSTA DE PREOS E DE HABILITAO: 19 de junho de 2017, s 09h30.

LOCAL DA REALIZAO DA SESSO PBLICA DO PREGO: Prefeitura Municipal de Pin, situada na Ru* Anrnzonas. n 373, Centro Pin/PR.

O edital completo estar disposio dos interessados do dia 05 a 19 de junho de 2017, no Departamento de Licitaes e Compras.

Pin/PR, 01 de junho de 2017.

PATRICIA APARECIDA TROJANOVSKI Pregoeira

Publicado por: Douglas Lietz

Cdigo Identificador:A29B681C

SECRETARIA DE PLANEJAMENTO, OBRAS E URBANISMO RESOLUO CM N19, DEIS DE MAIO DE 2017.

DISPE SOBRE O ACRSCIMO E CLASSIFICAO DE ATIVIDADES AO ANEXO IDA LEI N921. DE 04 DE OUTUBRO DE 2006.

O Conselho Municipal de Desenvolvimento no uso das atribuies que lhe so conferidas pela Lei Municipal n 901. de 1 de setenihi'o de 2006, em especial art. 38, pelo pargrafo nico do art. 12 da Lei Municipal n 921. 04 de outubro de 2006, e de acordo com o que dispe art. 26. 1, 2 do Regimento Interno do Conselho,

RESOLVE:

Art. 1 Acrescentar as atividades abaixo listadas ao Anexo 1 da Lei n 921. de 2006, classificando-a na respectiva categoria:

CATEGORIA DEFINIO tJSOS

caxaclerizado por aNigar alividadrs conierciais varejisla, 4713-7(00 consd

coanrcioce por prcoao de lervios divero iflcadas de pequeno de bebidas

47104.0109 osnt servio pone. de necessidades imcdiaias e cotidianas de vicinais populao local, cuja 'sc(tcreec damas advidade, so i'- de outro, i" nduin'. 'ar

inc~ nn-nocieasc,io.pengrsa.s especificados .sieriorn,e,Lc

CATEGORIA DEFINIO USOS

4713'7/lItl comrcio varejise,

comrcio de bebidas

servio de eajaelcri'zado por abrigar alividodes comercia, suiejisian

batero e por prestao de servios dker, ificadcis de ndio porei

espie tirada,.'. uilcn,orml,te

CATEGORIA DEFINIO lisos 4723 Myr ccima3ic(aearc iata

csracrerizc-sr por desiinar.se ao cototdrcto Varejisli! e de bebidas

comrcio e servios diversificado, de giande pune. no iocnnslos.

servio gera 1 no soei cose no pingosos. mas que geram li seu de 47' 1.11/19 eonm

rebolos e peulestres dram's,,

epeciiacadais a,icricweocrite

CATEGORIA DEFINIO 11505

conacicriza-se por comrcio e servios diversificados. ne 3114.71117 rcr,utcejsi

comrcio e qual ns arividadc.s desenvolvida, elassiticam-se couve repsiaio de miqaiease

servIo incnado, coisa necessidade de anlise iod,vid'c' 1 da

especial

aperetliti.'. de t a' lv ilier.i'.itli e i, idade a ser exercida no loc4 ou cxigi,ido esladi, dc venl ilas3o para cmv, i,das,rio 1

impacio devoiuhaiia e cosuc,cial

Alt 2 Esta Resoluo entra em vigor na data da sua publicao.

Pin/PR, 18 de maio de 2017.

JIELOANA SAMARA TUREC'K Presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento

HOMOLOGO A RESOLUO CMD N 19, DE IS DE MAIO DE 2017, NOS TERMOS DO ART. 26, r DO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO.

PIN/PR, 18 DE MAIO DE 2017.

LIVINO TURECK Prefeito Municipal

www.diariomunicipal.com.br/amp 153

Prefeitura Municipal de Pin 2017-6-2

Prefeitura de

L1;Pin

Licitaes

PREGO PRESENCIAL N 085/2017 PROCESSO N 1259/2017 TIPO: MENOR PREO POR ITEM LICITAO DIFERENCIADA EXCLUSIVA PARA PARTICIPAO DE MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE PARA TODOS OS [TENS DO ANEXO 1 DESTE EDITAL (Nos moldes da Lei Complementar n 123. de 14 de dezembro de 2006. alterada pela Lei Complementar n 147, de 7 de agosto de 2014.) Objeto: Registro de preos pula eventual locao de equipamentos de sonorizao e de sistema de iluminao, para utilizao em CVCIIt0S Municipais, conforme especificaes e quantidades estimadas constantes do ANEXO I. REPARTIO INTERESSADA: Secretarias Municipais. LEGtSLAAO: Leis Federais n 8.666/1993 e n 10.520/2002, Lei Complementar Federal n 123/2006 (alterada pela Lei Complementar n 147/2014), Lei Complementar Municipal 001/2015 (Regulamentada pelo Decreto Municipal n 176/2016), Decretos Municipais n002/2006 e n 153/2011: DATA PARA ENTREGA DOS DOCUMENTOS PARA CREDENCIAMENTO, DA DECLARAO DE ENQUADRAMENTO COMO MICROEMPRESA OU EMPRESA DE PEQUENO PORTE, DA DECLARAO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS DE HABILITAO E DOS ENVELOPES DE PROPOSTA DE PREOS EDE HABILITAO: 19 de junho de 2017. s 09h30. LOCAL DA REALIZAO DA SESSO PUBLICA DO PREGO: Prefeitura Municipal de Pin, situada na Rua Amazonas. n373. Centro - Pin/PR. O edital completo estar disposiilo dos interessados do dia 05 a 19 de junho de 2017, no Departamento de Licitaes e Compras. Pin/PR, 01 de junho de 2017. PATRICIA APARECIDA TROJANOVSKI PREGOEIRA Solicite o edital Completo desta licitao, mande um email para dorotU!pien.pr.gov.br e

informe o numero e ano do processo

Imprimir

Voltar

INICIAL

HOME

CONHEA PIN

DADOS GERAIS

HISTRIA

LOCALIZAO

SIMBOLOS MUNCIPAIS

A PREFEITURA

COLETA DE LIXO

*DADOS SECRETARIAS

FALE CONOSCO

FOTOS

NOTCIAS

SECRETARIAS

AO SOCIAL

ADMINISTRAO

AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE

CULTURA

EDUCAO

ESPORTES

OBRAS/RODOVIRIO

ROCURAOORIA JURDICA

SADE

PUBLICAES

ATAS

AUDINCIA PBLICA

CISNORDESTE

CONCURSO PBLICO 2015

CONCURSOS PBLICO

CONTRATOS

DIRIO OFICIAL

ELEIO CONSELHO TUTELAR

2015

ELEIO CONSELHO TUTELAR

2016

LEIS E DECRETOS MUNICIPAIS

LICITAES

112

' flt

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIEN 139

ESTADO DO PARAN

PREGO PRESENCIAL N 08512017

PROCESSO N 125912017

TIPO: MENOR PREO - POR ITEM

LICITAO DIFERENCIADA - EXCLUSIVA PARA PARTICIPAO DE MICROEMPRESAS E

EMPRESAS DE PEQUENO PORTE PARA TODOS OS ITENS DO ANEXO 1 DESTE EDITAL (Nos

moldes da Lei Complementar no 123, de 14 de dezembro de 2006, alterada pela Lei

Complementar n 147, de 7 de agosto de 2014.)

Objeto: Registro de preos para eventual locao de equipamentos de sonorizao e de

sistema de iluminao, para utilizao em eventos Municipais, conforme especificaes e

quantidades estimadas constantes do ANEXO 1.

REPARTIO INTERESSADA: Secretarias Municipais.

LEGISLAO: Leis Federais n 8.666/1993 e n 10.520/2002, Lei Complementar Federal n 123/2006

(alterada pela Lei Complementar n 147/2014), Lei Complementar Municipal n 1/2015

(Regulamentada pelo Decreto Municipal n 176/2016), Decretos Municipais n 002/2006 e n

153/2011.

DATA PARA ENTREGA DOS DOCUMENTOS PARA CREDENCIAMENTO, DA DECLARAO DE

ENQUADRAMENTO COMO MICROEMPRESA OU EMPRESA DE PEQUENO PORTE, DA

DECLARAO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS DE HABILITAO E DOS

ENVELOPES DE PROPOSTA DE PREOS E DE HABILITAO: 19 de junho de 2017, s 09h30.

LOCAL DA REALIZAO DA SESSO PBLICA DO PREGO: Prefeitura Municipal de Pin, situada na

Rua Amazonas, n 373, Centro - Pin/PR.

O edital completo estar disposio dos interessados do dia 05 a 19 de junho de 2017, no

Departamento de Licitaes e Compras.

Pin/PR, 01 de junho de 2017.

PATRICIA APARS~ RO)ANOVSKI PREGOEIRA

PUBLICAO Certifico para os devidos fins que este Edital foi publicado no quadro de cditi da Pre4itjua de Pji Pik 0 Kde.....

Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (14i) 363ril 1...........

[;L1:1 PM'ina 1 de 4

ATO CONSTITUITIVO DE EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSAaII TDADE LJMIT.kDA

ADALBEWO RLMOS DA ROSA NETO - XELI

ADALBERTO RAMOS DA ROSA NETO, brasileiro, maior, natural de Joinville, estado de Santa Catarina, divorciado, nascido em 02 de junho de 1992, empresrio, portador da cdula de identidade RO n. 9.793.315-4 SESP/PR, inscrito no CPF/MF: sob n. 079.910.559-73, e portador da CN}i registro n. 05123721110 DETRAN-PR, residente e domiciliado Rua Foz do Iguau, EL 294, Bairro Silveira da Motta, na cidade de So Jos dos Pinhais, estado do Paran, sob o CEP: 83.030-550;

Na condio de titular da empresa individual de responsabilidade limitada que girar sob o nome empresarial de ADALBERTO RAMOS DA ROSA NETO

com sede e foro Rua Laura Nunes Fernandes, n. 41, Bairro Parque da Fonte, na cidade de So Jos dos Pinhais, estado do Paran, sob o CEP: 83M50-610; em conformidade com a Lei .12.441/2011 e o artigo 980-A do

' Cdigo Civil Brasileiro, resolve constituir o citado instrumento que ser regido pelos termos e condies seguintes, e nas omisses, pela legislao especifica que disciplina essa forma societria, conforme as clusulas seguintes:

CLAUSULA PRIMEIRA - DO Ti P0 JJRJQQ.g NOME _EMPREMIAL A empresa constituda sob a forma de EMPRESA INDiVIDUAL DE RESPONSABIlIDADE UMFrADA - EIP.Ei, e gira sob o nome empresaial de ADA7.,BERTO RAMOS DA ROSA NETO - IflLX, e ser regida por este contrato social e disposies da Lei 10.40612002 arlicveh a et,r. ti -oo OCttAflo,

CLUSULA SEGUNDA - 12 SFJDEJ.JJLIAISE_OUS_DEPENMNCIAS: A P, I.FrL{ tem sua sede na Rua Laura Nunes Fernandes, n. 41, Bairro Parque da Fonte, na cidade de So Jos dos Pinhais, estado do Paran, sob o CEP: 33,.050- lo, que seu foro e dornicilc, podendo abrir e fechar filiais ou outras ckep'trdncias, cm qua1que parte do territrio nacional, por deliberao de cu

a flLAUSULA TERCEIRA O OBJETO, SOCIAL: A EIREL! tem como objeto S social: "Servios de montagem e desmontagem e fornecimento de mo de obra

para sonorizao, iluminao, prajetor, telo, painel de LED, tVs, cairo de som, trio eltrico, estruturas temporrias, 551C0. tendas, barraces, pavilhes, camarotes, containers, stands, barricadas., fechamentos, aes, tabbdos. pisos, mesas e cadeiras, gerador de enera e hmheiro quirnico; esPkiio de ffntagens fotografia; locao de equipamentos de udio e vfdeo orgazizao de fstas, shows, e eventos incluindo a gesto de espao de exposio o rstaaonanientn para uso de terceiros, por: c.irra durao, e atividades de macohristRs deau tomveis; sertiios de decrao e ontamentao, incluindo eorao naraliria; expicraan atMdadeo de fornecimento de pessoal para

pre:ar servios combinado de apoio, segurana e proteo, recepo, portaria, limpeza,, roada e. disposio de lixo, manuteno e consenao a

TONTA COMERCIAL 00 RSTL1O 00 7A}IAE - SEDE

CERTIFICO O RIGITfl 14/10/2010 j :49 SOB N' 415005001.72

- PROZ00050, 16G5130 D 14/1O/20J6. CDIGO D iERIFIC.k0. 71032154.. 120, 41600500172.

.UNTA COMERcIA!.! DALRRTO 220405 DA .ROYA MEIO - EC0LI

DO rARM& Liber1a B,,gus

CL'21T2?A, 14/10/2026 wiw.,mpresaCaci!.pr.gov.br

4

cl

?, v.zlacade desta documento, se impresso, fica sujeito i comprovao de sua a,.tenticideds nos respectivos port,i, I,ifon,ando seus rennect;ivo; cddlgos de verificeed,-.

069 Pagina 3 de 4

ATO CONSTITUVFIVO DE EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA

ADALBERTO RAMOS DA ROSA NETO - EIRELI

lugares pblicos, prdios e instalaes; servios de locao de brinquedos e inflveis destinados a recreao e lazer; atividades de arbitragem esportiva; servios de venda de ingresso para eventos e atividades de recreao e lazer; servios de plotagem; e panfletagem, promoo e divulgao de eventos".

CLUSULA QUARTA - DO PRAZO DE DURAO: A empresa iniciou suas atividades em 03 de outubro de 2016 e o prazo de durao por tempo indeterminado. garantida a continuidade da pessoa jurdica diante do impedimento por fora maior ou impedimento temporrio ou permanente do titular, podendo a empresa ser alterada para atender uma nova situao.

CLUSULA QUINTA - DO CAPITAL SOCIAL E DAS 01-lOTAS SOCIAIS: O capital social de R$ 88.000r00 (oitenta e oito mil reais), divididos em 88.000

. (oitenta e oito mil) quotas no valor nmirial de R$ 1,00 (um real) cada quota, totalmente subscritas e integrali7,adas em moeda corrente do pas, pelo titular, a saber: -

Titular - Quotas Participao % Valor -

Adalberto Ramos da Rosa Neto 88.000 1 100,00% 88.000,00

TOTAL - J88.000_1 100,00% 88.000,00

Pargrafo nico: A responsabilidade da titular limitada ao capital social integralizado.

CLUSULA SEXTA - DA ESSO E/OU TRANSFERNCIA DAS QUOTAS DO CAPITAL: As quotas da empresa individual so indivisveis perante a emoresa e a terceiros, e no poder estar representada por mais de um titular, e da mesma forma, no podero ser cedidas, transferidas, alienadas, inclusive em relao aos direitos sobre as mesmas, sem o expresso consentimento do empresrio, o qual, em condies de igualdade e preo, ter sempre o direito de preferncia e na proporo das quotas que possuidor.

CLUSULA STIMA - DA ADMINISTRAO E DOS PODERES DO TITULAR: A administrao da empresa individual ser exercida pela titular ADALEERTO RAMOS DA ROSA NETO, de forma isolada e indiscriminada, com poderes necessrios realizao do objeto social da sociedade. Internamente, so atribudos os poderes de gesto administrativa, e externamente, os poderes para representar a sociedade ativa e passivamente, judicial ou extrejudicialmente, perante rgos pblicos, instituies financeiras, entidade privadas e terceiros em geral, podendo transigir, renunciar, desistir, firmar compromissos, confessar dividas, fazer acordos, contrair obrigaes, adquirir,

JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO PARAN - SEDE

CERTIFICO O REGISTRO EM 14110/2016 17:49 SOE N 41600500172

Y PROTOCOLO: 166451300 DE 14/10/2016. CDIGO DE VERIFICAO: 11602154404. NrRS, 41600500172. JUNTA CoMERcIAL ADALBERTO RAROS DA ROSA NETO - EIRELI

DO PANA Llbertad Bogus SECRETARIA-GERAL

CURTTIOA, 14/10/2016 www.ercpresafacilcr.gov.br

;-- 4ade eat docmsnto, se impresso, fica sujeito & comprovaEo de sua autettcidade nos respectivos portais - Informando sat,s reeoect: ,oI3 cdigos de varitca&o

070 Pgina 3 de 4

ATO CONSTITUITIVO DE EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA

ADALBERTO RAMOS DA ROSA NETO - EIRELI

alienar e onerar bens mveis e imveis, nas condies deste contrato, bem como praticar todos os demais atos necessrios consecuo dos objetivos ou defesa dos interesses e direitos da sociedade.

Pargrafo nico: Faculta-se ao administrador, nos limites de seus poderes, constituir mandatrios em nome da EIRELI, especificados no instrumento os atos e operaes que podero praticar, e o prazo determinado.

CLUSULA OITAVA - DA DEEQQ O titular ADALBERTO RAMOS DA ROSA NETO declara sob as penas da lei que no possui nem titular de nenhuma outra empresa rios moldes de empresa individual de responsabilidade limitada em qualquer parte do territrio nacional.

. CLUSULA NONA - DA RETIRAI A DE PRLIABoRE: O titular poder fixar uma retirada mensal, a ttu10 de "pr labore", observadas as disposies regulamentares pertinentes.

CLUSULA DCIMA - DO EXERCIdO SOCIAL: Ao trmino de cada exerccio social em 31 de dezembro de cada ano, a titular proceder ao levantamento do balano patrimonial e da demonstrao do resultado do exerccio aps as dedues previstas em lei e no ato constitutivo da empresa individual de responsabilidade limitada, formao de reservas que forem consideradas corno necessrias e os lucros ou prejuzos sero suportados pelo empresrio na proporo das quotas do capital social que possuidor.

Pargrafo nico: No curso dos quatro meses posteriores ao encerramento do exerccio comercial, o empresrio deliberar quanto s contas patrimoniais e d-- resultado econmico e poder efetuar a distribuio dos resultados de cada exerccio.

CLUSULA DCIMA PRIMTRA - DO FALECIMENTO OU DA INCAPACIDADE SUPERVENIENTE DO TITULAR No caso de falecimento do titular ou incapacidade superveniente comprovada, a empresa continuar com os herdeiros do falecido ou incapaz. Depois de concludo o inventrio, no caso de falecimento, ser feita alterao com a incluso do herdeiro na empresa e, no caso de incapacidade, ser indicado pela famlia um representante legal que ocupar a condio de titular.

Pargrafo nico: No caFo de desinteresse por parte do herdeiro ou representante legal em continuar as atividades da empresa, os direitos sero apurados em balano especial a que se refere o ecapute do presente, sero pagos em moeda corrente em 10 (dez) parcelas mensais, iguais e sucessivas, vencendo a primeira aps 30 (trinta) dias do levantamento do balano especial e as demais nas mesmas datas dos meses subseqentes.

JTINTA COMERCIAL 00 ESTADO 00 PARAR - SEDE

CERTtFICO O REGISTRO EM 14/1012016 17:49 SOE N' 41600500172.

r PROTOCOLO: 166451360 DE 4J10/2016. CDIGO DE VERIFICAO: 1160254404. NIRE: 41600500172.

1 JUNTA cOMERcRJ .WA1aZRTO RAMOS DA ROSA NETO EIRELI

LDOPAPANA i Libertad Ecgus

SECRETRIA-GERAL CURITIDA. 14/10/2016

www,empresofeoxl.pr.gov.br

jiade deste documento, se impresso, fica eujeto 000PrOVaEO de sua autenticidade nos respectivos portais. 1nfcrr,iandoeurra;reCtivos cSi.gos de verificao

071. Pgina 4 de 4

ATO CONSTITUITIVO DE EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA

ADALBERTO RAMOS DA ROSA NETO - EIRELI

CLUSULA DCIMA SEGUNDA - DO DESIMPEDIMENTO: O titular ADALBERTO RAMOS DA ROSA NETO declara sob as penas da lei que no est impedido por lei especial de exercer a administrao da empresa e nem condenado ou sob efeitos de condenao a pena que vede ainda que temporariamente o acesso a cargos pblicos; ou por crime falimentar, de prevaricao, peita ou suborno, concusso ou peculato; ou contra a economia popular, contra o sistema financeiro nacional, contra as normas de defesa da concorrncia, contra as relaes de consumo, a f pblica ou a propriedade conforme artigo 1.011, pargrafo l 0 do Cdigo Civil/2002.

CLUSULA DCIMA TERCEIRA - DA LIQUIDACO DA EMPRESA INDIWDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA: No caso de liquidao da

. empresa individual por intersse do titular ser nomeado um liquidante, o qual administrar a empresa durante o oeriodo de liquidao, prestando contas de seus atos, -

CLUSULA DCIMA SEGUNDA - DO FORO JURDICO: Fica eleito o foro da Comarca de So Jos dos Pinhais-PR para o exerccio e o cumprimento dos direitos e obrigaes resultantes deste contrato.

E por estar assim justo e contratado, o titular lavra, data e assina o presente instrumento, elaborado em via nica, nara que valha na melhor forma do direito, obrigando-se fielmente por si, seus herdeiros e sucessores legais a cumpri-lo em todos o seus termos.

So Jos dos Pinhais-PR, 03 de outubro de 2016

'tEj/Q, Lo p 4I

MS DA ROSA NETO Titular

Elaborado por: Bruno M. Vosgcrau CO CRC-PR 057693/0-3

rJ1A COMERCIAL DO ESTADO DO PARAN - SEDE

CERTIFICO O BEGISTRO EM 14/10/2016 1749 SOB N' 41600500177. PROTOCOLO: 1664,1380 DE 11/10/2016. cotuo DE VERIFICAO

r T 116O215440 NIPE, 41600500172. JUNTA COME 1 ADALBERTC RM4OS DA ROSA NETO - EIRELI

DO PRNA J Lbertad Bogus 9EC4PTARIL-OSRAL

CJRITI?A, :1/10/2016 w-ww. empresnTaci pr .gov.hr

;ndade

84nte dootineuto, se inpresso, tios sir1eito 5 COTOV&6O de sua autenticidade noa respectivos oort-sis Intcrnandc, s.sus respect - ,cn - 6digns de rerificao

072

120 TAEIEtTJ TAS Isabel A Redettra t95 Centro

Fone: (41) 3D316 Sao .2os &'s Pirt!ais-PR

de-

Em teStWJItL da - Sao ak & Pitas. flf!

/ \1&--t)

O97-LtEIlA ZOTTO T!8LDI ETQWNTE

-t ATO - san isirt esse S&3 *

1

1

CD2RCIA11 DQ :2sTkD0 00 PAR,d - SEDE

V CEP3IFICO O REGISTRO EM 24/10/2016 17;49 SOE M 41500500172. PROTOCOLO; 166451380 DF, 14110/2015. CDIGO DE VEP.IFICAOt 11602154404. NIRE; 41600500172, ADALBERTO

Lib:rtad:O:La - EIRELI SECRETRIA-GERAO

CURITIBA, 14/10/2016 wwv.emt,reaafacil.pr.gov.br

vajidade deste documento, se impresso, fica auejto 4 conmrcvao de sua autenticidade nos respectivos portais- Informando eeus resoectivos cd:.aoe os veri52.CSBO

073

RAMOS DA ROSA NETO ] ; DX- IOENrIDXF / s& MISS05 / LJF

9793315-4 SESP PR

CPF __- DATA NASCIMENTO SLIA -

e- ' Ic1 0I RAMOS DAROSA 1 1 ELISAEETH RAMOS DA 1

/ A1'ROSA LtdLnLiTCjCJ

____

-

_OD5FRvADED

1 1' N..

TA AMIDA/O cY~ JOSE DOS PINHAIS, PR

[4/111201 F c

- ----' 20915050640 O ESD'IDOEMiDD P2909919790

- -

e

PP.EF. MUN. DE PIN - PR CONFERE COM 0 ORIGINAL

074

ADALBERTO RAMOS DA ROSA NETO EIReLI ME

ANEXO II

MODELO DE DECLARAO DE MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE

A Pregoeira Oficial da PREFEITURA MUNICIPAl.. DE IN

DECLARAO

Adalberto Ramos da Rosa Neto Eireh ME. inscrita no CNPJ/MF sob o n 26.356.437/0001-56,

por intermdio de seu Representante teaal Sr. Adalberto Ramos da Rosa Neto, portador(a) da

Carteira de Identidade n. 9793315-4, inscrito no CPF/MF sob o n 079910.559-73, DECLARA,

para fins do disposto no Edital de Prego Presenda! n 085/2017 Processo n0 12,59/2017, sob as

penas da lei, que esta emoresa, na presente data, considerada:

OBS: Assinalar com um "X" a condio da empresa.

I. (X) MICROEMPRESA, conforme Inciso 1 do artigo 3 0 da Lei Complementar n. 123, de

t4/12/2006;

EMPRESA DE PEQUENO PORTE confo,me Inciso II do artigo 3 0 da Lei Complementar

123, de 14/12/2006;

3 ( MICROEMPREENDOR INDIVIDUAL, conforme 1 0 do artiqo 18 da Lei Comp!errentar

n2 123, de 14/12/2006.

DECLARA ainda, que a empresa est excluda das vedaes constantes do pargrafo 40 do artigo

30 Le Complementar n. 123. 4e 14 de dezembro de 2006,

19 de iunhc e 2017

Adalberto Ramos da Rosa Neto RG: 97933154 CPF: 079.910.559-73

075

AO.41.R9RTO P4MOS 04 ROSA NETO EIPFLI ME

2 )t CNP; n26356437/0001-5E

RUA LAURA N'fAlES EFRNADE N4 PAROUEOA FONTE SO

JOS DOS PINHAIS PARAN CEP 93050610 TELEFONE- (dl)

957100t5 E-MAIL: eventosbetoramogpiaiLcom

o

o

ANEXO V

DECLARAO DE QU A PROPONflNTE CUMPRE OS REQUISITOS DE HABILITAO.

PREGO N 085/2fl7

.rareOOeira,

Pp oresente, deciararnos que, nos termos do 1. 4C VII, da La n tfl520/7002. a emoresa

Maherto Ramo da Rosa Neto Eir& -ME. nscr)te no CNP]/MF oh o n 76356 437f0001- 56

n:mpre penamente os requisites de iabiItaco para o PREGO NO2017, culo objete .. C

I (0 r v / I- (-xc ci fl T/\I/;J?CCC

em 1 de lunte1e20:7.

2017-6-19 Portal da Transparncia - Cadastro de Empresas Inidneas e Suspensas

Portal da Transparncia - Governo Federal - http://www.portaltransparencia.gov.br 076 Voc est em: Incio CEIS

CADASTRO NACIONAL DE EMPRESAS INIDNEAS E SUSPENSAS (CEIS)

o cadastro Nacional de Empresas Inidneas e Suspensas (CEIE) um banco do informaes mantido pela controladoria-Geral da Unio que tem como objetiva consolidar a relao das empresas a pessoas fsicas que sofreram sanes das quais decorra como efeito restrio ao direito de participar em licitaes ou de celebrar contratos com e Administrao Pblica. Saiba mais

Consulta

CPF/CNPJ: 1 635O437OOO156

Nome, Razo Social ou fOpcic naii Nome Fantasia:

Tipo de Sandiloc. Todos

Quantidade de registros encontrados: O Data: 19/06/2017 09:41:49

No foram encontrados registros que atendam ao seguinte critrio de busca:

CNP)/CPF: 26356437000156

Pgina 1/1

ATENO

Este cadastro vise dar publicidade s sanes administrativas aplicadas contra licitantes e fornecedores. As informaes aqui veiculadas so de inteira responsabilidade

das entidades que as prestaram, no podendo a Unio ser responsabilizada pela veracidade e/ou autenticidade de tais informaes nem pelos eventuais danos diretos ou indiretos que delas resultem causados a terceiros.

Designao do apenado, conforma informado pelo rgo sancionador (pubkcao no DOU; dados constantes de Ofcio, etc.)

Constatou-se que o nome informado pelo rgo sancionador diverge significativamente do constante do cadastro da Receita Federal, considerando-as o CPF/CNPJ informados. O nome constante do cadastro da Receita Federal pode ser verificado ditando-se sobre o respectivo registro. A divergncia pode indicar apenas unia alterao no nome do sancionado ou uma inconsistncia dos dados informados. Mais informaes podem ser obtidas junto ao rgo sancionador.

o

56&nome=&tipoSancao= 1/1

2017-6-19

Cadastro Impedidos Licitar e Contratar

077

311.' TC E Consulta de impedidos de licitar

Pesquisa Impedidos tio Licitar

Tc il v,, CNFJ

de

de

rat. de

Y N[iX , CSCUndit

RUM TEM ENCONTRADO!

o

https://servicos.tce.prgovbr/tcepr/municipal/ait/Consultarimpejidoswebaspx 1/1

aXc

rwFLfl'F N 1. PROPCSTA PRECO F ClAL N O5/flh7 pprcfrij MUh!ICIPA(. DE PIN

AC)ALBERTO RAMOS DA ROSA NETO DREL!

CNP rJ2 2356437/0001-56 0 de iuriho de 2O7

.

079

212.! FL9 26.356. 437/Qro1-5

RUA LIRA UiN.r3 FP.4jE 52 RARL :/E 04 EONTE 531)

J0SEDO5 PINHAIS PARN (E 1 83 050610 TELEFONE- (41)

95710316 E-MAIL: eventosbtoramos@,&mad.com

)5

ELNT(C:.ACAO co CflNCOPRENTE ADALBERTO R4MO8 DA ROSA NETO E/RELI- ME ENDERECO,

RUA LA UPA NL.NES FERNANOE P 41 PARQUE 134 FONTE SO JOS DOS PINHAIS PARAN CEP N 83050610 CNP!

n1 26.356.437/5351-53 TElEFONE- (41)995710016E-.MAlL:evpntoshetoramcsgmai!.com

Erf'f'> v flv- 0eI de Pifl

uit'15 4.- Prprin ;O fl35/?0t

AoftsE:ntams e suhmeter'os anreciaco de \/, d nossa proposta de preos, a nmcos

1309 e soro rste.. relative IrRa, ou, ev:qr{e, coo objeto k,caco de eurnento

e wrlorhno e de sist.m de HUM9nan. pra !Atizaco em eventos Munidy,is

R!04 50 -

iLr'OduEIstcr'deI'-n1: 1 a sc 1275n 'or'r lJcoLerfOrte -- -- - -

r 3 () )E Ll DADE da ursadg Ci

-C;s servios de trnsoorta e instaac. dos nuinarnentos sero de rrooncab(Macfe 4Q

. :Dntr?roda dever disrorIibi?'ar os senuintes eqviparrenr)s oem soo'ao P

em l'vjO5 os evento olicimdr.s

I.

01

('6 mrro"os--.

10 rrc,(3's com tk

01 mesa de som com minn3 de 21 cl115

02 potenc12 rud, 4900 'l/ttc mds

Di ecivatindor r n- pats:l com F r,o'sa

AD4LERTO RAMOS DA ROSA NETO SRELI ME

CNPJ n226.356.437/0001-55

RUA !AIJRA NUNF FERNADES N4J PAROUR DA FONTF SO

JOS 005 PINHAIS PARAN CEP 83O5O6iL' TELEFONE-(41)

05710016 E-MAIL: eventosbetoramojgaiLcom

080

01 cmara d- 01 dt'dsor de nrp

es . 07 05 retornos palco

02 rronitore' e palrn

06 cois iz

06 caixs do mdio grave

05 caixas de agudos e cometas

01 acar&ho MPP.

01 aparelho de CD

01 apare 1 bo de MD

12 pedestais oara rnicmones.

tem 02

06 canho cp luz de nco LED

01 Svrc,ho E0

02 Muving LED mmi colorido 02 Muving LEi) colorido

02 Mmi laser Stage mcropontos

01 R:o

3kv Orive colorido (raio' ne soi)

.

Deciaramos, ar'da. ouo estamos aouadraacs no renime de trihutaoo de

rroc:'oeo;-La e empresa ie pequeno porte, conforme estabelece o artigo 30 da lei

:.')m,rpmontpr o 23'2 1906,

19 de Junho de 2017.

!dalberto Sornas do Rosa Noto RG 9793315-4 CPr: 079,910 559-73

SEGUNDA ALTERAO CONTRATUAL DA SOCIEDADE 081 BUSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE EVENTOS LTDA -ME

CNPJ/MF: no 11.453.807/0001-04 NIRE: 412M665854-4

Folha 1 de 2

Os abaixo identificados e qualificados:

1) JANETE SEIDEL BUSCH, brasileira, casada sob o regime de comunho universal de bens, natural de Pin- PR, do comercio, inscrita no CPF/MF sob n. 006.577.049-89, portadora da carteira de identidade RG n. 5.706.052.2/SSP-PR, residente e domiciliada na Rua Principal, 200, Gramados, Pin- PR, CEP: 83860-000.

2) THIAGO BUSCH, brasileiro, casado sob o regime de comunho universal de bens, natural de Pin- PR, empresrio, inscrito no CPF/ME sob n. 086.958.279-84, portador da cadeira de identidade RG n. 10.339.901.7/SSP-PR, residente e domiciliado na Rua Principal, 200, Gramados, Pin- PR, CEP: 83860-000.

nicos scios componentes da sociedade empresria limitada que gira nesta praa sob o nome de BUSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO

DE EVENTOS LTDA - ME, com sede na Rua Principal, 200, Gramados, Pin- PR, CEP 83860-000, e inscrita no CNPJ/MF sob n. 11.453.80710001-04, registrada na Junta Comercial do Paran sob n 412.0665854-4 em 2111212009; resolvem alterar o contrato social mediante as condies estabelecidas nas clusulas seguintes:

CLUSULA PRIMEIRA - DO INGRESSO DE SCIO: Ingressa na sociedade GABRIEL BUSCH, brasileir natural de , natural de Pin- PR, solteiro, nascido em 20/08/1998, menor pbere, estudante, inscrito no CPF/MF sob n. 116,068.159-70, podador da carteira de identidade civil n. 1283722881SSP-PR, residente e domiciliado na Rua Principal, 200 Gramados, Pin- PR, CEP: 83860-000, representado por sua me Janete Soldei Busch, brasileiro, casada sob o regime de comunho universal de bens, empresaria, inscrita no CPFIMF sob n 006.577.049-89, portadora da Carteira de identidade Civil RG n. 57060522/SSP-PR, residente e domiciliada na Rua Principal, SN , Gramados, Pin- PR, CEP: 83860-000.

CLUSULA SEGUNDA - O scio ngressante declara conhecer a situao econmica e financeira da sociedade, ficando sub-rogado nos direitos e obrigaes decorrentes do presente instrumento.

CLUSULA TERCEIRA- DA RETIRADA E TRANSFERNCIA DE COTAS: Retira-se da sociedade o scio THIAGO BUSCH, acima qualificado, vendendo e transferindo, com o consentimento dos outros scios, as 16.200 (dezesseis mil e duzentas) quotas integralizadas que possui pelo valor nominal de R$ 16.200,00 (dezesseis mil e duzentos reais) a scia JANETE SEIDEL BUSCH, acima qualificada, dando plena quitao das quotas cedidas.

CLUSULA QUARTA - NOVA DISTRIBUIO DO CAPITAL: Em virtude das modificaes havidas, o capital social, inteiramente integralizado em moeda nacional, fica assim dividido entre os scios - Nome TIITLIIIJ4)LCotas - LaiorR$ JANETE SEIDEL BLJSCH 90.00 18.000 18:000,00 - GABRIELBUSCH - 10,00 2.000 2.d -o

[ttL - 1 100.0J 20.000 20000,00 .

;j1 0 ORIGINAL

SEGUNDA ALTERAO CONTRATUAL DA SOCIEDADE 082 BUSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE EVENTOS LTDA -ME

CNPJ/IVIF: n 11.453.80710001-04 NIRE: 412.0665854-4

Folha: 2 de 2

CLUSULA QUINTA - DECLARAO DE DESM PEDI MENTO: O Administrador declara, sob as penas da lei, que no est impedido de exercer a administrao da sociedade, por lei especial, ou em virtude de condenao criminal, ou por se encontrar sob os efeitos dela, a pena que vede, ainda que temporariamente, o acesso a cargos pblicos; ou por crime falimentar, de prevaricao, peita ou suborno. concusso, peculato, ou contra a economia popular, contra o sistema financeiro nacional, contra normas de defesa da concorrncia. contra as relaes de consumo, f pblica ou a propriedade.

CLUSULA SEXTA - FORO: Fica eleito o foro da comarca de Rio Negro-PR para o exerccio e o cumprimento dos direitos e obrigaes resultantes deste contrato, com expressa renncia a qualquer outro, por mais especial ou privilegiado que seja ou venha ser.

CLUSULA STIMA - Permanecem inalteradas as demais clusulas vigentes que no colidirem com as disposies do presente instrumento.

o E por estarem assim, justos e contratados, lavram e assinam, a presente, em 3 (trs) vias de igual teor e forma, obrigando-se fielmente por si, seus herdeiros e sucessores legais a cumpri-lo em todos os seus termos.

Pin- PR, 15 de dezembro de 2014.

.

CQ

JANETE SEIDEL BUSCH ct c$ L1L

GABRIEL BUSCH representado por sua me JANETE SEIDEL BUSCH

\j JANETE SEIDEL BUSCH

7 C, Le, 13228d-18 7/200 1 \k Ok '3 DT-TRTTAL. DE RUA.L b2 enrr-' F1Fone 36'22S

.......................................................... rC'. oufC ,'i rcd

CO

r::"c c;rTo it.

Eonc' -? F dr r

PRIMEIRAALTERAVO CONFRATCALDA SOCIEDADE BUSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE EVENTOS UTDA -ME

CN PJ /ME: Ti" 1l.4S3.S07 /0001-04 NIRE: 412M665854-4

(salou \o iden ri Licatir s e qu:i lificadI is:

1) JANE SEIDEL BUSCH. hr:n (leira, caada 5011 5) rCqIIfl( de (J(,1111iiiILit

1(111. erjal de )efl iIattiili de P1rfl- 'E j,' wscrir:i tiO 1'P/ EP sou E'

(Eiu4-S9. ptitadc ra da es Ii d icleiiusLsde RU o' 5706u.32E cesidecie e domiciliada reI Esza Principal 1 (E:naados, l-'teu PE, C1IP: sCS6I (jQI

2) '1' }-TIAGO B13SCII )ras)leii) , casario sob crime de eoinunbao uni',crsa[ ele bcio, natural dc ibeu -211. einpteiri, iflSCtitO no CPF/ IdF 50b e ' idG)$.27E

po: ratior da carreua de identidade kG i " 11)3119.901 T/SSP-PR, resdciire ii

doliLic!iad(p O:i Rua Priiicq:Il (/ralu:idc. leu iuc C1a1: E6_!)(H.

lena coisrituida catre si. uma sociedade empresria limitada que gua 11( s1a p cca 501) O BIJSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE. EVENTOS

. LIDA -ME, com sede na Rua Principal :iuo, Gramados, Pien-Pft. (EI' S3s61 1 -liOO. e rmscnrino ElE P1 ')iY sob E. li liTvSm)'/19d11 (tI, registrada na Junta Comercial d' Parana cb tE 1 12 is5-1 4 ermi 21/ 12 20U9 resC)]\eIlI alrelar 1) elinrnull si,cuil medtanr,., as cc,iidic,5es endicleemdas nas e-lltLsnlas ,euumnies:

CLUSULA PRIMEERA - DA ALTERAO DO OBJETO SOCIAL: A sociedade que lei)) por objeto soccil a es loeacao do etino dc: AFl\lD\DLS rr sO\ol17.V \c) E 1)11 lIA M1\\CO .

C \tJ [1 - E \ 'k(D ( \() 1 Pr

034 PRIMEIRA ALTERAO CONTRATUAL DA SOCIEDADE

BUSCII PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE EVENTOS LTDA -ME O

CNPJ/MF: ii 11.453.807/0001-04 NI RE: 412.0665854-4

2 .t. 4

dcclti'nni, nb 1> tinia CI.i ci. que tian cst.iO 11pcct1uu dc c :vrccren4aadnu1trraao da s,-.ciedade.,

lei csrcC1.i V 111 ode de co dcisaca crilinal. Lul por e CilU') iaar Sob Lia ekit 15 cicIa, a ptnn cine

vecic, atnLia c]iie ii' li .;tatian1eflte, aLesc. a c;iigOs pubi tc,: ou r crme falimisurar, de rt;varicacic4. pena nu snn , cn;lcussac,. peculato, o:: contra a econm oia pcupu)ar, contra f, sNtciuna ilIaIlceircu tuicliultai, contra anrnl.c dc detesa da c:rticuurrcucl4 tona as rcIacoes de COI)501110. td publica ou a

CLUSULA QUARTA- Permanecem alrcidta as demais clujjae vigentes que ulcu enlidirem com a dtspnsi: ,es dc' '" lnSttnllie)l(u.

CLUSULA QUINTA - DA CONSOLIDAO DO CONTRATO: vina da o diticaciu ora ajustada, ci o) oIda- 50' Ci O 10am Si etal. que 10u 3.;l a ter :1 ,eYi.a iate i'cdacae.

. CONTRATO SOCIAL CONSOLIDADO BUSCI 1 PLANEJA1ENTO E ORGANIZACAO DE EVENTOS LDA -ME

CNPJ /MF: 11,453,807/0001-04 NIRE: 412,0665854-4

1) JANETE SEIDEL BUSCH, brasileira. casada sob o regime de corou unhIo un;vcrsal dc bens, natural de Paeo PR, dc, L,n-lereio, inscrita no (TI uft Sota

,1 l4)-lY), nu artadcura da carteira de identidade R C o". 5.706.1152.2 / hSP-PR, ri-idcllc e domiciliaria 114 Rua Frunc;pal. ', ( ramados, Peia-PR. cri': 57c-u(HY.

2) 'rI-ILkc;o iUSCFi, bra-oleiro, casacru acua O rugime de coltaLinhJ uiii'ctsal dc LaeiIs. natural de Pie n-PR, c'nprusul'it'. acriy:: flC) CPFzif- m'ob ii'.

da cartcuu; dc du-iaddade EL, n". Ili.330.9UI.7/SSP-J'R, residente e duonculado na Rua Pruacipai, 9ft Grainaci' :5. iicn'I'it, CI .1': 3(.U-1 liii.

'leio ciutisniruchI entre

CONI ATUAL DA SOCIEDADE

B SCi PLANEi \MFNTO E ORGANIZACAO DE EVENTOS LTD -ME

CNPJ /MF

-o"

OopcU,

---- __'__i_ ----------- Rs

. IANYrE EDFL

ll

CLUSL1A SEXTA - RESPONSAB111 DCS SCIOS:

Cd C':lCa. :v:, :Ccr. t.tcLt..L ClLICeiiic

(L1cCr1/..i

r PRIMEIRA ALTERAAO CONTRATDAL DA SOCIEDADE

BUSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE EvENros LTDA -ME

CTFI/MF: n 1I,455.507/000104

NIRE: 4I2u6S45;4

CLA.SULA DCIMA PRIMEJRA - UGAA1 .:INTO DAS CONCAS N

......... 1:c:rcu

ris ync.s marc:ida p:rt i-eU2.I. o h2ifl rr1T.iD

i'argtafo lfliCO - .:\.t Cm Cr Dor CCrC. COXO 1)D)V1

do tCSpCCCVC() roCcl imenro. :csutroio (: c

CtX)SCUC> CX(O SCC coc rEo .CrC:1m

- FALECIMENTO OU [NTERDI O DL. SCIO:

C.LUSU LA DCIMA SEGI..TND.A ...:5 Com LXCCSCXXIOS. OCCL.LIC ?ioiO;

coro nn inr5 mr rmiri iS

LC:H)ItiCiX(>, CCC cjdr. :c-:rc:oC CinXD ila

Ai CC XXO CCC.) cm com .rICjL.Sair: se

Pargntfo Snico- ir CCLXI. .rndo

DECR\CDE DESTMDI\L\ T R

cri

riXi:rir [ii lrnrirXri dc ...efcs:r cO COXCiIXiC fjpicmrro rCiL Ctft. XIrJ)iiJTt rckr.dcs dc

>ihiica co

DCIMA QUARTA - FOR OL: Hca ritroo CLUSIJLA totri) CXC C ICICFC2 dc RA N.....

dmearourrs mb:circrs UCCCrOCO rcmiimjiILrS c o crir; dcsc C iiC2.t.

cm ao crrpcCTIiXXX ri riU iiI Vii.rXXIIXX cai.

irir alar.r. macmci. cor cmii taro ...roirri 1:. ' cc t IOr

5. mira dcci.

.................jorricli. :OIO.L por .roszrsuCC no legaria tt. cLttiCPC-..' COr). r.IOa Os SaUS

mIa c:LO Ou i

/

Tldr AG- o jn:sciI ... r JANLTE SELDL...BUSCH ,

rrrarrri

3rrr_L

:5: JUNTA COMERCIAL DO PARANA

os AGENCIA REGIONAL DE FAZENDA RIO GRANDE

15 CEPTFCOOPtOr5TRDE' / -

SOB CUMERO - DE 9/oz?2o4/

CER5L 1T.s SE L. R E TA R'D L.'ERAL

pT!4'- PR pPEa )' - dNFERCOMO ORJG

o USCH PLANEJAMENTO E OR( AMZACAO DE EVENTOS LTDA

CONTRATO SOCAL fo l ha. 1 de 3

C,& abaixo c,entit;ceoos e que fcanCs

1) JANETE SEDEI BUSCH, bras;lei:a, casada sobe regime -de comunho unversai cc bens, naturai de Pin-PR.co crnero, nocrita no CPF/MF sob n 006.577.04989. oNtadora 33 rart'e a n cendoQe & & 5206052: SSP-PR residente e dom coada na Rua Pnnopai-198-.Grarrados. Ojn - PR, DER 83860-000

2 THtAGO BUSCt. lejEvo, sotecc , - scjoo em &9 -t21992,menor pberejt;uSiuu. -

"c C'' J sob lo 055 958.279-M noPador, da cartera de ider uoO RO 1' 9 - R , ~ es s en e e cniecc aP incioai 196 Srxr2ad os , e

P9 DER: 83860-030 assistido er seu cai VALDR BUSCH, braserm casado comurnao universa: bens co comercio, :nscrito no CPF!MF sob fl 563.773 80925 portador da Cartera de identidade Civil ES 1. 4.372.319.7 SSP-PR, residente e

domiolhado ria Ria : ocipsO 195, barre Gramados, Pn PR, CEP. 53860400

RESOLVEM, por este hrarumento Darticula; de contrato e na melhor forma de dreto. - - - -

conshwr urna Sociedace mpresra UrnRada que se reger pelos artigos 1052 e cOS/ da rei mo 10.406. cc 10 de Janeiro cc 2002, pelas damas sposes egas -

aplIcveis espcie e pelas clusulas seguintes

CLAUSULA PRiMEIRA - NOME EMPRESARIAL, SEDE E DOMiCUO: A sociedade girar sob o nome enoresaat de BUSCH PLANEJAMENTO E ORCANIZACO DE EVENTOS LTDA a ter sede e dornodo na Rua Enocipai 200, Drenados Pin --ER CEP 83860-000,

CLUSULA 8E3U4DA - FiLIAIS E OUTR2..S DEPE4DNCIAS: A sociedade poder a qualquer temes fecrare Out 3 dac , r -c 3 e o r e ate a" nfroL_ n

por redos os cOces.

CLUSULA TERCEIftA OBJETO SOCtAL: A aro- abade ter por oo1eto a experao ao carne as Atividades es sonnd:ao e de Lrvdnaod'u Prod ;: muaea, Produo e prornoOs- de acentos. OdOdades gravao de som a de odioso de msO-a, Alugue: de outras mquinas e equipamentos de tfl oars te-o: nro5ssional Advadee os ;rs.vacc se som e de edio de msica e Fiuragem de festas

nrivnr032

Cr.A:SULA CUARtP - iNCIO DAS ATMDADEEi E PRAZO DE DURAO DA SOCiEDADE. A mo atividades em 43 12 209 e ,aupreW IR CL ano e DC trpo de er "

n:dr.

CLUSULA QUINTA CAPITAL SOClAe: O captei soda ser de 9$ 2000000 roLe mil tecia uvr?ioo em 20.000 (-rirv,e mli 1 cuctes no vwnr ria ES 1.00 (um) real), cada urna. suoscrzas e

tegrazadas, neste ate em moeda coerente do Pan, peles scios e datribuidas da seguinte forma.

!j, QUOTAS - 000 2000 203v00

rMCO B4SC - 'it 00 IC000 803335

........ II.........IIIIIIIH'IIuI..T1IIIPtT.-_..TEIPLI1I.. ULUSU_.A SEXTA -. RESPONSABiLIDADE DOS 500433: A res'onsabfldsde d'e cada scio

rostr:ta ao J2Or de suas quotas e-as belos osso cian r-dat-anenta' pela ntegralzao ao capta.

social. contorne riseoStO no cri. cO-0'/ 35: cRi C.4bb 132

CLtIStILA SL3TiMA CESSO TRAtlS.FLWCi4t DE 000TA$3r As quotas so indivisRtvs e rO, ccero ser cedidas nu trastorid:s e torceita seo'oconaentiit',entc dos outros sOdas. a uem coa.

esneomon e-o: igualdade ria cond:des e preo, o creIo de oeeferncs para a sua a traio 'te posela

veios, tomauza000 as realizada a cesso delas ii interao contratual psrt!nente.

Pareymto dnioo: O sco que arat-and >-:eriero:- tcansTer : r todas ou parte de suas quotas deve' :-tctificar oo escrito aos outm-e seu-os -lir rrnr-and: a quanrdaoe os quotas postas venda, c preo. ]

craco de oaoe -ns-nr.' -taro oca Ester; acostam 0-:ertuncem ao dro - pIMa PRe

r 1L 4~ 221A C L- n - - - 'a dflonIP; tOM068 os-e aLterno saci ores: oe- 'et&ee;.s cSsao,uas-

oq8

BUSCH PLANEJAM.ENrO E ORGAMZACAO DE EVENTOS LTDA CONTRAIO BOCAL

fohia 2 de 3 quotas se far na proporo das quotas que enbto possurem. Decorddc esse prazo sem que seja exercrdc o dreto de prefernoi-a as ouc-tas nnieno ser livremente transferidas.

CLUSULA OlTAvf4 DMINISTRA.C;t) DA SOCIEDADE E USO DO NOME EMPRESARi.AL A da sociedade caneM G j AMETE SErIC BUSCH , com os 000pre5 e a rures os ter

administrar os n.egc'lcs da sooledada reprasentia ativa e passivamente, judicial e extra judiciarnente. perante rgos pblicos. instituies [inanoeiras. entidades prEvadas e terceiros em geral, cern corno praticar todos os demais atos necessrbs a consecuo dos objetivos ou defesa dos interesses e direitos da sociedade autorizado o uso do nome emoresariai isoladamente.

vedado ouso do nome empresarial em atividades estranhas ao interesse social ou assumir ubng3ces Seja em favor de qualquer dos quotistas ou de terceiros. bem corno onerar ou aHensr bens imveis oa sociedade, sem autorizao do outro scm. -

2. - Facuirase ao administrador. atuando soladamarve consttuir, em nome da sociedade. orocuradores para perodo determinado, devendo o instrumento de mandato especificar os atos e operaes a serem praticados.

CLUSULA NONA RETIRADA DE PRO-LA9ORE: Os s3cios podero, de comum acordo, fixar uma .. retrreda mensal, a titulo de pr laboro" observadas as disposies reguianientares perJnentes.

CLUSULA OCMA - EXERCCiC: SOCoL. ctEl'3NSTRAES FINANCEIRAS E PARTICIPAO Dos SOCIOS NOS RESULTADOS: Ao termino ris cada exercido social, coincidente com o ano Civil, OS scinninistracicrec prestaro contas iustifcades de sus administrao, procedendo elaborao de 1 nventrio. 00 balano patrimonial a camas demonstraes contbeis requeridas pela iegsla;c &;ocietria, eiahoraoa sem conformidade com as Normas Brasiletras de Contabilidade, participando todos os socas dos lucros ou perdas apurados, na mesma proporo das quotas de capital que possuem na sociedade.

Pargrafo nico A sociedade poder 1evantar nalarios ou balancetes patrmonas em peri000s inferiores a um ano e o lucro apurado nessas dernonstrac:es intermedirias, poder ser distdhuidc inensaimente aos sc ios, a ttulo cc Anteorpao de Lucros. croporcionaimente s quotas de capital de caos um. Nesse caso ser observoua epo.sicc aos lucros quando a distribuio afetar o capital social., conforrn,e estabelece o ad .P59 ria Lei n. '3.40620O2.

CLUSULA DCIMA PRIMEIRA JULGAMENIO DAS CONTAS:Nos quatro meses seguintes ao trmno co exerccio soc1al, os scios deiberaro sonra as contas e designaro administradoras, quando tor o caso.

Par rato nico At 30 trinta dias antes de orri marcaca para a reunio. o balan0 catnmonei e c Q resuitado econmico devem as uosros ,r;or escrito, a com a prova do respectivo ecebrento. dsoosio doe scos que no exe"oann a aomnstraio.

CLUSULA DCIMA SEGUNDA - FALECIMEtCOO OU !NTERDIO DE SCIO: Falecendo ou :nterddatlo cusiouer scio, a sociedade continuar suas atividades com os herdeiros, sucessores e o o.oeaa. No sendo possvel ou rnexstindo interesse destes ou rios somos ramanascentes, o ucior de seus haveres ser apurado e liocidario com base na situao patrimonal da sociedade, s data da resoi:uo verificada era baiarto e.soec'iaimente ievantado.

Pargrafo nico O mesmo procedimento ser adorcuo ern outros casos em que a sociedade se resolva

am relao a seu scio.

OLAtJSUL DCEMA TERCEIRA .. OttCLARfi CO DE DESMPED!MNTO: 0) Administrador -. "O oenas ca l.r- 5'c . c' 'rciraadpnlsrdcdc eis socedada 30 5

O c. PCT.etoltrd, sob OSelLS '5 vedy ainda oucr temporariamente., o M eRSC ELOSTtJOS obLcos n0 por crime faiimentar de prevaricao .

- a a e: .. a Ou~ : na o t5c 5 nacional. cnrrira :norns de d'atara n:s concorrnHe. cc .rxra as relaes de consumo, f pbilca c'L o epriedada

PREF. MUN. DE PLN - PR CONFERE COM . 0 ORIGINAL

1 PREG45-' 9

089 USCH PLANEJAMENTO E ORUAMZACAO DE EVENTOS LTDA

CONTRATO SOCiAL toha 3 de 3

CLUSULA DCiMA QUARTA FORO: Fca eito o foro de Rio Negro -PR para o exerdco e o comprimento dos direitos e obrigacs: resutantas oeste contrato, renunciando-se, expressamente. a qualouer outro por mais pdvflegradc coe seJa.

E nor estarem assim, justos e onmrstaoos, ds tam, avrarn e assinam o presente nstumento em 3 (trs) as na ouai teor etorma obriando-se fielmente por Si e por seus henietros a cumprido em todos

termos.

P?n Pft, l5oe Dezembro de 2009

o

_4SLL)oJ J.ANTE 3(EiDEL BUSCH

/7

VALDlRESUSCH

THAGQUSCH Menor Msitido

SOSNUMESO' t %7Q5555544 x'foeo, $136"$tl o ' 1233

- 1 2 L.,.,OSSAL'tO

o

4. o &lGiN

BUSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE 090 EVENTOS LTDA - ME

Busch Planejamento e Organizao de Eventos Ltda- ME CNPJ: 11.453.807/0001-04 Rua Principal, Gramados- Pin/ PR

1 *x'a ei

MODELO DE PROCURAO PARA CREDENCIAMENTO

Por este instrumento particular de Procurao, a BUSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE

EVENTOS LTDA - ME, com sede Rua Principal, inscrita no CNPJ/MF sob n 11.453.807/0001-04,

Inscrio Estadual: Isento e Inscrio Municipal sob n 8109, representada neste ato por seu Socio

Administrador, Sr. JANETE SEIDEL BUSCH, portador da Cdula de Identidade RG n.

5.706.052.2/SSP-PR e CPF n. 006.577.049-89, nomeia e constitui seu bastante Procurador o Sr.

VALDIR BUSCH, portador da Cdula de Identidade RG n 4.372.319-7 CPF n 563.773.809-25, a

quem confere amplos poderes para representar a BUSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE

EVENTOS LTDA - ME perante a Prefeitura Municipal de Pin, no que se referir ao PREGO N. .85 /

2017, com poderes para tomar qualquer deciso durante todas as fases do PREGO, inclusive

apresentar DECLARAO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS DE HABILITAO, os

envelopes PROPOSTA DE PREOS e DOCUMENTOS DE HABILITAO em nome da Outorgante,

formular verbalmente lances ou ofertas na etapa de lances, desistir verbalmente de formular lances

ou ofertas na etapa de lance, negociar a reduo de preo, desistir expressamente da inteno de

interpor recurso administrativo ao final da sesso, manifestar-se imediata e motivadamente sobre a

inteno de interpor recurso administrativo ao final da sesso, assinar a ata da sesso e atas de

registro de preos, prestar todos os esclarecimentos solicitados pela PREGOEIRA, enfim, praticar os

demais atos pertinentes ao certame, em nome da Outorgante.

A presente Procurao vlida at o dia 19/06/2018

Pin, 19 de Junho de 2017

\ftvQ (kC1C/ L'V

JANETE SEIDEL BUSCH

006.577.049-89

Rua Princioa/, 200 - Gramados, P/n/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1 795 1

091

v=R Busca 301 iL3Nfln.40E( 030 OMISOOR / L)F

72319-7 SESP

738O9-25/i/i] R

= -i BUSCH ! ELVIRABtJSCH

rr~ 11

4 [::A:Ij_Acc_lcAr_1/e

3e VAU//DO IR /RVB!Lfl3330

r0c0 - k

/ V

CO , PR 116j

. 3 c

05420415344 O AS/V/VrnR OQ[SlItV 25910354339

cl O

333

- PR tEF MUt

COM Q 6R1G1

PRE

BUSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE 092 EVENTOS LTDA - ME

Busch Planejamento e Organizao de Eventos Ltda- ME CNPJ: 11.453.807/0001-04 Rua Principal, Gramados- Pin/ PR

ANEXO II

MODELO DE DECLARAO DE MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE

A Pregoeira Oficial da PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN

DECLARAO

A Empresa BUSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE EVENTOS LTDA - ME, inscrita no CNPJ/MF

sob o n 0 11.453.807/0001-04, por intermdio de seu Representante Legal, Sr.(a). JANETE SEIDEL

BUSCH, portador(a) da Carteira de Identidade n. 05.706.052.2/SSP-PR, inscrito no CPF/MF sob o n.

006.577.049-89, DECLARA, para fins do disposto no Edital de Registro de preos para eventual

locao de equipamentos de sonorizao e de sistema de iluminao, para utilizao em

eventos Municipais, conforme especificaes e quantidades estimadas constantes do

ANEXO I. n85/2017 , sob as penas da lei, que esta empresa, na presente data, considerada:

OBS: Assinalar com um "X" a condio da empresa.

1. (X) MICROEMPRESA, conforme Inciso 1 do artigo 3 0 da Lei Complementar n. 123, de

14/12/2006;

2. ( ) EMPRESA DE PEQUENO PORTE, conforme Inciso II do artigo 3 0 da Lei Complementar n.

123, de 14/12/2006;

3. ( ) MICROEMPREENDOR INDIVIDUAL, conforme 1 0 do artigo 18 da Lei Complementar n.

123, de 14/12/2006.

DECLARA ainda, que a empresa est excluda das vedaes constantes do pargrafo 4 0 do artigo 3 0

da Lei Complementar n. 123, de 14 de dezembro de 2006.

Pin, 19 de Junho de 2017

JANETE SEIDEL BUSCH

Importante:

1) A DECLARAO de enquadramento como Microempresa, Empresa de Pequeno Porte ou rJ' Microempreendedor Individual, poder ser objeto de diligncia para confirmao da veracidade da - mesma e implicar no tratamento diferenciado previsto na Lei Complementar n. 123/2006.

Rua Pr/nc4ia/, 200 - Gramados, P/n/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41).3632-1795 1

BUSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE 093 EVENTOS LTDA - ME

Busch Planejamento e Organizao de Eventos Ltda- ME CNPJ: 11.453.807/0001-04 Rua Principal, Gramados- Pin/ PR

MODELO DE DECLARAO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS DE

HABILITAO.

REF. PREGO N 85/2017

o Sra. Pregoeira, Pela presente, declaramos que, nos termos do art. 40, VII, da Lei n 10.520/2002, a empresa BUSCH

PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE EVENTOS LTDA - ME cumpre plenamente os requisitos de

habilitao para o PREGO N 85/2017, cujo objeto Registro de preos para eventual locao

de equipamentos de sonorizao e de sistema de iluminao, para utilizao em eventos

Municipais, conforme especificaes e quantidades estimadas constantes do ANEXO I.

Pin, 19 de Junho de 2017

JANETE SEIDEL BUSCH 006.577.049-89

r

Rua Principal, 200 - 6,-amados, Piri/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1795 1

2017-6-19 Poi da Transparncia - C ao astro de Empresas Inidneas e Suspensas

Porta! da Transparncia - Governo Federal - http://www.portaltransparencia.gov.br

Voc est em: Tnicio CIEIS

CADASTRO NACIONAL DE EMPRESAS INIDNEAS E SUSPENSAS (CEIS)

o cedastru Nacional de Empresas Inidneas e Suspensas (CEIS) um banco de informaes mantido pela Controladoria-Serai da Unio que tem cuinio objetivo consolider e relao das empresas e peseoea fsicas que sofreram sandes das quais decorre como efeito restrio ao direito de participar em licitaes ou de celebrar contratos com a Administrao Pblico. Saiba mais

Consulta

CPF/CNPJ: 1 11438O7/0001-04 Nome, Razo Social ou (O

Nome Nome Fantasia:

Tipo de SanoTj Todos

Quantidade de registros encontrados: O Data: 19/0612017 09:43:03

No foram encontrados registros que atendam ao seguinte critrio de busca:

CNP]/CPF: 11.453.807/0001-04

Pgina 1/1

ATE NA O

Este cadastro visa dar publicidade s sanos administrativas aplicadas contra licitantes e fornecedores. As informacs aqui veiculadas so de inteira responsabilidade

das entidades que as prestarem, no podendo a Unio ser responsabilizada pelo veracidade e/ou autenticidade de tais informaes nem pelos eventuais danos diretos ou indiretos que delas resultem causados a terceiros.

43 Designao do apenado conforme informado pelo rqo aancionedor (publicao no DOU; dados constantes de Ofcio, etc.) Constatou-se que o nome informado pelo drgo sancionador diverge significativamente do constante do cadastro da Receita Federal, considerando-se o CPF/CIiJPJ

informados. O numa constante do cadastro da Receita Federal pode ser verificado clicando-se sobre o respectivo registro. A divergncia pode indicar apenas uma alterao no nome do sancionado ou uma inconsistncia doa dados infoi - madus. Mais informaes podem ser obtidas junto ao rgo sancionador.

http://www.portaIdatransparenoia.gov.br/ceis?cpfcnpj11,453so7%2F00014n0m=t(p5ano20= 1/1

2017-6-19

1

D . E

Consulta de Impedidos de licitar

Pesquisa Impedidos de Licitar

Fornecedor -

o do` unle-e:o CNPJ

dc

Data de I1IHO

Dera de [De imnedhnarco:

Cadastro Impedidos Licitar e Contratar

095

era dccc me eta 1 :15fld) 7::rio 1 [4

ata

HUM TEM ENCONTRADO!

o

httPs://servicostce.Prgovbrftcepr/municipaIIaiIJConsuItarinpedidosw8p 111

BUSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE EVENTOS LTDA - ME

PREGO PRESENCIAL N 08512017

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN

ENVELOPE N 01 - PROPOSTA DE PREOS

DATA: 19 / 06/2017

097 BUSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE

EVENTOS LTDA - ME

Busch Planejamento e Organizao de Eventos Ltda- ME CNPJ: 11.453.807/0001-04 Rua Principal, Gramados- Pin/ PR

ANEXO VI

MODELO DE PROPOSTA DE PREOS

Prefeitura Municipal de Pin

Sra. Pregoeira,

Ref.: Edital de Prego n 85/2017

Apresentamos e submetemos apreciao de V. S nossa proposta de preos, a preos fixos e

sem reajuste, relativa licitao em epgrafe, cujo objeto Registro de preos para eventual

locao de equipamentos de sonorizao e de sistema de iluminao, para utilizao em

eventos Municipais, conforme especificaes e quantidades estimadas constantes do

ANEXO 1.

Item Descrio - Unid. Qtde

Estimada

Preo Preo

Mximo Total Unitrio -

-

-- Locao de equipamentos de

hora 400 R$ 104,50 R$ 41.800,00 sonorizao.

2 Locao dp Sistema de iluminao de

hora 150 R$ 137,50 R$ 20.625,00 -

-- pequeno porte - -- o O prazo de validade da proposta de preos de 60 (SESSENTA) dias a partir da data limite

estabelecida para o recebimento das propostas.

Declaramos, ainda, que estamos enquadrados no regime de tributao de microempresa e

empresa de pequeno porte, conforme estabelece o artigo 3 0 da lei complementar n 123/2006.

Pin, 19 de Junho de 2017.

JJ LLJ// JANETE SEIDEL BUSCH

006.577.049-89

Rua Principal, 200 - Gramados, Pln/PR. CEP 83.860-000. fone: (41) 3632-1795

Certificado da Condicao de Microempreendedor Individual - Impresso

O9gina1ci

Certificado da Condio de Microempreendedor Individual

Nome Empresarial CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997 Nome do Empresrio CLEVERSON APARECIDO LANG Nome Fantasia PS2 EVENTOS Capital Social 2.000,00

N da Identidade rgo Emissor UF Emissor CPF 2929979 SESP SC 027.859.289-97

Condio de Microempreendedor Individual

Situao Vigente Data de Inicio da Situao

..IV0 1710112013

Nmeros da Registo

CNP) NIRE 17.422.50010001-14 41-8-0143465-7

Endereo Comercial

CEP 83860-000

Bairro Centro

Municpio UF PIEN PR

Atividades

Logradouro Nmero RUA Recife 59

Desalo da Atividade Principal

Servios de organizao de feiras, congresss, exposies e festas ..

Descrio da Atividade Secundria o

1 77.21-7100 Aluguei de equipamentos recreativos e esportivos 2 90.01-9106 Atividades de sonorizao e de Iluminao - 3 74.20-0101 Atividades de produo de fotografias, exceto area e submarina 4 74.20-0104 Filmagem de festas e eventos 5 77.29-2102 Aluguel de mveis, utenslios e aparelhos de uso domstico e pessoal; Instrumentos musicais 6 96.09-2199 Outras atividades de servios pessoais no especificadas anteriormente - 7 77.39-0103 $dguel de palcos, coberturas e outras estruturas de uso temporrio, exceto andaimes

Termo de Cincia e Responsabilidad, com Eleita d* M~ de Licena e Funcionamett Provisrio - declarao pratada no momento da inscrio:

Declaro, sob as penas da Lei, que conheo e atendo os requisitos legais exigidos pelo Estado e pela Prefeitura do Municpio pan emisso do Alvar de Licena e Fundonamento, compreendidos os aspectos sanitrios, ambientais, tributrios, de segurana Rblica uso e ocupao do solo, atividades domldliares e restries ao uso de espaos pblicos. O no-atendimento a esses requisito/ acarretar o cancelamento deste Alvar de Licena e Funcionamento Provisrio.

Este Certificado comprova as insaies, alvar. Unee e a situao de enquadramento do empresrio na condio da Microempreendedor Individual. A sua aceita' est condidonada veilficao de sua autenticidade na Internei, no endereo: ItttpJw.poflaIdoempreendedoitgov.br/

Data de Incio de Atividades 1710112013

*digo da Atividade Principal 82.30-0101

Cdigo da Atividade

Secundria

17/01/2(

039

T7

020 ou 9< CV) ) LIOIA LANG - PSPJiiSASo Sri DAT.

00

CV) A ASSISTES VAUDAJE IHASTLITSO - ][iio7i1997

Ir 00

ASANATUNA no PORTADOR DATA EMISSO

o (PIEN, PR 10/02/2017 1 - Y) 7

)fl A1oosqgnb 11658280170 E

PR912306267

CV) doa~ PARAN

e

4?- 2

- 100

Cleverson Aparecido Lang 02785928997 CNPJ: 17.422.500/0001-14 Rua Recife, 59 Centro - PinlPr. Tela (41)8527-4421

DECLARAO DE MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE

A Pregoeira Oficial da PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN

DECLARAO

CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997, inscrita no CNPJ/MF sob n 17.422.500/0001-14, por intermdio de seu representante legal, o Sr. Cleverson Aparecido Lang, portador da carteira de identidade n 2929979 SESP/SC., inscrito no CPF/MF sob n 027.859.289-97, DECLARA, para fins do disposto no Edital de PREGO PRESENCIAL N 085/2017, sob as penas da lei, que esta empresa, na presente data, considerada:

1. ( ) MICROEMPRESA, conforme Inciso 1 do artigo 3 da Lei Complementar n 123, de 14/12/2006;

2. ( ) EMPRESA DE PEQUENO PORTE, conforme Inciso II do artigo 3 da Lei Complementar n 123, de 14/12/2006;

3. (X) MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL, conforme 1 do artigo 18 da Lei Complementar n 123, de 14/12/2006.

Declara, ainda, que a empresa est excluda das vedaes constantes do pargrafo 4 do artigo 3 da Lei Complementar n 123, de 14 de dezembro de 2006.

PinlPr., 19 de junho de 2017.

c

CLEVERSON APARECIDO LANG

4:

4 4A 1UJ.

Cleverson Aparecido Lang 02785928997 CNPJ: 17.422.50010001-14 Rua Recife, 59 Centro - Pin/Pr. Tel.: (41)8527-4421

DECLARAO DE QUE A PROPONENTE CUMPRE OS REQUISITOS DE

HABILITAO.

Prefeitura Municipal de Pin

Pin - PR.

REF. PREGO PRESENCIAL N085/2017

Sra. Pregoeira,

Pela presente, declaro que, nos termos do art. 40, VII, da Lei n 10.520/2002, a empresa

CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997, cumpre plenamente os requisitos de habilitao

para o PREGO PRESENCIAL N 085/2017, cujo objeto o Registro de Preos para eventual

locao de equipamentos de sonorizao e de sistema de iluminao, para utilizao em eventos

Municipais, conforme especificaes e quantidades estimadas constantes do Anexo 1.

PinIPR., 19 de junho de 2017.

/1t

CLEVERSON APARECIDO LANG

2317-6-19 Portal da Transparncia - Cadastro de Empresas Iniconeas e Suspensas

Portal da Transparncia - Governo Federal - http://www.portaltransparencia.gov.br 102 Voc est em: Incio CEIS

CADASTRO NACIONAL DE EMPRESAS INIDNEAS E SUSPENSAS (CEIS)

O Cadastro Nacional de Empresas Inidneaa o Suspensas (CEIS) um banco de informaes mantido pela Controladorie-Geral da Unio que cem como objetivo consolidar a relao das empresas e pessoas fsicas que sofreram sanes das quais decorra como efeito restrio ao direito de participar em licitaes ou de celebrar contratos com a Administrao Pblica. Saiba meia

Consulta

cpriifl i7.422.500000i-14

Nome, RazoSocial ou 1 10pcicreli Nome Fantasia:

Tipo de san Todos

Quantidade de registros encontrados: O Data: 19/06/2017 09:44:12

No foram encontrados registros que atendam ao seguinte critrio de busca:

CNPJ/CPF: 17.422.50010001-14

Pgina 1/1

ATENO

Este cadastro vi se dar publicidade s sanes administrativas aplicadas contra licitantes e fornecedores. As informaes aqui veiculadas so de inteirar esponsa bilidade

das entidades que as prestaram, no podendo a unio ser responsabilizada pele veracidade e/ou autenticidade de tais informaes nem pelos eventuais danos diretos ou indiretos que delas resultem causados a terceiros.

Designao do apenado, conforme informado pelo rgo sancionador (publicao no DOU; dados constantes de Oficio, etc.)

Constatou-se que o nome informado pelo rgo sancionador diverge significativamente do constante do cadastro da Receite Federal, considerando-ao o CPF/CNPJ

informados. O nome constante do cadastro da Receita Federal pode ser verificado clicando-se sobre o respectivo registro. A divergncia pode indicar apenas Uma alterao no nome do sancionado ou uma inconsistncia dos dados informados. Flais informaes podem ser obtidas junto ao rgo aancionador.

o

http:I/www.portaldairansparencia.gov.br/cejs7opfcppj l7.422.S00%2F003114&nome=&tipoSartao= 1/1

2017-6-19 Cadastro Impedidos Licitar e Contratar

103

TCEPR.

Consulta de Impedidos de licitar

Pesquisa Jnpedidos da Licitar

Fornecedo . ..

Tipc.run:tc CNPJ

......................

(Iatde j;.- imcyyWneniv): de

*HUM ITEM ENCONTRADO!

o

https://servicos.tce.prgov.br/tcepr/municipaI/aiI/Consultarimpedjdwebaspx 111

IM

CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997

RUA RECIFE, N 59

CENTRO - PIN/PR

PREGO PRESENCIAL N 08512017

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN

ENVELOPE N01 - PROPOSTA PEPROS

DATA: 19/06/2017

105

CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997

CNPJ: 17.422.500/0001-14

RUA RECIFE, N59

CENTRO - PIN/PR.

PROPOSTA DE PREOS

Prefeitura Municipal de Pin

Sra. Pregoeira,

Ref.: Edital de Prego n 085/2017

Apresentamos e submetemos apreciao de V. Sa nossa proposta de preos, a preos fixos e sem

reajuste, relativa licitao em epgrafe, cujo objeto o Registro de preos para eventual locao de

equipamentos de sonorizao e de sistema de iluminao para utilizao em eventos Municipais,

conforme as especificaes e quantidades estimadas abaixo:

Qtde Preo Preo Item Descrio Unid. Estimada Mximo Mximo Unitrio Total

1 Locao de equipamentos de hora 400 R$ 104,50 R$ 41.800,00 sonorizao.

2 Locao dp Sistema de iluminao de

hora 150 R$ 137,50 R$ 20.625,00 pequeno porte

O prazo de validade da proposta de preos de 60 (sessenta) dias a partir da data limite

estabelecida para o recebimento das propostas.

Declaramos, ainda, que estamos enquadrados no regime de tributao de microempresa,

conforme estabelece o artigo 3 da lei complementar n 123/2006.

Pin, 19 de junho de 2017.

CYIEVERSON APAkEdDO LANG

RG: 2929979/SC /

106

CLEVERSON APARECIDO EkNGezva5928997

RUA RECIFE, NS9

CENTRO - PIN/PR

PREGO PRESENCIAL N 08512017

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN

ENVELOPE N02- HABILITAO

DATA: 19/06/2017

2017-6-12 Comprovante de Inscrio e de Situao Cadastral

Comprovante de Inscrio e de Situao Cadastral 107 Contribuinte,

Confira os dados de Identificao da Pessoa Jurdica e, se houver qualquer divergncia, providencie junto RFB a sua atualizao cadastral.

REPBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

W CADASTRO NACIONAL DA PESSOA JURDICA I NUMERO OE INSCRIO 1 COMPROVANTE DE INSCRIO E DE IDATADEADERTUR 1 17.422 .50010001-14 1 MATRIZ 1 SITUAO CADASTRAL

17/01/2013

NOME EMPRESARIAL GLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997

TITULO DO ESTABELECIMENTO (NOME DE FARTASLA) P82 EVENTOS

CDIGO E DESCRIO OAATMDADE ECONMICA PRINCIPAL 82.30-0-01 - Servios de organizao de feiras, congressos, exposies afastas

CDIGO E DESCRIO DAS ATIVIDADES ECONIMICAS SECUNORIAS 77.21-7-00 - Aluguel de equipamentos recreativos e esportivos 90.01-9-06 - Atividades de sonorizao e de iluminao 74.20-0-01 - Atividades de produo de fotografias, exceto area e submarina 74.20-0-04 - Filmagem de festas e eventos 77.29-2-02 - Aluguel de mveis, utenslios e aparelhos de uso domstico e pessoal; instrumentos musicais 96.09-2-99 - Outras atividades de servios pessoais no especificadas anteriormente 77.39-0-03 - Aluguel de palcos, coberturas e outras estruturas de uso temporrio, exceto andaimes

CDIGO E DESCRIO DA NATUREZA JURIDICA 213-5 - EMPRESARIO (INDIVIDUAL)

NMERO LOGRADOURO COMPLEMENTO R Recife 59

CEP BAIRRO/OISTRITO MUNICIPIO UF 83.860-000 Centro PIEN PR

ENDEREO ELEfRNICO TELEFDNE cleverson_lang@hotmail.com (41) 9941-5801

ENTE FEDERATIVO RESPONSVEL(EFR)

SITUAO CADASTRAL DATA DA SITUAO CADASTRAL ATIVA 17/01/2013

SITUAO ESPECIAL

11

DATA DASITUAO ESPECIAL

Aprovado pela Instruo Normativa RFB n 1.634, de 06 de maio de 2016.

Emitido no dia 1210612017 s 15:46:17 (data e hora de Braslia). Pgina: 111

Consulta CISA 1 Capital Social

Volta r

PflCpaai Pqni

rH paa mpos.o

A RFB agradece a sua visita. Para informaes sobre poltica de privacidade e uso, dique aqui.

Atualize sua pgina

1(1

2017-6-12 ReceitaPR - Cadastro deInscries Estaduais (Paran)

1ff

12/06/2017 15:49:05

Sua solicitao no pde ser atendida

Servio: cadastro de Inscries Estaduais

Motivo: 17422500000114 - CNPJ NAO CADASTRADO NO CAD/ICMS

Orientaes adicionais ? Entre em contato com o SAC - Servio de Atendimento ao Cidado

LrD

e 111

o

o

https://www.sifge.caixa.gov.br/EmpresalCrl7Crt7FgeCFSlmpriin ii....

109

IMPRIMIR J VOLTAR

CAlt ia CAIXA ECONMICA FEDERAL

Certificado de Regularidade do FGTS - CRF

Inscrio: 1742250010001-14

Razo Social: CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997

Nome Fantasia:P52 EVENTOS

Endereo: R RECIFE 59 / CENTRO / PIEN / PR / 83860-000

A Caixa Econmica Federal, no uso da atribuio que lhe Confere O Art. 7, da Lei 8.036, de 11 de maio de 1990, certifica que, nesta data, a empresa acima identificada encontra-se em situao regular perante o Fundo de Garantia do Tempo de Servio - FGTS.

O presente Certificado no servir de prova contra cobrana de quaisquer dbitos referentes a contribuies e/ou encargos devidos, decorrentes das obrigaes com o FGTS.

Validade: 08/0612017 a 07/07/2017

Certificao Nmero: 2017060803313222202193

Informao obtida em 12/06/2017, s 15:57:43.

A utilizao deste Certificado para os fins previstos em Lei est condicionada verificao de autenticidade no site da Caixa: www.caixa.gov.br

1 de 1

12/06/2017 15:57

110

PODER JUDICIAR1C' JJT' DC: C't.1p,r.T : TJ:

CERTIDO NEGATIVA DE DBITOS TRABALHISTAS

Nome: CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997 (MATRIZ E FILIAIS) CNPJ: 17.422.500/0001-14 Certido fl: 130610526/2017 Expedio: 12/06/2017, s 16:00:25 Validade: 08/12/2017 - 180 (cento e oitenta) dias, contados da data de sua expedio.

Certifica-se que CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997 (MATRIZ E FILIAIS) inscrito(a) no CNPJ sob o n 17.422.500/0001-14, NO CONSTA do

Banco Nacional de Devedores Trabalhistas. Certido emitida com base no art. 642-A da Consolidao das Leis do Trabalho, acrescentado pela Lei n 12.440, de 7 de julho de 2011, e na Resoluo Administrativa n 1470/2011 do Tribunal Superior do Trabalho, de 24 de agosto de 2011. Os dados constantes desta Certido so de responsabilidade dos Tribunais do Trabalho e esto atualizados at 2 (dois) dias anteriores data da sua expedio. No caso de pessoa jurdica, a Certido atesta a empresa em relao a todos os seus estabelecimentos, agncias ou filiais. A aceitao desta certido condiciona-se verificao de sua autenticidade no portal do Tribunal Superior do Trabalho na Internet (http://www.tst.jus.br ). Certido emitida gratuitamente.

INFORMAO IMPORTANTE

Do Banco Nacional de Devedores Trabalhistas constam os dados necessrios identificao das pessoas naturais e jurdicas inadimplentes perante a Justia do Trabalho quanto s obrigaes estabelecidas em sentena condenatria transitada em julgado ou em acordos judiciais trabalhistas, inclusive no concernente aos recolhimentos previdencirios, a honorrios, a custas, a emolumentos ou a recolhimentos determinados em lei; ou decorrentes de execuo de acordos firmados perante o Ministrio Pblico do Trabalho ou Comisso de Conciliao Prvia.

1 e Lqestces:

Li

2017-6-12

111

MINISTRIO DA FAZENDA Secretaria da Receita Federal do Brasil

W Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional

CERTIDO NEGATIVA DE DBITOS RELATIVOS AOS TRIBUTOS FEDERAIS E DVIDA ATIVA DA UNIO

Nome: CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997 CN PJ: 17.422.50010001-14

Ressalvado o direito de a Fazenda Nacional cobrar e inscrever quaisquer dvidas de responsabilidade do sujeito passivo acima identificado que vierem a ser apuradas, certificado que no constam pendncias em seu nome, relativas a crditos tributrios administrados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) e a inscries em Dvida Ativa da Unio junto Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

Esta certido vlida para o estabelecimento matriz e suas filiais e, no caso de ente federativo, para todas os rgos e fundos pblicos da administrao direta a ele vinculados. Refere-se situao do sujeito passivo no mbito da RFB e da PGFN e abrange inclusive as contribuies sociais previstas nas alneas 'a' ad' do pargrafo nico do art. 11 da Lei n 2 8.212, de 24 de julho de 1991.

o A aceitao desta certido est condicionada verificao de sua autenticidade na Internet, nos endereos ou .

Certido emitida gratuitamente com base na Portaria Conjunta RFB/PGFN nil 1.751, de 02110/2014. Emitida s 15:30:56 do dia 12/0612017 . Vlida at 0911212017. Cdigo de controle da certido: 9457.FD23.C9CC.79C1 Qualquer rasura ou emenda invalidar este documento.

o /9

c

111

Estado do Paran

112 Secretaria de Estado da Fazenda

PARAN Coordenao da Receita do Estado

Certido Negativa de Dbitos Tributrios e de Dvida Ativa Estadual

N016442358-OS

Certido fornecida para o CNPJIMF: 17.422.50010001-14 Nome: CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997 Estabelecimento sem registro no Cadastro de Contribuintes do ICMS/PR

Ressalvado o direito da Fazenda Pblica Estadual inscrever e cobrar dbitos ainda no registrados ou que venham a ser apurados, certificamos que, verificando os registros da Secretaria de Estado da Fazenda, constatamos no existir pendncias em nome do contribuinte acima identificado, nesta data.

Obs.: Esta Certido engloba todos os estabelecimentos da empresa e refere-se a dbitos de natureza tributria e no tributria, bem como ao descumprimento de obrigaes tributrias acessrias.

Vlida at 1011012017 - Fornecimento Gratuito

A autenticidade desta certido dever ser confirmada via Internet www.fazenda.pr.gov ,br

Pqa,a 1 de 1 Emitido via Internet Pblica (lO0I7 15:55:39)

o

2017-6-12

Certido

113

CNPJ: 76.002.66610001-40

Prefeitura Municipal de Pien Rua Amazonas n 373 - Centro - Pin - Paran - CEP 83.860-000

CERTIDO NEGATIVA DE DBITOS MUNICIPAIS N.1557/2017

1. FICA RESSALVADO O DIREITO DA FAZENDA MUNICIPAL COBRAR DBITOS CONSTATADOS

IMPORTANTE: POSTERIORMENTE MESMO REFERENTE AO PERODO - COMPREENDIDO NESTA CERTIDO.

2. A PRESENTE CERTIDO TEM VALIDADE AT 12/07/2017, SEM RASURAS E NO ORIGINAL.

REVENDO OS ARQUIVOS E REGISTROS, CERTIFICAMOS QUE: O CONTRIBUINTE NADA DEVE FAZENDA PBLICA MUNICIPAL RELATIVO A EMPRESA MENCIONADA ABAIXO.

Pin, 12 de Junho de 2017

NEGATIVA N- 1557/2017 CDIGO DE AUTENTICAO: 9ZTMJ42QET4M44229UQ

FINALIDADE: CADASTRO E/OU CONCORRNCIA E/OU LICITAO

RAZO SOCIAL: CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997

INSCRIO EMPRESA CNPJ/CPF PROTOCOLO DATA DE EMISSO T 11126 17.422.500/0001-14 12/06/2017 ENDEREO

RUA RECIFE, 59- CENTRO CEP: 83860000 Pin - PR CNAE / ATIVIDADES

Servios de organizao de feiras, congressos, exposies e festas, Atividades de produo de fotografias, exceto area e submarina, Filmagem de festas e eventos, Aluguel de equipamentos recreativos e esportivos, Aluguel de mveis, utenslios e aparelhos de uso domstico e pessoal; instrumentos musicais, Aluguel de palcos, coberturas e outras estruturas de uso temporrio, exceto andaimes, Atividades de sonorizao e de iluminao, Outras atividades de servios pessoais no especificadas anteriormente

4,1 Emitido por: Equiplano Pblico Web

http://177.125.22199:7474/esportal/stnicertidao.viewlogjc?jdCertidao788 1/1

e

e

11.4

Cleverson Aparecido Lang 02785928997 CNPJ: 17.422.50010001-14 Rua Recife, 59 Centro - Pin/Pr. Tel.: (41)8527-4421

DECLARAO

Prego Presencial n085/2017

Declaramos para os fins de direito, na qualidade de Proponente do procedimento licitatrio em epgrafe, instaurado por este municpio, que:

a) No possumos, em nosso quadro de pessoal, empregados menores de 18 (dezoito) anos em . trabalho noturno, perigoso ou insalubre e em qualquer trabalho, menores de 16 (dezesseis)

anos, salvo na condio de aprendiz, a partir de 14 (quatorze) anos, em observncia Lei Federal n9854, de 27.10.99, que altera a Lei no 8666/93;

b) Nenhum de nossos scios servidor ou dirigente de rgo do Municpio de Pin;

c) No estamos suspensos temporariamente de participar em licitao ou impedidos de contratar com a administrao, por prazo no superior a 2 (dois) anos;

d) No fomos declarados inidneos para licitar ou contratar com a administrao Pblica, em qualquer de suas esferas;

e) At a presente data inexistem fatos impeditivos para sua habitao no presente processo e estamos cientes da obrigatoriedade de declarar ocorrncias posteriores.

Por ser expresso da verdade, firmamos a presente.

Pin/Pr.. 19 de junho de 2017.

CLEVERSON APARECIDO LANG

2017-6-12 Simples Nacional

Consulta Optantes

Data da consulta; 12/06/2017 ffl Identificao do Contribuinte - CNP) Matriz

CNPJ 17.422.50010001-14 A noo pela Simples Nacional e/ou SIMEI abrange todos os estabelecimentos da empresa

Nome Empresarial CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997

'E Situao Atual

Situao no Simples Nacional Optante pelo Simples Nacional desde 17/0112013

Situao no SIMEI: Optante pelo SIMEI desde 17101/2013

IE Perodos Anteriores

Opes pelo Simples Nacional em Perodos Anteriores: No Existem

Opes pelo 51MB em Perodos Anteriores: No Existem

II Agendamentos (Simples Nacional)

Agendarnentos no Simples Nacional: No Existem

ii Eventos Futuros (Simples Nacional)

Eventos Futuros no Simples Nacional: No Existem

Eventos Futuros (SIMEI)

Eventos Futuros no SIMEI: No Existem

http:J/www8.receitafazenda.gov.br/SimplesNacionaJ/aplicacoes.px?id22 1/1

116 CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997

CNPJ: 17.422-500/0001-14

RUA RECIFE, N59

CENTRO - PIN/PR.

DECLARAO DE EXECUO DOS SERVIOS

Prefeitura Municipal de Pin Sra. Pregoeira,

Ref.: Edital de Prego no 085/2017

CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997, inscrita no CNPJ/MF sob n 17.422.500/0001-14, por intermdio de seu representante legal, Sr. CLEVERSON APARECIDO LANG, portador da carteira de identidade n 2929979 SSP/SC., inscrita no CPF/MF sob n 027.859.289-97, DECLARA, sob as penas da lei, que os servios, objeto do Prego Presencial n 085/2017, sero prestados diretamente pelo Sr. Cleverson Ap. Lang, portador do RG n 2929979/SC. e inscrito no CPF n 027.859.289-97, na condio de titular da empresa proponente.

Por ser expresso da verdade, firmamos a presente.

PinlPr., 19 de junho de 2017.

ali? PREFEITURA MUNICIPAL DE PIEN

ESTADO DO PARAN

PREGO N085/2017

CREDENCIAMENTO, ANLISE DE PROPOSTAS

LANCES VERBAIS, HABILITAO E ADJUDICAO

No dia dezenove do ms de junho do ano de dois mil e dezessete, s 09:30 horas, reuniram-se na sala

de reunies da Prefeitura Municipal de Pin, localizada na Rua Amazonas, n 373, Centro, Pin/PR, a

pregoeira e sua equipe de apoio, designados pelo Decreto n 004/2017, para procederem s atividades

pertinentes ao PREGO PRESENCIAL nO 08512017, que tem como objeto o Registro de preos

para eventual locao de equipamentos de sonorizao e de sistema de iluminao, para

utilizao em eventos Municipais. s 09:30 horas foi aberta a sesso pblica, iniciando o perodo de

identificao/credenciamento dos representantes e de recebimento dos envelopes, tendo sido

credenciadas 03 empresas participantes a saber: BUSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZAO DE

EVENTOS LTDA., inscrita no CNPJ sob n 11.453.807/0001-04, estabelecida a Rua Principal, n 200,

Gramados, em Pin/PR, CEP 83.860.000, fone: (41) 3632 1795, representado nesta sesso pelo Sr.

representado nesta sesso pelo Sr. Valdir Busch portador do RG n 4.372.319-7-SESP/PR e inscrito no

CPF sob n 563.773.809-25; CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997, inscrita no CNPJ sob n

17.422.500/0001-14, estabelecida a Rua Recife, n 0 59, Centro, em Pin/PR, CEP 83.860.000, fone: (41)

8527-4421, representado nesta sesso pelo Sr. Cleverson Aparecido Lang, portador do RG n 2929979-

SSP/PR e inscrito no CPF sob n 027.859.289-97 e ADALBERTO RAMOS DA ROSA NETO EIRELI -

ME inscrita no CNPJ sob n 26.356.437/0001-56, estabelecida a Rua Laura Nunes Fernandes, n 41,

Parque da Fonte, em So Jos dos Pinhais/PR, CEP 83050.610, fone: (41) 995710016, representado

nesta sesso pelo Sr. Adalberto Ramos da Rosa Neto, portador do RG n 9793315-4 SESP/PR e inscrito

no CPF sob n 079.910.559-73. Imediatamente aps o encerramento do perodo de credenciamento,

iniciou-se a etapa de recebimento dos envelopes. A pregoeira e sua equipe de apoio iniciaram a abertura

dos envelopes de propostas de preos, efetuando a verificao dos requisitos exigidos no edital, a

pregoeira verificou os preos ofertados e sua conformidade com previso editalcia. Foi constatado que

todas as empresas apresentaram a proposta de acordo com o Edital. Iniciou-se a etapa de lances

verbais, em que os representantes credenciados optaram em manter a proposta escrita, cujo Relatrio

segue em anexo. Com o encerramento da etapa de lances verbais, a empresa ofertante dos menores

preos tive seus documentos verificados e achados conformes, sendo, portanto, habilitada. Os

representantes presentes analisaram e vistaram a documentao, no tendo nada a acrescentar ao que

j foi relatado. Finalizada a etapa competitiva a pregoeira declarou a empresa CLEVERSON

APARECIDO LANG vencedora, conforme registrado no Relatrio de Classificao por Fornecedor que

segue anexo. Concludos os procedimentos relativos ao PREGO PRESENCIAL n 08512017,

considerando que: a) as propostas das empresas vencedoras satisfazem s exigncias do edital; b) foram

apresentados todos os documentos exigidos para fins de habilitao em conformidade com as exigncias r

do edital; c) os preos cotados esto dentro do limite estabele do em edital; d) no houve manifestao 1

_118 PREFEITURA MUNICIPAL DE PIEN

ff

ESTADO DO PARANA

expressa por parte dos representantes das licitantes de inteno de interpor recurso. Para a regular

finalizao do procedimento, a pregoeira adjudicou os itens as empresas acima identificada. Nada mais

havendo, foi lavrada esta ata, ressalvando, ainda, que os membros da equipe de apoio, ao assinarem a

ata, atestam sua participao e colaborao no certame.

Pregoeira: PATRICIA APARECIDA TROJANOVSKI

Equipe de apoio: DOROTI DE FTIMA PIECKOCZ

Equipe de apoio: MRCIA ZIGOVSKI

BUSCH PLANEJAMENTO E ORG. DE EVENTOS LTDA.

CLEVERSON APARECIDO LANG

ADALBERTO RAMOS DA ROSA NETO EIRELI - ME

[1

2

PATRICIA APARECIDA TROJANOVSIKI Preiro Membro nieiriu'o

Prefeitura Municipal de Pin -2017 119 t Relatorio de Lances dos Fornecedores Prego 6612017 Paginei

Oe4o REGISTRO DE PREO PARA EVENTUAL LOCAO DE EQUIPAMENTOS DE SONORIZAO E DE SIST

Lc4e: 0301 Sem COI LOCAO DE EQUIPAMENTOS DE SONORIZAO Marcwfl4odelo: Quan6dede: 460,30

Ecnece 11647 CLEVERSON APARECIDO LANG 02755928997 Vencedor

Ra Valor

Lance Inicial 10460

1 10440

2 10430

3 10230

4 130.50

5 99.50

6 9883

7 9750

8 90,50

o 95007 lO 93513

li

12 5950

Frenecedir = BOSCH PLANEJAMENTO E ORGANIZACAO DE EVENTOS LTDA- ME Declinou Ralada Valor

Leite Inicial 10450

ForrecoJa, 15590 ADALBERTO RAMOS DA ROSA NETO - ELRELI - ME Declinou Rodada Valor

Lance Inicial 104150

1 10430

2 10389

3 10103

4 13060

5 90.013

6 9830

7 97.30

6 9050

9 9450

10 02.50

11 9860

L ibi e, 0X1 leni' 0X2 LOCAO DE SISTEMA DE ILUMINAO DE PEQUENO PORTE Ma-ca.1o: Oua1ide 150.30

Forrecocor 11647 CLEVERSON APPREC IDO LANG 9127665128997 Vencedor

Rodada Valor

Lance Inicial 137,50

1 137.30

Fornecedor 98 BUSCH PLAMEJAMENTO E ORGANIZACAO DE EVENTOS LTDA - ME Declinou Rodada Valor

Late Inicial 13750

Fo -na~ 15508 ADALBERTO IRAM OS DA ROSA NETO - EIR ELI - ME Declinou Rolada Valor

Lance Inicial 137.50

CLEVERSON AAli,c

IDO LANG 02785028997 BUSCH PLANE3ANIENTO E ORGANIZACAO DE EVENTOS ADALBERTO RAMOS DA ROSA NETO - EIREU - ME LTDA - NE

Emitiitjpr DOROTI DE FATIMA PIECKOCZ. na ao 5516p 19160/2017100253

Prefeitura Municipal de Pin -2017 120 Classificao por Fornecedor

Prego 8512017

P3ina 1

IIn Produto/Servio UN. Quafihidade Status M&ca Preo Unit&io Preo Total Sei

Fornecedor: 14647-5 CLEVERSON ARMECIDO LANG 02785S297

Lote W1 -Lote 001

031 15631 LOCAO DE EOUIPNAEN lOS DE SONORIZAO

032 132 LOCAO DE SISTEMA DE ILUMINAO DE PEQUENO P

ORTE

CNPJ: 17.42Z60W0004-14 Telefone: 41 99415801 Status: Ctasdfiado

HR 40363 Classificado

IHR 15003 Classificado

69,50

137.03

66 .350,63

56.360.03

35&CW

2055003 *

rj

E]

(j @

Emit~ DOROTI DE FATIMA PIECKOCZ, na verso 5016 p 1~1710D542

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 121 ESTADO DO PARAN

PROCURADORIA JURDICA

PARECER JURDICO FINAL

Processo Administrativo n: 125912017 (Prego Presencial n 08512017)

Interessado: Departamento de Licitaes e Compras/ Pregoeira

Assunto: Homologao final de licitao

Encaminha-nos a Pregoeira Municipal, o processo licitatrio modalidade Prego

Presencial n 085/2017, cujo objeto o registro de preos para eventual locao de

equipamentos de sonorizao e de sistema de iluminao, para utilizao em eventos

Municipais, em atendimento s Secretarias Municipais, para anlise quanto possibilidade de

o homologao final do certame. 1. Da anlise do processo:

A contratao em epgrafe teve incio com a abertura de processo administrativo,

contendo o requerimento formulado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, detalhando o objeto

de sua pretenso e justificando sua finalidade.

Foram informados os recursos oramentrios, a previso financeira para o custeio da

despesa foi confirmada e depois de avaliada a necessidade e convenincia do pedido, a contratao

foi autorizada pelo Prefeito.

A Comisso Permanente de Licitao sugeriu que a pretenso fosse atendida atravs

de licitao, na modalidade Prego Presencial, justificando que o objeto de natureza comum.

Foi designada Pregoeira e equipe de apoio para a conduo dos trabalhos, os quais

elaboraram a minuta do instrumento convocatrio e da respectiva ata de registro de preos, que

foram submetidos apreciao da Procuradoria Jurdica, e, por estarem em conformidade com os

termos das Leis Federais n 8.666/93 e n 10.520/02 e Decretos Municipais n 002/06 e 153/11,

foram aprovados, consoante parecer incluso ao processo.

No que diz respeito licitao em questo ser destinada exclusiva participao de

Nlicroempresas e/ou empresas de Pequeno Porte, tal exclusividade encontra respaldo no disposto no

inciso 1 do art. 48 da Lei Complementar n 123/06, alterada pela Lei Complementar n 147/14, bem

como est amparada pelo que disciplina o inciso III do 1 0 do art. 34 da Lei Complementar Municipal

n 1/15.

J na fase externa, constatou-se que a divulgao da licitao se deu em estrita

obedincia legislao pertinente quanto forma e os prazos para a realizao do certame.

Da apreciao dos documentos apresentados pelas licitantes, relativos ao

credenciamento, habilitao jurdica e fiscal, declaraes firmadas e proposta reos, aps exame

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN 122 ESTADO DO PARAN

de sua compatibilidade com as exigncias do instrumento convocatrio, conclui-se, que a licitao foi

processada e julgada com observncia dos procedimentos estabelecidos nas Leis Federais n 8.666/93

e no 10.520/02 e no Decreto Municipal n 002/06.

No houve interposio de recursos e o objeto da licitao foi adjudicado pela

Pregoeira vencedora do certame.

2. Da concluso:

Considerando que a homologao o ato de controle da regularidade de todo o

procedimento realizado como condio de validade da contratao, pelo qual se pe fim ao processo,

e, considerando ainda, que nenhuma ilegalidade foi constatada na anlise efetuada por esta

Procuradoria, opinamos pela homologao final do processo em epgrafe, cabendo, no entanto,

autoridade competente, a avaliao quanto oportunidade e convenincia.

o parecer.

Pin/PR, 28 de junho de 2017.

Rosa aria Gros4l

OAB n 52.522

r

7

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN ESTADO DO PARAN 123

PREGO PRESENCIAL N 08512017

PROCESSO N 1259/ 2017

HOMOLOGAO

Eu, LIVINO TURECK, Prefeito Municipal de Pin, no uso de minhas atribuies

legais:

HOMOLOGO para que produza seus efeitos legais, o Prego Presencial n

085/2017, referente ao processo n 1259/2017, que tem por objeto o Registro de preos

para eventual locao de equipamentos de sonorizao e de sistema de iluminao, para

utilizao em eventos Municipais, tendo em vista que em toda sua tramitao foi atendida a

legislao pertinente, consoante parecer jurdico contido nos autos.

Pin/PR, 29 de junho de 2017.

Prefeito Municipal

Paran, 29 de Junho de 2017 Dirio Oficial dos Municpios do Paran ANO VI N'1284

2Fv0076 '774301'1111019111311 12061017 510.11

KDS5247 217401(P00ll 19750-1 13,01622017 19411

1 .N0043 27745000001 '7762(6, 16-06-'20 17 53412 LPL"4)9 2774501 10llO1 07751 110020' 7 99412 Mlvi (151 1774000000294690 12 , 06 1 017 76771 \11V7604 2774500000] 91(69] (9:0021)17 77662

SIL11S0) 27715001100196041 II) 116 2017 554I2

SILQ5)91 277450011011197666 11(16 1 017 55422 I'VP942(( 1'745 ((01111111 971D77 14 20i7 5,41 1

Publicado por:

Reginaldo Poleti

Cdigo ldentificador:69849704

ESTADO DO PARAN PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN

SECRETARIA DE ADMINISTRAO E FINANAS EXTRATOS DE ADITIVOS DE CONTRATOS

CNPJ: 76.002.66610001-40

bAIA DO Ao ri N - DO N'DA LICITAO

'IOO;LID.IDE CONTRATADO ADITIVO

- O PERIOOI 1 176 (ONTRTAO FIRA PRORROGADO POR MAIS 06 SOIS) NIF SUS

FLNDSt) H&RRV Guino II- I'Sl RAZO) DA RIPACTUAAO GIlA 7706-2017 1170/20(62" ADITIVO 1120-20 Lo INEXIGIRILIDADE CREIPEI.. itisiia ia 0707 oob o' AJUSTADA. O (7 IS RAI'O FICA ACRES, IDI) EM

((4,563,I(l0-i]lllll -70 MAIS 14$ 975.901,26 ]NOVI2Cl2NTO5 E SEFENTA E CINCO MIL. NO VI/CENTOS E UM RE sIs 1 VINTE E SEIS CENTAVOS].

Publicado por:

DomEi de Fatima Pieckocz Cdigo ldentifleador:95B902F6

SECRETARIA DE ADMINISTRAO E FINANAS EXTRATO DE RESULTADO DE LICITAES -2017

5' 1)4 I.iCrI'A.o MOi)-%I,Ifl.ADE DE ttTLIt4/ oo: - 'o 'Esn:0o14 S LOR PRAZO

DE

CiA/ .URA,t0 EXECUO

1910011017 Registro de preos para eventual IIICOOO de equipamentos de CLEVERSON APARECIDO

08512017 PREGO PRESENCIAL 01/08/2017 sonotiz. ai,ede sE lema LANG 02785928997, Inoculo no 56.350,00 1 1(DOZE) MESES 20,16l2017 de (lo. 'titia flo. para CNP.I ooIo n' 1 7.422.5011/0lI0I-14

III) (lio ('RI evoilos SI ii iticipalo.

2610812017 Contralaai. de empresa para prcsla)o de

1)1/ JESUS MELO ADILSON 089/1017 PREGO PRESENCIAL 080821117 seniosde limpeza pata

- ME, inocti oito CNPJ sob .'14.850,00 02(0015) MESES

28/04111117 a 25 Fesia do Produtor 24.514.866/l1001-96 Roral de PIeI. Incluindo mOo de obra e matetiaR.

Publicado por:

Doroti de Fatima Pieckocz

Cdigo Idenlifleador:A535557B

ESTADO Do PARAN PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRAQUARA

SUPERINTENDNCIA DE GESTO DE PESSOAS EDITAL N" 16012017

EDITAL DE ENSALAMENTO DO CONCURSO PBLICO

A Comisso Especial do Concurso Pblico da Prefeitua Municipal de Piraquara, DO USO de suas atribuies legais, mediante as condies estipuladas

no Edital de Abertura n 105/2017, TORNA PUBLICO o ENSALAMENTO do Concurso Pblico n" 105/2017, nos seguintes lermos:

Art. 100 ensalamento referente o Concurso Pblico N 105/2017 est relacionado no ANEXO 1 deste Edital. Art. 20 A Prova Objetiva ser aplicada no dia 02i07/2017 cm horrio e local a ser divulgado no dia 28/06/2017,

- O candidato com a inscrio deerida dever acessar o endereo eletrnico -

www.concul -sosfau,com.br a partir das 18 horas do dia 28106,2017 e imprimir o CARTO DE INFORMAO DO CANDIDATO, que inlbrmar 1) horrio e local de realizao da prova objetiva.

Alt. 3 Este Edital entra em vigor na data de sua publicao, revogadas as disposies em contrrio,

Piraquara PR, 28 de junho de 2017.

A NDRELI BRASIL LI VJSKJ Presidente da Comisso Especial

r

L

www.diariomunicipal.com.br/amp 257

1 II

o

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN ESTADO DO PARAN 125

ATA DE REGISTRO DE PREOS N i 4c- 12017 PREGO PRESENCIAL N 08512017

Aos 30 dias do ms de junho do ano de dois mil e dezessete, autorizado pelo Prego Presencial no 08512017, foi expedida a presente ATA DE REGISTRO DE PREOS, de acordo com o

disposto nas Leis Federais n 8.666/1993 e n 10.520/2002, Lei Complementar n 123/2006 (alterada

pela Lei Complementar n 147/2014), Lei Complementar Municipal n 1/2015 (Regulamentada pelo

Decreto Municipal n 176/2016) e Decretos Municipais n 002/2006 e n 153/2011, que,

conjuntamente com as condies a seguir estipuladas, regem o relacionamento obrigacional entre o

RGO GERENCIADOR e o DETENTOR DA ATA:

1. Consideram-se registrados os preos constantes do relatrio em anexo, do Detentor da Ata:

CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997, pessoa jurdica de direito privado, inscrita no

CNPJ sob n 17.422.500/0001-14, Inscrio Municipal n 11126, com endereo na Rua Recife, n 59,

Centro, em Pin/PR, CEP: 83860-000, fone/fax: (41) 8527-4421, neste ato representada por

Cleverson Aparecido Lang, inscrito(a) no CPF sob n 027.859.289-97.

2. O rgo Gerenciador efetuar seus pedidos ao fornecedor, atravs da entrega da Requisio de

Empenho por onde correr a despesa, mediante comprovante de recebimento por qualquer meio,

inclusive fac-smile e e-mail, na forma descrita no Edital de Prego Presencial n 085/2017.

3. O objeto deste PREGO dever ser prestados no Municpio de Pin, nos eventos realizados pelas

Secretarias Municipais, em at 02 (dois) dias teis a ps a emisso da requisio de empenho, em

locais e horrios definidos na mesma.

3.1 No poder a adjudicatria recusar-se a prestar os servios solicitados na Requisio de Empenho

no Municpio de Pin, mesmo que em pequena quantidade.

4. A Ata de Registro de Preos ter vigncia de 12 (doze) meses, a contar de sua publicao.

5. O Pagamento ser efetuado em at 30 (trinta) dias aps a execuo do servio mediante

apresentao da Nota Fiscal e da Certido Negativa de Dbitos Relativos aos Tributos Federais e

Divida Ativa da Unio (que abrange inclusive as contribuies sociais), do Certificado de Regularidade

do FGTS - CRF e da Certido Negativa de Dbitos Trabalhistas - CNDT, previstas neste Edital.

6. Os preos registrados sero confrontados periodicamente, pelo menos trimestralmente, com os

praticados no mercado e assim controlados pelo rgo Gerenciador.

Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

e

PREFEITURA MUNICIPAL DE P1N 126 ESTADO DO PARAN

o

o

7. Os itens sero entregues provisoriamente o recebimento definitivo ser feito aps a verificao das

especificaes, qualidade e quantidade, e consequentemente aceitao, no prazo de 05 (cinco) dias a

contar da entrega dos itens, ou imediatamente quando for o caso.

8. As despesas decorrentes dos pedidos de fornecimento correro conta do cdigo a seguir

discriminado(s):

SECRETARIA DE AO SOCIAL E DEFESA CIVIL

Dotaes: 10.001.08.244.0016.2026.3390391200

Contas: 2710

SECRETARIA DE ADMINISTRAO E FINANAS

Dotaes: 03.001.04.122.0003.2004.339039.1200

Contas: 550

SECRETARIA DE AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE

Dotaes: 07.002.20.606.0011.2013.339039.1200

Contas: 1450

SECRETARIA DE EDUCAO

Dotaes: 08.001.12.361.0012.2014.339039.1200

Contas: 1670

SECRETARIA DE ESPORTE, CULTURA E LAZER

Dotaes: 09.001.13.392.0014.2023.339039.1200 e 09.002.27.812.0015.2024.339039.1200

Contas: 2310 e 2460

SECRETARIA DE GOVERNO

Dotaes: 02.001.04.122.0002.2003.339039.1200

Contas: 350

SECRETARIA DE SADE

Dotaes: 11.001.10.301.0018.2031.339039.1200

Contas: 3240

9. Esta Ata de Registro de Preos no obriga o rgo Gerenciador a firmar as contrataes com o

fornecedor, ficando-lhe facultada a utilizao de outros meios, assegurada, nesta hiptese, a

preferncia do beneficirio do registro em igualdade de condies, nos termos do art. 15, 4 0 da Lei

Federal n 8.666/93.

10. O descumprimento das obrigaes pactuadas sujeitar o fornecedor s sanes definidas no item

2 Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

.

t PREFEITURA MUNICIPAL DE PIN ESTADO DO PARAN 127

28 e subitens do edital de Prego Presencial no 085/ 2017, que desta Ata faz parte integrante.

11. O Detentor da Ata dever manter, enquanto vigorar o Registro de Preos e em compatibilidade

com as obrigaes por ele assumidas, todas as condies de habilitao e qualificao exigidas pelo

Edital de Prego Presencial no 08512017.

12. Faz parte integrante desta Ata de Registro de Preos, aplicando todos os seus dispositivos, o edital

de Prego Presencial n 08512017, as Requisies de Empenho com os termos aditados e a

proposta da detentora da Ata naquilo que no contrariar as presentes disposies.

13. DA FISCALIZAO: A fiscalizao da execuo do objeto da Ata de Registro de Preos ser

realizada pela Administrao, atravs da servidora indicado abaixo, a qual atuaro no

acompanhamento das solicitaes, entrega e recebimento dos materiais/bens e execuo destes:

SECRETARIA FISCAL Secretaria de Ao Social e Defesa Civil Araci Maria de S Ribas

Secretaria de Administrao e Finanas Tiago Santos de Souza Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente Jos Mrio Bueno de Oliveira Secretaria de Desenvolvimento Econmico Priscila Aparecida Guinta Secretaria de Educao Noili F. Gassner Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer Joo do Rocio Martins Secretaria de Governo Douglas Lietz Secretaria de Sade Rubia Forteski Secretaria de Viao e Servios Rodovirios Elan Gabriel Forteski Secretaria de Planejamento, Obras e Urbanismo Simon Schneider

14. As questes oriundas desta Ata e do procedimento licitatrio que a procedeu, sero dirimidas no

Foro da Comarca de Rio Negro/PR, esgotadas as vias administrativas.

15. Para constar que foi lavrada a presente Ata de Registro de Preos, em 02 (duas) vias de igual teor

e forma, que vo assinadas pelo Sr. LIVINO TURECK, Prefeito de Pin, e pelo representante do

Detentor, e duas testemunhas.

LIVINOTURECK - MUNICPIODEPIN

CLEVERSON APARECIDO LANG 02785928997

RGO GERENCIADOR DETENTOR DA ATA DE REGISTRO DE PREO

Testemunhas:

Nome: PATRICIA A. F. DREVECK Assinatura:

Nome: CRISTIANO QUADROS Assinatura:

3

o

e

Rua Amazonas, n 373 - Centro, Pin/PR. CEP 83.860-000. Fone: (41) 3632-1136

Prefeitura Municipal de Pin -2017

* Classificao por Fornecedor 128 Prego 8512017

- - P&ina1 tem Produto/Soivio UN. OumtidSe Status M.ca Preo Unitajio Preo Total Sol

Forueedor 116414 CLEVSON APARECIDO LN4G e2786aee1 CNPJ 17 CSfl 14 TeWoor (41) M21-4421 Staur. CIaettcado 5a350,00

Lote 001- Loto 001 56 3500)

1 15631 LOCAO DE EQUIPAMENTOS DESONORIZAAO HR 402W Classificajo 09.50 35O.W * 2

15,532LOCAO DE SISTEMA DE ILUMINAO DE PEQUENO P HEI 15002 Classiicsio 137,02 20 550,W * OPTE

VALOR TOTAL: 56350,02

o

E.1~ Banadale Magtacaw dos Santos, nawrsc 55171 02/07/201711.0102

Paran, 03 de Julho de 2017 Dirio Oficial dos Municipios do Paran ANO VI 1 N" 1286 - 129 O Prefeito do Municpio de Paulo Frontin, Estado do Paran, no liso de suas atribuies legais, e tendo em vista o Artigo 85, inciso II, alnea "a", da lei Orgnica do Municpio:

RESOLVE:

Art. 1"- Exonera Si'. Cleverson Marques Da Cruz, portador do' CPF:

025.377.049-16 do Cargo de Motorista.

Art. 2 0 - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicao.

Paulo Frontin 30106/2017

SEBASTIO LUAS DA SILVA NETO Prefeito Municipal.

Publicado por: [der Renato Sielmach

Cdigo Idenlilicador:EA 1 625C

ESTADO DO PARAN

PREFEITURA MUNICIPAL DE PROLA D'OESTE

DEPARTAMENTO DE LICITAO

AVISO DE REVOCAO EDITAL DE LICITACO PREGO PRESENCIAL N'4012017

AVISO DE REVOGAO DE LICITAO

O MUNICPIO DE PROLA D'OESTE Estado do Paran, por seu

Prefeito Municipal, Senhor NILSON ENGELS, no uso de suas

atribuies legais. faz saber e TORNA PUBLICO. aREVOCAAO

DA LICITAO MODALIDADE DE PREGO N 4012017.

(Objeto: Contratao de empresa para prestao de servios referente mo de obra para conserto, reforma de calamentos, colocao de tubos, drenagens, colocao de paver, meio fio e de bocas de lobo para atender a demanda das obras publicas do

municpio de Prola D'Oesic/PR, com data de abertura designada para o dia 05 de julho de 2.017, s 08:30 horas. em sua sede

administratia, sito Rua: Presidente Costa e Silva, 290, Gentio.

Para conhecimento dos licitantes e de quem a mais possa interessar, COMUNICAMOS que fica REVOGADO em todos os seus termos o referido edital, para adequao e correo do objeto, do referido

certame, no processo lieitatrio.

Fundamento Legal - Art. 49 da Lei 8.666/93 - Smula 473 do

Supremo Tribunal Federal.

Ge rola D'Oeste/PR, 30 de junho de 2.017. NILSON ENGELS Prefeito Municipal

Publicado por: Delesin Defante

Cdigo Identilicador:4A2A6C35

ESTADO DO PARAN

PREFEITURA MUNICIPAL DE PEN

SECRETARIA DE ADMINISTRAO E FINANAS EXTRATOS DE CONTRATOS 2017

CONTRATO N'048120117 REFERENTE A INEXIGIBILIDADE

N020/2017

CONTRATADO: MUSIC TEME COMERCIAL LTDA - EPP. CNPJ sob n 07.450.72310001-31 OBJETO: Contratao da apresentao artstica do cantor

"Gabriel \'alim" na data de 06 de agosto de 2017, para o

encerramento da 25 Festa do Produtor Rural de Pin.

Valor: RS 48.000,00 (quarenta e oito mil reais) a serem pagos 48 horas antes da prestao dos servios

Dotao: 09.001.13.392.0014.2023-3390392200

o prazo de vigncia do presente contrato ser da assinatura at 31 de agosto de 2017.

Data de assinatura: 30 de junho de 2017.

LWJNO TUREC'K Prefeito Municipal

CRJSTL4NO QUADROS Secretrio de Administrao e Finanas

Publicado por: Dormi de Fatima Pieekocz

Cdigo Identificador:77B0A750

SECRETARIA DE ADMINISTRAO E FINANAS

EXTRATO DE ATA

ATA DE REGISTRO DE PREOS N142/2017

PREGO PRESENCIAL N08512017

Detentor da Ata: CLEVERSON APARECIDO LANG

02785928997. CNPJ sob n' 17.422.500/0001-14

Objeto: Registro de preos para eventual locao de equipamentos de sonorizao e de sistema de iluminao, para

utilizao em eventos Municipais. Valor Total: R$ 56.350,00 (cinquenta e seis mil, trezentos e

cinquenta reais) Dotao Oramentria:

10.001.08.244.0016.2026.3390391200 03.001.04.122.0003.2004.339039.1200;

07.002.20.606.0011.2013.339039.1200;

08.001.12.361.0012.2014.339039.1200;

09.001.13.392.0014.2023339039.1200 e 09.002,27.812.0015.2024.339039.1200;

02.001.04.122.0002.2003.339039.1200; 11.001.10.301.0018.2031.339039.1200;

Data de assinatura: 30 de junho de 2017.

Validade: 12 (doze) meses.

CRISTIANO QUADROS Secretrio de Administrao e Finanas

LIV!NO TURECK Prefeito Municipal

Publicado por: Doroti de Fatima Pieckocz

Cdigo Identificador:C90B5AFF

SECRETARIA DE ADMINISTRAO E FINANAS

PREGO PRESENCIAL N098/2017

PROCESSO N 152112017

TIPO: MENOR PREO - POR ITEM

LICITAO DIFERENCIADA - EXCLUSIVA

PARA PARTICIPAO DE MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE PARA TODOS

OS ITENS DO ANEXO 1 DESTE EDITAL (nos moldes da Lei Complementar n 123, de 14 de

dezembro de 2006, alterada pela Lei Complementar :f 147, de 7 de agosto de 2014)

OBJETO: Registro de Preos para eventual aquisio de materiais

de expediente para as Secretarias Municipais, conforme

especificaes e quantidades estimadas constantes do ANEXO 1.

REPARTIO INTERESSADA: Secretarias Municipais.

LEGISLAO: Leis Federais nO 8.666/1993 e n 10.520/2002, Lei

Complementar Federal n 1232006 (alterada pela Lei Complementar a 147/2014), Lei Complementar Municipal n 1/2015 (Regulamentada pelo Decreto Municipal n 176/2016), Decretos Municipais n002/2006 e n' 15312011.

w'ww.cliariornunicipal.com.hr/arnp 147

Prefeitura Municipal de Pin 03/07 17

Prefeitura de

tdLPin

INICIAL Atas

HOME ATA DE REGISTRO DE PREOS N9 142/2017

CONHEA PIN

DADOS GERAIS

HISTRIA

LOCALIZAO

SIMBOLOS MUNCIPAIS

A PREFEITURA

COLETA DE LIXO

ADOS SECRETARIAS

FALE CONOSCO

FOTOS

NOTCIAS

SECRETARIAS

AO SOCIAL

ADMINISTRAO

AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE

CULTURA

EDUCAO

ESPORTES

OBRAS/R000VIRIO

ROCURADORIA JURDICA

SADE

PUBLICAES

ATAS

AUDINCIA PBLICA

CISNORDESTE

CONCURSO PBLICO 2015

CONCURSOS PBLICO

CONTRATOS

DIRIO OFICIAL

ELEIES CONSELHO TUTELAR 2017

LEIS E DECRETOS MUNICIPAIS

UCITAES

PORTAL DA TRANSPARNCIA

ATA DE REGISTRO DE PREOS N9 142/2017

PREGO PRESENCIAL NO 085/2017

Detentor da Ata: CLEVERSON APARECIDO LANG 32785928997.

CNRI sob ng 17.422.S00/000114

Objeto: Registro de preos para eventual locao de equipamentos de sonorizao

e de sistema de ilumina.lo, para utiiizao em eventos Municipais.

Valor Total: R$ 56.35000 (cinquenta e seis mil, trezentos e cinquenta reais)

Dotao Oramentria: 10.001,08,244,0016.2026.3390391200

03,001,04.122.0003.2004.339039.1200; 07.002,20.606.0011.2013.339039.1200;

08.001.12.361.0012.2014.339039.1200; 09.001.13.392,0014.2023.339039.1200 e

39,002,27.812,0015.2024,339039.1200; 02,001,04,122.0002.2003.339039.1200;

11.001.1O,301.0018.203 ...339039.1200;

Data de assinatura: 30 de junho de 2017.

Validade: 12 (doze) meses.

CRIStIANO QUADROS

Secretrio de Administrao e Finanas

LIVINO TLJRECK

Prefeito Municipal

Voltar

PORTARIAS

http://w.pien.pr.gov.br/atas/visualiza/346O/aIa-deregistrDdeprecosno_142/2O1 7.html 112

CCF02032018CCF02032018_0001CCF02032018_0002

Recommended

View more >