dw debate: angela mingas - abordagem patrimonial a questao dos musseques de luanda, 25/04/2014

Download DW Debate: Angela Mingas - Abordagem Patrimonial a Questao dos Musseques de Luanda, 25/04/2014

Post on 21-Nov-2014

524 views

Category:

Government & Nonprofit

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Na passada sexta feira, realizou-se mais um debate a sexta desta vez com o tema “Abordagem Patrimonial a Questão dos Musseques de Luanda", que teve como apresentadora Arquitecta Angêla Mingas. O tema cingiu-se m várias vertentes, que passo a citar: 1. SUMÁRIO 2. CONTEXTO DA INVESTIGAÇÃO 3. OS OBJECTOS DE ESTUDO 4. A PATRIMONIALIZAÇÃO E VALORIZAÇÃO Este tema na verdade é pano de fundo de um projecto, que esta coordenadao pelo Centro de Investigação Científica de Arquitectura da Universidade Lusíada de Angola. Falar do Mussuque é falar da história de Angola de Luanda em particular ( uma história que remete para o seculo XIX , XX, XXI . O contexto abordado vislumbra-se a volta de vários sectores desde a Economia, Cultura, Emprego, Espaços Verdes e Ambiente. O objecto de estudo, no que concerne mais concretamente a titulo de exemplo nos Bairro Marçal e Operário. Por outra temos a Patrimonialização e Valorização, que consiste naquilo que foi legitimado pela Naçõe Unidas. Slums are the precarious, environmentally degraded, and unplanned areas of cities.” (UNITED NATIONS. 2006) “Conjuntos: agrupamentos arquitectónicos urbanos ou rurais de suficiente coesão, de modo a poderem ser delimitados geograficamente e notáveis, simultaneamente, pela sua unidade ou integração na paisagem e pelo seu interesse histórico, arqueológico, artístico, científico ou social”. (LEI 14/05 PATRIMONÍO CULTURAL)

TRANSCRIPT

  • 1. Abordagem patrimonial questo dos musseques de Luanda

2. Luanda- Abril 2014 2DEVELOPMENT WORKSHOP SUMRIO CONTEXTO DA INVESTIGAO OS OBJECTOS DE ESTUDO A PATRIMONIALIZAO E VALORIZAO museke Abordagem patrimonial questo dos musseques de Luanda CEICA Centro de Estudos e Investigao Cientfica de Arquitectura 3. Luanda- Abril 2014 3DEVELOPMENT WORKSHOP museke Abordagem patrimonial questo dos musseques de Luanda CEICA Centro de Estudos e Investigao Cientfica de Arquitectura CONTEXTO DA INVESTIGAO 4. Luanda- Abril 2014 4DEVELOPMENT WORKSHOP CONTEXTO DA INVESTIGAO museke Abordagem patrimonial questo dos musseques de Luanda CEICA Centro de Estudos e Investigao Cientfica de Arquitectura 5. 5 museke Abordagem patrimonial questo dos musseques de Luanda CEICA Centro de Estudos e Investigao Cientfica de Arquitectura Luanda- Abril 2014 DEVELOPMENT WORKSHOP 6. 6 Escravatura (1500 1885) () aglomerados vedados, autnticos depsitos dos escravos a serem transportados para as Amricas. Existiam para alm da linha de circunvalao (fronteira da cidade) () e eram referenciados pelos seus donos () Massi, Flores, Torres e Van-Dunen. MINGAS: 2008 : 44. Colonial (1885 1975) () o fim do bairro indgena dos Coqueiros () A maior parte dessa gente foi transferida para o Maculusso, a outra foi engrossar o bairro das Ingombotas () . AMARAL: 1962 : 59. museke Abordagem patrimonial questo dos musseques de Luanda CEICA Centro de Estudos e Investigao Cientfica de Arquitectura Luanda- Abril 2014 DEVELOPMENT WORKSHOP 7. museke Abordagem patrimonial questo dos musseques de Luanda CEICA Centro de Estudos e Investigao Cientfica de Arquitectura Luanda- Abril 2014 DEVELOPMENT WORKSHOP 8. 8 museke Abordagem patrimonial questo dos musseques de Luanda CEICA Centro de Estudos e Investigao Cientfica de Arquitectura Luanda- Abril 2014 DEVELOPMENT WORKSHOP 9. Luanda- Abril 2014 9DEVELOPMENT WORKSHOP museke Abordagem patrimonial questo dos musseques de Luanda CEICA Centro de Estudos e Investigao Cientfica de Arquitectura OBJECTOS DE ESTUDO 10. Luanda- Abril 2014 10DEVELOPMENT WORKSHOP museke Abordagem patrimonial questo dos musseques de Luanda CEICA Centro de Estudos e Investigao Cientfica de Arquitectura VALORIZACO E PATRIMONIALIZACO "Slum Slums are the precarious, environmentally degraded, and unplanned areas of cities. (UNITED NATIONS. 2006) Conjuntos: agrupamentos arquitectnicos urbanos ou rurais de suficiente coeso, de modo a poderem ser delimitados geograficamente e notveis, simultaneamente, pela sua unidade ou integrao na paisagem e pelo seu interesse histrico, arqueolgico, artstico, cientfico ou social (LEI 14/05 PATRIMONIO CULTURAL) 11. 11 museke Abordagem patrimonial questo dos musseques de Luanda CEICA Centro de Estudos e Investigao Cientfica de Arquitectura Luanda- Abril 2014 DEVELOPMENT WORKSHOP 12. OBRIGADA! CENTRO DE ESTUDOS E INVESTIGAO CIENTFICA DE ARQUITECTURA 12