Transcript
Page 1: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

EcografiaEcografia

Teresa CarvalhoTeresa Carvalho

Page 2: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Introdução:Introdução:

• Ecografia – Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de 1 cristal (sonda / Corrente eléctrica – rotação de 1 cristal (sonda / transdutor) – Vibrações mecânicas de alta frequência transdutor) – Vibrações mecânicas de alta frequência (sem radiação)(sem radiação)

• Dirigidos a um corpo, sofrem:Dirigidos a um corpo, sofrem:• Absorção.Absorção.• Difusão.Difusão.• Reflexão – base da ecografia.Reflexão – base da ecografia.

– Quando surge 1 interface: diferente densidade = Quando surge 1 interface: diferente densidade = diferente velocidade dos Us nos 2 meios = diferente velocidade dos Us nos 2 meios = impedância acústicaimpedância acústica..

• O mesmo transdutor “ouve” os ecos de retorno O mesmo transdutor “ouve” os ecos de retorno Tempo que o eco demora a regressar = profundidadeTempo que o eco demora a regressar = profundidadeIntensidade da reflexãoIntensidade da reflexão

Eco vibração do cristal corrente eléctrica Eco vibração do cristal corrente eléctrica

EcoEco

ImagemImagem

Page 3: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Imagem:Imagem:

• Ecos de retorno = pontos brancos num fundo escuroEcos de retorno = pontos brancos num fundo escuro– Sólidos = brancosSólidos = brancos– Líquidos = pretosLíquidos = pretos (óptima transmissão dos Us, não sofrem reflexão - sem ecos)(óptima transmissão dos Us, não sofrem reflexão - sem ecos)

• Multiplanar - Cortes:Multiplanar - Cortes:– Axiais – transversais Axiais – transversais (como se estivéssemos aos pés do doente)(como se estivéssemos aos pés do doente)– Sagitais – longitudinais Sagitais – longitudinais (cabeça do doente sempre à esquerda do (cabeça do doente sempre à esquerda do

écran)écran)– Frontais – coronaisFrontais – coronais– OblíquosOblíquos

• Écran: Écran: cursores para medições, cálculos e anotaçõescursores para medições, cálculos e anotações• Registo fotográficoRegisto fotográfico

Page 4: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de
Page 5: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Resolução tecidual:Resolução tecidual:

• Ecoestruturas / texturas ecográficas:Ecoestruturas / texturas ecográficas:– Sólidas Sólidas

• Ecogénicas, reflectivas, ecopositivasEcogénicas, reflectivas, ecopositivas• Homogéneas / heterogéneasHomogéneas / heterogéneas• Hiper / Hipoecogénicas – relativamente à estrutura envolventeHiper / Hipoecogénicas – relativamente à estrutura envolvente

– LíquidasLíquidas• Anecogénicas, não reflectivas, econegativasAnecogénicas, não reflectivas, econegativas• Homogéneas / heterogéneas (não totalmente econegativas)Homogéneas / heterogéneas (não totalmente econegativas)• Reforço posteriorReforço posterior

– MistasMistas• ComplexasComplexas• Sempre heterogéneas, de predomínio sólido / líquidoSempre heterogéneas, de predomínio sólido / líquido

– Ossos -Ossos - Cone de sombra posteriorCone de sombra posterior– Gás -Gás - Eco de reverberaçãoEco de reverberação

Page 6: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Meio Auxiliar de Diagnóstico:Meio Auxiliar de Diagnóstico:

• História:História:– 2ª grande guerra – detecção de submarinos2ª grande guerra – detecção de submarinos– A partir de 1950 – diagnóstico médicoA partir de 1950 – diagnóstico médico

• Vantagens:Vantagens:– InocuidadeInocuidade– ComodidadeComodidade– RapidezRapidez– MobilidadeMobilidade– MultiplanarMultiplanar– Tempo realTempo real

• Desvantagens:Desvantagens:– Interposição Gasosa / CálcicaInterposição Gasosa / Cálcica ArtefactosArtefactos– Biótipo do doenteBiótipo do doente

Page 7: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Ecografia Trans-Fontanelar:Ecografia Trans-Fontanelar:

• CabeçaCabeça – Estruturas ósseas não atravessadas pelos US Estruturas ósseas não atravessadas pelos US – Nos recém-nascidos, temos as fontanelas ainda abertas Nos recém-nascidos, temos as fontanelas ainda abertas

(++ fontanela anterior)(++ fontanela anterior)

– Ecografia Trans-fontanelarEcografia Trans-fontanelar • Prematuros - Prematuros - Hemorragia Hemorragia (+++)(+++)• HidrocefaliaHidrocefalia• Malformações congénitasMalformações congénitas• Infecções virais – calcificaçõesInfecções virais – calcificações

Sondas convexas, de pequenas dimensões: 5 - 6,5 MHzSondas convexas, de pequenas dimensões: 5 - 6,5 MHzPreparação não necessáriaPreparação não necessária

Page 8: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Hemorragia Sub-ependimalHemorragia Sub-ependimal

Dandy-Walker

Higroma pós-natal

Page 9: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Ecografia Cervical:Ecografia Cervical:

• PescoçoPescoço – Tiróide e Paratiróides, Tiróide e Paratiróides, – Glândulas Salivares Glândulas Salivares – AdenopatiasAdenopatias– Carótidas Carótidas (Eco-Doppler)(Eco-Doppler)

Sonda linear de 5 – 7,5 MHzSonda linear de 5 – 7,5 MHzPreparação não necessáriaPreparação não necessária

Page 10: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Adenopatias cervicais

Carótida

Page 11: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Ecografia Torácica:Ecografia Torácica:

Tórax:Tórax: – Pleura - Derrames (+++)Pleura - Derrames (+++)

– Mediastino - bócio Mediastino - bócio mergulhante, coração, mergulhante, coração, derrame pericárdico. derrame pericárdico.

– Pulmão – Pulmão – Parênquima Parênquima arejado = barreira aos arejado = barreira aos US, US,

só sesó se Consolidações Consolidações (pulmão “hepatizado”)(pulmão “hepatizado”)

Sonda convexa / linear, 3,5 – 5 mHzSonda convexa / linear, 3,5 – 5 mHzNão necessita preparaçãoNão necessita preparação

Coração – Cardiologistas – DopplerCoração – Cardiologistas – DopplerPulmão não avaliado por este métodoPulmão não avaliado por este método

Page 12: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Ecografia Abdominal:Ecografia Abdominal:• Fígado –Fígado – ecogénico com imagens tubulares anecogénicas de vasos ecogénico com imagens tubulares anecogénicas de vasos

e vias biliares – e vias biliares – tamanho, textura, nódulos (metástases, tumores) tamanho, textura, nódulos (metástases, tumores) abcessos, quistos, traumatismosabcessos, quistos, traumatismos

• Vesícula e vias biliares –Vesícula e vias biliares – estrutura econegativa, sacular estrutura econegativa, sacular – – lama biliar, lama biliar, cálculos, colecistite, dilatação das vias biliarescálculos, colecistite, dilatação das vias biliares

• Pâncreas – Pâncreas – pancreatite ag./crónica e suas complicações, tumorespancreatite ag./crónica e suas complicações, tumores

• Baço – Baço – tamanho, traumatismo, tumores, quistostamanho, traumatismo, tumores, quistos

• Revisão da restante cavidade abdominal:Revisão da restante cavidade abdominal:– Grandes Vasos - Aorta – Grandes Vasos - Aorta – aneurisma, trombose aneurisma, trombose – Adenopatias Adenopatias – Processos expansivos intra-abdominais, ansas de parede espessada Processos expansivos intra-abdominais, ansas de parede espessada

(imagem em “pseudo-rim”)(imagem em “pseudo-rim”)

Sonda convexa, 3,5 mHzSonda convexa, 3,5 mHzPreparação: jejum > 6 horasPreparação: jejum > 6 horas

Tubo Digestivo não devidamente avaliado por este método (gás)Tubo Digestivo não devidamente avaliado por este método (gás)

Page 13: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Anatomia seccionalAnatomia seccional

Page 14: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de
Page 15: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Patologia Difusa:• Esteatose

• Hepatopatia crónica

• Hepatite

Page 16: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Quistos Biliares

HFNMetástases

Hemangioma

Page 17: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Abcessos HepáticosAbcessos Hepáticos

Q.Hidático

Page 18: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Vesícula BiliarVesícula Biliar

Colecistite aguda litiásica / alitiásicaColecistite aguda litiásica / alitiásica

Page 19: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

AdenomioseAdenomiose NeoplasiaNeoplasia

ViasVias BiliaresBiliares-Dilatação-Dilatação-Litíase-Litíase

Page 20: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

PâncreasPâncreas

Rotura do baço

EsplenomegáliaEsplenomegália

BaçoBaço

Page 21: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Grandes VasosGrandes Vasos

e Tubo Digestivoe Tubo Digestivo

Aneurisma da aortaAneurisma da aorta

Page 22: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Ecografia Renal:Ecografia Renal:Rins e Glândulas Supra-renaisRins e Glândulas Supra-renais

• Parênquima – Parênquima – rodeado pela ecogenicidade da gordura rodeado pela ecogenicidade da gordura peri-renalperi-renal

• Ecos centrais – Ecos centrais – seio renal = gordura peri-piélicaseio renal = gordura peri-piélica• Cálices e Bacinete – Cálices e Bacinete – econegativos (urina)econegativos (urina)

• Topografia, morfologia e dimensõesTopografia, morfologia e dimensões• Diferenciação parênquimo-sinusalDiferenciação parênquimo-sinusal• Indiferenciação, infecção, tumores, litíase, dilatação do Indiferenciação, infecção, tumores, litíase, dilatação do

sistema excretorsistema excretor

• Glândulas Supra-renais –Glândulas Supra-renais – HTAHTA (adenomas, tumores, (adenomas, tumores, metástases)metástases)

Sonda 3,5 mHzSonda 3,5 mHzPreparação: 6 horas de jejumPreparação: 6 horas de jejum

Page 23: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Quisto cortical simplesQuisto cortical simples

LitíaseLitíaseDilatação SEDilatação SE

Page 24: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Formações NodularesFormações Nodulares

do Rimdo Rim

AngiomiolipomaAngiomiolipoma

NeoplasiaNeoplasia

Page 25: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Ecografia Pélvica:Ecografia Pélvica:• Bexiga – Bexiga – econegativa (urina), parede fina (< 3 mm) econegativa (urina), parede fina (< 3 mm) –– repleçãorepleção

Alterações da parede ou do conteúdo:Alterações da parede ou do conteúdo:

capacidade, espessamento da parede, vegetações, tumores, litíasecapacidade, espessamento da parede, vegetações, tumores, litíase

• Útero – Útero – Posição, tamanho e morfologia:Posição, tamanho e morfologia: miométriomiométrio (miomas, sarcomas),(miomas, sarcomas), cavidade e endométriocavidade e endométrio (líquido, pólipos, tumores, DIU)(líquido, pólipos, tumores, DIU)

• Regiões Anexiais – Regiões Anexiais – trompas trompas (salpingite, g. ectópica),(salpingite, g. ectópica), ovários ovários (quistos, (quistos, tumores)tumores)

• Próstata – Próstata – tamanho e estrutura tamanho e estrutura (não diferencia HBP / neoplasia. Via (não diferencia HBP / neoplasia. Via trans-rectal, consegue localizar os nódulos na p.perif./p.central)trans-rectal, consegue localizar os nódulos na p.perif./p.central)

• Vesículas seminais – Vesículas seminais – hipertrofia, quistos, tumoreshipertrofia, quistos, tumores

• Processos inflamatórios / expansivos – Processos inflamatórios / expansivos – derrame, abcessos, ansas de derrame, abcessos, ansas de parede espessada (“pseudo-rim”), apendicite, diverticuliteparede espessada (“pseudo-rim”), apendicite, diverticulite

Sonda convexa de 3,5 mHzSonda convexa de 3,5 mHzPreparação: Bexiga cheia (beber 1,5 l de H2O) Preparação: Bexiga cheia (beber 1,5 l de H2O)

= janela , afasta as ansas (gás)= janela , afasta as ansas (gás)

Page 26: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

•BexigaBexiga

•Útero e AnexosÚtero e Anexos

•P. terminal dos ureteresP. terminal dos ureteres

•FSDouglasFSDouglas

Cálculo no ureter terminalCálculo no ureter terminal

Page 27: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Formação complexa Formação complexa atingindo ambos os anexos, atingindo ambos os anexos, predominantemente quística predominantemente quística cistadenoma?cistadenoma?

Gravidez ectópica da RADGravidez ectópica da RAD

Page 28: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

PróstataPróstata

Vesículas SeminaisVesículas Seminais

Page 29: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

ApendiciteApendicite

Granuloma de corpo estranho?Granuloma de corpo estranho?

Page 30: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Ecografia Obstétrica:Ecografia Obstétrica:

• Posição Fetal –Posição Fetal – cefálica/pélvica, longit./transv./obliq. cefálica/pélvica, longit./transv./obliq. -- dorso dorso• Vitalidade – Vitalidade – MA, BCMA, BC• Biometria – Biometria – SG, DCN, DBP, PC, PA, CFSG, DCN, DBP, PC, PA, CF• Estudo Morfológico – Estudo Morfológico – polo cefálico, coluna, face, coração e gdes polo cefálico, coluna, face, coração e gdes

vasos, diafragma, abdómen, parede abd., o.genitais, membrosvasos, diafragma, abdómen, parede abd., o.genitais, membros• Anexos fetaisAnexos fetais

– Cordão Umbilical – Cordão Umbilical – implantação, 3 elementosimplantação, 3 elementos– Placenta - Placenta - maturaçãomaturação– Líquido Amniótico - Líquido Amniótico - quantidadequantidade

1º Trimestre –1º Trimestre – TGTG2º Trimestre –2º Trimestre – E. morfológico completoE. morfológico completo

+++ 19-20 semanas+++ 19-20 semanas3º Trimestre –3º Trimestre – Crescimento fetalCrescimento fetal

Page 31: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Batimentos cardíacosBatimentos cardíacos

DBPDBP

PCPCPAPA

CFCF

Page 32: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

FaceFace

ColunaColuna

Diafragma e rinsDiafragma e rins

Page 33: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

OrgãosOrgãosGenitaisGenitais

C.Umb.C.Umb. OnfaloceloOnfalocelo

Page 34: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Espinha BífidaEspinha Bífida

ColunaColuna

Page 35: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Ecografia Mamária:Ecografia Mamária:

QuistosNódulos Benignos / MalignosEspessamento dos tegumentosProlongamentos axilares - ADNs

• Exame de 1ª linha nas mulheres com idade < 35 AnosExame de 1ª linha nas mulheres com idade < 35 Anos• Tecido fibro-glandular conservado – boa resolução tecidual Tecido fibro-glandular conservado – boa resolução tecidual

• Nas mulheres com idade > 35 Anos:Nas mulheres com idade > 35 Anos:• Não indicado como exame de 1ª linha – involução adiposaNão indicado como exame de 1ª linha – involução adiposa• Como complemento da Mamografia:Como complemento da Mamografia:

• Involução fibrosaInvolução fibrosa• Nódulos palpáveisNódulos palpáveis• IntervençãoIntervenção

Page 36: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Ecografia testicular:Ecografia testicular:

• Testículos e EpidídimoTestículos e Epidídimo– TraumatismosTraumatismos– Processos inflamatórios Processos inflamatórios

(epididimite / orquite)(epididimite / orquite)– CriptorquidiaCriptorquidia– TumoresTumores– Torsão Torsão (Doppler)(Doppler)– VaricoceloVaricocelo

• Bolsas / TúnicasBolsas / Túnicas– HidroceloHidrocelo– Processos inflamatóriosProcessos inflamatórios

SeminomaSeminoma

Page 37: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Ecografia dos Tecidos Moles:Ecografia dos Tecidos Moles:• Tecidos MolesTecidos Moles

– Pele Pele (processos inflamatórios, (processos inflamatórios, tumores)tumores)

– Tecido celular sub-cutâneo Tecido celular sub-cutâneo (lipomas, quistos sebáceos, (lipomas, quistos sebáceos, etc)etc)

– Músculos Músculos (rotura, hematomas, (rotura, hematomas, tumores)tumores)

– TendõesTendões• ArticularArticular

– OmbroOmbro– CotoveloCotovelo– PunhoPunho– Anca - ++ criança - LCAAnca - ++ criança - LCA– JoelhoJoelho– Tibio-TársicaTibio-Társica

Page 38: Ecografia Teresa Carvalho Teresa Carvalho. Introdução: Ecografia – meio auxiliar de diagnóstico que utiliza Ultrasons. Corrente eléctrica – rotação de

Nota Final:Nota Final:

• Óptimo exame auxiliar de diagnóstico – 1ª LinhaÓptimo exame auxiliar de diagnóstico – 1ª Linha– Inocuidade, rapidez e mobilidade, comodidade, imagem em tempo real e Inocuidade, rapidez e mobilidade, comodidade, imagem em tempo real e

multiplanar, sem necessitar de grande colaboração por parte do doentemultiplanar, sem necessitar de grande colaboração por parte do doente• Algumas desvantagens:Algumas desvantagens:

– Biótipo, interposição gasosa, alguma colaboração Biótipo, interposição gasosa, alguma colaboração –– importante a preparaçãoimportante a preparação– Depende grandemente da experiência do executanteDepende grandemente da experiência do executante– Sem indicação ou pouco conclusiva: crânio, pulmão, tubo digestivo, glândulas Sem indicação ou pouco conclusiva: crânio, pulmão, tubo digestivo, glândulas

mamárias com involução adiposamamárias com involução adiposa• Deve responder a indicações precisas e específicasDeve responder a indicações precisas e específicas

– Confirmar ou afastar determinadas hipóteses de diagnósticoConfirmar ou afastar determinadas hipóteses de diagnóstico– Sempre conjugada com a clínica e após um cuidado exame clínicoSempre conjugada com a clínica e após um cuidado exame clínico

Informação Clínica muito Importante !!Informação Clínica muito Importante !!– Deve ser dirigida: Abdominal / Renal / PélvicaDeve ser dirigida: Abdominal / Renal / Pélvica


Top Related