dom/feees - reuniões mediúnicas

Click here to load reader

Post on 22-Apr-2015

3.672 views

Category:

Spiritual

5 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Material desenvolvido pelo Departamento de Orientação Mediúnica (DOM) da Federação Espírita do Estado do Espírito Santo (Feees)

TRANSCRIPT

  • 1. Reunies Medinicas
  • 2. Atividades do Centro Esprita ( O C E)
    • ATIVIDADES BSICAS
    • (...)
    • - Realizar reunies de Estudo e Educao da Mediunidade , com base nos princpios e objetivos espritas, esclarecendo e preparando trabalhadores para as atividades medinicas.
    • - Realizar Reunies Medinicas destinadas prtica da assistncia aos desencarnados necessitados de orientao e esclarecimento.
  • 3. Allan Kardec O Livro dos Mdiuns
    • Natural , entre os que se ocupam com o Espiritismo, o desejo de poderem pr-se em comunicao com os Espritos.
    • (Introduo)
    • No creiais que a faculdade medianmica seja dada para corrigir uma ou duas pessoas, no; o objetivo maior: trata-se da Humanidade. (Cap. XX)
  • 4. Mudana de Paradigma
    • Impreciso Preciso
    • Fragmentao Unidade
    • Incoerncia Coerncia
    • Mecanicismo Intencionalidade
    Do Senso Comum Para Senso Crtico
  • 5. OCE - 1980 A liberdade caracterstica da Doutrina Es- prita, reflete-se na atuao do adepto. Mas preciso no confundir livre iniciativa lastre- ada no conhecimento adquirido com licena para fazer o que se bem entenda.
  • 6. Therezinha Oliveira Reunies Medinicas 2) Confortar e esclarecer aos necessitados, aprendendo quer com o seu exemplo infeliz, sofredor, como com a sua recuperao.
  • 7. Therezinha Oliveira Reunies Medinicas Ao dialogar com os Espritos, temos por objetivo: 1) Aprender com os bons, gozando de sua convivncia amiga e edificante;
  • 8. Allan Kardec LM, cap. XXIX As reunies espritas oferecem grandssimas vantagens, por permitirem que os que nelas tomam parte se esclaream, mediante a permuta de idias pelas questes e observaes que se faam ... Elas apresentam caracteres muito diferentes conforme o fim com que se realizam; podem ser frvolas, experimentais ou instrutivas.
  • 9. Allan Kardec LM, cap. XXIX Reunies Frvolas
    • Compem-se de pessoas que s vem o
    • lado do passatempo e do divertimento das
    • manifestaes.
    • Divertem-se perguntando banalidades de
    • toda sorte.
    • Pedem solues e previses do futuro
    • aos Espritos, exploram a curiosidade ...
  • 10. Allan Kardec LM, cap. XXIX Reunies Experimentais
    • Objetivam a produo de manife s
    • taes fsicas, particularmente.
    • Causam admirao, mas nem
    • sempre trazem convencimento.
    • So promovidas pelos Espritos
    • superiores para que se revelem
    • aos homens as leis que regem o
    • mundo invisvel e suas relaes
    • com o mundo fsico. Alcanam
    • melhor resultado quando dirigi-
    • das com mtodo e prudncia.
  • 11.
    • So as em que se pode haurir o verdadeiro ensino, pois so srias, ou seja, cogitam de coisas teis.
    • No carregam a presuno da infalibilidade.
    • H exame crtico das comunicaes, que deve ser realizado com apreciao imparcial.
    • Primam pelo recolhimento e a comunho de pensamentos entre os participantes, regularidade e pontualidade.
    Allan Kardec LM, cap. XXIX Reunies Instrutivas
  • 12. Allan Kardec LM, cap. III / Parte 1
    • O meio mais simples de se obviar a este inconveniente, consiste em se comear pela teoria. A todos os fenmenos so apreciados, explicados ... Ainda outra
    • vantagem apresenta o
    • estudo prvio da teoria:
    • a de mostrar imediata-
    • mente a grandeza do objetivo e o alcance da
    • cincia.
  • 13. Reunies Medinicas
    • Estudo e Educao da Mediunidade
    • Reunio Mista ou Prtica
    • Desobsesso
    • Reunio de Irradiao ou Vibraes
    • Tratamento Espiritual
    • (Assistncia a Enfermos)
    • Orientao
    • Efeitos Fsicos
  • 14. Estudo e Educao da Mediunidade OBJETIVO Preparar e educar os mdiuns para o exerccio equilibrado de suas faculdades medianmicas, em bases evanglicas e com a segurana que a Doutrina Esprita proporciona.
  • 15. Estudo e Educao da Mediunidade Desenvolvimento
    • Estudos atinentes mediunidade.
    • Exerccios psquicos para oferecer aos mdiuns: condies de exercer a faculdade,
    • controle de suas manifestaes , identifica-
    • o dos espritos pelas vibraes, etc.
    • Equipe: coordenador geral, coordenador
    • adjunto, pessoal de apoio e candidatos
    • ao estudo e educao.
  • 16. Reunio Mista ou Prtica OBJETIVO Estudos evanglico-doutrinrios e prtica medinica. Essa reunio conhecida como reunio prtica. .
  • 17. Reunio Mista ou Prtica Desenvolvimento
    • Estudos.
    • Intercmbio medinico visando socorrer os
    • necessitados, de forma geral.
    • Avaliao.
    • Equipe: Dirigente, auxiliares do dirigente e
    • mdiuns.
  • 18. Reunio de Desobsesso
    • OBJETIVO
    • Assistncia a encarnados/desencarnados
    • atravs de auxlio s entidades vincula-
    • das a processos individuais ou coletivos.
    • Defesa do Centro Esprita contra as
    • investidas dos Espritos.
  • 19. Reunio de Desobsesso Desenvolvimento
    • Preparao do ambiente espiritual (leitura/
    • msica, ...)
    • Atendimento s entidades.
    • Encerramento / avaliao.
    • Equipe: dirigente, auxiliares do dirigente,
    • passistas experientes, elementos
    • de sustentao e mdiuns
    • educados e experimentados.
  • 20. Reunio de Irradiao ou Vibraes OBJETIVO Prestar assistncia fludica e espiritual para os enfermos.
  • 21. Reunio de Irradiao ou Vibraes Desenvolvimento
    • Preparao do ambiente/prece.
    • Leitura ou citao dos nomes previamente
    • registrados (um por vez ou uma leitura
    • inicial).
    • Preces, vibraes e doao de fluidos.
    • Manifestao do Mentor Espiritual para as
    • observaes julgadas necessrias.
    • Equipe: dirigente, elementos de apoio e
    • doao fludica, mdiuns.
  • 22. Reunio de Tratamento (Assistncia a Enfermos) OBJETIVO Cooperar com os enfermos fsicos, atravs do tratamento magntico-espiritual.
  • 23. Reunio de Tratamento (Assistncia a Enfermos)
    • DESENVOLVIMENTO
    • Pre