"diz o índio":

Download

Post on 26-Jan-2016

87 views

Category:

Documents

46 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Dissertao de mestrado - Rafael Rogrio Nascimento dos Santos

TRANSCRIPT

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAR

    INSTITUTO DE FILOSOFIA E CINCIAS HUMANAS

    FACULDADE DE HISTRIA

    PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM HISTRIA SOCIAL DA AMAZNIA

    RAFAEL ROGRIO NASCIMENTO DOS SANTOS

    DIS O NDIO...: OUTRA DIMENSO DA LEI - POLTICAS INDGENAS NO

    MBITO DO DIRETRIO DOS NDIOS (1777-1798)

    Belm

    2014

  • RAFAEL ROGRIO NASCIMENTO DOS SANTOS

    DIS O NDIO...: OUTRA DIMENSO DA LEI - POLTICAS INDGENAS NO

    MBITO DO DIRETRIO DOS NDIOS (1777-1798)

    Dissertao apresentada ao Programa de Ps-Graduao em

    Histria Social da Amaznia da Universidade Federal do Par,

    como exigncia parcial para obteno do ttulo de mestre em

    Histria.

    Orientador: Mauro Cezar Coelho (PPHIST/UFPA)

    Belm

    2014

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAR

    INSTITUTO DE FILOSOFIA E CINCIAS HUMANAS

    PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM HISTRIA SOCIAL DA AMAZNIA

    RAFAEL ROGRIO NASCIMENTO DOS SANTOS

    DIS O NDIO...: OUTRA DIMENSO DA LEI - POLTICAS INDGENAS NO

    MBITO DO DIRETRIO DOS NDIOS (1777-1798)

    Dissertao apresentada ao Programa de Ps-Graduao em

    Histria Social da Amaznia da Universidade Federal do Par,

    como exigncia parcial para obteno do ttulo de mestre em

    Histria.

    Orientador: Mauro Cezar Coelho (PPHIST/UFPA)

    Data de aprovao: 20 de Maio de 2014

    Banca Examinadora:

    ________________________________

    Professor Doutor Mauro Cezar Coelho

    (Orientador Programa de Ps-Graduao em Histria / UFPA)

    ________________________________

    Maria Regina Celestino de Almeida

    (Examinadora Programa de Ps-Graduao em Histria / UFF)

    ________________________________

    Jos Alves de Souza Junior

    (Examinador Programa de Ps-Graduao em Histria / UFPA)

  • Dados Internacionais de Catalogao-na-Publicao (CIP)

    (Biblioteca de Ps-Graduao do IFCH/UFPA, Belm-PA)

    Santos, Rafael Rogrio Nascimento dos

    Dis o ndio...: outra dimenso da lei - polticas indgenas no mbito do diretrio dos ndios (1777-1798) / Rafael Rogrio Nascimento dos Santos. - 2014.

    Orientador (a): Mauro Cezar Coelho

    Dissertao (Mestrado) - Universidade Federal do Par, Instituto de Filosofia e Cincias

    Humanas, Programa de Ps-Graduao em Histria Social da Amaznia, Belm, 2014.

    1. ndios da Amrica do Sul - Par, 1777-1798. 2. Par - Histria, 1777-1798. 3. Par -

    Perodo colonial, 1777-1798. 4. Poder (Cincias Sociais). I. Ttulo.

    CDD - 22. ed. 980.4115

  • Aos professores que me ajudaram nessa trajetria.

    Aos meus amigos e famlia, principalmente minha me, D.

    Maria Raimunda, por tudo que passamos nos ltimos meses.

    Para Bruna Antunes, por ser parte dessa trajetria.

  • AGRADECIMENTOS

    Se eu agradecesse de forma devida e justa a todos que contriburam de forma indireta

    ou direta na construo desta dissertao, isso deveria tomar uma boa parte deste trabalho.

    Contudo, serei breve e procurarei lembrar a todos que marcaram e fizeram parte dessa

    jornada.

    Aos Goliardos Grupo de Jovens Intelectuais a servio do conhecimento histrico

    Admarino Jnior, Ailson Freire, Leandro Fonseca e Romyel Cecim. Grupo de amigos que

    surgiu de uma brincadeira na graduao h mais de seis anos e que at hoje, apesar da

    distncia, se mantm. Alm deles, agradeo a todos os colegas da graduao turma de

    Histria Intervalar 2007 entre eles, Oyarsa Batista, Rafael Oliveira e Heyder Souza.

    Aos amigos e colegas do curso de Histria, tanto da graduao quanto da ps-

    graduao, Marcos, Erick, Vincius, Gil, Gabriel, Ceclia e Raimundo Neto.

    Aos meus amigos da vizinhana, alguns que conheo desde a infncia e nutro uma

    profunda amizade: Aleson Maia, Leandro Abreu, Rogrio Silva e, em especial, Paulo

    Roberto, um irmo a quem devo sinceros agradecimentos por ter lido e revisado

    gramaticalmente esse trabalho. Tambm aos amigos do mestrado, em especial aqueles os

    quais tenho grande considerao: Bruno Mariano, Frederik Matos e Tamyris Monteiro.

    Agradeo tambm a diretora Eliana Ramos pela compreenso e incentivo a vida

    acadmica quando fiz parte do grupo Bencio Lopes.

    Eu tenho vontade de agradecer a todos os meus professores do ensino fundamental ao

    mdio, inclusive meu pai, Evaldo Santos, que foi um deles. Agradeo porque o conhecimento

    que constru nesse perodo, ao longo de anos, foi fundamental para a minha formao

    acadmica. Saber ler, interpretar, escrever e finalmente, dissertar. Obrigado a todos. Pai, voc

    um grande educador, obrigado pelo carinho e ensinamentos.

    Devo agradecer a minha famlia, formada por uma maioria de professores, deram-me

    apoio e acreditaram que eu iria conseguir bons proveitos do esforo e dedicao os quais, por

    vezes, retiravam-me mais cedo das festas e reunies em famlia. Um agradecimento especial

    ao meu irmo, Alexandre Santos, pelas vitrias conjuntas.

    Agradeo a minha me, Maria Raimunda, devo tudo a ela. Meus objetivos no teriam

    sido alcanados se no fosse pelo seu apoio incondicional. Sei que com minha presena

    ausente dentro de casa, por dedicar horas em frente a um computador, perdi inmeras

    conversas, entretanto, sempre tentei ser um filho do qual se orgulhasse. Ela um dos maiores

    motivos dessa realizao.

  • Tenho uma profunda gratido ao professor Mauro Cezar Coelho. Um professor

    exemplar, alm da pacincia em orientar todo este trabalho, realizando sempre uma leitura

    criteriosa, confiou no meu potencial acadmico desde a graduao, sempre incentivando os

    estudos, o alcance de objetivos, com uma positividade que me fez acreditar piamente no meu

    potencial. Muito obrigado! A minha formao acadmica em boa parte devedora dessa

    confiana.

    Agradeo ao CNPq Centro Nacional de Desenvolvimento Cientfico e Tecnolgico,

    pelo financiamento dessa pesquisa. Aos professores do curso de graduao em Bacharelado e

    Licenciatura em Histria da Universidade Federal do Par e tambm do Programa de Ps-

    Graduao em Histria Social. Tenham a certeza que contriburam nessa jornada. Em

    especial, Francivaldo Nunes, pelas aulas de Estgio supervisionado, Wilma Coelho, que alm

    de ter sido minha professora de estgio, uma profissional exemplar que me apresentou uma

    vida acadmica sria e repleta de leituras.

    Sou grato a Rafael Chambouleyron por ter feito apontamentos que contriburam muito

    no meu trabalho, ao professor Jos Alves de Souza Junior pelas dicas e comentrios precisos

    acerca da minha dissertao e a Maria Regina Celestino de Almeida, historiadora que, por

    meio de seus trabalhos e reflexes sobre a histria indgena, muito influenciou minha

    trajetria.

    Por ltimo, agradeo a minha esposa Bruna Antunes dos Reis, mah-e-man, B.

    Deix-la para encerrar uma das partes mais subjetivas deste trabalho devido dificuldade de

    encontrar as expresses certas para mostrar a importncia que tens em minha vida. Passamos

    por muitas desventuras nesse perodo, e, para que eu conseguisse super-las, foste

    fundamental, suas palavras de apoio, incentivo e carinho foram um pilar no qual me sustentei.

  • RESUMO

    Essa pesquisa trata de determinadas estratgias e aes construdas pelos indgenas do

    Gro-Par em busca de seus prprios interesses, diante dos limites que o contexto do ltimo

    quartel do sculo XVIII lhes imps. Leva-se em conta que os povos indgenas possuram e

    possuem participao fundamental na histria do Brasil, souberam lidar com as relaes de

    poder geridas pela sociedade colonial, aprenderam os cdigos culturais europeus e os

    utilizaram para moverem-se e adaptarem-se dentro daquele universo, principalmente em

    busca de maior autonomia. As polticas indgenas so compreendidas como instrumento de

    ao dos amerndios e revelam que aprenderam a lidar com as formas de poder institudas no

    Vale Amaznico e, na medida do possvel, criaram estratgias de ao procurando satisfazer

    suas prprias necessidades.

    Palavras-chave: Polticas indgenas; Diretrio dos ndios; Resistncia ndgena.

  • ABSTRACT

    This research deals with certain strategies and actions built by Indians of Gro Para in

    pursuit of their own interests in front of the limits about the context of the last quarter of the

    eighteenth century imposed to them. It takes into account that indigenous people had and have

    a fundamental participation on the Brazils history, they knew how to get along with the

    powers relations managed by colonial society, learned the European cultural codes and used

    them to move up and adapt within that universe mainly seeking greater autonomy. Indigenous

    policies are understood as an action instrument and show that the Amerindians were not just

    victims or victimizers, they learned how to deal with the forms of power established in the

    Amazon Valley and, as far as possible, created action strategies trying to satisfy their own

    needs.

    Keywords: Indigenous Political; Indians Directory; Indigenous resistance

  • SUMRIO

    INTRODUO....................................................................................................................... 12

    Sobre a resistncia indgena...................................................................................................... 12

    PARTE I................................................................................................................................... 18

    Captulo I Histria indgena e indigenista: os povos indgenas no centro do palco....... 19