disciplina: biologia profª. cristina de souza 1ª sÉrie do ensino mÉdio

Download DISCIPLINA: BIOLOGIA PROFª. CRISTINA DE SOUZA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO

If you can't read please download the document

Post on 07-Apr-2016

215 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Apresentao do PowerPoint

Introduo ao estudo da BiologiaDISCIPLINA: BIOLOGIAPROF. CRISTINA DE SOUZA1 SRIE DO ENSINO MDIO

Cincia (Latim= Scientia=conhecimento) O que a move curiosidade. a experincia humana examinada e verificada.Vida = no se define vida em apenas uma frase. Mas sim uma diversidade de suas formas e o que as constitui.A palavra Biologia deriva do latim bios = vida e logus = estudoBiologia: o estudo da vida . a cincia que estuda os seres vivos e suas manifestaes vitais.

BIOLOGIA HOJE

A biologia hoje um dos ramos do conhecimento humano que mais tem crescido.Causas:melhorias das tcnicas de laboratrio, aperfeioamento dos microscpios e de outros aparelhos que nos tm Consequncias:permite ampliar a nossa interpretao do mundo vivo e sua interao com o mundo no vivo, A Terra tem +- 4,6 a 5 bilhes de anos, os seres vivos tem 3,6 bilhes de anos de existncia.Estamos vivendo , neste sc., a Era da Biologia.

A biologia tornou-se um campo de investigao to vasto que geralmente no estudada como uma nica disciplina, mas antes dividida em vrias disciplinas subordinadas, mas que, no seu conjunto, estudam a vida nas mais variadas escalas. ALGUMAS SUBDIVISES DA BIOLOGIA

-CITOLOGIA- estuda a clula, tanto sob o ponto de vista estrutural (morfolgico ou anatmico), quanto funcional (fisiolgico).-GENTICA - estuda a natureza qumica do material hereditrio, os mecanismos de sua transmisso ao longo das geraes e os modos de ao desse material.-EVOLUO- estuda os possveis mecanismos atravs dos quais os seres vivos sofreram e ainda sofrem modificaes, dando origem a espcies novas.-ECOLOGIA- estuda as relaes dos seres vivos entre si e com o meio ambiente.-FISIOLOGIA- estuda o funcionamento das clulas, tecidos, rgos ou sistemas.-ANATOMIA- estuda a estrutura e a forma das clulas, tecidos, rgos ou sistemas (em partes). -TAXONOMIA E SISTEMTICA estuda as provveis relaes de parentesco entre os seres, classificando-os em grupos de acordo com suas semelhanas

Nveis de organizao dos seres vivos do tomo Biosfera.

SERES VIVOS SO ENTIDADES QUE APRESENTAM AS PROPRIEDADES DE MULTIPLICAO,VARIAO E HEREDITARIEDADE.

CARACTERSTICAS GERAIS DOS SERES VIVOS So vrias as propriedade que, sozinhas ou em conjunto, diferem um ser vivo de um no vivo. As mais importantes so: organizao celular, composio qumica, reproduo, material gentico, metabolismo, respirao, nutrio, evoluo (seleo natural,adaptao) movimento, crescimento, regenerao, ciclo vital respostas a estmulos ambientais. Organizao celularA imensa maioria dos seres vivos formada por unidades fundamentais denominadas clulas.

Clula- a unidade morfolgica e fisiolgica dos seres vivos. Quanto ao nmero de clulas, os seres vivos podem ser unicelulares (bactrias, protozorios e alguns fungos) e pluricelulares (maioria dos fungos, vegetais e animais). De acordo com sua estrutura celular as clulas so classificadas em eucariticas e procariticas.EUCARIONTES - (eu=verdadeiro+cario=ncleo) So formadas por membrana celular, citoplasma e ncleo (com carioteca ou membrana nuclear = envoltrio). Ex: protistas , fungos , vegetais e animais . PROCARIONTES - (pro=que vem antes+cario=ncleo) So formadas por membrana celular, citoplasma e nucleide (material nuclear no delimitado pela carioteca= sem carioteca). Ex: bactrias e cianobactrias (cianofceas ou algas azuis)

Estruturas Celulares: Procaritica e Eucaritica

Composio qumica:

As substncias qumicas que compem o corpo dos seres vivos podem ser divididas em dois grupos: as orgnicas e as inorgnicas .

Orgnicas: so formadas por molculas complexas e tm o carbono (C) como elemento principal. So elas: os carboidratos, os lipdios, os protdios e os cidos nuclicos.

Inorgnicas: so formadas por molculas simples, com pequeno nmero de tomos. So elas, principalmente: a gua e os sais minerais.

O gs carbnico ou dixido de carbono inorgnicoAtravs da composio qumica, pode-se diferenciar seres vivos de seres brutos. Os seres vivos so formados por molculas orgnicas e inorgnicas, e os seres brutos, apenas por molculas inorgnicas. A composio qumica aproximada da matria viva de cerca de 75 a 85% de gua, 1% de sais minerais, 1% de carboidratos, 2 a 3 % de lipdios, 10 a 15% de protdios e 1% de cidos nucleicos.Metabolismo: o conjunto de processos qumicos responsveis pela transformao e utilizao de matria e energia pelos organismos. O metabolismo (metabole=mudar) pode ser dividido em dois processos bsicos:

* Anabolismo: Sntese(produo) de substncias utilizadas para o crescimento do organismo e reparao de suas perdas.

*Catabolismo: Degradao (quebra) de substncias com liberao da energia necessria s funes orgnicas.

Os seres brutos no possuem metabolismo.Reproduo: a capacidade que os seres vivos tm de dar origem a novos indivduos semelhantes a eles.

Existem basicamente dois tipos de mecanismo reprodutivo: o sexuado e o assexuado.

Na reproduo sexuada ou gmica h unio de 2 clulas reprodutoras denominadas gametas.

Na reproduo assexuada ou agmica apenas um indivduo participa, dando origem a outros indivduos, todos geneticamente idnticos entre si.

gmicagamica

Movimento: Os seres vivos apresentam movimentos em respostas a mltiplos estmulos.

Movimento qualquer alterao na posio inicial de um corpo.

Um tipo especial de movimento a locomoo - deslocamento do indivduo por suas prprias foras.Nutrio/Alimentao: necessria para a sobrevivncia e crescimento dos seres. Fornece energia. So classificados:

* Auttrofos: organismos capazes de produzir o alimento que necessitam. Ex: vegetais, cianobactrias.* Hetertrofos: so organismos incapazes de produzir seus alimentos.Ex: animais, fungos, bactrias, protistas.Respirao: Absoro do oxignio e liberao de gs carbnico. Quanto respirao, os seres vivos so classificados em 2 tipos:

* Aerbicos: necessitam de O2 para realizar a respirao. Ex: animais ,vegetais ,fungos, protistas,moneras.

* Anaerbicos: no necessitam de O2 para respirao. Realizam o processo chamado fermentao, que outra maneira de libertar energia dos alimentos. Ex: fungos e bactriasEsquema da fotossntese

Fotossntese: equao geral

Regenerao: recuperar partes perdidas. Ex: cicatrizao

Crescimento: o aumento de tamanho de um corpo.

Nos seres vivos ocorre devido a incorporao e transformao de alimentos, sendo conseqncia da nutrio e do metabolismo.

Os seres brutos tambm podem apresentar crescimento, mas devido deposio de material sobre sua superfcie. Nesse caso, diz-se que o crescimento de fora para dentro.

Nos seres vivos o crescimento ocorre de dentro para fora.Ciclo vital: o ser vivo nasce , cresce, reproduz, morre.

Reao ou respostas a estmulos ambientais: Todos os seres vivos tm a capacidade de perceber e de reagir a estmulos do meio.

Mimosa pudica

Evoluo: Os seres vivos podem sofrer modificaes ao longo do tempo atravs de processos que os levam a uma maior adaptao ao meio. Os cidos nuclicos (DNA, RNA) so fundamentais nos processos evolutivos. A teoria da seleo natural foi baseada em 3 observaes:-os indivduos de uma populao no so idnticos entre si.-nascem mais organismos do que o ambiente pode suportar,assim, poucos sobrevivem.-h disputa pelos recursos do ambiente, e os mais vantajosos sobrevivem.

Referncias AMABIS, Jos Mariano; MARTHO,Gilberto Rodrigues . Biologia das populaes: Gentica, Evoluo e Ecologia. So Paulo: Moderna, 2005. v.3 LOPES, Snia; ROSSO, Srgio. Bio. So Paulo: Saraiva, 2011. v.1. ODUM, EUGENE P. Ecologia. Rio de Janeiro:Guanabara,1988.UZUNIAN, Armnio; BIRNER, Ernesto. Biologia: volume nico. 4.ed. So Paulo: Harbra, 2013.

Recommended

View more >