dirio de bordo

Download Dirio de bordo

Post on 09-Jul-2015

466 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Dirio de Bordo

    Disciplina: Cincias Sociais

  • Dirio de BordoINTRODUO Este dirio contm as observaes do grupo durante acompanhamento do projeto de trabalho realizado na Escola Municipal Luis Delfino ,localizada na Gvea, RJ. ,pela professora Angela com a turma 1302, do 3ano do Ensino Fundamental. A PROFESSORA Tendo ingressado no magistrio este ano, no possui muita experincia, mas em contrapartida , apresenta muita disposio para continuar sua formao, tendo elaborado o projeto em conjunto com a equipe pedaggica da escola.

  • Dirio de BordoA TURMA Os alunos esto na faixa etria entre 8/10 anos e so muito alegres, prontos para descobrir novidades. A maioria dos alunos convive desde a Educao Infantil, possuindo, portanto, um timo relacionamento, com os pequenos conflitos naturais da idade. O AMBIENTE ESCOLAR Analisando o ambiente da sala de aula percebe-se logo que no o ideal, faltando espao para circulao, com mobilirio que s permite o trabalho em duplas, impossibilitando a formao de grupos. Possui vdeo, mas a televiso foi colocada numa altura que dificulta o manuseio e o aparelho de som no funciona. Como a escola no dispe de projetor multimdia e a professora ainda no recebeu seu laptop, o trabalho foi realizado tambm no ambiente de Sala de leitura.

  • Rio, 28 de maro de 2011 Primeiro Dia A professora sensibilizou a turma dizendo que eles fariam um tour pela escola e por seus arredores, orientando-os sobre o que iriam fazer. Pediu que observassem tudo e que anotassem ou desenhassem suas impresses sobre o passeio que fariam. Primeiro percorremos o interior da escola e depois para o ptio, e, a seguir fomos para a rua, onde a professora pediu que comparassem o prdio da escola com as edificaes em torno dela. Retornando para a sala, as crianas discutiram suas observaes, e concluram, com a mediao da professora, que o prdio da escola diferente dos demais. Nesse momento a profa. Angela props que eles coletassem em casa fotos que retratassem o bairro no passado e nos dias atuais.

  • Rio, 29 de maro de 2011 Segundo Dia

    Com o material trazido pelos alunos , a professora dividiu a turma em seis grupos, com a tarefa de comparar as fotos e paisagens do bairro, atentando especialmente para a sua ocupao . Os grupos fizeram um pequeno registro escrito de suas descobertas e , sob a orientao da prof. da sala de leitura, observaram o bairro no Google Maps onde conheceram o que uma viso por satlite e puderam acrescentar novas nuances aos seus relatos.

  • Rio, 30 de maro de 2011 Terceiro Dia

    A turma continuou trabalhando na sala de leitura onde a professora colocou todo o material coletado , lanando aos alunos o desafio de construrem uma linha de tempo. As crianas foram pouco a pouco delineando a construo da linha com a orientao da professora e da coordenadora pedaggica.

    Os grupos transportaram as informaes sobre a ocupao do bairro para a linha do tempo. Essa etapa foi muito importante porque os alunos tiveram que observar bem a linha do tempo , compar-la com suas anotaes e verificar se poderiam acrescentar algo de novo em seus relatos. Tanto a professora, quanto a coordenadora tiraram as dvidas e orientaram as crianas com muita pacincia numa linguagem muito bem adequadas a elas.

  • Rio, 31 de maro de 2011 Quarto Dia

    Chegou nova aluna para a turma e a professora aproveitando-se da intimidade que a turma j possui, cuidou de integr-la ao grupo, fazendo uma pequena recepo de boas vindas, com os alunos se apresentando nova colega e ela para eles, logo criando amizade com outra menina. A turma seguiu para a Sala de Leitura onde assistiram ao vdeo Ocupao informal nos morros da cidade, seguindo-se um pequeno debate livre, mas orientado, entre os alunos.

  • Rio, 31 de maro de 2011 Quarto Dia

    A professora instigou o grupo a imaginar como seria viver na Gvea h 100 anos e como viver nos dias de hoje, encaminhando a reflexo com perguntas como: O que mudou? Que mudanas foram negativas ou positivas? Por que? E tambm pediu a eles que escrevessem ou desenhassem suas concluses.

  • Rio, 01 de Abril de 2011 Quinto DiaA professora comeou aula em cima da constatao que de o desmatamento e a violncia no bairro foram as questes que mais foram destacadas pelas crianas, conduzindo-as, ento reflexes soConcludos os desenhos, cada criana exibiu seu bairro e justificou suas escolhas. O fechamento do projeto acontecer na semana da homenagem s mes, quando a turma montar um grande painel contando a histria do bairro. re sustentabilidade e sobre a importncia da construo de relaes de solidariedade, de amizade, de amor e tocando em valores ticos que sero trabalhados posteriormente. Para concluir a linha do tempo sugeriu a eles um desenho a partir do tema: O Bairro dos Meus Sonhos, como construir?

  • Rio, 01 de Abril de 2011 Quinto DiaA criana nesta faixa etria passa a compreender mais a sociedade , ordens sociais e grupos.A partir dos 10 anos de idade, crianas passam a dar mais importncia a um grupo de amigos que possuem gostos semelhantes.A pr-adolescncia marcada pelo incio das intensas transformaes fsicas que transformam a criana em um adulto; o incio da puberdade, marcada principalmente pelo aumento do ritmo de crescimento corporal e pelo amadurecimento dos rgos sexuais.

  • Componentes do GrupoMaria Margarida AvelarAdriana TeixeiraMnica BorgesElane NevesTatianaAlice Maria

    *