diretrizes gerais e propostas defendidas

Click here to load reader

Post on 06-Jun-2015

362 views

Category:

Education

9 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Portfólio da Campanha de Artidonio Araújo Filho, candidato a Reitor do IF Sertão - PE.

TRANSCRIPT

  • 1. m ia dos campi Si m o nopliAutcid adento QuPlanejamealificaoo Assiipast rtic ncPa ia deInteg r ilidaaoSustentab

2. 1A Rede Federal de Educao Profissional, Cientfica e Tecnolgica est vivenciando o maior nvel de expanso de suahistria. De 1909 a 2002, foram construdas 140 escolas tcnicas no pas. Entre 2003 e 2010, o Ministrio da Educaoentregou populao as 214 previstas no plano de expanso da rede federal de educao profissional. Atualmente,so 354 unidades e mais de 400 mil vagas em todo o pas. Com outras 208 novas escolas previstas para serementregues at o final de 2014 sero 562 unidades.Conforme o estatuto do Instituto Federal de Educao, Cincia e Tecnologia do Serto Pernambucano, o IF Serto PEfoi criado mediante transformao do Centro Federal de Educao Tecnolgica de Petrolina nos termos da Lei n.11.892 de 29 de dezembro de 2008 publicada no Dirio Oficial da Unio de 30 de dezembro de 2008constituise emautarquia Federal, vinculada ao Ministrio da Educao, detentora de autonomia administrativa, patrimonial,financeira, didticopedaggica e disciplinar, tendo por finalidade e caractersticas: 3. 2 4. 3 5. 4Nasceu em JuazeiroBA, em 09 de janeiro de 1960,filho de Artidonio Brasileiro de Arajo e de RomelitaMaria Padilha de Arajo. Viveu intensamente ainfncia em Petrolina, e em 1976, aos dezesseis anos,foi para RecifePE, onde cursou e concluiu o ensinomdio no Colgio Ezuda, e ingressou em 1979 na UFPEno curso de Engenharia Civil. Retornou para Petrolinaem 1983, e em 1985 casouse com Mrcia Cristina comquem tem trs filhos.Em 1983, trabalhou na CODEVASF, no perodo de 1983a 1985 na GLEBA CONSTRUES e de 1985 a 1988 na IGCONSTRUTORA, e em sociedade fundou a CEFALCONSTRUES, da qual scio quotista.Foi presidente da Associao de Engenheiros,Arquitetos Agrnomos e Tcnicos do Vale do SoFrancisco, inspetor do CREAPE. Nesses dois mandatoseletivos foi escolhido pelos inspetores dos municpiosque tm a representao do CREAPE, como o lderonde os representou junto presidncia do CREAPE. scio fundador do Rotary Club Petrolina, foiSuperintendente da Autarquia do Vale do SoFrancisco AEVSF, mantenedora da Faculdade deCincias Aplicadas e Sociais de Petrolina e sempreatuante na construo civil, onde foi responsvel pelaconstruo de vrios prdios, casas e obras industriaisem Petrolina e cidades circunvizinhas.Em 1995 foi aprovado em concurso pblico para ocargo de professor de construo civil para a ESCOLATECNICA FEDERAL DE PERNAMBUCO UNEDPETROLINA. 6. 5 Criao de dois cursos superiores, a licenciaturaem computao em 2010 e a licenciatura emmsica em 2011; Reestruturao da biblioteca, com a melhoriado acervo bibliogrfico, de planejamento parae m p r st i m o a t rav s d o S i ste m a d eAdministrao Pergamum; Viabilizao de participao de docentes,administrativos e discentes em eventoscientficos no pas, bem como internacionais,para divulgao dos resultados das pesquisasrealizadas; Viabilizao de capacitaes para osservidores; Aquisio de TVs de 52 para as salas de aulas,oportunizando o uso de metodologiasalternativas e aulas mais interativas,participativas e dinmicas; Fortalecimento do ensino com a viabilizao de Aquisio de netbooks para todos os docentes,realizao de visitas tcnicas, locais, regionais e permitindo o uso da Tecnologia Educacionalnacionais;como meio para o fortalecimento do processo Fortalecimento das prticas e competies de ensinoaprendizagem;esportivas internas e externas em ambiente e Climatizao das salas de aula e laboratrios;com uso de material adequado; Aquisio de mobilirios para as salas de aulas Estmulo para a organizao dos discentes como birs, e carteiras ergonmicas;atravs de eleio para lderes de salas nas Aquisio de mobilirios e equipamentos paradiversas modalidades de ensino, para os os setores administrativos;Centros acadmicos, e grmio estudantil; Construo de dois novos blocos para salas de Estmulo para a participao dos discentes em aula e laboratrios para atender a novaOlimpadas nacionais, estaduais, e locais comodemanda;a OBMEP, a OPEQ, a OBF, do conhecimento, de Instalao de rampas visando melhoringls, dentre outras;acessibilidade; Reconhecimentos junto ao MEC dos cursos Aquisio de materiais e equipamentos para ossuperiores: licenciatura em qumica, em fsica elaboratrios das reas especficas: qumica,tecnologia em alimentos;fsica, alimentos, informtica, eletrotcnica,edificaes, de acordo com os projetosapresentados; 7. 6 Aquisio de equipamentos especficos para o Implantao de Projeto de Coleta Seletiva doscurso de licenciatura em msica; resduos gerados no Campus Petrolina; Viabilizao do Ensino Distncia com a Implantao de Projeto de Eficincia Energticaestruturao de espao fsico, aquisio deminimizando os gastos com energia eltrica;materiais e equipamentos especficos, de Implantao dos projetos de bandas musicais;pessoal, estabelecimento de convnios, dentre Implantao de comisso com a comunidadeoutros, o que possibilitar que em 2013 o IF docente para o desenvolvimento do projeto deSERTOPE possa estar atendendo a essa Cultura Afro e Indgena, intra edemanda dessa modalidade de ensino;interinstitucional; Disponibilidade de acesso internet wireless Fortalecimento das aes ligadas a Orquestrapara a comunidade em geral;Opus 68; Melhoria no acesso a internet com a aquisio Viabilizao do desenvolvimento de programasde novos e modernos servidores,governamentais tais como: PIBID,computadores, e fibra ptica;PRODOCNCIA, Mulheres Mil, Segundo Tempo Implantao de Programa de Cultura Globale PELC;Culture e Language GCL e criao de Viabilizao de Espao de ConvivnciaLaboratrio de Lngua (Global English);Discente; Implantao nova Subestao dePro reitoria deAquisio de em parceria com a Energia para o Implantao atravs do Programa SegundoCampus;Pesquisa, inovao e psgraduao do Ncleo Tempo de: Viabilizao e ImplantaoNIT;Campus Petrolinade Inovao Tecnolgica no o Espao para Atividades de JUD; Reestruturao do setorTOEFL (Test of Englishdo Exame Internacional odontolgico, com a o Reforma do Campo de Futebol;aquisio de equipamentos, materiais paraas a Foreign Language) o primeiro teste para o Implantao de Painel Eletrnico noprocedimentos, dentre outros; do interior doProficincia de lngua inglesaGinsio de Esportes; Nordeste;Fortalecimentos das atividades extensivaso Aquisio de equipamentos para Aquisio parcerias com o estado, municpio, eatravs de de novo parque tecnolgico paraatividades fsicas dos servidores.comunidade em geralde Informtica;todos os laboratrios tais como: Estmulo captao de recursos junto aos Estmulo realizao de eventos que oferta de cursos de Formao Inicial e rgos de fomento como CAPES, CNPq, BNB,fortalecem a formao da comunidade, tais ContinuadaFIC; Ministrio do Esporte, dentre outros;como: oSemanad e ca p a c i ta o p a ra afe r taNacional de Cincia e Viabilizao de Espao de ConvivnciaTecnologia, Semana externa como PROEJA comunidade de Fsica, Semana de Discente;Qumica, Semana do Meio Ambiente, FIC; Aquisio de nova Subestao de Energia paraEletroinfo, Mostra ginsticaMostra Hispnica, oferta de PIBID, rtmica, jud, eo Campus;Simpsio de Qumica do Vale do So Francisco, esportes diversos; Viabilizao e Implantao no CampusFENET, dentre outros. desenvolvimento do projeto ePetrolina do Exame Internacional TOEFL (Test comunidade; of English as a Foreign Language) o primeiro Programa de Esporte e Lazer da Cidadeteste para Proficincia de lngua inglesa do PELCinterior do Nordeste; 8. 7Aquisio de novo parque tecnolgico para todos os laboratrios de Informtica;Estmulo realizao de eventos que fortalecem a formao da comunidade, tais como: Semana Nacional de Cincia e Tecnologia, Semana de Fsica, Semana de Qumica, Semana do Meio Ambiente, Eletroinfo, Mostra PIBID, Mostra Hispnica, Simpsio de Qumica do Vale do So Francisco, FENET, dentre outros.Organizao Acadmica 9. 8{....................Propostas Adquirir equipamentos para odesenvolvimento das atividades didticas e Reestruturar os Projetos dos Cursos,pedaggicas, tais como: data shows, TVs,buscando flexibilizar a matriz curricular,netbooks, softwares, dentre outros;promover a interdisciplinaridade e fortalecer Implementar de forma efetiva no IF SERTOa relao teoria/prtica do conhecimento de PE a modalidade de Ensino a Distncia (EAD)forma equilibrada que atenda efetivamente atravs de programas como ETEC, parceriaao aluno; com IFPR, Pro funcionrio, Capacitaes; Incluir e implementar no currculo escolar Instituir Comisses Permanentes para otemas como diversidade tnicoracialprocesso seletivo de ingresso aos cursosconforme previsto pela LDB, e educaotcnicos;ambiental; Desenvolver uma poltica de ampliao de Estruturar 20% da matriz curricular de cursos vagas nos cursos tcnicos e de graduaotcnicos e superiores na modalidade EAD;presencial e a distncia; Ampliar o quadro de servidores docentes e Criar Laboratrio de udio e Vdeo na Reitoriaadministrativos, considerando a realpara produo de material didtico que sernecessidade de cada campus, como porusado no ensino presencial e distncia;exemplo, laboratoristas, intrprete de libras, Fortalecer/implementar meios instrumentaisdentre outros;e pedaggicos para minimizar/sanar a evaso Viabilizar suporte tecnolgico a gesto doescolar;ensino atravs do trabalho docente Viabilizar a poltica do governo federal paraadquirindo equipamentos de apoioofertar aos alunos um tablet, bem como,pedaggico como kits tecnolgicos contendoinfraestrutura para acesso a internet;netbook ou tablet, pendrive, extenso, e Promover parcerias com instituies dedemais acessrios para cada professor;ensino da regio e fortalecer as j existentes; Equipar as bibliotecas com acer vo Fortalecer a poltica de assistncia estudantil.bibliogrfico em quantidade suficiente para Fortalecer laos com os Conselhos Regionaisatender a comunidade interna e externa; Profissionais, objetivando buscar parcerias Criar/Ampliar/estruturar espaos de ampliando o acesso dos discentes no mundoaprendizagem tais como: salas de aula,de trabalho;bibliotecas, laboratrios de lnguas, de Fortalecer a relao entre o IF S

View more