direito tributário professor claudio roisman · pdf fileconstituição...

Click here to load reader

Post on 06-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • DIREITO TRIBUTRIO

    AULA 00 SANTA CATARINA

    PROF CLAUDIO ROISMAN - 2018

    Pgina 1 de 92 | www.ricardoalexandre.com.br

    DIREITO TRIBUTRIO

    AULA 1 DO CTN

    PROFESSOR CLAUDIO ROISMAN

    AULA 00

    PDF PDF VDEO

    http://www.ricardoalexandre.com.br
  • DIREITO TRIBUTRIO

    AULA 00 SANTA CATARINA

    PROF CLAUDIO ROISMAN - 2018

    Pgina 2 de 92 | www.ricardoalexandre.com.br

    SUMRIO

    1.AULA 00 AULA DEMONSTRATIVA 1

    2.INFORMAES SOBRE O CURSO 3

    3.ICONOGRAFIA 4

    4.EXERCCIOS PROPOSTOS 37

    5.GABARITO 54

    6.QUESTES COMENTADAS 55

    Introduo

    Meus amigos, com grande prazer que iniciamos nosso estudo, que s terminar com a sua aprovao no concurso dos seus sonhos. Isso

    mesmo, no desista nunca, siga estudando, os seus sonhos se tornaro realidade. Vamos estudar Direito tributrio. E voc sabe, Direito

    tributrio e rea fiscal tem tudo a ver. Nossa matria tem um peso imenso nas nossas provas, ento j sabe, estuuuuuuuude. E ns vamos

    fechar a prova, isso mesmo, fechar a prova.

    Vamos falar um pouco sobre a minha vida de concurseiro. Comecei

    meus estudos em 2006 com 51 anos.

    Whaaaat? Isso mesmo, bem velhinho, RSSSS. Levando em

    considerao que depois dos trinta as clulas nervosas j comeam a

    morrer e no se regeneram, imaginem como foi difcil para mim,

    comear a estudar.

    Ah professor, mas vai ver sua carreira ajudou, sua formao foi til ou algo assim. HAHAHA, sou formado em Medicina Veterinria, logo no

    aproveitei nada de minha carreira.

    Ento meus amigos, no desistam, pensem sempre se est ruim e

    difcil para voc, com certeza estava pior para mim, KKKK.

    Comecei em 2006, como disse, e continuo estudando at hoje. Fui

    aprovado em 2008 para a Secretaria da Pesca, mas no assumi pois queria rea fiscal. Em 2010 fui aprovado em terceiro lugar para fiscal

    de ISS em Americana, SP. Fiquei l at 2016 quando ingressei como

    Auditor Fiscal aqui no Esprito Santo.

  • DIREITO TRIBUTRIO

    AULA 00 SANTA CATARINA

    PROF CLAUDIO ROISMAN - 2018

    Pgina 3 de 92 | www.ricardoalexandre.com.br

    Ento meus amigos no desistam nunca, s parem quando realizarem seus sonhos. O caminho rduo, mas nada nos impossvel quando

    assim o queremos. Ento sigam o lema: ESTUDAR AT PASSAR.

    No podemos deixar para estudar depois que sair o edital, pois no

    dar tempo.

    Nosso curso ter 13 aulas, cada aula com os assuntos definidos no

    cronograma, com uma mdia de 30 questes por aula. Darei nfase s

    questes das principais Banca do pas, como FCC, FGV, ESAF, mas faremos questes de outras bancas tambm. Ao final, faremos um

    simulado com todos os assuntos tratados no nosso curso. No total sero vaaarias questes. No se esqueam, acesso ilimitado ao

    FORUM DE PERGUNTAS, onde as responderei imediatamente. Caso haja necessidade, faremos aulas extras. Compromisso Claudio

    Roisman.

    Cronograma e contedo das aulas:06CCCCC

    12/08/2018 AULA 00 AULA 1 DO CTN

    20/08/2018 AULA 01 AULA 2 DO CTN

    30/08/2018 AULA 02 IMUNIDADES, LIMITAES CONSITUCIONAIS AO PODER DE TRIBUTAR, COMPETNCIA TRIBUTRIA

    10/09/2018 AULA 03 PRICPIOS CONSTITUCIONAIS, CONCEITO E CLASSIFICAO DOS

    TRIBUTOS

    20/09/2018 AULA 04 TRIBUTOS DA UNIO, CONTRIBUIO SOCIAL, PIS, PASEP, COFINS,

    CSLL E CIDE

    30/09/2018 AULA 05 TRIBUTOS DOS ESTADOS, MUNICPIOS E SIMPLES NACIONAL

    10/10/2018 AULA 06 LEGISLAO TRIBUTRIA, CONSTITUIO, EMENDAS, VIGNCIA DA

    LEGISLAO TRIBUTRIA

    20/10/2018 AULA 07 INTERPRETAO E INTEGRAO DA LEGISLAO TRIBUTRIA,

    OBRIGAO PRINCIPAL E ACESSRIA, FATO GERADOR

    30/10/2018 AULA 08 SUJEIO ATIVA E PASSIVA, CAPACIDADE TRIBUTRIA, DOMICLIO

    TRIBUTRIO

    10/11/2018 AULA 09 RESPONSABILIDADE TRIBUTRIA, SUCESSORES, TERCEIROS.

    20/11/2018 AULA 10 CRDITO TRIBUTRIO, LANAMENTO, EXIGIBILIDADE, EXTINO,

    EXCLUSO, GARANTIAS E PRIVILGIOS DO CRDITO TRIBUTRIO

    30/11/2018 AULA 11 ADMINISTRAO TRIBUTRIA, FISCALIZAO, DVIDA ATIVA E

    CERTIDO NEGATIVA

    10/12/2018 AULA 12 SIMULADO FINAL

  • DIREITO TRIBUTRIO

    AULA 00 SANTA CATARINA

    PROF CLAUDIO ROISMAN - 2018

    Pgina 4 de 92 | www.ricardoalexandre.com.br

    Iconografia

    Iremos agora mostrar alguns cones grficos que iro ilustrar a nossa apostila, no sentido de acompanhar o nosso assunto. Esses

    iconogrficos iro aparecer sempre para demonstrar as seguintes

    ideias:

    CAI NA PROVA

    DESPENCA NA PROVA

    ESQUEMATIZOU

    ACORDE

    PEGADINHA

    ESSA CONFUNDE

    LISTA DE QUESTES

    COMPLEMENTO DO ALUNO

    ATENO

    INTERVALO

    QUESTES COMENTADAS

    GABARITO

    Com isso, desta forma, fica bem mais fcil para voc usurio poder

    acompanhar e entender aquilo que o professor deseja lhe passar. Basta notar alguns desses cones para saber aquilo que vir em seguida, em

    sua apostila.

    Boa Leitura!

    Vamos inovar um pouquinho nesse curso, vamos apresentar de uma

    forma diferente, mais objetiva, mais dinmica, visando a sua aprovao e forma clara e objetiva, sem mais mais mais, sem mimimi.

    Vamos comear do bsico, pelo CTN. medida que formos avanando a dificuldade vai aumentar, pois teremos que saber toda a matria,

    para FECHAR A PROVA. Ao final do curso saberemos tambm

  • DIREITO TRIBUTRIO

    AULA 00 SANTA CATARINA

    PROF CLAUDIO ROISMAN - 2018

    Pgina 5 de 92 | www.ricardoalexandre.com.br

    jurisprudncia e doutrina, pois afinal de contas, a prova ser difcil mesmo. Os artigos do CTN que no foram recepcionados ou no tem

    importncia, foram suprimidos para que no percamos tempo. Time is

    Money. Vamos l.

    CTN

    Disposio Preliminar

    Art. 1. Esta Lei regula, com fundamento na Emenda Constitucional n.

    18, de 1 de dezembro de 1965, o sistema tributrio nacional e

    estabelece, com fundamento no artigo 5, inciso XV, alnea b, da Constituio Federal as normas gerais de direito tributrio aplicveis

    Unio, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municpios, sem prejuzo

    da respectiva legislao complementar, supletiva ou regulamentar.

    Beleza, sem problema, s leitura.

    Olha s, cai repetidas vezes o seguinte. O CTN foi promulgado em 1966. Na constituio da poca no havia lei complementar. Quando

    ele foi recepcionado pela nossa CF, foi recepcionado como lei

    complementar apesar de ter nascido lei ordinria.

    Dentre as afirmaes abaixo, qual est de acordo com a teoria da

    recepo das normas gerais contidas no Cdigo Tributrio Nacional:

    a) O Cdigo Tributrio Nacional continua apenas com fora de lei

    ordinria.

    Resposta: j sabe n, apareceu apenas, desconfie. Errada.

    SISTEMA TRIBUTRIO NACIONAL

    Disposies Gerais

  • DIREITO TRIBUTRIO

    AULA 00 SANTA CATARINA

    PROF CLAUDIO ROISMAN - 2018

    Pgina 6 de 92 | www.ricardoalexandre.com.br

    Art. 2. O sistema tributrio nacional regido pelo disposto na Emenda Constitucional n. 18, de 1 de dezembro de 1965, em leis

    complementares, em resolues do Senado Federal e, nos limites das respectivas competncias, em leis federais, nas Constituies e em leis

    estaduais, e em leis municipais.

    Tambm tranquilo, s leitura.

    Art. 3. Tributo toda prestao pecuniria compulsria, em moeda

    ou cujo valor nela se possa exprimir, que no constitua sano de ato ilcito, instituda em lei e cobrada mediante atividade administrativa

    plenamente vinculada.

    A j comea o enrosco. Veja que o CTN fala tributo.

    Fala tributo, no fala imposto, no fala contribuio, fala tributo.

    Prestao pecuniria compulsria, ou seja, contribuinte tem que pagar em dinheiro e obrigado a faz-lo. No facultativo, compulsrio.

    Em moeda, ou seja, em dindin ou cujo valor equivalha a dinheiro. No constitua sano de ato ilcito, quer dizer, no multa (que sano

    por ato ilcito), tem que ser por lei e cobrado por voc Auditor Fiscal da Receita, cuja atuao obrigatria, vinculada, no cabe

    discricionariedade. Caiu na rede peixe, kkkk.

    TRIBUTO

    PRESTAO PECUNIRIA

    COMPULSRIA

    EM MOEDA OU = MOEDA

    NO SANO DE ATO ILCITO

    ATIVIDADE VINCULADA

  • DIREITO TRIBUTRIO

    AULA 00 SANTA CATARINA

    PROF CLAUDIO ROISMAN - 2018

    Pgina 7 de 92 | www.ricardoalexandre.com.br

    Art. 4. A natureza jurdica especfica do tributo determinada pelo

    fato gerador da respectiva obrigao, sendo irrelevantes para qualific-

    la:

    I - a denominao e demais caractersticas formais adotadas pela lei;

    II - a destinao legal do produto da sua arrecadao.

    Resumindo, no quero nem saber de onde veio o dinheiro, a renda. Auferiu renda tem que pagar imposto. Mas professor, dinheiro do

    jogo do bicho. No interessa. Lembre-se que Al Capone foi preso pela

    Receita Americana por no declarar imposto de renda.

    a famosa pecunia non olet, que nada mais que o dinheiro no tem cheiro. Reza a lenda, eu juro que no estava l, kkkkk, que o

    Imperador romano Vespasiano estava passeando com seu filho por

    Roma quando passaram pelas latrinas pblicas, que eram uma espcie de banheiro qumico da poca. As pessoas tinham que pagar para usar.

    O filho perguntou: -mas pai vamos cobrar por isso? Vespasiano pegou uma moeda coletada nesse momento, deu pro filho cheirar e

    perguntou? Tem cheiro? Da vem o famoso dinheiro no tem cheiro. Se

    bem que a galera devia pagar antes de usar, depois sei no,kkkk.

    Art. 5. Os tributos so impostos,