direito processual civil : execução

Download Direito Processual Civil :  Execução

Post on 23-Feb-2016

40 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Direito Processual Civil : Execução. Prof. Murillo Sapia Gutier. Fase Expropriatória: adjudicação. Adjudicação | CPC, 685-A Consiste na transferência do bem penhorado ao credor exeqüente ou a quem de direito , por determinação judicial Meio preferencial de expropriação . - PowerPoint PPT Presentation

TRANSCRIPT

Direito Processual Civil: Execuo

Direito Processual Civil: ExecuoProf. Murillo Sapia Gutier1Adjudicao | CPC, 685-AConsiste na transferncia do bem penhorado ao credor exeqente ou a quem de direito, por determinao judicialMeio preferencial de expropriao Fase Expropriatria: adjudicao2Legitimidade:Exeqente, Cnjuge, Descendente ou ascendente do executado, Qualquer credor com garantia realExeqentes concorrentes que efetuaram a penhora do mesmo bem;Fase Expropriatria: adjudicao3Preponderncia:O critrio preponderante para determinar a ordem de preferncia para adjudicar o do maior lance.Quem fizer a melhor proposta mais adjudica o bem. Havendo igualdade de lances, ser observada a seguinte ordem: Fase Expropriatria: adjudicao4Preponderncia:Havendo igualdade de lances, ser observada a seguinte ordem: Cnjuge do executadoDescendentes do executado ou Ascendentes do executado.

Fase Expropriatria: adjudicao5Avaliao:parmetro valorativo mnimo pelo qual a atividade expropriatria deve se pautar;o quantum verificado quando da mensurao do valor do bem deve nortear esta atividade;Fase Expropriatria: adjudicao6Art. 685-A. lcito ao exeqente, oferecendo preo no inferior ao da avaliao, requerer lhe sejam adjudicados os bens penhorados. (Includo pela Lei n 11.382, de 2006). 1o Se o valor do crdito for inferior ao dos bens, o adjudicante depositar de imediato a diferena, ficando esta disposio do executado; se superior, a execuo prosseguir pelo saldo remanescente. 2o Idntico direito pode ser exercido pelo credor com garantia real, pelos credores concorrentes que hajam penhorado o mesmo bem, pelo cnjuge, pelos descendentes ou ascendentes do executado.

CPC Art. 685-A7Art. 685-A. 3o Havendo mais de um pretendente, proceder-se- entre eles licitao; em igualdade de oferta, ter preferncia o cnjuge, descendente ou ascendente, nessa ordem. 4o No caso de penhora de quota, procedida por exeqente alheio sociedade, esta ser intimada, assegurando preferncia aos scios. 5o Decididas eventuais questes, o juiz mandar lavrar o auto de adjudicao.

CPC Art. 685-A8Art. 685-B.Art. 685-B. A adjudicao considera-se perfeita e acabada com a lavratura e assinatura do auto pelo juiz, pelo adjudicante, pelo escrivo e, se for presente, pelo executado, expedindo-se a respectiva carta, se bem imvel, ou mandado de entrega ao adjudicante, se bem mvel.Pargrafo nico. A carta de adjudicao conter a descrio do imvel, com remisso a sua matrcula e registros, a cpia do auto de adjudicao e a prova de quitao do imposto de transmisso.

CPC Art. 685-ACPC Art. 685-B9CABIMENTO Quando no for requerida a adjudicao pelos legitimados;CONCEITOConsiste na alienao/venda realizada pelo prprio credor ou por algum corretor credenciado no juzo da execuo.Meio preferencial forma tradicional de alienao;Alienao particular10Legitimidade para requerer a medidaapenas o exeqente tem legitimidadePosio do juizPode o juiz determinar de ofcio a alienao particular, Pois esta tcnica processual pode se mostrar menos gravosa para o executado em seus resultados do que a alienao judicial - Marinoni Alienao particular11Controle jurisdicional: o juiz fixar O prazo em que a alienao deve ser efetivada, A forma de publicidade, O preo mnimo (art. 680), As condies de pagamento e as garantiasA comisso de corretagem, se for o caso.Alienao particular12Meios eletrnicosO 3 autoriza o uso de meios eletrnicos para a alienao, desde que os Tribunais respectivos regulamentem a questo acerca do procedimento a ser adotado.Alienao particular13Conhecida como arrematao ou alienao judicial.Cabimento: quando no for requerida a adjudicao pelos legitimados (CPC, 685-A) ou quanto no for pedida a alienao por iniciativa particular pelo exeqente;Finalidade: fim precpuo da hasta pblica a transferncia forada dos bens penhorados do devedor a um terceiro, por meio da arrematao. Hasta Pblica14Caractersticas: h uma oferta pblica do bem penhorado, sendo que quem oferecer o melhor lance, arremata o bem.Praa pblica: para bens imveis, a ser feito no trio do frum;Leilo: para bens mveis, a ser feito pelo leiloeiro no local em que se encontrarem os bens ou em outro determinado pelo juiz.Hasta Pblica15Formalidades:Publicidade do ato expropriatrio: publicao de edital, que deve observar os requisitos do artigo 686.Requisitos do Edital a descrio do bem penhorado, com suas caractersticas e, tratando-se de imvel, a situao e divisas, com remisso matrcula e aos registros;

Hasta Pblica16Formalidades:Requisitos do Edital o valor do bem; o lugar onde estiverem os mveis, veculos e semoventes; e, sendo direito e ao, os autos do processo, em que foram penhorados; o dia e a hora de realizao da praa, se bem imvel, ou o local, dia e hora de realizao do leilo, se bem mvel;

Hasta Pblica17Formalidades:Requisitos do Edital o valor do bem; o lugar onde estiverem os mveis, veculos e semoventes; e, sendo direito e ao, os autos do processo, em que foram penhorados; o dia e a hora de realizao da praa, se bem imvel, ou o local, dia e hora de realizao do leilo, se bem mvel;

Hasta Pblica18Formalidades:Dispensa de editalCaso o bem seja de valor inferior 60 (sessenta) salrios mnimos, no haver necessidade de publicao de edital.

Hasta Pblica19Formalidades:Divulgao O edital ser afixado no local do costume e publicado, em resumo, com antecedncia mnima de 5 (cinco) dias, pelo menos uma vez em jornal de ampla circulao local.A publicao do edital ser feita no rgo oficial, quando o credor for beneficirio da justia gratuita. (Art. 687, 1o).

Hasta Pblica20Formalidades:Divulgao Atendendo ao valor dos bens e s condies da comarca, o juiz poder alterar a forma e a freqncia da publicidade na imprensa, mandar divulgar avisos em emissora local e adotar outras providncias tendentes a mais ampla publicidade da alienao, inclusive recorrendo a meios eletrnicos de divulgao. (Art. 687, 2o).Os editais de praa sero divulgados pela imprensa preferencialmente na seo ou local reservado publicidade de negcios imobilirios. (Art. 687, 3o).

Hasta Pblica21Formalidades:Divulgao O juiz poder determinar a reunio de publicaes em listas referentes a mais de uma execuo. (Art. 687, 4o).O executado ter cincia do dia, hora e local da alienao judicial por intermdio de seu advogado ou, se no tiver procurador constitudo nos autos, por meio de mandado, carta registrada, edital ou outro meio idneo. (Art. 687, 5o).

Hasta Pblica22Fases procedimentais da hasta pblicaPrimeira fase: cuja arrematao no pode ser inferior ao valor da avaliao. O parmetro econmico o valor da avaliao.

Hasta Pblica23Fases procedimentais da hasta pblicaSegunda fase: se no alcanado o valor da avaliao, deve-se designar nova hasta pblica, em que os interessados podero dar lances livremente, No h necessidade de observar o preo da avaliao;No podem arrematar por preo vil. preo vil o inferior metade do valor avaliado (STJ)

Hasta Pblica24Legitimidade para arrematar | CPC, 690-ATodo aquele que estiver na livre administrao de seus bens;Credor/exeqente.

Hasta Pblica25Legitimidade para arrematar | CPC, 690-ATodo aquele que estiver na livre administrao de seus bens;Credor/exeqente.

Hasta Pblica26No podem arrematarOs tutores, curadores, testamenteiros, administradores, sndicos ou liquidantes: quanto aos bens confiados a sua guarda e responsabilidade; Os mandatrios: quanto aos bens de cuja administrao ou alienao estejam encarregados;O juiz, membro do Ministrio Pblico e da Defensoria Pblica, escrivo e demais servidores e auxiliares da Justia.

Hasta Pblica27Uso da internetO exeqente pode valer-se da rede mundial de computadores para a licitao pblica do bem quando esta se mostrar menos gravosa ao devedor no que tange aos custos de publicao de editais

Hasta Pblica28Pagamento Conforme o Cdigo de Processo Civil, possvel o pagamento de trs formas:Imediato (CPC, 690, caput, 1 parte);Em 15 dias (CPC, 690, caput, 2 parte)Em prestaes, caso seja arrematado imvel (CPC, 690, 1 );

Hasta Pblica29arrematao a prazo, Deve-se prestar cauose deferido pelo juiz, os pagamentos feitos pelo arrematante pertencero ao exeqente at o limite de seu crdito, entendido como:Valor principal;Juros;Custas Honorrios advocatciosHasta Pblica30o que exceder ao valor do crdito, ser entregue ao executado ( 4odo art. 690).Todas as propostas sero apreciadas pelo juiz, seja qual for a modalidade de pagamento e, conforme artigo 690, 3, o critrio para a escolha do arrematante, em caso de concorrncia de propostas, levar em conta:Melhor lance ou,Proposta mais conveniente;

Hasta Pblica31

Recommended

View more >