Direito Civil p Icmsrj Aula 00 Aula 00 Direito Civil Icmsrj 25604

Download Direito Civil p Icmsrj Aula 00 Aula 00 Direito Civil Icmsrj 25604

Post on 20-Jan-2016

24 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li><p>Direito Civil para o ICMS-RJ Professores: Aline Santiago e Jacson Panichi - Aula - 00 </p><p>Profs. Aline Santiago e Jacson Panichi www.estrategiaconcursos.com.br Pgina 1 de 66 </p><p>AULA 00: A Lei: vigncia no tempo e no espao. </p><p>Ol amigo! Ol amiga! Com a autorizao para o concurso do ICMS-RJ chegou a hora de se organizar e comear os estudos. </p><p>O curso de direito civil que comeamos hoje tem como principal </p><p>objetivo que voc consiga obter um bom resultado em sua prova relativa a esta matria. O contedo programtico presente no edital passado </p><p>(que servir de base para este curso) muito extenso, ou seja, voc tem um bom motivo para comear a estudar desde j, mesmo antes do edital </p><p>ser publicado. </p><p>Como temos falado em outros cursos para os quais o edital ainda no </p><p>foi publicado, aconselhamos que voc faa sua programao de estudos </p><p>e estabelea prioridades. Procure no deixar nenhuma matria de lado (voc ainda dispe de tempo para isso), principalmente se voc tiver chances de obter acertos nesta disciplina. </p><p>Alm disso, voc deve ter em mente que a diferena de apenas uma </p><p>questo, seja ela de contabilidade, seja de tributrio, seja de direito civil, poder representar a diferena entre o seu sucesso ou ento a sua no </p><p>classificao no concurso. </p><p> Procure tambm reservar um tempinho no seu cronograma, mesmo </p><p>que pequeno, para voc . Lembre-se que o descanso em alguns momentos ser necessrio. </p></li><li><p>Direito Civil para o ICMS-RJ Professores: Aline Santiago e Jacson Panichi - Aula - 00 </p><p>Profs. Aline Santiago e Jacson Panichi www.estrategiaconcursos.com.br Pgina 2 de 66 </p><p>Sumrio - Apresentao. ....................................................................................................................................... 3 </p><p>- Cronograma. ......................................................................................................................................... 5 </p><p>- Introduo. ........................................................................................................................................... 6 </p><p>1. Lei de Introduo s Normas do Direito Brasileiro ............................................................................. 7 </p><p>1.1 Vigncia. ............................................................................................................................................ 8 </p><p>1.2. Aplicao, Interpretao e Integrao. .......................................................................................... 18 </p><p>- Analogia. ......................................................................................................................................... 20 </p><p>- Costumes. ....................................................................................................................................... 21 </p><p>- Princpios gerais do direito. ............................................................................................................ 22 </p><p>1.3. Conflito das leis no tempo. ........................................................................................................... 23 </p><p>- Antinomia Jurdica .......................................................................................................................... 25 </p><p>1.4. Eficcia da Lei no Espao ................................................................................................................ 26 </p><p>QUESTES E SEUS RESPECTIVOS COMENTRIOS. ................................................................................ 33 </p><p>LISTA DAS QUESTES E GABARITO. ...................................................................................................... 56 </p></li><li><p>Direito Civil para o ICMS-RJ Professores: Aline Santiago e Jacson Panichi - Aula - 00 </p><p>Profs. Aline Santiago e Jacson Panichi www.estrategiaconcursos.com.br Pgina 3 de 66 </p><p>- Apresentao. </p><p>Para aqueles que ainda no nos conhecem, vamos a uma rpida </p><p>apresentao: meu nome Jacson Panichi e atualmente exero o cargo de Auditor Fiscal do Municpio de So Paulo, aprovado no concurso de 2007. </p><p>Minha formao superior, assim como a de uma boa parcela, seno a maioria, dos concurseiros da rea fiscal, no o Direito. Sou formado em Odontologia, curso este que conclui em 2003, na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). </p><p>Exerci a profisso de Cirurgio-Dentista at 2006 quando, ento, principalmente pela observao de boas experincias e do sucesso obtido </p><p>por alguns amigos, resolvi entrar no mundo dos concursos pblicos, mais </p><p>especificamente na rea fiscal. </p><p>Prestei os concursos de Analista Tributrio da Receita Federal, o antigo </p><p>TRFB, em 2006 e alguns meses depois o de Analista da Controladoria Geral da Unio, mas ainda com a aquela ideia equivocada dos que no conhecem </p><p>verdadeiramente o desafio que tem pela frente. A minha preparao para estes certames foi de mais ou menos dois meses. </p><p>Passada a experincia inicial destes dois certames, comecei a minha verdadeira preparao, com uma dedicao quase exclusiva para a prova </p><p>do ICMS-RS. Neste concurso, apesar de obter uma boa pontuao, suficiente para me classificar entre os aprovados, no fiz o mnimo em uma </p><p>disciplina, um dos requisitos para a aprovao. </p><p>A vida assim, feita de derrotas e vitrias. Hoje posso afirmar, sem </p><p>sombra de dvidas, que sou muito feliz naquilo que fao e que as coisas acabaram acontecendo no seu tempo e da maneira que tinham que </p><p>acontecer. Se voc vem de experincias negativas, o conselho que posso </p><p>dar ; nunca deixe de estudar e no desanime. No mundo dos concursos, existe uma expresso que considero verdadeira e muito </p><p>oportuna, ela a seguinte: a fila anda. Com certeza, com dedicao voc alcanar o seu to sonhado objetivo. </p><p>Vamos agora apresentao da minha querida companheira, </p><p>incentivadora e parceira nestas aulas aqui no Estratgia Concursos: </p><p>Ol a todos! Meu nome Aline Santiago, sou formada em Direito pela ULBRA-RS e especialista em direito Constitucional pela UNIFRA-RS. </p><p>Nosso objetivo neste curso, atendendo a proposta das aulas em PDF, que voc aprenda a matria de maneira prtica e simples, para que possa </p><p>resolver as questes da prova de direito civil. Adotaremos uma linguagem mais informal, com nfase naquilo que realmente cobrado nas </p><p>provas. </p></li><li><p>Direito Civil para o ICMS-RJ Professores: Aline Santiago e Jacson Panichi - Aula - 00 </p><p>Profs. Aline Santiago e Jacson Panichi www.estrategiaconcursos.com.br Pgina 4 de 66 </p><p>Algumas consideraes a respeito da nossa aula: </p><p> A leitura da lei seca (LINDB e Cdigo Civil) fundamental. (deste modo, para facilitar seu estudo, passamos a incluir a maior </p><p>parte dos trechos do CC e de outras normas citadas). </p><p> Faa muitas questes (isto vale para todas as disciplinas), </p><p>Incluiremos nas prximas aulas uma quantidade bastante significativa de questes, mas como ainda no sabemos qual a </p><p>banca que ficar responsvel pelo concurso, colocaremos questes da FGV - tendo em vista que foi a banca que elaborou </p><p>os ltimos 4 concursos para o ICMS-RJ, da FCC que tambm tem chances de elaborar o concurso, do CESPE, pois entendemos </p><p>que uma boa forma de estudo as questes de certo e errado, dentre outras bancas. Estas questes sero amplamente </p><p>comentadas. E a partir do momento que seja definida a banca </p><p>que elaborar o concurso, passaremos a colocar nas aulas questes exclusivas desta banca. </p><p> Os grifos e negritos, aos trechos de legislao e citaes, so nossos, eles sero feitos apenas para identificar palavras-chave. </p><p> Esperamos que suas expectativas sejam correspondidas e pedimos, por gentileza, que voc envie suas dvidas, sugestes </p><p>e, tambm, as crticas para os nossos e-mails (isto muito importante para a melhoria do curso): </p><p>jacsonpanichi@estrategiaconcursos.com.br </p><p>alinesantiago@estrategiaconcursos.com.br </p><p>Lembre-se sempre: </p><p>A aprovao fruto de muita dedicao, estudo, memorizao da Lei seca, bons materiais e finalmente: conhecimento da banca e muitos exerccios. Em concurso pblico como dizem: no passam, necessariamente, aqueles que sabem mais sobre determinado assunto, mas sim, aqueles que se prepararam melhor para a prova que iro </p><p>fazer. </p><p>Como j mencionamos em outros cursos, o estudo do Direito Civil, </p><p>num primeiro momento, talvez possa ser visto por muitos como difcil e cansativo, devido grande quantidade de expresses novas que s </p><p>conhecem aqueles que trabalham ou estudam o direito, mas, na realidade, o seu aprendizado pode ser bastante prazeroso j que praticamente todas </p><p>as relaes jurdicas entre particulares passam por este ramo do </p></li><li><p>Direito Civil para o ICMS-RJ Professores: Aline Santiago e Jacson Panichi - Aula - 00 </p><p>Profs. Aline Santiago e Jacson Panichi www.estrategiaconcursos.com.br Pgina 5 de 66 </p><p>direito, sendo certo que voc, tambm, j vivenciou inmeras situaes do </p><p>seu dia a dia nas quais o direito civil esteve presente. </p><p>- Cronograma. </p><p>Aula 00 (28/04/2013) A Lei: vigncia no tempo e no espao. </p><p>Aula 01 (05/05/2013) Das pessoas. Pessoas naturais e jurdicas. Domiclio </p><p>civil. </p><p>Aula 02 (12/05/2013) Das diferentes classes de bens. </p><p>Aula 03 (19/05/2013) Fatos e atos jurdicos. Validade e defeitos dos negcios </p><p>jurdicos. Prescrio e decadncia. </p><p>Aula 04 (26/05/2013) Teoria Geral das obrigaes. Direito das obrigaes. Modalidades das obrigaes. As formas de extino das obrigaes. A inexecuo das obrigaes. Transmisso das Obrigaes. Fontes das obrigaes. </p><p>Aula 05 (02/06/2013) Atos ilcitos. Responsabilidade civil. Responsabilidade </p><p>contratual e extracontratual. </p><p>Aula 06 (09/06/2013) Teoria Geral dos contratos. Contratos em espcie. </p><p>Aula 07 (16/06/2013) Direito das Coisas. Posse. Efeitos da posse. Propriedade. Direitos reais sobre coisas alheias. </p><p>Aula 08 (23/06/2013) Direito das Sucesses. Sucesso em geral. Sucesso </p><p>legtima. Sucesso testamentria. 14. Regimes de bens entre cnjuges. Inventrio e partilha. </p><p>Quanto aula de hoje, para um bom entendimento dos assuntos, muito </p><p>importante a leitura da seguinte legislao: </p><p>Lei de Introduo s normas do Direito Brasileiro (LINDB), DECRETO-LEI N 4.657, DE 4 DE SETEMBRO DE 1942. </p><p>http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Decreto-Lei/Del4657compilado.htm </p><p>Alguns trechos da LEI COMPLEMENTAR N 95, DE 26 DE FEVEREIRO DE 1998 (os principais artigos sero citados no decorrer da aula) </p><p>http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/LCP/Lcp95.htm </p></li><li><p>Direito Civil para o ICMS-RJ Professores: Aline Santiago e Jacson Panichi - Aula - 00 </p><p>Profs. Aline Santiago e Jacson Panichi www.estrategiaconcursos.com.br Pgina 6 de 66 </p><p>Aps essas primeiras palavras, vamos aula propriamente dita! </p><p>- Introduo. </p><p>O edital do concurso passado falava primeiramente em vigncia no tempo e no espao. Estes temas so encontrados no Decreto-Lei 4.657 de 1942, atualmente denominado Lei de Introduo s Normas </p><p>do Direito Brasileiro. No se preocupe explicaremos em detalhes, ainda nesta aula, o que vigncia de uma Lei e a sua aplicabilidade no tempo </p><p>e no espao. Mas antes voc precisa entender como deve ser compreendida a palavra Lei. </p><p>A lei que deve ser focada no estudo do direito a lei como regra </p><p>jurdica, deixando de lado a conceituao das chamadas leis naturais. Neste sentido, podemos analis-la sob dois aspectos: no sentido amplo </p><p>e no sentido estrito. No primeiro aspecto, a palavra lei abranger, tambm, outras normas jurdicas relacionadas, por exemplo, execuo </p><p>do diploma legal propriamente dito (como exemplo, temos o decreto), j no segundo aspecto ser a lei stricto sensu, lei em sua acepo prpria, a </p><p>regra jurdica votada nas casas do poder legislativo1. </p><p>Uma boa conceituao de lei apresentada por Washington de Barros </p><p>Monteiro2: lei um preceito comum e obrigatrio, emanado do poder competente e provido de sano (grifos nossos). </p><p>A lei, regra jurdica ser fonte do direito ( a principal fonte formal do direito). Ela dirige-se a todos, sendo neste sentido regra geral. Segundo </p><p>Silvio de Salvo Venosa3 desta caracterstica de ser regra geral decorrem mais duas caractersticas: a de ser regra abstrata (pois regula situao </p><p>jurdica abstrata) e regra permanente (pois seus efeitos so </p><p>permanentes). Quanto a sua forma, principalmente para diferenci-la do direito consuetudinrio4, em geral ser escrita. </p><p>H varias classificaes das leis, dentre as quais, apenas para ilustrao, destacamos: </p><p>Quanto origem legislativa: Federais, Estaduais e Municipais. </p><p>Em relao s pessoas (amplitude e alcance): Gerais, Especiais e Individuais. </p><p>Quanto durao: Temporrias e permanentes. </p><p>Com relao aos seus efeitos: Imperativas, Proibitivas, Facultativas e Punitivas. </p><p> 1 Orlando Gomes, Introduo ao direito civil, 19 ed. 2 Washington de Barros Monteiro, Direito Civil I, 43 ed., pg. 22. 3 Silvio de Salvo Venosa, Direito Civil I, 11 ed. 4 Direito consuetudinrio aquele que tem como fonte os costumes. </p></li><li><p>Direito Civil para o ICMS-RJ Professores: Aline Santiago e Jacson Panichi - Aula - 00 </p><p>Profs. Aline Santiago e Jacson Panichi www.estrategiaconcursos.com.br Pgina 7 de 66 </p><p>Quanto natureza do direito que regulam: Constitucionais, Administrativas, Penais, </p><p>Civis e Comerciais. </p><p>Quanto possibilidade de serem ou no derrogveis pelas partes (fora </p><p>obrigatria): impositivas (ou cogentes) e dispositivas (ou facultativas). </p><p>Quanto sua hierarquia (lei analisada em sentido amplo norma): Normas constitucionais, Leis complementares, Leis ordinrias, Decretos Regulamentares, Normas </p><p>internas, Normas individuais. </p><p>Vamos adentrar agora ao estudo da principal norma que regula a </p><p>dinmica e os conflitos das leis no tempo e no espao. </p><p>1. Lei de Introduo s Normas do Direito Brasileiro </p><p>No Brasil, diferentemente do que ocorre, por exemplo, na Frana e na </p><p>Itlia, esta lei de introduo, que at 2010 chamava-se Lei de Introduo </p><p>ao Cdigo Civil (LICC), no faz parte do Cdigo civil, nem se trata de um anexo deste, trata-se, ento, de um dispositivo autnomo. </p><p>Como voc ver adiante, trata-se de uma lei de fundamental importncia para o regramento das normas como um todo e no s com </p><p>relao ao direito civil. </p><p>A Lei de Introduo s Normas do Direito Brasileiro (LINDB), </p><p>nova redao dada pelo art. 2 da Lei 12.376-10, o Decreto-Lei 4.657 de 1942, norma que disciplina no s o Direito Civil, mas, tambm, </p><p>outros ramos do Direito. A abrangncia da LICC sempre foi esta. A mudana no nome, em decorrncia da lei 12.376/10, s veio ratificar o que </p><p>j vinha sendo adotado pela doutrina e jurisprudncia que um alcance muito mais amplo e abrangente deste diploma legal. </p><p>Atualmente a LINDB recepcionada como lei ordinria. A doutrina costuma cham-la de Norma de Sobredireito, tendo em vista seu carter </p><p>introdutrio, que disciplina princpios, aplicao, vigncia, </p><p>interpretao e integrao, itens relacionados a todo o direito e no somente ao Cdigo Civil. Como j falamos, pode-se dizer que uma Lei </p><p>que disciplina as Leis. Voc ver, no decorrer da aula, que os artigos da LINDB tratam de assuntos de direito pblico (arts. 1 a 6) e relacionados </p><p>ao direito internacional privado conflitos das...</p></li></ul>