direito civil iv - direito das coisas aula 4- aquisição e perda da posse

Download DIREITO CIVIL IV - DIREITO DAS COISAS Aula 4- Aquisição e Perda da Posse

Post on 22-Apr-2015

130 views

Category:

Documents

23 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • DIREITO CIVIL IV - DIREITO DAS COISAS Aula 4- Aquisio e Perda da Posse
  • Slide 2
  • Contedo Programtico desta aula Aquisio Momento de incio da posse Espcies de aquisio Meios de tradio da posse Acesso de posses Extino
  • Slide 3
  • Aquisio da Posse Momento de incio da Posse Art. 1.204. Adquire-se a posse desde o momento em que se torna possvel o exerccio, em nome prprio, de qualquer dos poderes inerentes propriedade.
  • Slide 4
  • Espcies de aquisio A) Aquisio Originria: no h relao jurdica com o antecessor da posse. B) Aquisio Derivada: Caracteriza- se a aquisio derivada ou bilateral quando a posse decorre de um negcio jurdico.
  • Slide 5
  • Meios de Tradio da Posse A) Tradio Real envolve a entrega efetiva e material da coisa. B) Tradio Simblica traduzida por atitudes C) Tradio Ficta quando decorrer exclusivamente de um ato de vontade
  • Slide 6
  • OBS: CONSTITUTO POSSESSRIO H constituto, quando o vendedor, transferindo a outrem o domnio da coisa, conserva-a em seu poder, mas agora na condio ou qualidade de locatrio. A clusula constituti no se presume. Deve constar inequivocamente do ato ou resultar da estipulao que a pressuponha.
  • Slide 7
  • OBS: Traditio Brevi Manu J a traditio brevi manu exatamente o inverso do constituto possessrio, pois se configura quando o possuidor de uma coisa alheia passa a possu-la como prpria. Seria o exemplo do locatrio que adquire o bem.
  • Slide 8
  • Acesso de Posses Sucessor a ttulo universal: h obrigatoriamente a soma das posses. Sucessor a ttulo singular: pode escolher se inicia uma posse nova ou se soma a sua posse com a de seu antecessor.
  • Slide 9
  • Art. 1.206. A posse transmite-se aos herdeiros ou legatrios do possuidor com os mesmos caracteres. Art. 1.207. O sucessor universal continua de direito a posse do seu antecessor; e ao sucessor singular facultado unir sua posse do antecessor, para os efeitos legais. Exceo ao Art. 1.203. Salvo prova em contrrio, entende-se manter a posse o mesmo carter com que foi adquirida.
  • Slide 10
  • Princpio da Saisine Art. 1.784. Aberta a sucesso, a herana transmite-se, desde logo, aos herdeiros legtimos e testamentrios.
  • Slide 11
  • A transmisso da posse pela sucesso apresenta duplo aspecto. Na que opera mortis causa pode haver sucesso universal e a ttulo singular. D- se a primeira quando o herdeiro chamado a suceder na totalidade da herana, frao ou parte-alquota (porcentagem) dela. Pode ocorrer tanto na sucesso legtima como na testamentria. Na sucesso mortis causa a ttulo singular, o testador deixa ao beneficirio um bem certo e determinado, denominado legado. A sucesso legtima sempre universal; a testamentria pode ser universal ou singular.
  • Slide 12
  • Extino da Posse a) perda da coisa b) perecimento da coisa; c) abandono; d) transmisso da posse; e) tomada da posse por outrem; f) classificao da coisa como bem fora do comrcio
  • Slide 13
  • Importante destacar os parmetros legais de perda da posse: Art. 1.223. Perde-se a posse quando cessa, embora contra a vontade do possuidor, o poder sobre o bem, ao qual se refere o art. 1.196. Art. 1.224. S se considera perdida a posse para quem no presenciou o esbulho, quando, tendo notcia dele, se abstm de retornar a coisa, ou, tentando recupera-la, violentamente repelido.
  • Slide 14
  • Caso concreto 01 Terezinha Bastos adquiriu, em 2006, de Cleide da Costa, um imvel residencial, tendo Cleide permanecido no bem como usufruturia. Em 2008, Cleide faleceu e Eduardo, seu filho, continuou morando no imvel sem comunicar Terezinha. Ocorre que em 2010, Terezinha vendeu o imvel para Cristvo Estevan, que notificou extrajudicialmente Eduardo para que ele se retirasse em 30 (trinta) dias. Considerando que o usufruto de Cleide era vitalcio e que no ato da celebrao do contrato de compra e venda Terezinha entregou as chaves para Cristvo e assegurou-lhe a posse, responda JUSTIFICADA E FUNDAMENTADAMENTE:
  • Slide 15
  • A) Qual a espcie de transmisso de posse feita de Cleide a Terezinha? B) Qual a ao adequada para que Cristvo retire Eduardo do imvel? C) Houve transmisso de posse de Cleide para Eduardo?
  • Slide 16
  • Questo objetiva 01 (OAB 2009/1) Quanto ao instituto da posse, a lei civil estabelece que: A) a posse pode ser adquirida por terceiro sem mandato, independentemente de ratificao do favorecido. B) o possuidor de m-f tem direito indenizao pelas benfeitorias necessrias, assistindo-lhe o direito de reteno pela importncia destas. C) assegurado ao possuidor de boa-f o direito indenizao pelas benfeitorias necessrias e teis. Quanto s volupturias, estas, se no forem pagas, podero ser levantadas, desde que no prejudiquem a coisa. D) obsta manuteno ou reintegrao da posse a alegao de propriedade, ou de outro direito sobre a coisa. Resposta correta: alternativa C.
  • Slide 17
  • Questo objetiva 02 Assinale a alternativa CORRETA: A) Para que ocorra a perda da posse pela derrelio, necessria a inteno do sujeito em no mais querer a posse do bem. B) A posse somente pode ser perdida quando h vontade do sujeito em fazer cessar os poderes inerentes ao domnio. C) A transmisso da posse direta para outra pessoa faz cessar por completo a posse do proprietrio. D) Sucesso e acesso de posses so expresses sinnimas que indicam os efeitos da transmisso da posse. Resposta correta: alternativa A.
  • Slide 18

Recommended

View more >