direito ambiental estrat‰gia xx aula 01

Download DIREITO AMBIENTAL ESTRAT‰GIA XX AULA 01

Post on 11-Apr-2017

381 views

Category:

Law

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Aula 01

    Direito Ambiental p/ XX Exame de Ordem - OAB

    Professor: Rosenval Jnior

  • Direito Ambiental para o Exame de Ordem Prof. Rosenval Jnior Aula 01

    Prof. Rosenval Jnior www.estrategiaconcursos.com.br Pgina 1 de 116

    Direito Ambiental Constitucional. Competncias Constitucionais. O meio

    ambiente na Constituio Federal de 1988.

    SUMRIO PGINA

    A Constituio de 1988 e o meio ambiente 2

    MEMOREX do art. 225 38

    Questes comentadas 40

    Lista de questes + gabarito 94

    Prezados alunos,

    Separei as questes aplicadas no Exame de Ordem para facilitar o estudo de

    vocs. Abaixo est a lista por Banca e com os respectivos temas cobrados. As

    questes foram apresentadas na ordem de aplicao do Exame. Embora a Banca

    atual seja a FGV, tambm comentei questo da Banca CESPE para exercitarmos

    mais. Uma ou outra questo acaba misturando assuntos diferentes, mas na essncia

    o contedo exigido no Exame sobre o meio ambiente na Constituio Federal foi:

    Questo 90 (Banca CESPE) Art. 225, da CF/88 (Do Meio Ambiente). Mais

    especificamente o 4., do art. 225, da CF/88, que dispe sobre Patrimnio

    Nacional.

    Questo 91 (Banca FGV) Repartio de Competncias.

    Questo 92 (Banca FGV) - Repartio de Competncias.

    Questo 93 (Banca FGV) Artigo 231, da CF/88 (Dos ndios)

    Questo 94 (Banca FGV) - Art. 225, da CF/88 (Do Meio Ambiente). Mais

    especificamente o 4., do art. 225, da CF/88, que dispe sobre Patrimnio

    Nacional.

    Questo 95 (Banca FGV) - Repartio de Competncias.

    Questo 96 (Banca FGV) - Repartio de Competncias.

    Notem que os temas mais cobrados so: repartio de competncias e o artigo

    225, da CF/88. Esse deve ser o foco do estudo de vocs!

    Prof. Rosenval Jr.

  • Direito Ambiental para o Exame de Ordem Prof. Rosenval Jnior Aula 01

    Prof. Rosenval Jnior www.estrategiaconcursos.com.br Pgina 2 de 116

    Constituio Federal de 1988 e o meio ambiente

    A Constituio Federal de 1988 foi a primeira das Constituies

    brasileiras a dedicar um captulo exclusivo para tratar especificamente

    sobre o meio ambiente, com enfoque protecionista. O art. 225 traz as

    diretrizes do direito ambiental. No entanto, a abordagem ambiental da

    CF/88 no fica restrita a esse artigo, estando presente ao longo de toda a

    Carta referncias proteo e defesa do meio ambiente.

    Vamos iniciar o estudo com as competncias, mas antes vamos ver

    a classificao dos bens pblicos. Em seguida analisaremos os dispositivos

    do artigo 225, o mais importante em matria ambiental.

    Bens Pblicos Ambientais

    Classificao dos bens pblicos quanto finalidade:

    Bens de uso comum: Podem ser usados por todos, indistintamente.

    Ex.: rios, mares, ilhas ocenicas, praias, estradas, ruas e praas.

    Bens de uso especial: Possuem uma destinao pblica especfica.

    Ex.: Terras devolutas indispensveis preservao ambiental (art.20,

    II da CF/88) e as terras tradicionalmente ocupadas pelos ndios (art. 20,

    XI da CF/88).

    Bens dominicais: No esto destinados nem a uma finalidade especial,

    nem so de uso comum. Constituem o patrimnio da Unio, Estados ou

    dos Municpios, como objeto de direito pessoal, ou real, de cada uma

    dessas entidades. Os bens dominicais representam o patrimnio

    disponvel do Estado, pois no esto destinados ou afetados.

  • Direito Ambiental para o Exame de Ordem Prof. Rosenval Jnior Aula 01

    Prof. Rosenval Jnior www.estrategiaconcursos.com.br Pgina 3 de 116

    Bens ambientais da Unio

    Os bens pertencentes Unio esto previstos no art. 20 da

    Constituio Federal.

    I - os que atualmente lhe pertencem e os que lhe vierem a ser atribudos;

    II - as terras devolutas indispensveis defesa das fronteiras, das

    fortificaes e construes militares, das vias federais de comunicao e

    preservao ambiental, definidas em lei;

    III - os lagos, rios e quaisquer correntes de gua em terrenos de

    seu domnio, ou que banhem mais de um Estado, sirvam de limites

    com outros pases, ou se estendam a territrio estrangeiro ou

    dele provenham, bem como os terrenos marginais e as praias

    fluviais;

    IV as ilhas fluviais e lacustres nas zonas limtrofes com outros

    pases; as praias martimas; as ilhas ocenicas e as costeiras,

    excludas, destas, as que contenham a sede de Municpios, exceto

    aquelas reas afetadas ao servio pblico e a unidade ambiental federal,

    e as referidas no art. 26, II;

    V - os recursos naturais da plataforma continental e da zona

    econmica exclusiva;

    VI - o mar territorial;

    VII - os terrenos de marinha e seus acrescidos;

    VIII - os potenciais de energia hidrulica;

    IX - os recursos minerais, inclusive os do subsolo;

    X - as cavidades naturais subterrneas e os stios arqueolgicos e

    pr-histricos;

    XI - as terras tradicionalmente ocupadas pelos ndios.

    Bens dos Estados

  • Direito Ambiental para o Exame de Ordem Prof. Rosenval Jnior Aula 01

    Prof. Rosenval Jnior www.estrategiaconcursos.com.br Pgina 4 de 116

    Os bens ambientais dos Estados esto dispostos no artigo 26 da

    Constituio e so os seguintes:

    As guas superficiais ou subterrneas, fluentes, emergentes e em

    depsito, ressalvadas, neste caso, na forma da lei, as decorrentes de

    obras da Unio;

    As reas, nas ilhas ocenicas e costeiras, que estiverem no seu domnio,

    excludas aquelas sob domnio da Unio, Municpios ou terceiros;

    As ilhas fluviais e lacustres no pertencentes Unio;

    As terras devolutas no compreendidas entre as da Unio.

    Bens municipais

    Os bens municipais no foram expressamente listados na

    Constituio, no entanto os municpios possuem o domnio de bens como

    unidades de conservao municipais, jardins pblicos, hortos florestais,

    praas, entre outros.

    Importante dizer que o fato de o constituinte ter anunciado que os

    bens do inciso III do artigo 20 so da Unio, no transforma o Poder

    Pblico Federal em proprietrio da gua, mas sim em gestor daquele bem

    em benefcio de e no interesse de todos. Da mesma forma os bens indicados

    no inciso I do art. 26, dentre eles, as guas subterrneas, so bens que

    devem ser gerenciados pelos respectivos Estados que os tenham sob o

    domnio dos seus respectivos territrios.

    O meio ambiente est inserido na categoria dos direitos difusos, isto

    , daqueles direitos pertencentes a uma coletividade indeterminada e que

    transcende a classificao tradicional de direito privado e direito pblico,

    tem-se que o conceito de dominialidade das guas no pode ser visto sob

    o ngulo do Direito Privado. Nesse sentido preciso entender que a

    dominialidade inerente, por exemplo, aos recursos hdricos no tem

    sinnimo de apropriao do bem, mas sim de gerenciamento.

  • Direito Ambiental para o Exame de Ordem Prof. Rosenval Jnior Aula 01

    Prof. Rosenval Jnior www.estrategiaconcursos.com.br Pgina 5 de 116

    Isso se d porque de acordo com a definio contida no art. 225 da

    Constituio Federal o meio ambiente bem de uso comum do povo e

    por isso no pode ser qualificado como um bem que pertena a uma pessoa

    fsica ou jurdica privada ou pblica, mas sim como um bem pertencente a

    uma coletividade indeterminada.

    Competncias Constitucionais em Matria Ambiental

    O Brasil adotou o Federalismo cooperativo, em que h

    coordenao entre a Unio e os demais entes.

    A repartio da competncia legislativa est fundamentada no

    princpio da predominncia do interesse, dessa forma compete Unio

    assuntos de interesse nacional, aos Estados temas de interesse regional, e

    aos Municpios assuntos de predominante interesse local. Ao Distrito

    Federal foram atribudas as competncias de interesse predominantemente

    local (municipais) e regional (estaduais).

  • Direito Ambiental para o Exame de Ordem Prof. Rosenval Jnior Aula 01

    Prof. Rosenval Jnior www.estrategiaconcursos.com.br Pgina 6 de 116

    H uma diviso das competncias em Legislativa (poder de

    normatizar: elaborar leis e atos normativos) e material ou

    administrativa (atuao concreta, exerccio do poder de polcia).

    A Constituio Federal de 1988 enumera expressamente as

    competncias da Unio (artigos 21 e 22), a competncia comum (art. 23)

    Princpio da predominncia

    do interesse

    UNIOInteresse Nacional

    EstadosInteresse Regional

    DF Regional/Local

    Municpios Interesse

    Local

    Competncia

    Material ou Administrativa

    Poder de Polcia

    LegislativaPoder de

    Normatizar

  • Direito Ambiental para o Exame de Ordem Prof. Rosenval Jnior Aula 01

    Prof. Rosenval Jnior www.estrategiaconcursos.com.br Pgina 7 de 116

    e a concorrente (art. 24). No art. 25 temos as competncias dos Estados e

    no art. 30 as dos Municpios.

    Assim temos:

    Expressamente as competncias da Unio (Material: art. 21 e

    Legislativa: art. 22);

    Competncia administrativa ou material comum outorgada a todos

    os entes federativos (U, E, DF e M) no art. 23;

    Competncia legislativa concorrente entre a Unio, os estados e o

    Distrito Federal no art. 24;

    Competncia remanescente ou residual aos Estados no art. 25, 1;

    Expressa