diploma do curr£­culo dos ensinos b£œsico e secund£œrio ......

Download Diploma do Curr£­culo dos Ensinos B£Œsico e Secund£Œrio ... Diploma do Curr£­culo dos Ensinos B£Œsico

Post on 02-Jun-2020

7 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Diploma do Currículo dos Ensinos Básico e Secundário Decreto-Lei n.º 55/2018, 6 de julho | Síntese

    Ciclo de reuniões com as Escolas

    julho de 2018

  • Porque a autonomia e flexibilidade são instrumentos que permitem às escolas melhorar a qualidade do trabalho educativo, pela possibilidade de o adequarem à sua realidade

    Porquê?

    Porque Portugal ainda tem um problema sério de qualidade das aprendizagens e de equidade na prestação do serviço educativo

  • Porquê?

    Educação bem público: mais, melhor, para TODOS

  • Apropriação

    Intencionalidade

    Acompanhamento

    Roteiro

  • IDEIAS CENTRAIS E

    TESTEMUNHOS

    Roteiro

  • Que aluno queremos?

    Perfil dos Alunos

    12 anos de escolaridade obrigatória

    Princípios | Visão de Aluno | Valores | Áreas de competências

  • Que aluno queremos?

    Matriz comum para todas as escolas e ofertas educativas no âmbito da escolaridade

    obrigatória, designadamente ao nível curricular,

    no planeamento, na realização do ensino e da aprendizagem

    e na avaliação interna e externa da aprendizagem dos alunos

    *

    Perfil dos Alunos.mp4

  • Que aluno queremos?

    Aprendizagens essenciais

    Conhecimentos | Capacidades | Atitudes

    …à procura de espaço curricular

  • Que aluno queremos?

    *

    Aprendizagens Essenciais.mp4

  • Currículo?

    DIPLOMA DO CURRÍCULO DOS ENSINOS BÁSICO E SECUNDÁRIO

    Decreto-Lei n.º 55/2018, 6 de julho

    CURRÍCULO [Capítulo II] i) CONCEÇÃO, ii) OPERACIONALIZAÇÃO e iii) AVALIAÇÃO

    O que nos diz a divisão sistemática?

    Aprendizagens Essenciais.mp4

  • Os princípios e as matrizes D

    e cr

    e to

    -L e

    i n .º

    5 5

    /2 0

    1 8

    , 6 d

    e ju

    lh o

    C ap

    ít u

    lo I

    P ri

    n cí

    p io

    s

    o ri

    e n

    ta d

    o re

    s (Art. 4.º)

    • Melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem: abordagem multinível, reforço de intervenção curricular das escolas, caráter formativo da avaliação – Perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória

    • Exercício efetivo de autonomia curricular

    • Escola inclusiva

    • Professores – agentes principais de desenvolvimento curricular

    Aprendizagens Essenciais.mp4

  • Os princípios e as matrizes D

    e cr

    e to

    -L e

    i n .º

    5 5

    /2 0

    1 8

    , 6 d

    e ju

    lh o

    C ap

    ít u

    lo I

    P ri

    n cí

    p io

    s

    o ri

    e n

    ta d

    o re

    s (Art. 4.º)

    • Definição de opções curriculares: envolvimento de alunos e de encarregados de educação

    • Flexibilidade contextualizada

    • Coautoria curricular e responsabilidade partilhada

    • Valorização da identidade do ensino secundário

    • Gestão e lecionação interdisciplinar e articulada do currículo: projetos aglutinam aprendizagens das diferentes disciplinas, planeados, realizados e avaliados em conjunto

    Aprendizagens Essenciais.mp4

  • Os princípios e as matrizes D

    e cr

    e to

    -L e

    i n .º

    5 5

    /2 0

    1 8

    , 6 d

    e ju

    lh o

    C ap

    ít u

    lo I

    P ri

    n cí

    p io

    s

    o ri

    e n

    ta d

    o re

    s (Art. 4.º)

    • Natureza transdisciplinar das aprendizagens – conhecimento científico, curiosidade intelectual, espírito crítico e interventivo, criatividade e trabalho colaborativo

    • Artes, ciência e tecnologia, desporto e humanidades: componentes estruturantes

    • Educação para a cidadania e para o desenvolvimento

    Aprendizagens Essenciais.mp4

  • Os princípios e as matrizes D

    e cr

    e to

    -L e

    i n .º

    5 5

    /2 0

    1 8

    , 6 d

    e ju

    lh o

    C ap

    ít u

    lo I

    P ri

    n cí

    p io

    s

    o ri

    e n

    ta d

    o re

    s (Art. 4.º)

    • Trabalho colaborativo e interdisciplinar no planeamento, realização e avaliação das aprendizagens

    • Avaliação das aprendizagens: parte integrante da gestão do currículo e instrumento ao serviço do ensino e das aprendizagens

    • Instrumentos de avaliação externa: intervenção atempada e rigorosa, sustentada pela informação decorrente do processo de aferição

    • Avaliação interna e externa: complementaridade

    Aprendizagens Essenciais.mp4

  • Os princípios, as matrizes e a sua gestão

    Da matriz curricular-base

    À matriz curricular de escola

    Matrizes.pptx Matrizes.pptx Matrizes.pptx Aprendizagens Essenciais.mp4

  • Os princípios, as matrizes e a sua gestão

    Da matriz curricular-base

    Complemento à Educação Artística

    Aprendizagens Essenciais.mp4

  • Os princípios, as matrizes e a sua gestão

    Da matriz curricular-base

    Cidadania e Desenvolvimento

    Aprendizagens Essenciais.mp4

  • Os princípios, as matrizes e a sua gestão

    Cidadania e Desenvolvimento

    1.º Ciclo Área transversal Objeto de avaliação

    2.º e 3.º Ciclos Disciplina autónoma Objeto de avaliação

    Ensino Secundário Organização é decisão de escola • Disciplina autónoma • Em coadjuvação • Em justaposição • Abordagem de temas e projetos sob

    coordenação de um dos professores Registo da participação dos projetos no certificado

    Aprendizagens Essenciais.mp4

  • Os princípios, as matrizes e a sua gestão

    • Direitos Humanos • Igualdade de Género • Interculturalidade • Desenvolvimento Sustentável; • Educação Ambiental • Saúde

    • Sexualidade • Media • Instituições e participação democrática • Literacia financeira e educação para o consumo • Segurança rodoviária • Risco

    • Empreendedorismo • Mundo do Trabalho • Segurança, Defesa e Paz • Bem-estar animal • Voluntariado • Outras, a decidir pela escola

    1 .º

    G ru

    p o

    2

    .º G

    ru p

    o

    3 .º

    G ru

    p o

    O que é necessário fazer?

    Definir a Estratégia de

    Educação para a Cidadania de

    Escola

    Aprendizagens Essenciais.mp4

  • Os princípios, as matrizes e a sua gestão

    Da matriz curricular-base à matriz curricular de escola

    Prioridades e Opções curriculares Domínios de Autonomia Curricular

    Aprendizagens Essenciais.mp4

  • Os princípios, as matrizes e a sua gestão

    Da matriz curricular-base à matriz curricular de escola

    DAC Áreas de confluência de trabalho interdisciplinar e de articulação curricular, desenvolvidas a partir da matriz curricular-base, tendo por referência os documentos curriculares

    Combinações totais ou parciais de áreas disciplinares/disciplinas

    *

    As disciplinas desaparecem?

    Não

    Os DAC têm de ser anuais?

    Não

    E a avaliação?

    DAC.mp4

  • Os princípios, as matrizes e a sua gestão

    Da matriz curricular-base à matriz curricular de escola

    Opções curriculares • Integração de projetos no horário semanal • Alternância de períodos de funcionamento disciplinar com multidisciplinar • Organização de disciplinas em trimestres, semestres ou outra • Fusão de disciplinas • Turmas de contiguidade, …

    Promoção do envolvimento dos

    ALUNOS no desenho das

    opções e na avaliação da sua

    eficácia

    *

    Opções curriculares.mp4

  • Os princípios, as matrizes e a sua gestão

    Constituição de equipas educativas

    Permitem: • Aumentar o trabalho colaborativo • Rentabilizar o trabalho dos professores • Reduzir o n.º de professores por turma/grupo de alunos • Evitar a dispersão do trabalho docente • Acompanhar os alunos de forma mais próxima • …

    *

    Equipas educativas.mp4

  • Ensino Secundário

    Permuta e substituição de disciplinas

    Adoção de um percurso formativo próprio

    CCH – permutas de disciplinas CAE e CP – substituições de disciplinas

    Equipas educativas.mp4

  • Ensino Secundário

    Equipas educativas.mp4

  • Produção de efeitos

    O diploma aplica-se a todos os anos iniciais de ciclo/nível de ensino e às turmas do PAFC de 2017/2018

    Os restantes anos continuam com os diplomas que atualmente os regem

    Equipas educativas.mp4