dilogos sobre a gest£o municipal processos na...

Download Dilogos sobre a Gest£o Municipal Processos na Educa§£ofundacao-itau-social-producao.s3. Compor

If you can't read please download the document

Post on 08-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Dilogos sobre a Gesto MunicipalProcessos na Educao

  • I. APRESENTAO

    II. GESTO DA POLTICA DE EDUCAO MUNICIPAL

    1. O panorama da Poltica Municipal da Educao

    2. O papel do Gestor Municipal da Educao

    3. Dia a dia da gesto

    4. Gesto Educacional e Gesto por Processos: interface e potncia

    5. Elaborao dos processos da gesto educacional

    6. Dicas para implantao dos processos de gesto no seu municpio

    7. Como ler os fluxogramas

    8. Um exemplo de leitura de fluxograma

    III. PROCESSOS DA GESTO PEDAGGICA

    A. GESTO DO PROJETO POLTICO-PEDAGGICO

    1. Orientar a formulao do Projeto Poltico-Pedaggico

    2. Apoiar a formulao do Projeto Poltico-Pedaggico

    3. Acompanhar o desenvolvimento das aes do Projeto Poltico-Pedaggico

    4. Subsidiar a avaliao final do Projeto Poltico-Pedaggico

    B. GESTO DA AVALIAO DO ENSINO E APRENDIZAGEM

    1. Acompanhar os resultados da avaliao externa

    2. Acompanhar/Avaliar a prtica educativa das escolas

    3. Acompanhar/Avaliar a aprendizagem dos alunos em sala de aula

    4. Compor a Avaliao Final do processo de ensino e aprendizagem

    Dilogos sobre a Gesto Municipal Processos na Educao

    IV. PROCESSOS DA GESTO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA

    A. GESTO DOS SUPORTES EDUCAO

    1. Promover matrcula dos alunos

    2. Gerenciar transporte escolar

    3. Garantir merenda escolar

    4. Gerenciar fornecimento de uniforme escolar

    5. Atribuir classes e aulas

    B. GESTO ORAMENTRIA E FINANCEIRA

    1. Realizar planejamento oramentrio

    C. GESTO DE MATERIAIS E SERVIOS

    1. Planejar aquisio de bens e contratao de servios

    2. Adquirir bens e contratar servios

    3. Gerir contratao de prestao de servios

    4. Controlar e distribuir bens

    5. Administrar patrimnio

    D. GESTO DE PATRIMNIO

    1. Planejar obras

    2. Realizar manuteno em prdios

    3. Realizar manuteno em veculos

    E. GESTO DE PESSOAS

    1. Administrar pessoal

    2. Realizar formao continuada

    3. Avaliar desempenho dos servidores

    F. GESTO DA COMUNICAO

    1. Disponibilizar tecnologia da informao e comunicao

    2. Prestar suporte aos usurios da tecnologia da informao e comunicao

    3. Atender manifestaes da sociedade

    4. Divulgar informaes sobre Educao

  • I. APRESENTAO

    Apresentao

  • A Educao pblica de qualidade desafio urgente e que sensibiliza

    toda a sociedade. Muito se tem feito em relao aos grandes centros

    urbanos que se defrontam com os problemas da concentrao de

    bolses de pobreza, de falta de recursos e infraestrutura. Ao mesmo

    tempo, e quase silenciosamente, o pas enfrenta ainda os enormes

    desafios na Educao pblica nas cidades pequenas. Atualmente,

    mais de 70% dos municpios brasileiros esto na categoria micro e

    pequeno portes, ou seja, possuem at 50 mil habitantes. Cada um

    desses 4.878 municpios conta com suas especificidades regionais

    e locais, mas precisa lidar tambm com desafios comuns na rea

    da Educao: falta de profissionais especializados na rea, salas

    multisseriadas, transporte escolar e capacitao de professores. Soma-

    se a esses desafios a formao de Gestores de Educao, pois cerca de

    70% deles esto em posio de gesto pela primeira vez.

    nesse contexto que o Programa Melhoria da Educao no Municpio

    se insere. Iniciado em 1999, o Programa resultado da iniciativa da

    Fundao Ita Social, do Fundo das Naes Unidas para a Infncia

    (Unicef ) e tem a coordenao tcnica do Centro de Estudos e

    Pesquisas em Educao, Cultura e Ao Comunitria (Cenpec), com

    a parceria da Unio Nacional dos Dirigentes Municipais de Educao

    (Undime). J atuou em 18 Estados, beneficiando mais de 1.000

    municpios e formando cerca de 3.500 gestores e tcnicos.

    Seu trabalho tem como foco a formao e o aprimoramento dos

    gestores municipais de Educao, a partir de trs eixos: Plano

    Municipal de Educao, Participao Social e o Aprimoramento das

    Estruturas de Gesto Educacional.

    Em sua dcima primeira edio, realizada no Estado do Paran,

    no perodo 2010/2012, o Programa concentrou sua atuao no

    desenvolvimento de metodologias de participao social para a

    formulao e execuo do Plano Municipal de Educao. Alm

    disso, o Programa Melhoria da Educao no Municpio, na busca

    de aprimoramento dos rgos Gestores de Educao Municipal,

    trabalhou na identificao, redesenho e implantao da gesto por

    processos administrao educacional. Nesse sentido, a presente

    publicao inova por apresentar de forma pioneira uma interface entre

    a gesto por processo e a Educao visando fortalecer e aprimorar a

    gesto educacional.

    A partir dessa experincia, que dialoga com o conhecimento

    produzido pelo Programa ao longo dos anos, compartilhamos os

    principais aprendizados, desafios e subsdios para gestores e demais

    profissionais envolvidos com a Educao municipal, no tocante ao

    aprimoramento das Estruturas de Gesto, lembrando ser sempre

    necessrio considerar o contexto, as necessidades e os recursos locais

    existentes.

    Dessa forma, o Programa procura contribuir para a qualificao

    constante da gesto municipal da educao para que se realize a

    garantia de acesso, permanncia, aprendizagem e concluso na idade

    correta para cada uma das crianas e adolescentes no Brasil.

    Fundao Ita Social

    Unicef

    Cenpec

    Apresentao

  • II. GESTO DA POLTICA DE EDUCAO MUNICIPAL

    Gesto da Poltica de Educao Municipal

  • No percurso das suas 11 Edies, o Programa Melhoria da

    Educao no Municpio tem trabalhado com a equipe do rgo

    Gestor de Educao, gestores municipais, tcnicos e demais atores

    envolvidos com a Educao, como os Conselhos Municipais das

    polticas setoriais, de direitos e demais representaes da sociedade

    civil, em um processo de formao com o objetivo de intervir na

    realidade para a formulao e a qualificao de um projeto de

    Educao, organizado por meio de um conjunto de aes articuladas:

    encontros presenciais, assessoria a distncia, visitas tcnicas e

    ferramentas de gesto1.

    Os municpios contemplados pelo Programa so aqueles classificados,

    em relao ao nmero de habitantes, como pequenos I e II2 pelo

    Instituto Brasileiro de Geografia e Estatstica (IBGE) e tm, em suas

    caractersticas sociais e econmicas, denominadores comuns que

    ilustram o contexto de atuao das equipes gestoras, envolvidas no

    processo de formao acima descrito.

    No Brasil, os pequenos municpios no apresentam fontes prprias

    de arrecadao, pois, em geral, sua economia se caracteriza como

    de subsistncia, ou seja, na zona rural ela baseada na agricultura

    familiar e na pequena pecuria, e na zona urbana os postos de

    trabalho dependem essencialmente da administrao pblica e do

    pequeno comrcio local. Essa situao acarreta uma dependncia

    quase que exclusiva dos recursos financeiros e projetos das instncias

    federal e estadual, principalmente do Fundo de Participao dos

    Municpios (FPM). Alm disso, parte significativa da populao desses

    municpios sobrevive com a complementao financeira de projetos

    federais e/ou estaduais de transferncia de renda.

    Nesta publicao ser utilizado o termo rgo Gestor da Educao para abranger as diferentes nomenclaturas utilizadas para o rgo responsvel por conduzir a poltica educacional no municpio, como Secretarias Municipais de Educao, Departamentos, Diretorias, Superintendncias de Educao e quaisquer outras denominaes.

    Para saber mais:O Fundo de Participao dos Municpios (FPM) est previsto no art. 159 da Constituio Federal. Esse dispositivo determina que 23,5% da arrecadao, pela Unio, dos impostos de renda (IR) e sobre produtos industrializados (IPI) sejam destinados ao FPM. O total de recursos do FPM dividido em trs partes: 10% so entregues aos municpios que so capitais de Estados, 86,4% aos municpios no capitais e 3,6% constituem uma reserva para suplementar a participao dos municpios mais populosos. Fonte: www.senado.gov.br

    Programa Melhoria da Educao no Municpio em nmerosDe 1999 a 2012 11 Edies 18 Estados 1.045 municpios Em torno de 3.500 Gestores formados

    1- As ferramentas desenvolvidas no mbito do programa so: softwares Brasil Hoje e Plano de Educao; vdeo Realidades Educadoras; e coleo Dilogos sobre a Gesto Municipal. Todas elas foram construdas no mbito do Programa Melhoria da Educao no Municpio. 2- Pequenos I: at 20.000 habitantes no ano 2010, representavam 3.914 dos municpios brasileiros (IBGE); Pequenos II: de 20.001 at 50.000 no ano 2010, representavam 964 dos municpios brasileiros (IBGE).

    A populao dos pequenos municpios predominantemente rural, o

    que se expressa na concentrao de matrculas e de escolas nessas

    regies. Essas escolas, em sua maioria, organizam a primeira etapa do

    Ensino Fundamental em classes multisseriadas e praticamente no

    possuem a segunda etapa desse nvel, bem como o Ensino Mdio e

    a Educao Infantil. Constata-se tambm um enfraquecimento das

    polticas culturais voltadas para o incentivo s artes, preservao

    e criao do patrimnio cultural e para o uso de diferentes mdias

    no acesso e na circulao de bens culturais, sejam eles eruditos e/ou

    populares.

    Em 2009, a Fundao Ita Social realizou uma Avaliao Econmica

    do Programa Melhoria da Educao no Municpio, correspondente

    s Edies II