desonera§ o da folha de pagto

Download desonera§ o da folha de pagto

Post on 03-Jan-2016

37 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

CONSIDERAES INICIAIS

CONSIDERAES INICIAIS

001Qual o objetivo da Lei n 12.546/2011?

002Quais contribuies previdencirias ficam substitudas com o Plano de desonerao da folha de Pagamento?

003Qual o conceito de receita bruta?

004A empresa continua recolhendo em GPS a alquota RAT, Outras Entidades e o INSS descontado dos empregados?

005Se a empresa possuir apenas pro labore e estiver enquadrada, tambm deve aplicar a regra da desonerao da folha?

OBRIGATORIEDADE

006 obrigatrio adotar a regra da "desonerao da folha de Pagamento", ou possvel continuar recolhendo com base na folha de pagamento?

RECOLHIMENTO, VENCIMENTO, CDIGOS DARF-MATRIZ, PAGAMENTO EM ATRASO

007Caso a empresa tenha receita sujeita desonerao pela matriz e filiais, como dever ser o recolhimento?

008Qual o vencimento do DARF referente CPRB - Contribuio Previdenciria sobre a Receita Bruta?

009Quais cdigos de DARF sero utilizados para recolhimento da CPRB - Contribuio Previdenciria sobre a Receita Bruta?

010Como preencher o DARF da contribuio previdenciria sobre a receita bruta?

011Como ser corrigido o recolhimento em atraso da contribuio previdenciria sobre a receita bruta?

ATIVIDADES SUJEITAS REGRA DA DESONERAO DA FOLHA

012Quais so as atividades sujeitas regra da desonerao?

013Quais so as atividades de comrcio sujeitas regra da desonerao?

SIMPLES NACIONAL

014As empresas do simples nacional esto sujeitas regra da desonerao da folha?

015As empresas do Simples Nacional devem apresentar a EFD-Contribuies?

016As empresas do Simples Nacional devem apresentar a DCTF?

CONSTRUO CIVIL

017Quais setores de construo civil esto includos na regra da desonerao da folha de pagamento a partir de abril de 2013?

018Quais servios de construo civil foram inseridos na regra da desonerao da folha de pagamento a partir de janeiro de 2014?

019A empresa que constri e vende os imveis (incorporadora imobiliria) est sujeita regra da desonerao da folha?

020Quando a empresa do setor de construo civil possuir receitas de atividades no enquadradas na regra da desonerao, qual o procedimento para recolher a contribuio previdenciria?

021Como dever ser feito o recolhimento da contribuio previdenciria para os empregados do setor administrativo?

022Como dever ser calculada a contribuio previdenciria se a empresa possui receitas referentes a obras matriculas no CEI antes e a partir de abril de 2013?

023Qual o cdigo para recolhimento da contribuio previdenciria sobre a receita para empresas do setor de construo civil?

024Como deve ser preenchida a GFIP(SEFIP)?

COMRCIO VAREJISTA

025As empresas com atividade de comrcio atacadista esto sujeitas regra da desonerao da folha?

026Quais so os CNAEs de comrcio varejista que esto na regra da desonerao?

027Como dever ser feito o recolhimento da DARF para empresas de comrcio varejista?

028Quando a empresa de comrcio varejista (enquadrada na regra da desonerao) possuir receitas de atividades no enquadradas na regra da desonerao, qual o procedimento para recolher a contribuio previdenciria?

ATIVIDADES VINCULADAS AO CNAE

029As empresas cujo enquadramento na regra da desonerao da folha seja vinculado ao CNAE aplicaro a regra da proporcionalidade das receitas?

030Se a empresa possuir um CNAE principal na matriz e um CNAE principal distinto na filial, qual ser o procedimento para clculo da contribuio previdenciria?

RETENO DE 3,5% - CESSO DE MO-DE-OBRA

031Sobre os servios sujeitos regra da desonerao da folha, cabe a reteno sobre cesso de mo de obra?

032Como dever ser calculada a reteno da contribuio previdenciria de empresa do setor de construo civil que possui receitas referente obras matriculas no CEI antes e a partir de abril de 2013?

033A reteno de 3,5% ser sobre o valor bruto da nota fiscal, sem descontar os materiais?

034 possvel compensar a reteno de 11% com a contribuio previdenciria sobre a receita recolher?

EMPRESA SEM FATURAMENTO

035No caso da empresa ter atividade sujeita regra da desonerao da folha, mas que, em determinado ms, no possuir receita, dever recolher a contribuio da forma antiga, ou seja, sobre a folha de pagamento?

REGRAS PARA INDSTRIAS E EMPRESAS NO VINCULADAS AO CNAE

036Como deve ser calculada a contribuio previdenciria patronal quando a maioria da receita est sujeita regra da desonerao da folha?

037Como deve ser calculada a contribuio previdenciria patronal quando a maioria da receita no est sujeita regra da desonerao da folha?

038Quando no foram atingidos os 95% da receita sujeita ou no regra da desonerao como dever calcular a contribuio previdenciria patronal? Dever aplicar a proporcionalidade?

039As empresas que efetuem a industrializao para outra empresa (CFOP 5.124) esto sujeitas regra da desonerao da folha?

040A empresa equiparada a indstria em funo de encomendar, junto a outra empresa, o processo de industrializao, est sujeita regra da desonerao da folha?

EXEMPLOS DE CLCULOS

041Como calcular a contribuio previdenciria sobre a receita para empresas fabricantes de produtos desonerados?

042Como calcular a contribuio previdenciria sobre a receita para empresas fabricantes de produtos desonerados e no desonerados?

043Como calcular a contribuio previdenciria sobre a receita bruta para uma empresa de comrcio varejista?

REGIME DE CAIXA - TRIBUTAO PELO RECEBIMENTO

044Pela regra da desonerao da folha, a empresa poder tributar somente quando do recebimento do servio ou da venda (regime de caixa)?

DEVOLUES. EXCLUSES DA BASE DE CLCULO

045No ms em que houver devoluo de um produto desonerado, o valor relativo devoluo poder ser abatido da apurao da CPRB?

046E se os valor das devolues recebidas no ms for maior que a receita sujeita desonerao?

EMPRESA IMPORTADORA

047A empresa equiparada indstria por importar mercadoria est sujeita regra da desonerao da folha?

EXPORTAO

048Os valores relativos a exportaes podero ser excludos da base de clculo da contribuio previdenciria sobre a receita bruta?

049A empresa que industrializa mercadoria sujeita regra da desonerao e vende para uma Empresa Comercial Exportadora, poder excluir esta receita da base de clculo?

050O valor correspondente s prestaes de servios ao exterior pode ser excludo da base de clculo da CPRB?

VENDA PARA ENTREGA FUTURA E FATURAMENTO ANTECIPADO

051Na venda para entrega futura, a tributao da CPRB ocorrer quando da emisso da nota fiscal relativa ao faturamento (primeira nota fiscal), ou quando da entrega efetiva da mercadoria (segunda nota fiscal)?

052Na hiptese de faturamento antecipado, a tributao da CPRB ocorrer quando da emisso da nota fiscal relativa ao faturamento (primeira nota fiscal), ou quando da entrega efetiva da mercadoria (segunda nota fiscal)?

RECOLHIMENTO INDEVIDO OU A MAIOR

053No caso de pagamento indevido ou a maior de um DARF da CPRB, possvel efetuar compensao? Qual o procedimento a ser adotado?

13 SALRIO

054Devero ser aplicadas as regras da desonerao da folha de pagamento em relao ao 13 salrio?

055A respeito do 13 salrio, como dever ser o clculo da contribuio previdenciria patronal?

EFD - CONTRIBUIES (INFORMAES PREVIDENCIRIAS)

056Empresa do lucro presumido, sujeita incidncia da Contribuio Previdenciria Sobre A Receita Bruta, deve apresentar a EFD-Contribuies referente a perodos de 2012?

057A escriturao da Contribuio Previdenciria sobre a Receita Bruta deve ser realizada a partir dos fatos geradores ocorridos a partir de dezembro de 2011?

058No campo 4 do Registro P100 do Bloco P devemos informar o valor da receita bruta total do estabelecimento no perodo. Nesse valor devemos incluir as receitas financeiras e outras receitas no oriundas da atividade da empresa ou devemos apenas considerar a receita exclusiva da prestao de servios/vendas?

059Quando necessrio escriturar o bloco P?

060Como habilitar os registros do bloco P no programa da EFD-Contribuies?

061Como fazer no lanamento do Registro P100, quando as receitas das atividades sujeitas contribuio previdenciria sobre a receita bruta for maior que 95%, em relao s outras receitas?

062Como escriturar a contribuio previdenciria sobre a receita bruta quando a soma das receitas das atividades desoneradas for menor que 5% da receita bruta total?

063Como devem ser tratadas as demais receitas, de natureza operacional ou no operacional, como os alugueis, aplicaes financeiras, venda do ativo imobilizado, etc.? Como cdigo "99999999-Outras Atividades, Produtos e Servios" ou no devem ser informadas estas receitas demais receitas?

DIPJ 2013 INFORMAES PREVIDENCIRIAS

064Como informar na DIPJ as informaes previdencirias?

CONSIDERAES INICIAIS

001. Qual o objetivo da Lei n 12.546/2011?Resposta: Com o advento da LeI Lei 12.546/2011 , o Governo Federal lanou o Plano Brasil Maior (PBM), composto de diversas medidas que pretendem promover o crescimento sustentvel da economia brasileira. Dentre as medidas adotadas, tem-se a desonerao da folha de pagamento, objetivando substituir as contribuies previdencirias patronais previstas nos incisos I e III do art. 22, por percentuais sobre o valor da receita bruta, excludas as vendas canceladas e os descontos incondicionais concedidos, variveis conforme a atividade e perodo de vigncia.

002. Quais contribuies previdencirias ficam substitudas com o Plano de desonerao da folha de Pagamento?Resposta: A substituio se d em relao s contribuies previstas no artigo 22, incisos I e III, da Lei

View more