desonera§£o da folha de pagamento

Download Desonera§£o da folha de pagamento

Post on 23-Oct-2015

373 views

Category:

Documents

26 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Contribuio Previdenciriasobre a Receita Bruta* Desonerao da Folha *

    Zenaide CarvalhoAdministradora e Contadora, especialista em Auditoria e Controladoria, ps-graduanda em Direito do Trabalhowww.zenaidecarvalho.com.br

    Bem vindos a mais um treinamento do Projeto Educao Continuada!

  • 21. Apresentao de SLIDES com acompanhamento do texto da apostila

    2. Dvidas por e-mail: treinamento@zenaidecarvalho.com.br

    3. Exerccios com respostas no treinamento

    4. Download: link na apostila!

    METODOLOGIA

  • 31. Base legal2. O que a desonerao3. Setores envolvidos4. Vigncia5. Como Calcular6. Dcimo Terceiro Salrio7. DARF, GPS, DCTF e EFD-Contribuies8. Compensao na GFIP

    PROGRAMA

  • Para iniciar...

    Novas circunstncias criam oportunidades de progresso.

    (Taniguchi)

    4

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

  • 1. Base legal5

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

  • 2 - O que a desonerao da folha?Um resumo...

    1. A Desonerao (CPRB) uma SUBSTITUIO da base de clculo de PARTE da contribuio patronal previdenciria (CPP) de 20%.

    2. A contribuio de 20% sobre a folha de pagamento dos empregados e contribuintes individuais, passa a ser de 1,5% ou 2,5% sobre a Receita Bruta de 01/12/2011 a 31/07/2011 e de 1% ou 2% at 31/12/2014.

    3. Obrigatrio! A Desonerao obrigatria para as atividades relacionadas na lei 12.546/11 e no opcional (nenhum outro setor poder participar).

    6

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

  • 2 - O que a desonerao da folha?

    4. Industrializao por Encomenda, citados na Legislao do IPI.

    5. O que a empresa continuar pagando sobre a folha: No abrange as contribuies ao RAT e aos Terceiros.

    6. Excluses permitidas: O percentual sobre a RECEITA BRUTA exclui as vendas canceladas, as EXPORTAES, os descontos incondicionais concedidos, o ICMS substitudo, o IPI (se somado Receita) e as DEVOLUES.

    Extra: e se as devolues forem SUPERIORES S VENDAS?

    7

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

  • 2 - O que a desonerao da folha?

    7. No abrange as empresas tributadas pelo Simples Nacional, apenas Lucro Presumido e Lucro Real.

    8. Meses sem receita: Empresas com atividades 100% desoneradas, nos meses sem receita no pagaro os 20%

    9. Meses sem folha: Se houver receita, tero que pagar o percentual de 1 ou 2% sobre a receita.

    10. Proporcionalidade nas receitas: empresas com outras atividades no desoneradas pagaro uma parte da CPP sobre a receita, em DARF, e outra parte sobre a Folha, em GPS.

    8

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

  • 2 - O que a desonerao da folha?

    11. Obrigaes Acessrias: GFIP, DCTF, EFD, DOC

    12. CPP sobre o Dcimo-Terceiro Salrio: empresas 100% desoneradas no pagaro a contribuio!

    13. Empresas com matriz e filiais: DARF na Matriz, GPS e GFIP por estabelecimento.

    14. EXTRA! Receita Bruta e Outras Atividades: inclui somente as atividades OPERACIONAIS (no inclui a venda de imobilizado e nem receitas financeiras).

    9

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

  • Contribuies Previdencirias

    O que substitui? A contribuio patronal previdenciria de 20%

    calculada sobre a folha de pagamento dos empregados e contribuintes individuais.

    O que no substitui? No substitui o RAT Ajustado(riscos ambientais de

    trabalho multiplicado pelo FAP Fator Acidentrio de Preveno), que varia de 0,5 a 6%

    No substitui a contribuio a Terceiros, que pode chegar a 5,8%

    No substitui os 15% de CPP sobre Cooperativas

    10

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

  • Objetivos e Consequncias Objetivos:

    Faz parte do Plano Brasil Maior Estimular a contratao de empregados CLT Reduzir a carga tributria das empresas exportadoras Evitar as terceirizaes (faces) Evitar a criao de PJ fictcias prestadoras de servios,

    principalmente no setor de TI

    Consequncias: Positiva: vrias empresas pagaro menos contribuio

    previdenciria As empresas com maior automao (no caso das confeces)

    ficam prejudicadas, j que utilizam menos mo de obra. As empresas de TI sem empregados tambm ficam prejudicadas

    11

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

  • Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    12

    TI (Tecnologia da Informao) TIC (Tecnologia da Informao e

    Comunicao) Call Center (a partir de 01/04/2012) Hoteleiro (a partir de 01/08/2012) Transportes (a partir de 01/01/2013) Setores Industriais que fabriquem os

    produtos citados no Anexo da Lei 12.546/11 (conforme a NCM Nomenclatura Comum do Mercosul e vigncias variadas!).

    Construo civil = abril/2013

    Varejo = abril/2013

    3 Setores Envolvidos

  • Observaes importantes

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    13

    No so todas as atividades de todos os setores (consultar os anexos da Lei)

    Na Indstria, o Anexo traz a NCM (Tabela TIPI), deve ser combinado com o CFOP

    Nos servios, vai depender do servio descrito na NF e das atividades registradas

    No Varejo, veja os atos constitutivos e CNAEs

  • 4 Setor de Servios (quadro 1)

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    14

  • 4 Setor de Servios (quadro 2)

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    15

  • Extra! pg 58 Incluir final da tabela: grupo 95.03 (brinquedos)

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    16

    Vigncia: 01/01/2013

    Justificativa: entrou na lei 12.715/12 direto

    (no entrou na MP 582/12)

  • Extra Incluir na pgina 58 (final da tabela)

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    17

    9503.00.10, 9503.00.21, 9503.00.22, 9503.00.29, 9503.00.31, 9503.00.39, 9503.00.40, 9503.00.50, 9503.00.60, 9503.00.70, 9503.00.80, 9503.00.91, 9503.00.97, 9503.00.98, 9503.00.99; (setor de brinquedos, que no estava na MP 582/12 e entrou na lei 12.715/12 direto!)

    (Base legal: Lei 12.715/12, art. 55 = altera a 12.546/11, 4o A partir de 1o de janeiro de 2013, ficam includos no Anexo referido no caput os produtos classificados nos seguintes cdigos da Tipi: I...)

  • Referncias e particularidades na apostila

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    18

    Atividades de TIC e TIC Atividades de Hotis e Pousadas Atividades de Transporte Coletivo Atividades de Construo Civil

  • 6.1 Reteno de 3,5%

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    19

    As empresas desoneradas que prestem servios mediante CESSO DE MO DE OBRA, passam a ter a reteno de 3,5% e no mais de 11%.

    Vigncia: 17/10/2012

    No possvel fazer compensao de retenes feitas em GPS com pagamentos a efetuar em DARF!

  • Extra!!! Compensao da Reteno

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    20

    Soluo de Consulta n 8, de 4 de fevereiro de 2013 (Pg. 20 - DOU1 de 13/02/2013)

    Assunto: Contribuies Sociais Previdencirias

    Ementa: contribuio previdenciria sobre a receita bruta (Lei n 12.546/11). Prestao de servios mediante cesso de mo de obra. Compensao.

    As retenes de que tratam o art. 31 da Lei n 8.212/1991 e o 6 do art. 7 da Lei n 12.546/2011 podem ser compensadas, pela empresa cedente da mo-de-obra, quando do recolhimento das contribuies destinadas Seguridade Social devidas sobre a folha de pagamento dos segurados a seu servio.

    Restando saldo em seu favor, a empresa poder compens-lo nas competncias subsequentes ou pedir a sua restituio.

    DISPOSITIVOS LEGAIS: Lei n 12.546/2011, art. 7; Lei n 8.212/1991, art. 31; IN RFB n 1.300/2012, arts. 17 e 60.

    RODRIGO AUGUSTO VERLY DE OLIVEIRA - Chefe

  • 7 Indstria Produtos Envolvidos(quadro 3)

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    21

  • Indstria Quadro 4 Vigncias: 2013

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    22

    S para empresas que FABRICAM, considerando tambm INDUSTRIALIZAO POR ENCOMENDA (veja o conceito na apostila)

  • 8 Comrcio Varejista

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    23

    Vigncia: 01/04/2013

    Alquota: 1% (um por cento) sobre a receita brutaa receita bruta

    DARF: 2991 ou 2985 (aguardar publicao da RFB publicao da RFB ou usar o 2991, que o mesmo da Indstria, com 1%)

    Base legal: MP 601/12, art 1, altera a lei 12.546/11, art 8, 3, inciso XII

  • Comrcio Varejista Lista de CNAEs

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    24

  • Varejista observaes importantes

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    25

    O CNAE deve estar registrado nos atos constitutivos e no CNPJ

    Vrios desses CNAES autorizam a venda de diversos produtos e, portanto, estando a empresa com um CNAE desses, toda a receita desses produtos ser agregada para clculo da desonerao.

    Porm, se alm desses CNAEs a empresa tem outros, com venda de outros produtos, o clculo da contribuio ser PROPORCIONAL (parte pela Receita e parte pela folha), come veremos em tpicos seguintes.

    Dvidas: www.cnae.ibge.gov.br

  • No se aplica a Desonerao

    Desonerao da Folha - Zenaide Carvalho - www.zenaidecarvalho.com.br

    26

    Fa

Recommended

View more >