desenho tecnico e_arquitetonico concurso

Download Desenho tecnico e_arquitetonico concurso

Post on 11-Aug-2015

38 views

Category:

Engineering

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  1. 1. Nome do Candidato Nmero de Inscrio Assinatura do Candidato - Secretaria de Articulao e Relaes Institucionais Gerncia de Exames e Concursos CADERNO DE PROVA
  2. 2. I N S T R U E S LEIA COM ATENO 1. Este Caderno de Prova, com pginas numeradas de 1 a 19, constitudo de 40 (quarenta) questes objetivas, cada uma com 4 (quatro) alternativas, assim distribudas: 01 a 10 Lngua Portuguesa 11 a 20 Fundamentos de Educao e Legislao 21 a 40 Conhecimentos Especficos 2. Caso o Caderno de Prova esteja incompleto ou tenha qualquer defeito de impresso, solicite ao fiscal que o substitua. 3. Sobre a Marcao do Carto de Respostas As respostas devero ser transcritas com caneta esferogrfica de tinta azul ou preta no porosa para o Carto de Respostas, que ser o nico documento vlido para correo. 3.1. Para cada questo existe apenas uma alternativa que a responde acertadamente. Para a marcao da alternativa escolhida no CARTO DE RESPOSTAS, pinte completamente o crculo correspondente. Exemplo: Suponha que para determinada questo a alternativa C seja a escolhida. N. da Questo A B C D 3.2. Marque apenas uma alternativa para cada questo. 3.3. Ser invalidada a questo em que houver mais de uma marcao, marcao rasurada ou emendada, ou no houver marcao. 3.4. No rasure nem amasse o CARTO DE RESPOSTAS. 4. Todos os espaos em branco, neste caderno, podem ser utilizados para rascunho. 5. A durao da prova 4 (quatro) horas, j includo o tempo destinado ao preenchimento do CARTO DE RESPOSTAS. 6. Somente aps decorridas 2 horas e 30 minutos do incio da prova, o candidato, depois de entregar seu Caderno de Prova e seu Carto de Respostas, poder retirar-se da sala de prova. O candidato que insistir em sair da sala de prova antes desse tempo dever assinar Termo de Ocorrncia declarando sua desistncia do concurso. 7. Ser permitida a sada de candidatos levando o Caderno de Prova somente na ltima meia hora de prova. 8. Na pgina 19 deste Caderno de Prova, encontra-se a Folha de Anotao do Candidato, a qual poder ser utilizada para a transcrio das respostas das questes objetivas. Essa folha poder ser levada pelo candidato para posterior conferncia com o gabarito somente aps decorridas 2 horas e 30 minutos do incio da prova. 9. Aps o trmino da prova, o candidato dever, obrigatoriamente, entregar ao fiscal o CARTO DE RESPOSTAS devidamente assinado e preenchido.
  3. 3. 1/19 Docente: Desenho Tcnico e Arquitetnico LNGUALNGUALNGUALNGUA PORTUGUESAPORTUGUESAPORTUGUESAPORTUGUESA INSTRUO: Leia o fragmento abaixo e responda s questes de 01 a 03. As empresas hoje precisam inovar se quiserem sobreviver. Isso vale especialmente para o setor de tecnologia, em que as mudanas so rpidas e transformam mercados inteiros. Mas a forma como as empresas inovam tambm importa. As lideranas e os empreendedores determinados devem ter foco nos objetivos e orientar uma boa equipe. Eles tambm devem ser adaptveis e ticos. E devem querer quebrar as regras. Em outras palavras, eles precisam ser inovadores-ninja. [...] Ter um plano definido essencial, contudo ele tem de ser uma estratgia viva. Mesmo a operao mais bem planejada pode ser alterada. Em um mundo tecnolgico em mudana, os inovadores devem ser flexveis e capazes de seguir o fluxo quando o cenrio muda. Devem ainda agir com discrio, como os ninjas. Lanar um produto ou ideia inovadores requer tempo e os melhores sabem que no podem revelar seus planos. (SHAPIRO, G. Uma forma ninja de inovar. In Revista Info, novembro de 2013.) QUESTO 01 Assinale a alternativa que apresenta correta correlao entre a relao de sentido e o exemplo dado no fragmento. (A) Finalidade As empresas hoje precisam inovar se quiserem sobreviver. (B) Acrscimo Devem ainda agir com discrio, como os ninjas. (C) Oposio Ter um plano definido essencial, contudo ele tem de ser uma estratgia viva. (D) Condio Mesmo a operao mais bem planejada pode ser alterada. QUESTO 02 O adjetivo vai para o masculino plural, quando estiver posposto aos substantivos de gneros diferentes aos quais se refere. Marque V para os trechos que exemplificam essa regra da escrita culta e F para os que no a exemplificam. ( ) Isso vale especialmente para o setor de tecnologia, em que as mudanas so rpidas e transformam mercados inteiros. ( ) As lideranas e os empreendedores determinados devem ter foco nos objetivos ( ) Lanar um produto ou ideia inovadores requer tempo e os melhores ( ) Em um mundo tecnolgico em mudana, os inovadores devem ser flexveis e capazes de seguir o fluxo quando o cenrio muda. Assinale a sequncia correta. (A) F, V, V, F (B) F, F, F, V (C) V, F, F, V (D) V, V, V, F QUESTO 03 Em relao ao trecho operao mais bem planejada, assinale a alternativa que apresenta correta e respectivamente as classes de palavras que o compem. (A) Verbo, adjetivo, substantivo, verbo. (B) Substantivo, advrbio, advrbio, adjetivo. (C) Substantivo, substantivo, adjetivo, verbo. (D) Verbo, advrbio, advrbio, adjetivo.
  4. 4. 2/19 Docente: Desenho Tcnico e Arquitetnico INSTRUO: Leia o texto abaixo e responda s questes de 04 a 09. Exame de admisso ao doutoramento 1 5 10 Quando eu ainda era professor universitrio, fui nomeado presidente de uma comisso que iria examinar os candidatos ao doutoramento. Uma longa lista de livros havia sido preparada com antecedncia, livros que os candidatos deveriam estudar. A, no dia do exame, tive uma ideia que submeti aos meus colegas e eles concordaram. Em vez de inquirir os candidatos sobre as ideias de outros escritas nos livros, ideias que ns j conhecamos, por que no pedir que eles nos falassem sobre suas prprias ideias? Falando sobre suas ideias teramos condies de conhec-los melhor. Assim, quando o candidato passava pela porta da sala, trmulo, esperando as perguntas terrveis sobre a bibliografia, eu lhe pedia: Por favor, fale-nos sobre aquilo que gostaria de falar.... Pensei que seria uma felicidade: falar sobre aquilo que pensavam! Foi no. Foi um choque. De tanto ler o que os outros pensavam, eles se haviam esquecido daquilo que eles mesmos pensavam. Uma jovem entrou em surto, achando que se tratava de um truque. Poucos tiveram ideia sobre o que falar. O que nos levou a pensar que talvez seja isto que acontece: de tanto ler as ideias de outros, os alunos se esquecem de que eles tambm podem pensar e que seu pensamento importante. [...] E, em oposio queles que ensinam leitura dinmica, Schopenhauer afirma que a leitura s boa quando bovina, quando leva ruminao. (ALVES, R. Ostra feliz no faz prola. So Paulo: Planeta, 2013.) QUESTO 04 A leitura do texto permite afirmar que o autor (A) critica o fato de haver inquirio dos candidatos ao doutoramento. (B) lamenta seu tempo de professor universitrio, o que no lhe traz boas lembranas. (C) relata uma experincia de tempo passado sem expressar reflexo a respeito. (D) advoga a tese de que os candidatos ao doutoramento devem ter suas prprias ideias. QUESTO 05 Sobre o segmento a leitura s boa quando bovina, quando leva ruminao, pode-se ter a seguinte interpretao: (A) A leitura torna-se significativa quando leva tempo a ser realizada. (B) Se ruminar indica mastigao lenta, leitura boa significa demorada. (C) Quando a leitura produz reflexo, torna-se significativa. (D) Leitura bovina leitura de grandes obras, clssicos da literatura. QUESTO 06 Em relao ao sentido expresso por termos usados no texto, analise as afirmativas. I - Na linha 1, a palavra ainda tem valor semntico relacionado a tempo. II - A expresso com antecedncia (linha 2) indica uma circunstncia de tempo. III - A palavra tambm (linha 12) apresenta ideia de comparao. IV - Na linha 11, o termo talvez indica ideia de dvida. Esto corretas as afirmativas (A) I, II, III e IV. (B) I, II e IV, apenas. (C) II, III e IV, apenas. (D) I e III, apenas.
  5. 5. 3/19 Docente: Desenho Tcnico e Arquitetnico QUESTO 07 Assinale o trecho que revela ideia de causa-consequncia. (A) Quando eu ainda era professor universitrio, fui nomeado presidente de uma comisso que iria examinar os candidatos ao doutoramento. (B) A no dia do exame eu tive uma ideia que submeti aos meus colegas e eles concordaram. (C) E, em oposio queles que ensinam leitura dinmica, Schopenhauer afirma que a leitura s boa quando bovina, quando leva ruminao. (D) De tanto ler o que os outros pensavam, eles se haviam esquecido daquilo que eles mesmos pensavam. QUESTO 08 Os tempos verbais assinalam uma relao temporal do fato expresso com o momento em que ocorre a enunciao (oral ou escrita). Sobre formas verbais do texto, assinale a afirmativa INCORRETA. (A) seja (linha 11) exprime um fato que acontece no momento da fala: os membros da comisso refletindo sobre o desempenho dos candidatos. (B) era (linha 1) exprime um fato no tomado como concludo, anterior ao momento da fala: o autor narra um fato acontecido poca em que trabalhava como professor universitrio. (C) fui (linha 1) exprime um fato passado, apresentado como acabado: a nomeao do autor como presidente de uma comisso. (D) iria (linha 1) exprime um fato futuro tomado em relao a um fato passado: o exame dos candidatos ao doutoramento seria realizado depois da nomeao da comisso. QUESTO 09 A construo dos sentidos de um texto d-se por meio de elementos coesivos. Sobre tais recursos no texto, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas. ( ) No segmento O que nos levou a pensar que talvez seja isto que acontece: de tanto ler as ideias de outros, os alunos se esquecem de que eles tambm podem pensar, o termo isto um elemento coesivo anafrico. ( ) Em Uma longa lista de livros havia sido preparada com antecedncia, livros que os candidatos deveriam estudar, a repetio do termo livros constitui coeso lexical. ( ) Os pronomes so elementos coesivos por excelncia; em Pensei que seria uma felicidade, o pronome que um recurso coesivo referencial. ( ) Como conjuno, a palavra assim, em Assim, quando o candidato passava pela porta da sala, elemento coesivo responsvel por encadear ideias. ( ) Ocorre exemplo de coeso denominada e