desenho arquitetonico curso senai

Download Desenho Arquitetonico curso senai

Post on 17-Nov-2015

104 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

curso basico desenho arquitetonico

TRANSCRIPT

NBR 6492/94 - Representao de projetos de arquitetura; NBR 8196/99 - Emprego de escalas; NBR 8403/84 - Aplicaes de linhas - tipos e larguras; NBR 10068/87 - Folha de desenho - leiaute e dimenses; NBR 13142/99 - Dobramento e cpia.

NormasEsta norma estipula as exigncias para a representao de projetos em arquitetura.O tipo de papel depende do tipo de projeto, da reproduo de desenho e sobretudo do objetivo do desenho. A recomendao que se utilize um papel transparente: vegetal ou sulfurize, ou papel opaco (por exemplo, o sulfite).J com relao ao formato de papel, deve-se reportar norma NBR 10068/1987, que define que a margens devam ser: superior, direita e inferior = 10mm e esquerda = 25mm, no entanto, para o formato A4, as margens superior, direita e inferior devem ser de 7mm.No canto inferior esquerdo, deve-se reservar uma rea para a legenda (carimbo) seguindo a NBR 10068/1987.As escalas so estipuladas pela NBR 8196/1999.A escrita tcnica preconizada pela NBR 8402/1996, no entanto a NBR 6492/1994 apresenta, em seu anexo, os tipos de nmeros e letras para o desenho arquitetnico.As aplicaes dos tipos de linhas so definidos pela NBR 8403/1984, mas a NBR 6492/1994 apresenta as aplicaes mais utilizadas nos desenhos arquitetnicos.

Outras notaes tambm so definidas por esta norma: INDICAO DO NORTE MAGNTICO; INDICAO DOS ACESSOS; INDICAO DOS SENTIDOS DE ESCADAS E RAMPAS; INDICAO DE INCLINAO DE TELHADOS E PISOS; REPRESENTAO DE COTAS DE VRIOS TIPOS; INDICAO E MARCAO DE CORTES; INDICAO DE FACHADAS E ELEVAES; DESIGNAO DE PORTAS E ESQUADRIAS; REPRESENTAO DOS MATERIAIS USADOS.

NBR 8196/99 - Emprego de escalasEsta norma preconiza as diretrizes para o emprego de escalas e suas designaes em desenhos tcnicos.Assim, define como devem ser representadas as escalas e que estas devem ser representadas na legenda da folha de desenho, caso seja apenas uma escala utilizada.Caso haja necessidade de utilizar outras escalas na mesma folha de desenho, elas devero ser indicadas junto ao detalhe ou vista.Salienta tambm que a escolha da escala est diretamente ligada finalidade e complexidade do objeto que se deseja representar e a escolha desta definir tambm o formato da folha a ser utilizada para a representao do desenho.

NBR 8403/84 - Aplicaes de linhas - tipos e largurasEsta norma define os tipos e os escalonamentos de larguras de linhas que devem ser empregados nos desenhos tcnicos e desenhos semelhantes.As linhas respeitam o mesmo escalonamento dos formatos de papel, ou seja, se houver uma reduo ou ampliao do desenho, devem ser mantidas as larguras originais das linhas.O escalonamento de larguras em milmetros devem seguir a sequncia: 0,13 - 0,18 - 0,25 - 0,35 - 0,50 - 0,70 - 1,00 - 1,40 - 2,00.Outro aspecto definido por esta norma que h dez tipos de linhas com suas respectivas espessuras, para facilitar a compreenso e a interpretao dos desenhos, pois para cada tipo h o uso adequado.NBR 10068/87 - Folha de desenho - leiaute e dimensesEsta norma define uma padronizao dimensional e de leiaute da folha de desenho tcnico, tendo como formato padro a folha denominada A0, que possui 1 metro quadrado, com a dimenso 841 x 1189mm. Os outros tamanhos derivaram deste e sero menores.A escolha do formato ser em funo da clareza do desenho, sempre priorizando os tamanhos menores, se possvel.As margens limitam os espaos para o desenho, e a margem esquerda deve sempre ser maior que as demais para possibilitar a furao desta e posterior arquivamento do desenho.Ela tambm refora a necessidade de que todas as folhas de formato A devem ser executadas 4 marcas de centros.

NBR 13142/99 - Dobramento e cpiaEsta norma define como devem ser realizados o dobramento e a cpia de desenho tcnico.O formato final do dobramento deve ser o A4, ou seja, mesmo que se utilize uma folha A0, A1, A2 e A3, este formato dever ser atingido por meio do dobramento adequado da folha.Outro aspecto a ser atendido que o dobramento dever ao final deixar a legenda visvel, atendendo assim NBR 10582/1998.Caso as cpias do desenho de formatos A0, A1 e A2 devam ser perfuradas para arquivamento, o canto superior esquerdo deve ser dobrado para trs.

Materiais e instrumentos do desenho arquitetnicoBorrachaPara quem faz desenho tcnico muito importante se ter uma borracha de qualidade para correes.A Caneta Borracha muito procurada por ser extremamente fina e facilitar muito o trabalho na hora de apagar detalhes.Lapiseira e grafitePara o desenho tcnico, so usadas basicamente as lapiseiras 0.3mm e 0.5mm, variando os grafites quanto a necessidade de peso e espessura dos traos. Os grafites mais usados so: 2H, H, F, HB. Srie B (B, 2B...) - macio e traos largos Srie H (H, 2H...) - duros e traos estreitos Srie HB e F - Intermedirios

Esquadro um instrumento utilizado em desenhos arquitetnicos, possui forma de um tringulo retngulo, ou de um L que seve para traar linhas perpendiculares e algumas linhas inclinadas, tambm para medir e verificar ngulos retos. Em geral, so feitos de acrlico ou plstico.TransferidorA principal funo do transferidor medir ngulos entre duas linhas de interseo, desenhar ou criar ngulos especficos.Rguas T e ParalelaAs rguas so instrumentos para traado de retas paralelas e perpendiculares, a serem usadas juntamente de um par de esquadros.PranchetaUma mesa, normalmente inclinvel, na qual possvel manter pranchas de desenho em formatos grandes (como o A zero) e onde se possam instalar rguas T ou paralelas.

Materiais e instrumentos do desenho arquitetnicoEscalmetroUm tipo especial de rgua, normalmente com seo triangular, com a qual podem ser realizadas medidas em escalas diferentes. Podem ser apresentados em cinco modelos comerciais, sendo o mais utilizado o n 1 que contempla as escalas: 1:20/1:25/1:50/1:75/1:100 e 1:125.EscalasEscala a relao proporcional entre a medida do objeto (tamanho real) e a medida do desenho. Sem a escala exigiria-se um papel do tamanho daquilo que estamos desenhando. No caso de uma planta baixa, seria to grande que no caberia no cmodo alm de difcil de ler, por isso, usamos a escala de desenho.Desenhamos aquilo que desejamos reduzindo todas as dimenses proporcionalmente segundo uma escala. Podemos por exemplo reduzir todas igualmente dez vezes. Temos, neste caso, uma escala de 1:10 (l-se: um para dez).ExemplosEscala de 1:50(a mais comum em arquitetura): cada metro no desenho corresponde a 50 metros reais, ou seja, 1cm corresponde a 0,5m, ou 50cm.Escala de 1:100:cada metro no desenho corresponde a 100 metros reais, ou seja, 1cm corresponde a 1m.Escala de 1:20:cada metro corresponde a 20 metros reais, ou seja, 1cm corresponde a 0,2m.Escala de 1:25:cada metro corresponde a 25 metros reais, ou seja, 1cm corresponde a 0,25m.

FolhasAs folhas mais usadas para o desenho tcnico so do tipo sulfuriz. Anteriormente popularizao do CAD, normalmente desenvolvia-se os desenhos em papel manteiga (desenhados a grafite) e eles eram arte-finalizados em papel vegetal (desenhados a nanquim).Os desenhos devem ser executados em papis transparentes ou opacos, de resistncia e durabilidade apropriadas. A escolha do tipo de papel deve ser feita em funo dos objetivos, do tipo do projeto e das facilidades de reproduo.Papel transparente: manteiga, vegetal, albanene, polister e cronaflex.Papel opaco: canson, schoeller ou sulfite grosso. Atualmente o papel mais utilizado para projetos o papel sulfuriz, que transparente apesar de opaco, recomendado para desenhos coloridos e desenhos a lpis.Compasso um instrumento de desenho que faz arcos de circunferncia.Caneta Nanquim uma caneta que contm um reservatrio recarregvel de tinta.A tinta nanquim ou tinta da china um material corante preto originrio da China. preparada com negro-de-fumo coloidal e empregada em desenhos, aquarelas e na escrita. Desenvolvida pelos chineses h mais de 2.000 anos, constituda de nanopartculas de carvo suspensas em uma soluo aquosaGabaritosPequenas placas plsticas ou metlicas que possuem elementos pr-desenhados vazados e auxiliam seu traado, como instalaes sanitrias, circunferncias, etc.NormgrafoO normgrafo um instrumento auxiliar para desenho. O tipo mais comum o normgrafo para desenho de caracteres, porm h outros destinados ao desenho de formas geomtricas, como crculos e polgonos. Pode ser uma rgua vazada atravs da qual se desenham letras e nmeros ou ento uma rgua com sulcos no formato dos caracteres, que so transferidos para o papel atravs de um instrumento denominado de aranha para normgrafo.

Formato do PapelAgora que voc j viu no mdulo I o que o desenho tcnico, sua histria, seus materiais e ferramentas, vamos conhec-lo um pouco mais profundamente para que voc possa, realmente, ingressar no mercado de trabalho desta importante etapa da construo civil.Dimenses das folhasAs folhas devem seguir os mesmos padres do desenho tcnico. Usa-se um retngulo de rea igual a 1m (um metro quadrado) e denominado folha A0 (a-zero). Os lados do papel medem 841 x 1189mm. Do formato bsico so feitos os demais formatos da srie A. .mm = abreviao para milmetro que representa uma unidade de medida que 1.000 vezes menor que o metro (m), ou seja, 10 vezes menos que o centmetro (cm). Assim, basta pegar um centmetro e dividir por 10 que se obter a medida de 1 milmetro.

Dimenses das folhasPercebe-se que o A0 o maior tamanho correspondente folha toda e ao se dividir esta tem-se o A1, e dividindo-se o A1 tem-se o A2, seguindo adiante. O tamanho usual para rgos pblicos A2. Para armaes e frmas A1.

Fixao da folha na pranchetaPara se fixar uma folha na prancheta, seja esta A2 ou A3, deve-se seguir a orientao do desenho ao lado, na seqncia de fixao com fita adesiva do primeiro at o quarto canto (vrtice) do papel, alm de utilizar a rgua paralela como suporte, deslocando-a para regio mediana da folha a ser fixada.

MargemSegundo as normas (NBR 10.068:1987) em vigor, cada tamanho de folha possui determinadas dimenses para suas margens, confo