delta cafes

Download Delta Cafes

Post on 24-Mar-2016

214 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Comunicacao na empresa Delta Cafes

TRANSCRIPT

  • Teorias da Comunicao Educao Comunicao e Multimdia

    Dora Estevo 1

    Anlise da comunicao de uma organizao

    Estudo de Caso: Delta Cafs

    Curso: Educao e Comunicao Multimdia

    Disciplina: Teorias da Comunicao

    Docente: Doutor Antnio Toucinho da Silva

    Discentes: Dora Estevo, n 10917

    Abril, 2011

  • Teorias da Comunicao Educao Comunicao e Multimdia

    Dora Estevo 2

    ndice

    NDICE ___________________________________________________________________________ 2

    INTRODUO _____________________________________________________________________ 3

    1 ENQUADRAMENTO DA EMPRESA _______________________________________________ 4

    1.1.OFUNDADORDADELTACAFS_______________________________________________________4

    1.2.HISTRIAEEVOLUODOIMPRIODOCAF________________________________________________7

    2. A IMPORTNCIA DA COMUNICAO ORGANIZACIONAL _________________________ 9

    2.1. A COMUNICAO ORGANIZACIONAL_________________________________________________9

    2.2. COMUNICAO INTERNA E EXTERNA _______________________________________________11

    2.3. AS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAO E COMUNICAO ____________________________13

    3. A IMAGEM EMPRESARIAL COMO FORMA DE COMUNICAO ___________________ 14

    3.1. CRIAO DA IMAGEM EMPRESARIAL________________________________________________14

    3.2. RECONHECIMENTO DA IMAGEM EMPRESARIAL________________________________________16

    3.3. COMUNICAO GRFICA ________________________________________________________17

    4. A MARCA DA DELTA CAFS ____________________________________________________ 21

    4.1. MARCA DE ROSTO HUMANO______________________________________________________21

    4.2. MARCA DE CONFIANA__________________________________________________________23

    CONSIDERAES FINAIS _________________________________________________________ 29

    BIBLIOGRAFIA ___________________________________________________________________ 30

    WEBGRAFIA _____________________________________________________________________ 30

    ANEXO __________________________________________________________________________ 31

  • Teorias da Comunicao Educao Comunicao e Multimdia

    Dora Estevo 3

    Introduo O contexto empresarial atual tem vindo ao longo dos tempos a sofrer diversas alteraes.

    Os tempos mudaram e as organizaes que no se adaptarem s novas mudanas

    deixam de existir.

    A globalizao trouxe-nos cenrios distintos daqueles a que as organizaes estavam

    habituadas, os ambientes so pouco estveis e a competio e concorrncia so ferozes.

    Neste novo contexto, a comunicao fundamental, o motor de arranque para que

    toda a organizao possa funcionar corretamente e possa ter sucesso, mas tambm,

    constitui um elemento construtor da identidade e da cultura da prpria empresa.

    A identidade da empresa, a sua personalidade, o seu rosto, so o ativo mais precioso

    porque so considerados fatores de diferenciao entre empresas do mesmo sector, onde

    a concorrncia pode ser muito forte.

    A comunicao realizada numa organizao no nada mais nem nada menos que o que

    a organizao , e so as suas competncias que a fazem forte e digna de

    reconhecimento.

    A comunicao uma funo estratgica e apia toda a estrutura empresarial da

    organizao. A comunicao tem outra funo, ou seja, converte-se num instrumento

    para a qualidade. Mas a comunicao flui adequadamente se a arquitetura da

    organizao estiver bem delineada e o seu objetivo bem definido.

    Os canais desenvolvidos para uma boa comunicao repercutem sobre a percepo que

    o ambiente tem da empresa.

    neste contexto que pretendo elaborar uma Anlise da comunicao duma

    organizao, com base no estudo de caso da empresa Delta Cafs.

    Considero que uma empresa de sucesso que aposta cada vez mais no

    empreendedorismo e na inovao, sendo uma marca cada vez mais competitiva, em

    territrio nacional e no estrangeiro. A empresa valoriza a sua comunicao dentro e fora

    da organizao e responsvel socialmente.

  • Teorias da Comunicao Educao Comunicao e Multimdia

    Dora Estevo 4

    1 Enquadramento da empresa

    1.1. O Fundador da Delta Cafs

    Manuel Rui Azinhais Nabeiro, homem de origens humildes,

    nasceu muito pobre, em Campo Maior, vila alentejana. Com

    apenas 13 ano e com a quarta classe de escolaridade, passa

    por vrios ofcios desde pregoeiro a peixeiro, at que

    comeou a trabalhar na torrefaco do tio Joaquim DOlaia,

    onde teve o primeiro contacto com esta profisso.

    O tio aos poucos desvenda-lhe os segredos do contrabando existente por aquelas

    paragens. Nesta poca vivia-se a guerra civil de Espanha com alguma intensidade, pois

    a fronteira ficava bastante perto.

    O tio transmitiu-lhe alguns conhecimentos acerca do caf, mas o rapaz de tenra idade

    foi mais do que um atento discpulo, desejava ser algum na vida e tinha muita fora e

    astcia para o negcio. Com apenas 14 anos, madrugava e iniciava a jorna a carregar

    sacos de caf com 20 quilos num carrinho de mo, mais tarde passou a dar manivela

    num torrador manual. Aos 17 anos morre-lhe o pai e dois anos depois est a gerir a

    torrefaco do seu tio.

    Com a ideia fixa de um dia ser algum, continua a sonhar

    com um futuro prspero.

    Em 1961, Manuel Rui Azinhais Nabeiro torna-se

    empresrio quando cria a conhecida Delta, mas nunca

    abandona o trabalho na torrefaco. A partir desta poca,

    ningum mais o conseguiu parar. Em 1972 constituiu uma

    sociedade por quotas Manuel Rui Azinhais Nabeiro, Lda.,

    pertena de Rui Nabeiro, esposa e filhos.

    O empresrio, Rui Nabeiro nunca esqueceu as razes humildes de onde veio, ou seja,

    nunca desprezou a sua terra que o viu nascer e crescer, um exemplo para todos, pois

    conseguiu com o seu empenho e dedicao desenvolver a regio e criar uma obra social

  • Teorias da Comunicao Educao Comunicao e Multimdia

    Dora Estevo 5

    extraordinria, e por isso e muito mais, digno e merecedor que o povo erga uma

    esttua sua no centro de Campo Maior. O sonho de criana tornou-se uma realidade.

    Foi Presidente da Cmara de Campo Maior por duas vezes, a primeira em 1972 e a

    segunda de 1977 a 1986. Tambm durante alguns anos, foi Presidente do Sporting

    Clube Campomaiorense.

    Em 1985, Rui Nabeiro constituu a sociedade Novadelta - Comrcio e Indstria de

    Cafs, Lda., que viria a originar um grupo de 22 empresas nas reas do imobilirio,

    , comrcio, hotelaria, distribuio, entre outras. indstria, servios

    a ser distinguido co

    oi distinguido pelo Presidente da Repblica,

    i a Rui Nabeiro, com

    Ovibeja a 5 de Maio, o empresrio Rui Nabeiro ir ser homenageado pela

    Em 1994, o empresrio inaugurou a Museu do Caf que est

    directamente ligado sua actividade, considerado por muitos como

    patrimnio, tradio e Cultura da regio. Este um dos raros museus

    de especialidade existentes no mundo e nico na Pennsula Ibrica,

    permite o contacto com o ciclo do caf, desde a plantao chvena.

    Quem tiver o prazer de visitar este museu, fica a conhecer a cultura do

    caf no mundo, todo o seu processo de crescimento e de preparao tecnolgica, assim

    como, os diferentes tipos de caf e mtodos de torrefaco. Neste museu consegue-se

    apreciar todas as mquinas que foram utilizadas nas diversas fases do processo de

    torrefaco e tambm conhecer um pouco mais da histria de vida do fundador da Delta

    Cafs.

    Considerado um homem de grande sucesso nos negcios que em muito tem contribudo

    para o desenvolvimento da regio, um exemplo de empreendedorismo, que tem vindo

    m diversos prmios, convites, distines, ctedras, medalhas, etc.

    Em 1995, o empresrio f

    Mrio Soares, com o grau de comendador.

    Em 2006, a Universidade de vora atribu

    apenas a quarta classe de escolaridade, o grau de Doutor Honoris

    Causis.

    Na 28

    Cmara Municipal de Beja e da Associao de Criadores de Ovinos do Sul, o qual ir

    receber a Medalha de Mrito - Grau Prata.

  • Teorias da Comunicao Educao Comunicao e Multimdia

    Dora Estevo 6

    Este grande empresrio teve a proeza de transformar um pequeno e rudimentar negcio

    de famlia num grande imprio do caf. Actualmente, as suas empresas tm um volume

    de negcios que rondar os 300 milhes de euros e do emprego a mais de 2700

    pessoas. Um ponto interessante o facto do fundador, Manuel Rui Nabeiro, ter uma

    presena constante junto de todos os colaboradores e de toda a comunidade de Campo

    Maior.

    Segundo o lema do empresrio: No gosto de dar, gosto de distribuir, considerado o

    grande benemrito de Campo Maior, e tambm de todo o Alentejo, uma vez que, apoia

    diversas instituies sociais, como os Bombeiros Voluntrios, Lares de 3 Idade, as

    escolas de ensino especial, as Juntas de freguesia, as Associaes desportivas, entre

    outras e assim como, concede apoios a pedidos de ajuda de vrias instituies. O

    Comendador Rui Nabeiro tem tido ao longo da sua vida, vrias iniciativas de

    solidariedade. As abaixo referidas so o exemplo desta realidade:

    Rui Nabeiro homem de grande paixo pelos vinhos e pela sua terra,

    resolveu construir uma Adega - Adega Mayor, esta construo

    do mais prestigiado arquitecto - Siza Vieira. Rui Nabeiro com esta

    iniciativa tem como objectivo promover o enoturismo e a gastronomia raiana.

    Este homem um e

    ficou a cargo de um

    xemplo vivo de generosidade. Apesar dos seus 80 anos continua

    bastante dinmico e a intervir activamente no quotidian