defesa mestrado unitau - 30 de julho de .figura 2 - diversificação dos aspectos clínicos da...

Download Defesa Mestrado Unitau - 30 de julho de .Figura 2 - Diversificação dos aspectos clínicos da mucosite

If you can't read please download the document

Post on 11-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1

    UNIVERSIDADE DE TAUBAT Thas Benedetti Haddad Cappellanes

    AVALIAO DA APLICAO DO LASER DE BAIXA POTNCIA COM OU SEM A ASSOCIAO DE ANTIMICROBIANO EM RADIOMUCOSITE ORAL

    Dissertao apresentada para obteno do Ttulo de Mestre pelo Programa de Ps-Graduao do Departamento de Odontologia da Universidade de Taubat. rea de Concentrao: Biologia Odontolgica Orientador: Prof. Dr. Celso Silva Queiroz Co-orientador: Prof. Dr. Silvio Boraks

    TAUBAT-SP

    2008

  • 2

    THAS BENEDETTI HADDAD CAPPELLANES AVALIAO DA APLICAO DO LASER DE BAIXA POTNCIA COM OU SEM

    A ASSOCIAO DE ANTIMICROBIANO EM RADIOMUCOSITE ORAL

    Dissertao apresentada para obteno do Ttulo de Mestre pelo Programa de Ps-Graduao do Departamento de Odontologia da Universidade de Taubat. rea de Concentrao: Biologia Odontolgica

    Data:_____________________________

    Resultado:_________________________

    BANCA EXAMINADORA

    Prof. Dr.__________________________________ Universidade de Taubat

    Assinatura:________________________________

    Prof. Dr.__________________________________ Universidade _____________

    Assinatura:________________________________

    Prof. Dr.__________________________________ Universidade _____________

    Assinatura:________________________________

  • 3

    Dedico este trabalho Dedico este trabalho Dedico este trabalho Dedico este trabalho a todos aqueles que, a todos aqueles que, a todos aqueles que, a todos aqueles que, de forma direta ou indireta,de forma direta ou indireta,de forma direta ou indireta,de forma direta ou indireta,

    me ajudaram a realizar esse sonhome ajudaram a realizar esse sonhome ajudaram a realizar esse sonhome ajudaram a realizar esse sonho....

    .

  • 4

    AGRADECIMENTOS

    Ao Prof. Dr. Celso da Silva Queiroz, pela experincia, ensinamentos, incentivo na

    busca de novos conhecimentos e principalmente pela oportunidade de poder realizar

    esse projeto de vida.

    Ao Prof. Dr. Slvio Boraks, pelo respeito, confiana e estmulo em meu crescimento

    pessoal e profissional.

    Dra Clia Regina Soares, exemplo de dedicao e competncia profissional, sem

    a qual seria impossvel a realizao desse estudo.

    Ao Prof. Dr. Miguel Mizziara, equipe mdica e funcionrios do Instituto de Cncer Dr.

    Arnaldo Vieira de Carvalho, pela colaborao, amizade e exemplo de

    profissionalismo.

    Ao Instituto de Cncer Dr. Arnaldo Vieira de Carvalho, por acolher e viabilizar o

    desenvolvimento desse projeto.

    Universidade de Taubat, pela oportunidade de ampliar meus conhecimentos.

    CAPES, pela bolsa de estudos, sem a qual no teria sido possvel realizar esse

    projeto.

    Prof. Dr Ana Christina Elias Claro, pela dedicao, sensibilidade e equilbrio nos

    momentos difceis.

    Ao Prof. Dr. Davi Romeiro, pela orientao precisa no desenvolvimento desse

    trabalho.

    querida amiga Dr Tania Urbine Tamayo, pela solidariedade e importante

    colaborao com o material utilizado no estudo.

  • 5

    Aos meus pais, pelo empenho para que eu pudesse realizar meus objetivos de vida.

    minha irm Vnia, por todo carinho, dedicao e ajuda na realizao desse

    trabalho.

    Aos meus jovens colegas de curso, agradeo a oportunidade pelo rico e gratificante

    convvio.

    Aos colegas de equipe da Clnica de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial do

    Hospital Municipal do Campo Limpo, pela amizade e incentivo.

    Sr. Adriana Pellogia, pela incansvel ajuda e orientao.

    Sr. Rita Ortega, pela competncia profissional, apoio e inestimvel colaborao.

    Ao meu marido, Prof. Dr. Carlos Alberto Cappellanes, pela pacincia, pelo estmulo,

    pela orientao cientfica e pelo apoio fundamental nos momentos crticos, para que

    eu pudesse realizar esse sonho.

    Aos meus filhos, por todo carinho e compreenso pelos momentos em que estive

    ausente.

    E, finalmente, aos pacientes, que voluntariamente confiaram em meu trabalho e

    ajudaram no meu crescimento profissional.

  • 6

    "De tudo, ficaram trs coisas: "De tudo, ficaram trs coisas: "De tudo, ficaram trs coisas: "De tudo, ficaram trs coisas: A certeza de queA certeza de queA certeza de queA certeza de que estamos sempre coestamos sempre coestamos sempre coestamos sempre comeando... meando... meando... meando... A certeza de que precisamos continuar... A certeza de que precisamos continuar... A certeza de que precisamos continuar... A certeza de que precisamos continuar... A certeza de queA certeza de queA certeza de queA certeza de que seremos interrompidos seremos interrompidos seremos interrompidos seremos interrompidos

    antes de tantes de tantes de tantes de terminar... erminar... erminar... erminar... Portanto devemos: Portanto devemos: Portanto devemos: Portanto devemos: Fazer da interrupo, um caminho novo... Fazer da interrupo, um caminho novo... Fazer da interrupo, um caminho novo... Fazer da interrupo, um caminho novo... Da queda, um passo de dana...Da queda, um passo de dana...Da queda, um passo de dana...Da queda, um passo de dana... Do medo, uma escada... Do medo, uma escada... Do medo, uma escada... Do medo, uma escada... Do sonho, uma ponte... Do sonho, uma ponte... Do sonho, uma ponte... Do sonho, uma ponte... DDDDa procura, um encontro..."a procura, um encontro..."a procura, um encontro..."a procura, um encontro..."

    Fernando Sabino

  • 7

    RESUMO

    A radioterapia tem importante aplicao clnica no tratamento das neoplasias malignas de cabea e pescoo. A mucosite oral causada pelo efeito das radiaes ionizantes, nos tecidos normais, manifesta-se como processo inflamatrio reativo, com alta prevalncia e diferentes graus de envolvimento tecidual. Os avanos alcanados com os laseres de baixa potncia, assim como o uso de alguns frmacos, indicam a possibilidade de adoo de uma estratgia eficaz na terapia da mucosite oral. O presente estudo teve como objetivo avaliar a aplicao do laser de baixa potncia associado ou no ao uso de antimicrobiano tpico (clorexidina gel 0,2%) no tratamento da mucosite oral. Quatorze pacientes portadores de neoplasia maligna na regio de cabea e pescoo, com indicao de tratamento radio e ou radioquimioterpico foram alocados em dois grupos: Grupo I: laser e Grupo II: laser e clorexidina. Os pacientes foram submetidos a tratamento profiltico e teraputico durante oito semanas. O grau de severidade da mucosite foi avaliado pelo mtodo da OMS e a dor pela escala visual analgica (EVA). Os resultados mostraram que no houve diferena significativa entre a aplicao do laser isolado ou associado ao uso do antimicrobiano tpico. A laserterapia promoveu reduo da dor e do grau de severidade da mucosite oral induzida pela radioterapia. Novos estudos devem ser realizados com a finalidade de serem estabelecidos protocolos padronizados e efetivos na abordagem teraputica da mucosite oral. Palavras-chave: Mucosite. Radioterapia. Clorexidina. Laser. Laserterapia.

  • 8

    ABSTRACT

    Radiotherapy has an important clinical role in the treatment of the malignant tumors of head and neck. Oral mucositis induced by radiotherapy is a reactive inflammatory process of the oral mucosae with high prevalence and different degrees of tissue involvement. The advances reached with low power lasers devices, as well as the use of some medicines, indicate the possibility of adoption of an efficient strategy in handling with the oral mucositis. The aim of the present study was to evaluate the application of the low power laser associated or not with topical antimicrobials use in oral mucositis treatment. Fourteen patients with head and neck cancer undergoing radiotherapy, with or not associated chemotherapy, were located in two groups: Group I: laser and Group II: laser and clorexidine. All the patients were submitted to prophylactic and therapeutical treatment during eight weeks. The grade and severity of mucositis was evaluated using the WHO scale and pain was measured by visual analogue scale (VAS). The study showed that there is not significant difference between the use of laser application only or associated with topical antimicrobials. Lasertherapy promoted decrease of the pain and the severity grade of oral mucositis induced by radiotherapy. New studies must be developed in order to establish standardized and effective protocols in oral mucositis management. Keywords: Mucositis. Radiotherapy. Clorexidine. Laser. Lasertherapy.

  • 9

    LISTA DE TABELAS

    Tabela 1 - Valores de densidade energtica do LBI em funo do efeito 42

    Tabela 2 - Densidade energtica do LBI em funo da inflamao 42

    Tabela 3 - Frmula da saliva artificial 50

    Tabela 4 - Especificao de equipamento Laser de Baixa Potncia (LBI) 50

    Tabela 5 - Escala para avaliao da severidade dos sinais e sintomas da

    mucosite oral

    52

    Tabela 6 - Mdias e desvios-padro do grau de mucosite e de dor de cada

    indivduo dos grupos I e II

    55

    Tabela 7 - Distribuio dos valores mdios do grau de mucosite e dor para

    os grupos I (laser) e II (laser+perioxidin)

    56

    Tabela 8 - Distribuio dos valores mdios do grau de mucosite em

    funo dos grupos e tempos observados

    56

    Tabela 9 - Distribuio dos valores mdios do grau de dor em funo dos

    grupos e tempos observados

    57

    Tabela 10 - Anlise individual do grau de mucosite e de dor nos pacientes

    do grupo I (laser), durante oito semanas

    60

    Tabela 11- Anl