DECISÕES DE INVESTIMENTOS E ORÇAMENTO DE CAPITAL Orçamento de capital Métodos e técnicas de avaliação de investimentos Análise de investimentos Leia o.

Download DECISÕES DE INVESTIMENTOS E ORÇAMENTO DE CAPITAL Orçamento de capital Métodos e técnicas de avaliação de investimentos Análise de investimentos Leia o.

Post on 07-Apr-2016

213 views

Category:

Documents

1 download

TRANSCRIPT

  • DECISES DE INVESTIMENTOS EORAMENTO DE CAPITAL

    Oramento de capitalMtodos e tcnicas de avaliao de investimentosAnlise de investimentos

    Leia o Captulo 8 do livro HOJI, Masakazu. Administrao Financeira: uma abordagem prtica. So Paulo: Atlas de para prxima aula

  • * *Custo

    so os gastos com a obteno de bens e servios aplicados na produo ou na comercializao.

    Despesa

    so os gastos decorrentes do consumo de bens e da utilizao de servio das reas administrativas, comercial e financeira, que direta ou indiretamente visam a obteno de Receitas.

    Conceitos

  • * *Gasto o desembolso vista ou a prazo para obteno de bens ou servios, independentemente da sua destinao dentro da empresa.

    Investimentos so geralmente, os gastos com a obteno de bens de uso da empresa.

  • * *Desembolso a entrega de numerrio antes, no momento ou depois da ocorrncia dos gastos.

    Gasto de Capital um desembolso de fundos com o qual a empresa espera obter benefcios em um perodo superior a um ano. Ex: Expanso, substituio, renovao e outros que no resultam da transformao de ativos tangiveis como P&D, Consultoria de gesto e novos produtos

    Gasto Operacional um desembolso que deve gerar benefcios em um perodo inferior a um ano

  • Os dispndios de capital (investimentos) podem ser:

    Investimentos temporrios

    Investimentos permanentes.

  • Investimentos temporrios

    so valores aplicados com a inteno de resgate dentro de algum tempo e no fazem parte do oramento de capital.

    Como:Aplicaes de liquidez imediata: so aplicaes que podem ser resgatadas ou vendidas imediatamente ou dentro de poucos dias. Ttulos e valores mobilirios de curto prazo: so aplicaes em ttulos com prazo de resgate de at um ano, ou dentro do ciclo operacional seguinte, se esse for superior a um ano. Ttulos e valores mobilirios de longo prazo: so aplicaes em ttulos com prazo de resgate superior a um ano, ou alm do ciclo operacional seguinte, se esse for superior a um ano.

  • Investimentos temporrios

    EXEMPLOS:

    Ttulos pblicos federais, estaduais e municipais Fundos de investimentos Certificados de depsito bancrio Recibo de depsito bancrio Aes, com inteno de venda Aplicaes financeiras em ouro etc.

  • Investimentos permanentes

    So os recursos aplicados em ativos de natureza permanente, para manuteno das atividades operacionais, e produzem resultados por longo prazo.

  • Investimentos permanentes

    Os investimentos permanentes so valores aplicados para manuteno das atividades operacionais e com fins estratgicos. Esses investimentos podem ser vendidos a qualquer tempo, se isso for necessrio ou conveniente para a empresa. ExemploParticipaes em empresas controladas ou coligadas Obras de arte Terrenos e edificaes Gastos com pesquisas e desenvolvimento de novos produtos e processos Marcas e patentes Mquinas e equipamentos

  • Oramento de Capital

    um programa de aplicao de capital de longo prazo vinculado ao plano estratgico e trata de investimentos permanentes.

    Isso requer que a tomada de deciso de investimento seja efetuada somente aps um estudo profundo, pois uma vez iniciado o processo de dispndio de capital, sua interrupo ou reverso no ser fcil

    Os investimentos temporrios, de natureza financeira, no so considerados para oramento de capital.

  • Decises de investimentos

    So aquelas que devem ser tomadas com base em informaes cuidadosamente analisadas, pois comprometem os recursos de uma empresa por longo tempo e seu retorno efetivo pode ser somente estimado no presente, o que gera incertezas.

  • Decises de investimentos

    Para tomada de deciso, um investimento deve ser comparvel com outro investimento.

    Exemplocompra de um equipamento novo ou manuteno do equipamento antigo; instalao de uma fbrica nova ou aumento da capacidade de produo da fbrica existente; gastos em pesquisa e desenvolvimento ou compra de tecnologia existente no mercado.

  • Decises de investimentos

    A necessidade de analisar a viabilidade econmica de um investimento gera problema de engenharia econmica.

    A engenharia econmica

    aquela tem a finalidade de possibilitar a escolha da melhor alternativa de investimento, utilizando mtodos de anlise especficos, com a conseqente otimizao dos recursos.

  • Os principais mtodos de avaliao de alternativas econmicas so:

    Mtodo da Taxa Interna de RetornoMtodo do Valor Presente LquidoMtodo do Valor Futuro LquidoMtodo do Valor Uniforme LquidoMtodo do Prazo de RetornoMtodo do Benefcio-Custo

  • Mtodo da Taxa Interna de RetornoCompara as TIRs dos investimentos. Mtodo do Prazo de RetornoCompara os prazos que os fluxos de caixa lquidos descontados igualam ao valor do investimento inicial, ou seja, os prazos dos retornos dos investimentos (payback).Mtodo do Benefcio-CustoEnvolve aspectos sociais.

  • Mtodo do Valor Presente LquidoCompara os investimentos no momento inicial, descontando os fluxos de caixa lquidos (recebimentos - desembolsos) para o momento inicial.Mtodo do Valor Uniforme LquidoTransforma os fluxos de caixa de cada alternativa em valores uniformes.Mtodo do Valor Futuro LquidoCompara os investimentos no momento futuro.

  • Avaliao com dados em valores correntesSe a TMA - taxa mnima de atratividade for de 15% a.a., o projeto A poder ser implementado, pois a TIR desse projeto maior do que a taxa mnima de atratividade, mas o projeto B no dever ser implementado, pois a TIR menor do que a taxa mnima de atratividade. Planilha

  • Taxa interna de retornoTaxa interna de retorno (TIR) uma taxa de juros implcita numa srie de pagamentos (sadas de caixa) e recebimentos (entradas de caixa). conhecida tambm como taxa de desconto do fluxo de caixa.

    FCj = Valores de fluxo de caixa de ordemFC0 = Fluxo de caixa inicialAo descontar os valores correntes aplicando a TIR, a soma das sadas deve ser igual soma das entradas, em valor presente ou em valor da data focal, anulando-se.

  • Ano 1Ano 2Ano 3Ano 4nAno 0100.000,0052.000,0015.000,0032.000,0041.000,00PlanilhaRecorrendo a clculos matemticos complexos, que no vamos demonstrar, utilizaremos a calculadora Financeira HP12C e a planilha de clculo EXCEL, encontraremos: TIR = 15,5379

  • Na HP12 C

    [f} [FIN] [CLX]100.000 [CHS][g] [Cfo] - 100.000,0052.000 [CFj] 52.000,0015.000 [CFj] 15.000,0032.000 [CFj] 32.000,0041.000 [CFj] 41.000,00[f] [IRR] 15,5379

  • A ferramenta mais apropriada uma planilha EXCEL:=TIR (B2:B5)

    Plan1

    Projeto

    A

    1Investimento Inicial-100,000.00

    2Ano 152,000.001.151.1545217.3913043478

    3Ano 215,000.001.151.322511342.1550094518

    4Ano 332,000.001.151.52087521040.5194378236

    5Ano 441,000.001.151.7490062523441.8830693144

    6TIR15.5379%101041.948820938

    1.0104194882

    Projeto

    B

    Investimento Inicial-100,000.00

    Ano 135,000.00

    Ano 235,000.00

    Ano 335,000.00

    Ano 435,000.00

    TIR14.9625%

    Plan2

    Plan3

  • Avaliao com dados em valor presenteCom a taxa mnima de atratividade de 15% a.a., os valores correntes do fluxo de caixa do exemplo anterior seriam descontados a essa taxa, apresentando os seguintes dados em valor presente

  • Avaliao com dados em valor presentePlanilhaA TIR negativa do projeto B est 0,0326% abaixo da taxa de atratividade, enquanto a TIR do projeto A 0,4678% superior. A concluso a mesma do clculo da TIR feito com os fluxos de caixa em valores correntes.

  • Anlise de investimentos Assim como a TIR Taxa Interna de Retorno e o Payback ou Valor de Retorno de Capital - VRC tambm uma das formas de avaliao e comparao de investimento.

    Payback ou VRC Vida de Retorno do Capital

    o que determina em quanto tempo o capital investido retorna, no considerando o custo mnimo do dinheiro, ou seja, a taxa mnima de atratividade TMA.

    TMA - a taxa a partir da qual o investidor considera que est obtendo ganhos financeiros (ou lucro), como por exemplo a TMA para Pessoas Fsicas mais comum a Poupana.

  • Payback simples ou VRC Vida de Retorno do CapitalFormula: Na prtica o Payback determina em quanto tempo o investimento retorna com a taxa zero

  • 5Payback = 3 anos , 11meses e 15 dias

  • Payback = 4 anos e 1 dia

  • Mtodo do Valor Presente LiquidoLeva a concluso que deve ser implementado o projeto A, porque o VPL a diferena entre o investimento inicial e os benefcios lquidos de caixa gerado pelo projeto

  • Mtodo do ndice de LucratividadeSe o ndice for:Menor que 1 os benefcios lquidos de caixa no recupera o investimento inicialIgual a 1 no h benefcio e zera o investimento inicial maior que 1 significa que alm de recuperar o investimento, h um ganho adicional ou ou lucroIL A = 1,0104 1 = 0,0104 x100 = 1,04%

    ****

Recommended

View more >