custos construcao estabelecimentos assist en cia is

Download Custos Construcao Estabelecimentos Assist en CIA Is

Post on 11-Jul-2015

136 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA FACULDADE DE ARQUITETURA ESPECIALIZAO DE ARQUITETURA EM SISTEMAS DE SADE

MARGARETE MORENO DE MOURA

Monografia:

OS CUSTOS DE CONSTRUO CIVIL EM OBRAS DE ESTABELECIMENTOS ASSISTENCIAIS DE SADE

Salvador - Bahia 2008

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA FACULDADE DE ARQUITETURA ESPECIALIZAO DE ARQUITETURA EM SISTEMAS DE SADE

MARGARETE MORENO DE MOURA

OS CUSTOS DE CONSTRUO CIVIL EM OBRAS DE ESTABELECIMENTOS ASSISTENCIAIS DE SADE

Monografia apresentada a Curso de Especializao da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia, como requisito parcial para a obteno do Ttulo de Especialista em Arquitetura em Sistemas de Sade. Orientador (a): Prof. Dr. Antnio Pedro Alves de Carvalho

Salvador - Bahia

2008

Moura, Margarete Moreno deOs Custos de Construo Civil em Obras de Estabelecimentos Assistenciais de Sade Salvador/BA/ Margarete Moura

- Salvador: Margarete Moreno de Moura, 2008. 78f.: il. Monografia (Especializao) Programa de Ps-Graduao em Arquitetura. Universidade Federal da Bahia. Faculdade de Arquitetura, 2008. 1. Arquitetura Hospitalar 2. Arquitetura e Sade I. Ttulo II. Universidade Federal da Bahia. Faculdade de Arquitetura III. Monografia.

14

MARGARETE MORENO DE MOURA

OS CUSTOS DE CONSTRUO CIVIL EM OBRAS DE ESTABELECIMENTOS ASSISTENCIAIS DE SADE

TRABALHO FINAL ESPECIALIZAO Submetida em satisfao parcial dos requisitos ao grau de ESPECIALISTA DE ARQUITETURA EM SISTEMAS DE SADE Cmara de Ensino de Ps-Graduao e Pesquisa da Universidade Federal da Bahia

Aprovado:

Comisso Examinadora

........................................................... ........................................................... ...........................................................

Data da Aprovao: ......./......./.........

Conceito:

15

DEDICATRIA

Dedico esta monografia para: Iolanda, minha me, A voc que muitas vezes sacrificou seus sonhos para que os meus fossem realizados e que deixou saudade no meu corao... Antnio e Juliana, meus filhos, Que minha sede de conhecimento sirva de exemplo na vidas de vocs que vivem neste momento a vida acadmica, estando se graduando; Meu pai, irmos, sobrinhos, amigos e todos aqueles que compartilharam das minhas alegrias e tristezas, pela felicidade de t-los como incentivadores de meu aprendizado e me ajudaram a crescer.

16

AGRADECIMENTO

Agradeo a Deus, que me direcionou no caminho do bem, me concederam fora e sabedoria, a vida, o amor e a faculdade. Agradeo a mim mesma, por acreditar que conseguiria vencer os obstculos e que minas melhores vitrias, foram aquelas em que eu precisei superar-me. Agradeo ao meu orientador, Prof. Dr. Antnio Pedro, orientando-me diante das dificuldades, contribuindo para meu crescimento profissional e pessoal sob a luz do conhecimento. Agradeo as minhas amigas e colegas de profisso, Ana Margarida e Mrcia Duarte que tanto ajudaram, resolvendo minhas dvidas e contriburam com informaes para o desenvolvimento desse trabalho.

17

RESUMO

Este trabalho resume os fatores preponderantes na formao de custo de um Estabelecimento Assistencial de Sade (EAS). Sero abordados itens contidos na Resoluo RDC n 50 (ANVISA, 2004) a partir de estudos feitos sobre os custos das decises arquitetnicas. Sendo assim, sero apresentados oramentos de Ampliao e Reforma de duas Unidades do Hospital Geral Clriston Andrade - HGCA. Ser demonstrado assim que o projeto e as especificaes dos materiais de acabamento so elaborados com caractersticas to especficas que muitas vezes elevam os custos dessas unidades.

Palavra chave: custo, arquitetura e engenharia hospitalar, EAS

18

ABSTRACT

This paper sums the most important factors on forming the costs of a Health Assistance Establishment (HEA). It will be discussed the items on the Resolution RDC n 50 (ANVISA, 2004) based on studies about costs and architectonical decisions. Having that said, Amplifying and Reconstruction budgets of two Units of Hospital Geral Clriston Andrade HGCA will be presented. It will so be demonstrated that the project and the finishing-touch materials specifications are produced with such specific characteristics that many times it can elevate costs on those units.

Key-words: cost, architecture and hospital engineering, EAS (HAE)

19

LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS

ABNT ANVISA BDI CUB EAS FIOCRUZ GM HCA MS NBR NOAS PDR RSS SUS UTQ

Associao Brasileira de Normas Tcnicas Agncia Nacional de Vigilncia Sanitria Benefcios e Despesas Indiretas Custo Unitrio Bsico de Construo Estabelecimentos Assistenciais de Sade Fundao Osvaldo Cruz Gabinete do Ministro Hospital Clriston Andrade Ministrio da Sade Norma Brasileira Norma Operacional da Assistncia Plano Diretor de Regionalizao Roupas e Resduos Sistema nico de Sade Unidade de Tratamento de Queimados

20

LISTA DE TABELAS E QUADROS

Tabela 1: Relao de Servios para diferentes tipos de revestimento

39

Quadro 1: Participao mdia de espaos e instalaes nos custos de construo e manuteno durante toda a vida til das edificaes. Quadro 2: Taxas de Leis Sociais e Riscos de Trabalho.(%) Quadro 3: Planilha de Composio do Custo Unitrio p/m (TCPO) Quadro 4: Planilha Oramentria: Mdulo de Internao Obsttrica do HCA Quadro 5 Planilha Oramentria: Unidade de Queimados do HCA2

18 20 22 25 28

21

LISTA DE FOTOS

Foto 1: As maanetas das portas devem ser do tipo alavanca Foto 2: Escada de Acesso Interno Foto 3: Vista externa de dois elevadores Foto 4: Vista externa de monta-carga Foto 5: Detalhes de Vaso Sanitrio Foto 6: Refrigerao com Filtro Especial Foto 7: Exausto Mecnica Foto 8: Cabine de audiometria Foto 9: Luminria sobre Leito Foto 10: Detalhe de Bancada e Guich Foto 11: Detalhe de Pia Inox Foto 12: Detalhe de Lavatrio Foto 13: Torneira uso hospitalar

31 32 33 34 35 35 36 36 37 38 38 38 38

22

LISTA DE FIGURAS

Figura 1: Foto area do HGCA na poca da inaugurao, em 1984 Figura 2: Planta Layout do Mdulo de Internao Obsttrica do HCA Figura 3: Grfico de Servios do Mdulo de Internao Obsttrica do HCA Figura 4: Planta Layout da Unidade de Queimados do HCA Figura 5: Grfico de Servios: Unidade de Queimados do HCAFigura 6: Sinalizao Horizontal de Vagas e Passeios Figura 7: Dimenses de Porta Figura 8: Dimenses mnimas de Rama Figura 9 Dimenses mnimas da Cabine do Elevador Figura 10: Dimenses mnimas de sanitrio

23 24 26 27 29 30 31 32 33 34

23

SLISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS LISTA DE TABELA E QUADROS LISTA DE FOTOS LISTA DE FIGURAS 1. INTRODUO 2 REFERNCIAL TERICO

umrio

9 10 11 12 14 15 15 16 17 18 19 20 23 30 30 35 36 37 37 30 39 40 41

2.1 Histrico do Sistema de Sade no Brasil 2.2 Projetos Fsicos de EAS 2.3 Custo das Decises Arquitetnicas 2.4 RDC N 50 - Norma para Projetos Fsicos de EAS 2.5 Custos na Construo Civil 2.6 ABNT - Custo Unitrio Bsico de Construo CUB 2.7 SUCAB - Hospital Clriston Andrade 3 ESPECIFICIDADES DA ARQUITETURA DE UM EAS QUE INFLUENCIAM NOS CUSTOS 3.1 Ambientes 3.2 Conforto higrotrmico e qualidade do ar 3.3 Conforto acstico 3.4 Conforto luminoso a partir de fonte natural 3.5 Condies ambientais de controle de infeco 4 EXEMPLO 5 CONCLUSO 6 REFERNCIA ANEXOS

24

1. INTRODUO Com o crescimento dos projetos de hospitais nos ltimos tempos acentuou-se cada vez mais a necessidade de obtermos dados confiveis para anlise do custo de obras civis de Estabelecimentos Assistenciais de Sade (EAS). Considera-se EAS (RDC-50/2004), todos os estabelecimentos especializados (hospitais, laboratrios, etc) ou simplificados (centro de sade, postos de sade, etc) e que devem ter custos de construo calculados especificamente. Devido importncia do custo na formao de preos em obras civis em EAS (RDC50/2004), buscamos identificar quais os fatores mais importantes na formao desses custos nas mais recentes obras cientficas disponveis que tratam do assunto e que deu embasamento terico e metodolgico para o desenvolvimento deste trabalho. A diversificao dos projetos fator preponderante na formao de custo, onde os estabelecimentos de sade tm programas arquitetnicos e tamanhos variados, elaborados por equipes diversas com materiais e solues construtivas diferentes, compondo uma gama de informaes contidas no Projeto Executivo. Projeto Executivo o conjunto dos elementos necessrios e suficientes execuo completa da obra: Projeto Arquitetnico, Projeto Estrutural, Projetos de Instalaes, Projetos Complementares e Projetos Especiais. Para execuo dos projetos citados acima, devem ser elaborados em conformidade com a RDC N. 50 (ANVISA, 2004) Norma para Projetos Fsicos de EAS (RDC-50/2004), que define as diretrizes para a elaborao desses projetos de forma a descrever quais caractersticas a estrutura fsica precisa ter e conseqentemente, determinando diretamente o custo final da construo. Alm dos projetos em conformidade com as normas, outros fatores podem determinar o custo de uma obra que so elaborados com base em vrios documentos como, memoriais descritivos que descreve o grau de detalhamento, cadernos de encargos previstos, considerando-se todos os custos diretos e indiretos, leis sociais e tudo o que pode influenciar no custo total. Assim, trataremos com detalhes cada um desses assuntos no decorrer deste trabalho.

25

2 REFERNCIAL TERICO 2.1 Histrico do Sistema de Sade no Brasil No Brasil relativamente recente a preocupao do Poder Pblico no que tange os Servios Assistenciais de Sade para as necessidades da populao. 1977 - PORTARIA n. 400: Normas e Padres de Construes e Instalaes de Servios de Sade 1988 A Constituio de 1988 incorporou as principais diretrizes da VIII Conferncia Nacional de Sade e instituiu o SUS Sistema nico de Sade que tinha como