CURSO ORÇAMENTO PÚBLICO (PPA, LDO E LOA)

Download CURSO ORÇAMENTO PÚBLICO (PPA, LDO E LOA)

Post on 05-Feb-2017

218 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li><p>CURSOORAMENTO PBLICO (PPA, LDO E LOA) Instrutor : Omar P. Dias</p></li><li><p>Noes de Polticas Pblicas O que Poltica?</p><p>Poltica a resoluo pacfica dos conflitos (Schmitter)</p><p>Compreende um conjunto de procedimentos destinados resoluo pacfica de conflitos em torno da alocao de bens e recursos pblicos, onde h o envolvimento de vrios atores, cujos interesses sero afetados (positiva ou negativamente), pelo rumo tomado por uma poltica pblica qualquer. </p></li><li><p>As polticas pblicas decorrem da atividade poltica e compreende o conjunto das decises e aes relativas alocao imperativa de valores, decorrente das reivindicaes dos atores (trabalhadores, servidores pblicos, ONGs, igrejas, polticos, empresrios, mdia, determinado grupo social e at mesmo os agentes internacionais (FMI, Banco Mundial etc.), dentre outros).Noes de Polticas Pblicas</p></li><li><p>As demandas que as polticas pblicas buscam atender podem ser, por exemplo, reivindicaes de bens e servios, como sade, educao, estradas, transportes, segurana pblica, previdncia social, etc.Grande parte da atividade poltica dos governos se destina tentativa de satisfazer essas demandas vindas dos atores sociais.Entram em cena aqueles "procedimentos formais e informais de resoluo pacfica de conflitos" que caracterizam a poltica. Noes de Polticas Pblicas</p></li><li><p>Aps definidas, as polticas pblicas compem a agenda governamental, constituindo-se diretrizes do governo para a elaborao de planos e oramentos</p><p> A fase seguinte seria ento planific-lasNoes de Polticas Pblicas</p></li><li><p>Integrao de Polticas, Planos e Oramentos</p></li><li><p>Base Legal CF/88</p><p>Art. 174, que diz: Como agente normativo e regulador da atividade econmica, o Estado exercer, na forma da lei, as funes de.....planejamento, sendo este determinante para o setor pblico e indicativo para o setor privado. </p><p>Art. 165: apresenta os instrumentos de planejamento: PPA, LDO e LOA.</p><p>Planejamento Pblico a definio de objetivos e o estabelecimento dos meios para atingi-los</p></li><li><p> Exigncias Atuais </p><p>Participao Social </p><p> Fundamentos: Art. 1 da CF/88 - Estado Democrtico de Direitos Art. 48, Pargrafo nico da LRF - participao popular na elaborao e discusso dos planos e oramentosnfase nas Realizaes e Resultados</p><p> Fundamento: Oramento Moderno - nfase nos fins (sociedade) e no nos meios (administrao) Deve Refletir a Realidade</p><p> Fundamentos: LRF (princpio do equilbrio das contas pblicas e metas realistas) IN n 09/2003 do TCE-RO (reflexos das demandas sociais e metas realistas)Requer setores estruturados, com quadro de pessoal suficiente e capacitado.</p><p>Planejamento / Oramento Pblico</p></li><li><p>Planejamento / Oramento Pblico</p></li><li><p>Processo Integrado de Planejamento/Oramento </p><p>0810808090910101111Planejamento / Oramento Pblico</p></li><li><p>Peas de Planejamento e Oramento na CF/88 (Art. 165, I, II e III)PPALDOLOAA lei que instituir o Plano Plurianual estabelecer, de forma regionalizada, as diretrizes, objetivos e metas da administrao pblica federal para as despesas de capital e outras delas decorrentes e para as relativas aos programas de durao continuada. (Art. 165, 1)A lei de diretrizes oramentrias compreender as metas e prioridades da administrao Pblica federal, incluindo as despesas de capital para o exerccio financeiro subseqente, orientar a elaborao da lei oramentria anual, dispor sobre as alteraes na legislao tributria (....). (Art.. 165, 2).A lei oramentria anual compreender: I - o oramento fiscal dos Poderes, rgos e demais entidades da administrao direta e indireta; II - o oramento de investimento das empresas III - o oramento da seguridade social. (Art.165,5).PLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICOContedo Bsico</p></li><li><p>O Executivo tem prazos constitucionais para enviar os projetos do PPA/LDO/LOA e o Legislativo para devolv-los para sano.</p><p>(Oramento Misto. Elaborao pelo Executivo. Aprovao pelo Legislativo) </p><p>Leis Oramentrias : Leis de Rito EspecialPLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p>PODER EXECUTIVOGovernadorPPAAt 30/08 (sendo o 1 ano de mand.)At 15/09 (no sendo o 1 ano de mand.)</p><p>At 15/10 (sendo o 1 ano de mand.)At 15/12 (no sendo o 1 ano de mand.)</p><p>PODER LEGISLATIVOAssembliaLegislativaart. 135, 3, III art. 135, 4, I art. 135, 5.Da Const.Estad.Municpios de Rondnia que no tm prazos definidos em legislao, devem adotar os da Const. Estadual.PRAZOSPLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p>PODER EXECUTIVOGovernadorLDOAt 15/05 (sendo o 1 ano de mand.)At 15/04 (no sendo o 1 ano de mand.)</p><p>At 30/06 (sendo ou no o 1 ano de mand.)</p><p>PODER LEGISLATIVOAssembliaLegislativaart. 135, 3, III art. 135, 4, I art. 135, 5.Da Const.Estad.Municpios de Rondnia que no tm prazos definidos em legislao, devem adotar os da Const. Estadual.PRAZOSPLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p>PODER EXECUTIVOGovernadorLOAAt 30/10 (sendo o 1 ano de mand.)At 15/09 (no sendo o 1 ano de mand.)</p><p>At 15/12 (sendo ou no o 1 ano de mand.)</p><p>PODER LEGISLATIVOAssembliaLegislativaMunicpios de Rondnia que no tm prazos definidos em legislao, devem adotar os da Const. Estadual.PRAZOSPLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p>PLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICOProgramas para Atender a SociedadePLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p>PLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICOPlanejar com Sustentabilidade Fiscal Priorizao de demandas (necessidades pblicas) tendo por base o lastro de recursos. No PPA h de ter os objetivos da poltica fiscal, com base em estimativas de evoluo de suas receitas, gastos, resultados primrios, endividamento e patrimnio pblico. Planejamento voltado a atingir resultados e metas fiscais por exigncia da LRF.</p></li><li><p>A compatibilidade da LOA com o PPA e com a LDOProgramas/Aes com suas metas (LDO e PPA) requerem recursosDotaes da LOA: provm recursos para as aes</p><p>Sistema de codificaes permite identificar se h compatibilidadePLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p>Instrumento de Integrao: o ProgramaPLANEJAMENTOORAMENTOPROGRAMAGESTOPLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p>Prtica Atual: o Oramento-ProgramaO oramento programa um instrumento de planejamento que permite identificar os programas, os projetos e as atividades que o Governo pretende realizar, alm de estabelecer os objetivos, as metas, os custos e os resultados esperados e oferecer maior transparncia dos gastos pblicos. </p><p> um sistema que presta particular ateno quilo que um governo realiza como educao, assistncia mdica e segurana, mais do que ao que adquire como servios, materiais e equipamento. PLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p>Prtica Atual: o Oramento-ProgramaPROGRAMAFoi introduzido com o Decreto-Lei n 200/67, porm entrou efetivamente em atividade a partir de 2000, por efeito da Portaria n 42/99 que introduziu a classificao gerencial da despesa: funcional e programtica.Caractersticas:</p><p>- Integrao planejamento-oramento; - quantificao dos objetivos e fixao de metas; - relao insumo-produto; - alternativas programticas; -acompanhamento fsico financeiro; - avaliao de resultados e gerncia por objetivos. PLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p>A importncia da Pesquisa S possvel elaborar um plano voltado para resultados junto sociedade se houver pesquisas visando formar banco de dados e assim obter um diagnstico.Com base nela se criam os programas para solucionar problemas com objetivos claramente definidos, mensurados por indicadores.PLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p>LGICA DA CONSTRUO DE UM PROGRAMA PLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p> Instrumento de organizao da Ao Governamental</p><p> Cada programa identifica as AES necessrias para atingir os seus OBJETIVOS, sob forma de PROJETOS, ATIVIDADES e OPERAES ESPECIAIS, especificando os respectivos VALORES e METAS.</p><p>O que programa?PLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICOFonte: STN</p><p>STN (S) - Toda a ao do governo est estruturada em programas orientados para a realizao dos objetivos estratgicos do PPA.</p><p>TODOS OS ENTES devem ter essa classificao, mas cada um com sua estrutura prpria (Port. MPOG 42/99)</p></li><li><p>ProgramaInstrumento de ao governamentalArticula iniciativas pblicas e privadasVisam soluo de problema ou demanda da sociedadeMensurado por indicadores, metas e custos estabelecidos no PPAFonte: STN</p></li><li><p>ProgramaFonte: STN</p></li><li><p>AesContribuem para atender ao objetivo de um programaOperaes das quais resultam produtos (bens ou servios)Fonte: STN</p><p>*</p></li><li><p>AoFonte: STN</p></li><li><p>Projeto limitado no tempoResulta em produto que aperfeioa ou expande ao do governoGeralmente d origem a atividades ou expande/aperfeioa as existentes</p></li><li><p>Ao / Projeto</p></li><li><p>AtividadeResulta em produto necessrio manuteno de ao do governo permanente e contnua no tempoVisa manuteno dos servios pblicos ou administrativos j existentesFonte: STN</p></li><li><p>Ao / AtividadeFonte: STN</p></li><li><p>ApoioAdministrativoProgramasFinalsticos</p><p>GovernoSOCIEDADETIPOS DE PROGRAMAS DO PPA</p></li><li><p> Contedo PPA</p><p>Conforme art. 165, inciso I, 1 da CF/88, a lei que instituir o Plano Plurianual estabelecer as diretrizes, objetivos e metas da administrao pblica para as despesas de capital e outras despesas decorrentes, bem como os programas de durao continuada. PLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p>Explicando o ContedoPLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICOPPADIRETRIZES orientaes gerais que nortearo todas as etapas do PPA.</p><p>OBJETIVOS discriminao dos resultados que se pretende alcanar. Exemplos: melhorar a qualidade do ensino; combater a carncia alimentar.</p><p>METAS Especificao e quantificao fsica dos objetivos definidos. Exemplos: capacitao de 100 professores; distribuio de 500 cestas bsicas; construo de 5 postos de sade.</p><p>DESPESA DE CAPITAL So os investimentos (ex.: aquisies de bens mveis e aquisio/construo de bens imveis).</p><p>DESPESA DECORRENTE So as despesas decorrentes dos investimentos previstos no PPA . Ex.: pessoal, material de consumo, equipamentos etc.</p><p>PROGRAMA DE DURAO CONTINUADA Programas cuja execuo ultrapassa um exerccio financeiro. Ex. Programas de Assistncia Social de carter permanente.</p></li><li><p>As exigncias do TCE-RO atravs da IN n 09/2003Esta norma regulamenta a elaborao e fiscalizao do PPA, abrangendo o Estado e Municpios de Rondnia. Estabelece critrios mnimos de elaborao do PPA, a fim de viabilizar sua fiscalizao e avaliao por parte do TCE-RO, bem como o acompanhamento pelo controle interno da prpria entidade. </p><p>Os entes (Estado e Municpios) devem enviar o projeto do PPA para emisso de parecer pelo TCE-RO.</p><p>O TCE-RO fiscaliza a execuo do PPA por meio de suas auditorias.PPA</p></li><li><p>PPA</p></li><li><p>PPA</p></li><li><p>Explicando o ContedoPLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICOLDOA lei de diretrizes oramentrias estabelece as metas e prioridades para o exerccio financeiro subseqente, dando nfase aos programas e aes (projetos e atividades) planejados no PPA para serem realizados naquele exerccio a que se refere, conforme a previso/confirmao de recursos.</p><p>H tambm outras determinaes da Constituio e da LRF em termos de contedo, inclusive a necessidade dos Anexos de Metas e de Riscos Fiscais (sero apresentados em slides posteriores).</p></li><li><p>CONTEDO DA LDO</p><p>Conforme a Constituio (art. 165, 2), a LDO:</p><p>Compreender as metas e prioridades da administrao pblica, incluindo as despesas de capital para o exerccio financeiro subseqente;</p><p>Orientar a elaborao da lei oramentria anual;</p><p>Dispor sobre as alteraes na legislao tributria; e</p><p>Estabelecer a poltica de aplicao das agncias financeiras oficiais de fomento.</p><p>PLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p>CONTEDO DA LDO</p><p>Conforme a Lei de Responsabilidade FiscalEquilbrio entre receitas e despesas (Art. 4, I, a) Critrios e forma de limitao de empenho (Art. 4, I, b) Normas relativas ao controle de custos e avaliao dos resultados dos programas financiados com recursos dos oramentos (Art. 4, I, e) Condies e exigncias para transferncias de recursos a entidades pblicas e privadas (Art.4, I, f) Anexo de Metas Fiscais (Art. 4, 1)</p><p>- Anexo de Riscos Fiscais (Art. 4, 3)Regulamentao sobre a programao financeira e o cronograma de execuo mensal de desembolso (Art. 9)</p><p>- Forma de utilizao e montante da reserva de contingncia (Art. 5, III) - Regulamentao sobre concesso ou ampliao de incentivo ou benefcio de natureza tributria da qual decorra renncia de receita (Art.14)</p><p>PLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p>Explicando o ContedoPLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICOLOAA lei oramentria anual dever conter, de forma consolidada, todas as receitas e despesas da administrao direta e indireta (Poderes, autarquias, fundaes e empresas estatais dependentes), com destaques para os oramentos fiscal, da seguridade social e de investimentos em empresas estatais independentes).Princpios da Unidade e da Universalidade</p></li><li><p>Explicando o ContedoPLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICOLOAA lei oramentria anual no conter dispositivo estranho previso da receita e fixao da despesa, no se incluindo na proibio a autorizao para abertura de crditos suplementares e contratao de operaes de crdito, ainda que por antecipao de receita. Princpio da ExclusividadeArt. 165, 8 da CF Receitas DespesasOper.Crd. Crd.Suplemen.(oram./ARO)</p><p> LOA para 2012No montante de..</p></li><li><p>Contedo, estrutura e forma da proposta oramentria</p><p>Nos termos do art. 22 da Lei n 4.320/64, a proposta oramentria deve conter:</p><p>I Mensagem, que conter: exposio circunstanciada da situao econmico-financeira, documentada com demonstrao da dvida fundada e flutuante, saldos de crditos especiais, restos a pagar e outros compromissos financeiros exigveis; exposio e justificao da poltica econmico-financeira do Governo; justificao da receita e despesa, particularmente no tocante ao oramento de capital.</p><p>II Projeto de Lei de Oramento.</p><p>III Tabelas e Quadros das Receitas / Despesas e Programas de TrabalhoLOAPLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p></li><li><p>PLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICOQuem so os Responsveis ?Fase de Elaborao do Planej./OramentoFase de ExecuoFase de Monitoramento e AvaliaoFase de Correo / Reviso</p></li><li><p>PLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICOElaborao do PPA / OramentoRequer trabalho conjunto: Setores de Planejamento, Oramento e Finanas</p><p>Etapa de elaborao do PPA</p><p>1) Levantamento dos problemas sociais bsicos que devem ser resolvidos, segregando-os por rea de atuao do governo;</p><p>2) Adaptao dos recursos disponveis, priorizando as demandas</p><p>3) Elaborao dos programas por parte das unidades setoriais;</p><p>4) Consolidao das propostas e elaborao da proposta final por parte do rgo central de planejamento.</p></li><li><p>PLANEJAMENTO/ORAMENTO PBLICO</p><p>Etapa de elaborao do Oramento</p><p>1 Estimativa da receita; </p><p> 2 Formulao da proposta parcial de oramento de cada unidade gestora (aes que se pretende executar atravs de cada rgo/Poder);</p><p>3 Compatibilizao das propostas setoriais luz das prioridades estabelecidas e dos recursos disponveis, conforme orientaes e diretrizes da LDO, e; </p><p>4 Consolidao e montagem, por parte do rgo central de planejamento/oramento, da proposta oramentria a ser submetida apreciao do Poder Legislativo. </p></li><li><p>INCIODEFINE:Diretrizes Estratgicas Parmetros Quantitativos Normas para Elaborao</p><p>Estuda, Define e Divulga LimitesCompara Limites / Projetos / Atividades / Operaes EspeciaisAjusta Propostas SetoriaisConsolida e Formaliza o PLOAFixa Diretrizes SetoriaisConsolida e Valida PropostasFormaliza Propostas</p><p>PROPOSTA</p><p>PROGRAMAS - Projetos - Atividades - Operaes Espec.Formaliza PropostaDecideEnvia o PLOA ao Legislativorgo Central de Oramentorgo Setorial de O...</p></li></ul>