curso de controladores lógicos programáveis - .siemens simatic s7-200 11 siemens simatic s7-200

Download Curso de Controladores Lógicos Programáveis - .Siemens SIMATIC S7-200 11 SIEMENS SIMATIC S7-200

Post on 18-Nov-2018

221 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Curso de Controladores Lgicos Programveis

    Acessrios e Novas Tecnologias 10

  • Curso de Controladores Lgicos Programveis

    Siemens SIMATIC S7-200

    11

    SIEMENS SIMATIC S7-200 A famlia de controladores programveis S7-200 foi desenvolvida para o controle de uma ampla gama de aplicaes de controle e automao . H varias opes de programao e a possibilidade de escolha dos equipamentos e da linguagem de programao . O que necessrio para instalar o software ? O software da SIEMENS S7-200 for Windows pode ser instalado em qualquer PC IBM ou compatvel com , no mnimo , um processador Intel 386/33MHz ,08 MB RAM , display VGA color, HD com espao livre de 35 MB e Windows 3.1, 3.11 ou 95. Como a comunicao do software ? O Software da SIEMENS S7-200 comunica-se com a CPU S7-200 atravs da porta do programador na parte inferior da CPU . Voc pode usar um cabo PC/PPI para conectar o seu programador nas comunicaes online. O computador necessitar de uma porta serial RS-232-C de 09 pinos para fazer a comunicao. Caso o micro tenha uma porta serial DB-25 ser necessrio um adaptador para DB-09 . Caractersticas do S7-200 - CPU 214 Dimenses : 197 x 80 x 62 mm Fonte : 24 Volts ( Faixa de Tenso: 20,4 28,8 Vcc ) Corrente Tpica de Alimentao : 60 mA ( Max. 500mA ) Entradas : 14 Portas Estado ON ( Faixa ) : de 15 35 Vcc Estado OFF ( Faixa ) : de 0 5,0 Vcc Tempo de Resposta : I 0.0 I 0.3 : 0,2 ms. I 0.4 I 1.5 : 1,2 ms.

    I 0.6 I 1.5 (usando HSC1 e HSC2 ) : 30 s Sadas : 10 Portas Corrente Mxima por Sada : 400 mA Memria : 2 K Words / RAM autonomia 190 Hs 2 K Words / EEPROM (memria extra)

  • Curso de Controladores Lgicos Programveis

    Siemens SIMATIC S7-200

    12

    NOTA : Existe um cabo de comunicao especial da SIMENS que utilizado para conectar mais de um CLP em um computador. Cabo d Interligao O que so Entradas e Sadas ? I x.x - Designa uma entrada. um elemento usado para monitorar uma ao ou um evento, como um interruptor, pressostato, termostato, etc.

    Na CPU 214 ns temos 14 entradas digitais reais. So elas: I 0.0, I 0.1, I 0.2, I 0.3, I 0.4, I 0.5, I 0.6, I 0.7, I 1.0, I 1.1, I 1.2, I 1.3, I 1.4, I 1.5.

    Q x.x - Designa uma Sada. usada para controlar um equipamento como um motor, uma vlvula ou um LED.

    Na CPU 214 ns temos 10 sadas digitais reais. So elas: Q 0.0, Q 0.1, Q 0.2, Q 0.3, Q 0.4, Q 0.5, Q 0.6, Q 0.7, Q 1.0, Q 1.1.

    S7-200 S7-200 S7-200 MICRO

    10 SAIDAS DIGITAIS

    14 ENTRADAS DIGITAIS

  • Curso de Controladores Lgicos Programveis

    Siemens SIMATIC S7-200

    13

    O que so Entradas e Sadas Lgicas e Analgicas ?

    Entradas e sadas lgicas so aquelas que possuem apenas dois resultados, 0 e 1. Sendo o resultado 0 = 0V e o resultado 1 = 24V.

    As Entradas e Sadas Analgicas podem variar passo a passo dentro de seu gradiente de variao.

    Por exemplo: digamos que o Laboratrio tenha um modulo adicional de 02 entradas +02 sadas analgicas 220Vca; Ento estas entradas e sadas podero variar suas tenses entre 0Vca e 220Vca assumindo valores tais como: 40V, 87V 152Vca.

    O que so contatos de memria ? Contatos de memria so entidades virtuais que so utilizados apenas para ajudar o desenvolvimento da lgica de programao escalar interna. Usam uma simbologia de entrada e de sada . No caso da CPU mod. 214 , eles so 56 endereos variando do endereo M 0.0 ao endereo M 7.7 . O que so entradas e sadas imaginrias?

    Entradas e Sadas Imaginrias so aquelas que s podem ser usadas dentro do programa. Mas ento elas deixam de ser Entradas e Sadas? Sim, elas sero utilizadas para contatos internos do programa , a no ser que se instale um mdulo adicional e ento estas entradas e/ou sadas ( depende do modulo ) deixaro de ser imaginrias e se transformaro em reais. No caso da CPU mod. 214, so elas : Entradas: I 1.6 I 7.7 Sadas: Q 1.2 Q 7.7 Nota: Os nmeros que vem depois desses designadores identificam a entrada ou a sada especfica que est sendo conectada ou controlada. Esses nmeros vo de 0 a 7. Um grupo de oito pontos chamado um BYTE. As Entradas e Sadas (I e Q), tem sua rea de memria especfica, assim uma entrada e uma sada podem ter o mesmo nmero de endereo, I 0.0 e Q 0.0.

    Por exemplo, se voc deseja conectar um interruptor liga/desliga terceira entrada preciso liga-lo entrada I 0.2.

  • Curso de Controladores Lgicos Programveis

    Siemens SIMATIC S7-200

    14

    Tela de Abertura

    Depois de clicar no cone, aparecer em seu micro a tela de abertura . A partir deste ponto, voc pode efetuar novos projetos, abrir projetos, alterar as configuraes, etc.

    Como em outros programas para Windows, os menus so alterados dependendo da tarefa

    que voc esteja executando. Esta tela possui uma barra de comandos e ferramentas com os comandos caractersticos do Windows como: novo arquivo, abrir arquivo, salvar, imprimir, recortar, copiar e colar. Nesta barra tambm temos outros cones especficos que so os seguintes:

    Compile - Compilar o programa

    Upload - Ler o programa do CLP

    Download - Carregar o programa no CLP

    Run - Executar o programa

    Stop - Parar a execuo do programa

    Help - Ajuda

  • Curso de Controladores Lgicos Programveis

    Siemens SIMATIC S7-200

    15

    Uma Viso Geral dos Menus

    Na barra de comandos temos os menus: Project, Edit, View, CPU, Debug, Tools, Setup, Window e Help. Os Menus Project e Edit

    O Menu View

    Em Project e Edit esto comandos similares ao do Windows e que estamos habituados a utilizar. Os comandos bsicos so: new, open, close, save all, save as, import, export, page setup, print preview, print, print setup, exit, cut, copy , paste, find, replace, insert e delete.

    Nestes menus tambm existem alguns comandos especficos como o download e o upload, que so para carregar e baixar programas do CLP; o cut network e o copy network, que so respectivamente para cortar e copiar uma linha de programao; e o program title que para inserir o ttulo do programa.

    Neste menu esto as configuraes de visualizao das telas de programao.

    Em View esto os comandos de seleo das barras de ferramenta: Toolbar e Status Bar. Nesta tela escolhemos o tipo deprogramao que se deseja utilizar. Pode-se escolher entre a linguagem Ladder e a STL, que uma linguagem escrita. Esta apostila adotar como linguagem padro a Ladder, que utilizada por todos os fabricantes de CLPs. Alm disso, uma linguagem grfica, que mais amigvel e mais fcil.

  • Curso de Controladores Lgicos Programveis

    Siemens SIMATIC S7-200

    16

    O Menu CPU

    O Menu Debug

    O Menu Setup

    Em Debug, esto alguns comandos muito importantes e muito utilizados. O Execute Scans faz uma varredura em busca de um programa. O Ladder Status nos permite supervisionar o estado das entradas e sadas do CLP pela tela do micro. Com este comando ativado o operador pode monitorar todo o andamento do processo.

    Neste menu esto os mesmos comandos do Toolbar que foram abordados anteriormente e mais alguns, que so: Clear, Information, Configure e Program Memory Cartridge. O Clear para se apagar a memria e os outros comandos so para configurar e visualizar alguns parmetros do CLP.

    Em Setup esto as configuraes de comunicao e de programao.

    Em Communications configuramos a porta onde est conectado o cabo de comunicao do CLP e o endereo da CPU. CPU Address Seleciona a estao que

    executar a funo de controladora.

    Exemplo: 001 Esta estao o prprio micro. 002 Esta estao o primeiro CLP. 003 Esta estao o segundo CLP.

    Obs.: O LEE no possui o cabo que interliga mais de uma CLP. Ento ser sempre utilizado a estao 002.

  • Curso de Controladores Lgicos Programveis

    Siemens SIMATIC S7-200

    17

    O Menu Help

    Em preferences esto as configuraes de programao. Podemos selecionar entre a programao STL e Ladder, padro internacional ou Simatic

    Podemos alterar o idioma do software e selecionar o estado inicial das telas de programao quando se inicia o software.

    Alteramos tambm o formato e o tamanho para transferncia de dados.

    Este menu de Ajuda oferece 3 caminhos diferentes para se obter o auxlio. No primeiro ele nos mostra todo o contedo. No segundo selecionamos a instruo que necessitamos de ajuda. O terceiro dirigido aos usurios que utilizavam ou utilizam a verso DOS.

  • Curso de Controladores Lgicos Programveis

    Siemens SIMATIC S7-200

    18

    O que a REDE de lgica escalar? A figura abaixo mostra que a REDE da lgica escalar uma fileira de elementos conectados que formam um circuito completo entre o trilho de fora esquerda e o elemento de sada direita. I 0.0 I 1.1 Q 1.0 linha quente Q 1.0 sada

    contato Nota: Observar que a energia flui da esquerda para direita. Vamos agora fazer o exemplo acima passo a passo. Primeiramente vamos clicar em New Project,

    na barra de ferramentas.

    Aparecer na tela uma janela onde devemos selecionar a CPU, que estamos utilizando, e as configuraes de comunicao.

    Aps terminar as configura

Recommended

View more >